Vice-prefeito de Petrolina ressalta que “pela 1ª vez ver o governo federal sensibilizado com a renegociação de dívidas no campo”

Guilherme e Ronaldo em Brasília 1

Na manhã desta terça-feira (1º), o vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB), acompanhado do amigo e companheiro de partido, Ronaldo Silva, provocou uma reunião com o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, em Brasília. Na pauta estava a discussão sobre a renegociação de dívidas dos agricultores que atuam no Nordeste, especialmente na região do semiárido.

De acordo com Coelho na reunião foram encaminhadas propostas para compor a sugestão de emenda constitucional que está sendo preparada pela presidência da CNA (medida 707) que deve ser votada em breve pelos deputados da Câmara Federal.

Há anos lutando por esta conquista para o semiárido, Guilherme mostra mais otimismo desta vez quanto ao andamento das discussões. “O governo tem sido muito duro. Duro com juros, com o rebate dos pagamentos, e principalmente com a falta de segunda chance ao agricultor. Mas agora, pela primeira vez, vejo o governo sensibilizado com a renegociação de dívidas no campo para os produtores do Nordeste”, afirma.

Como Engenheiro Agrônomo por formação, Guilherme Coelho conhece de perto a situação dos agricultores da região, que têm sido bastante afetados pelas variações climáticas, hora de seca, hora de chuvas fora do tempo. “Com essas novas medidas, se o agricultor estiver devendo, vai ser dada uma nova chance, abrindo novos créditos, um prazo de carência maior, com juros mais brandos. Eu estou aqui muito empenhado nisso”, afirmou o vice-prefeito.

Guilherme fez questão de lembrar que o presidente da comissão mista que vai avaliar as sugestões da emenda é o senador de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, seu primo legítimo. Os dois se encontraram na manhã desta quarta-feira para alinhar os pontos principais da emenda e estimular o agronegócio, que é a mola propulsora da região do São Francisco.

Deixe uma resposta