Zuckerberg sobre o bloqueio do WhatsApp no Brasil: “Assustador para a democracia”

mark facebook

Pouco mais de 24 horas após a decisão do magistrado, o WhatsApp obteve uma decisão favorável e derrubou o bloqueio.

O criador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, comentou nesta terça-feira (3), em sua página na rede social, sobre o bloqueio do WhatsApp no Brasil. Para ele, a atitude do juiz de Sergipe, que determinou que Tim, Claro, Vivo, Oi e Nextel suspendessem o acesso ao app por 72 horas, foi “assustador à democracia”.

“WhatsApp já está disponível de novo no Brasil! Vocês se expressaram e suas vozes foram ouvidas. Quero agradecer a nossa comunidade por nos ajudar a resolver essa situação”, escreveu Zuckerberg.

Pouco mais de 24 horas após a decisão do magistrado, o WhatsApp obteve uma decisão favorável e derrubou o bloqueio.

Confira na íntegra a mensagem de Mark Zuckerberg:

WhatsApp já está disponível de novo no Brasil! Vocês se expressaram e suas vozes foram ouvidas. Quero agradecer a nossa comunidade por nos ajudar a resolver essa situação.

Contudo, a ideia de que todos os brasileiros possam ter seu direito à liberdade de comunicação negado desta forma é muito assustadora em uma democracia.

Você e seus amigos podem ajudar a garantir que isso nunca mais aconteça e eu espero que vocês se envolvam.

Amanhã, às 18h, em Brasília, a recém-formada Frente Parlamentar pela Internet Livre vai promover um evento que apresentará projetos de lei para evitar o bloqueio de serviços de internet como o WhatsApp.

Se você é brasileiro e apoia o WhatsApp, eu quero incentivá-lo a expressar sua opinião.

Compartilhe essa causa assinando a petição:

https://www.change.org/p/poder-judici%C3%A1rio-bloqueio-n%C…

E comparecendo ao evento pessoalmente amanhã:

https://www.facebook.com/events/1735225276749706/

O maior impacto que você pode causar é indo ao Congresso, às 18h, e também participando da discussão sobre a importância de conectar as pessoas.

Os brasileiros estão entre os líderes na tarefa de conectar o mundo e criar uma internet aberta há muitos anos. Eu espero que vocês expressem sua opinião e exijam mudanças.

#ConectaBrasil #ConecteoMundo”

Com informações JC Online

Deixe uma resposta