Mau tempo teria provocado acidente que matou Teori

Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal. (Foto: Internet)

Mau tempo, pressão para operar em condições adversas, baixa visibilidade e desorientação espacial do piloto foram os fatores determinantes do acidente que causou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, em 19 de janeiro do ano passado. As informações constam do resultado das investigações divulgadas nesta segunda-feira (22), pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

De acordo com as investigações, não foi registrado nenhum tipo de pane ou mau funcionamento do avião. O Cenipa apontou que no momento do acidente, as condições para operações de pouso e decolagem no aeroporto de Paraty estavam abaixo dos mínimos meteorológicos estabelecidos.

Segundo o responsável pela investigação, coronel Marcelo Moreno, apesar de experiente, o piloto do avião, Osmar Rodrigues, “muito provavelmente teve uma desorientação espacial que acarretou a perda de controle da aeronave”.

Marcelo Moreno citou o processo decisório do piloto como contribuinte para os eventos que culminaram no acidente. O aeroporto de Paraty não opera por instrumentos. Para as operações de pouso e decolagem é preciso haver visibilidade horizontal de 5 mil metros e de teto de voo de 450 metros.

“Entre as decisões tomadas e que não estão em conformidade com o que determina as regras, estavam a tentativa de pousar. O adequado seria o piloto, ao tomar conhecimento de que os mínimos meteorológicos estarem abaixo dos estabelecidos, ter arremetido e pousado em outro aeroporto em segurança”, disse Moreno.

LEIA MAIS

Futebol: Grafite anuncia aposentadoria e se despede do Santa pelas redes sociais

(Foto: Internet)

O atacante Grafite resolveu pendurar as chuteiras. Depois de renovar contrato com o Santa Cruz no início do ano, o jogador voltou atrás e se despediu do clube através das redes sociais na tarde desta segunda-feira (22).

O ídolo coral disse que “não conseguiria ajudar da maneira que o clube necessita”. Aos 38 anos, ele garantiu que seguirá de perto o Tricolor, e irá trabalhar para elevar o nome do time do Arruda.

Confira a carta de Grafite:

Boa tarde, Nação Coral.

Venho por meio desta comunicar-lhes que não continuarei a vestir nosso manto dentro das quatro linhas. Conversei com a diretoria e a situação foi resolvida de forma amistosa, em comum acordo.

Cheguei à conclusão de que não conseguiria ajudar da maneira que o clube necessita e espera de mim. Penso que posso ser muito mais útil ajudando em algumas situações fora dos gramados.

Só tenho a agradecer ao clube e a todos funcionários e profissionais em todas as áreas que, ao longo destas quatro passagens, sempre me ajudaram e estiveram ao meu lado em todos os momentos, bons e ruins.

Desculpar-me pelos momentos onde não pude ajudar da maneira que esperávamos.

Desejo boa sorte a todos os jogadores, comissão técnica e diretoria nesta temporada.

O Santa Cruz continuará sendo uma parte importante da minha vida. Mesmo fora das quatro linhas, irei manter a ligação com o clube e vou trabalhar, sempre, para elevar seu nome.

Dentro do gramado, encerro minha participação e guardo na memória os momentos de conquista e de alegria vestindo a camisa coral. Foi uma honra defender essas cores e ter o apoio de uma torcida tão marcante e apaixonada.

Obrigado Santa Cruz, por tudo que você já me proporcionou nesta vida.

Boa sorte, Santinha!

Graffa23

Secretaria de Saúde de Juazeiro prepara mobilização para o Dia da Mancha

Na próxima quarta-feira (24), haverá uma grande mobilização em todos os postos de saúde do município de Juazeiro (BA).

A Secretaria de Saúde (Sesau), através da Superintendência de Vigilância em Saúde, vai desenvolver uma força tarefa, para a realização do Dia da Mancha e a busca ativa de casos de hanseníase em todas as comunidades do município.

A iniciativa integra a programação alusiva a Campanha Janeiro Roxo, planejada pela Sesau para intensificar ações voltadas para a identificação precoce de casos suspeitos da doença e desenvolver atividades de educação em saúde e orientações sobre os sinais e sintomas da Hanseníase.

O objetivo é alertar a população sobre a existência da hanseníase e sobre a importância do seu diagnóstico precoce, além de informar sobre a disponibilidade do tratamento ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“O último domingo de janeiro é o dia de luta contra a hanseníase que seria o dia 28 de janeiro, então aqui em Juazeiro, a Sesau definiu o dia 24 para uma ação maior onde estaremos com as 63 Equipes de Saúde da Família, nas 56 Unidades, todas imbuídas nesse propósito” afirmou coordenadora da Vigilância em Saúde de Juazeiro, Paula Telles.

Considerada a doença mais antiga da humanidade, a hanseníase é causada pelo bacilo de Hansen, que atinge principalmente pele, olhos e nervos periféricos.

O contágio ocorre através da eliminação de gotículas da fala, espirro e tosse, no convívio com a pessoa doente por um período prolongado e sem tratamento. É importante saber que a Hanseníase não é hereditária e que a maioria das pessoas tem resistência natural contra essa doença.

Sintomas

A doença apresenta os seguintes sintomas: manchas ou placas avermelhadas e dormentes; podem surgir também apenas áreas adormecidas (com diminuição ou nenhuma sensibilidade) ao calor, frio e dor; engrossamento, dor ou formigamento em certos nervos dos braços, pescoço, pernas e pés; aparecimento de caroços e inchaços, principalmente no rosto e nas orelhas; perda de sobrancelha, sensação de areia nos olhos, entupimento e corrimento nasal.

Janeiro Roxo

Toda a programação desenvolvida é alusiva ao ‘Janeiro Roxo’ que visa conscientizar a população sobre a hanseníase. O ‘Janeiro Roxo, é considerado o mês internacional de luta contra a doença e tem como objetivo promover diagnóstico e tratamento corretos, além de difundir informações e desfazer preconceitos.

Sindicato alerta trabalhadores do comércio para não assinar contracheque com data retroativa

(Foto: Arquivo)

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope), vem chamando a atenção de seus filiados, que atentem para não assinar contracheque com data retroativa. O Sintcope lembra, que o contracheque é o documento emitido pela empresa no qual se especifica o salário bruto do trabalhador e as respectivas deduções, e só deve ser entregue para o trabalhador assinar no quinto dia útil, quando é efetuado o pagamento do salário.

Apesar do que determina a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), há casos de trabalhadores que são pressionados a assinar o contracheque com data retroativa, nos meses em que ocorre atraso no pagamento do salário.

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) lembra que é um direito do trabalhador que o contracheque seja assinado apenas no dia do pagamento.

“O empregador não pode obrigar trabalhador a assinar com data diferente do pagamento. É uma desonestidade, uma ilegalidade. O trabalhador que receber esse tipo de pressão deve nos procurar”, conta a presidente do Sintcope, Dilma Gomes.

A Convenção Coletiva da Categoria em vigor tem, inclusive, uma cláusula sobre o atraso no pagamento de salário. Estabelece que no caso de atraso no pagamento de salários, inclusive comissões até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencimento, em se tratando de empregado mensalista, ou até o 2º (segundo) dia útil do vencimento quando se tratar de pagamento semanal ou quinzenal, se sujeitará o empregador ao pagamento da multa de 5% (cinco por cento) em favor do empregado, sobre sua remuneração.

O Sintcope lembra ainda que além de conferir a data do pagamento, o trabalhador deve assinar o contracheque, pois sem assinatura não terá valor. O documento é importante porque comprova detalhadamente os valores que foram pagos, como, por exemplo, horas extras, adicional noturno e adicional de periculosidade.

Salário depositado – Se ao salário for depositado em conta bancária, o comprovante de depósito serve como recibo de pagamento. “Mas é preciso lembrar que essa conta deve ter sido aberta com consentimento do trabalhador que não terá nenhum custo de tarifa bancária no ato do saque.

Qualquer dúvida ou denúncia entre em contato com o Sintcope pelo telefone 3861-5876, pelo whatsapp 988380172/988380176 ou envie sua mensagem para contato@sintcopepetrolina.org.br

Prefeitura acelera a operação tapa-buraco para atender pedidos da ouvidoria

(Foto: ASCOM)

As equipes da Operação Tapa-buraco já estão atuando em novos bairros a partir desta segunda-feira (22). Depois de passar por importantes pontos da cidade, como as avenidas da Integração, Governador Nilo Coelho, avenida das Nações, além dos bairros São José e Vila Eduardo, agora o trabalho segue até o fim do mês na rua 15 do Jardim Guararapes, nos bairros Gercino coelho e Cohab Massangano, além de novos trechos da Integração e da avenida Nilo Coelho.

A ideia de adiantar o cronograma da primeira semana de fevereiro para a penúltima de janeiro se deu por causa da grande demanda registrada nestas outras localidade. Boa parte dos registros foram feitos através da Ouvidoria Municipal da Prefeitura de Petrolina e repassados para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

Outro ponto atendido pela Tapa-buraco, que não estava previsto na programação inicial, foi a Avenida Marechal Hermes da Fonseca, conhecida como Estrada da Banana, na zona oeste da cidade. No local havia um grande buraco que estava causando sérios transtornos para os condutores que trafegavam por lá. O serviço de recuperação asfáltica da pista foi realizado na última quinta-feira (18). O atendimento também foi feito por causa da grande demanda registrada, tanto na Ouvidoria quanto na imprensa local.

De acordo com o secretário da SEDURBS, Eduardo Carvalho, a população tem papel importante na condução dos trabalhos da Operação Tapa-buraco. “Todo o efetivo está na rua a fim de resolver os problemas das comunidades. Quem melhor sabe onde está cada buraco é a população que trafega todos os dias pelas ruas da cidade, por isso, quando há essa colaboração das pessoas que se preocupam em entrar em contato com a gente, conseguimos fazer as adequações necessárias no nosso planejamento para atender o maior número de localidades”, destaca Carvalho.

OUVIDORIA

O setor que apura todas as demandas da cidade e direciona para as secretarias responsáveis é a Ouvidoria Municipal. Para entrar em contato é simples: basta que o cidadão ligue para o telefone 156 ou se dirija até a sede da Prefeitura de Petrolina, de segunda à sexta-feira, sempre pela manhã.

A tecnologia também ajuda e por isso a Ouvidoria disponibiliza dois canais digitais de contato. O primeiro é o WhatsApp, pelo número (87) 9 9985-0081. O segundo é o site da Prefeitura. Em ambos, além de registrar a solicitação de serviço, sugestão ou reclamação, é possível enviar fotos e vídeos, que facilitam o trabalho das equipes que vão atender cada demanda.

Jornalista rebate acusação de injúria racial contra Princesa do Carnaval de Juazeiro e se diz vítima de homofobia

Glauber Dantas, jornalista. (Foto: Arquivo pessoal)

Em entrevista ao Programa Super Manhã, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina, a atriz e bailarina Thaise Haila, de 19 anos, acusou o jornalista Glauber Dantas de ter praticado o crime de injúria racial contra ela. O fato teria acontecido em um bar de Juazeiro (BA), na noite deste domingo (21).

Segundo Haila, o jornalista a teria chamado  de “suja, feia, ridícula e negrinha”, durante uma conversa entre os dois. A bailarina afirma também, que Glauber teria cuspido em seu rosto e ameaçado dar um tapa na mesma. As desavenças começaram depois que Thaise Haila, participou do concurso para escolha de Rainha e Rei Momo do Carnaval de Juazeiro, realizado no último dia 19.

O jornalista, foi um dos seis jurados que avaliaram as candidatas. Na disputa, Haila ficou com a terceira colocação entre as nove candidatas, ocupando assim, o posto de Segunda Princesa da folia Momesca da cidade que começa próxima sexta-feira, dia 26.

Thaise Haila. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Segundo ela, Glauber teria manipulado o corpo de jurados para que a mesma não fosse eleita a Rainha do Carnaval. A insatisfação da candidata e amigos ganhou visibilidade nas redes sociais e culminou com o episódio deste domingo.

Através de nota, o jornalista Glauber Dantas, diz que foi a Princesa quem o interpelou no bar onde estavam, e de maneira agressiva e exaltada, usou termos chulos e homofóbico na tentativa de lhe desqualificar por causa da sua orientação sexual. Glauber afirma ser vítima de uma grande injustiça.

Veja nota na íntegra: 

“É impossível juntar todas as penas espalhadas pelo vento”, esta é a conclusão de um conto que sugere uma reflexão sobre os estragos que uma calúnia faz na vida de alguém.

Jornalista formado há 10 anos, jamais tive meu nome envolvido em qualquer escândalo ou polêmica. Sou por índole e formação, uma pessoa pacífica e discreta nos gestos e nas palavras.

Na manhã de hoje (22) fui surpreendido com uma avalanche de acusações falsas proferidas pela vencedora do terceiro lugar no concurso de rainha do carnaval de Juazeiro, do qual participei como jurado.

Minha acusadora, uma competente atriz, juntamente com o também ator e diretor de teatro Devilles Sena, utilizaram a imprensa e as redes sociais, me acusando de racismo e espalhando inverdades de um fato que aconteceu ontem em um restaurante em que eu estava com amigos.

Insatisfeita com o resultado do concurso, Thaíse Haila, me abordou no referido restaurante, de forma agressiva e bastante exaltada, utilizando-se de termos chulos e da minha orientação sexual, como tentativa de me desqualificar. Apesar do constrangimento público que sofri, tentei manter o equilíbrio diante das palavras ofensivas proferidas pela atriz e apenas reagi, dizendo a ela que era digno aceitar uma derrota e que a atitude de revolta da mesma, revelava um espirito imaturo e desequilibrado.

A atriz chegou ao ponto de fazer uma acusação grave contra mim, quando afirmou que eu teria recebido “propina” da gestão municipal para manipular o resultado do concurso, em favor da candidata eleita a rainha do carnaval.

Registro que Deviles Sena já havia se manifestado, de forma raivosa, contra o resultado do concurso em vídeos publicados nas redes sociais. O conhecido ator, estava comandando a torcida de Thaíse Haila, atriz do seu grupo de teatro.

Em tempo, ressalto que como apresentador de dois programas que abordam o carnaval de Juazeiro, tive a oportunidade de entrevistar a atriz, como candidata ao título e sempre fui respeitoso e atencioso com ela, assim como com as demais.

Também durante o evento “Feijoada do Dadau”, para o qual presto assessoria, dispensei total atenção a candidata que integrava a corte real da folia momesca, acompanhando-a no camarim dos artistas para sessão de fotos e também no palco, onde a mesma desfilou.

Tenho minha consciência tranquila de que em NENHUM momento proferi qualquer termo que caracterize injúria racial, porque sou um combatente de qualquer forma de preconceito e discriminação.

Ao que parece, a atriz, levianamente e de forma injusta, está querendo ganhar notoriedade na mídia, se valendo de acusações falsas e me colocando como “bode expiatório” da sua frustração de não conseguir o título de rainha do carnaval por duas vezes consecutivas.

Informo que já estou adotando as providências legais, na tentativa de fazer valer a lei que trata de crimes contra a honra das pessoas, previstos judicialmente pelo Direito Brasileiro, no Código Penal (CP).

A acusadora não apresenta nenhuma prova da acusação feita contra mim, diga-se de passagem. Não cometi nenhum crime e disso sou convicto. Não sou racista, afirmo categoricamente e provo com atitudes.

A atriz, no entanto, foi notadamente homofóbica, quando proferiu termos preconceituosos contra mim e isso eu posso provar através de testemunhas. Que crime ela teria cometido?

Agradeço as manifestações de apoio que tenho recebido daqueles que conhecem meus princípios e também da minha família, que vem sendo atingida com esta atitude irresponsável de macular a minha imagem e fazer um linchamento moral pelas redes sociais.

Concluo, parafraseando o livro de Salmos 50.19 e 20 “Vocês estão sempre prontos para dizer coisas más e não pensam duas vezes antes de pregar mentiras. Estão sempre acusando os seus irmãos e espalhando calúnias a respeito deles”.

Glauber Dantas, jornalista

Prefeitura de Juazeiro realiza mutirão de limpeza no Circuito do Carnaval

(Foto: ASCOM)

Os funcionários da Secretaria de Serviços Públicos de Juazeiro (SESP) iniciaram neste domingo (21), as ações de mutirão de limpeza no circuito do carnaval de Juazeiro (BA), que acontece entre os dias 26 e 28 de janeiro.

O trabalho irá garantir mais conforto aos juazeirenses e turistas que estarão nas ruas e avenidas durante a folia momesca.

Foram realizados serviços de varrição, capina, recolhimento de lixo, além de pintura de meio fio na Avenida Raul Alves, Orla II e Ponte Presidente Dutra.

Nesta segunda-feira (22), a equipe trabalhou na Avenida Adolfo Viana e Nova Juazeiro. E durante a semana os trabalhos seguirão para Avenida Santos Dumont, Orla I, Praça da Bandeira, Rua da 28, Rua da Apolo, Praça Santiago Maior e Rua Barão de Cotegipe.

Outro grupo de funcionários, continua com o trabalho de poda em toda área do circuito para melhor passagem dos trios, além de dar segurança no distanciamento da fiação.

As equipes já atuaram na Orla II, Avenida Raul Alves, Rua Barão do Rio Branco e Avenida Santos Dumont, esta semana será iniciada na Orla I – Avenida Carmela Dutra, seguindo para Avenida Adolfo Viana.

“A SESP trabalha permanentemente com o objetivo de melhorar os espaços públicos do município e com a realização do carnaval estamos intensificando ainda mais estes serviços para que os foliões possam brincar com mais tranquilidade e num espaço limpo, organizado”, ressaltou Jorge Medrado, diretor de limpeza do município.

Profissionais da Vigilância Sanitária trocam experiências com estudantes da Univasf

(Foto: ASCOM)

Para dialogar sobre a importância da Vigilância Sanitária, profissionais da Prefeitura de Petrolina (PE) participaram, nesta segunda-feira (22), de um encontro com os estudantes do curso de Farmácia da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Em uma roda de conversa, os profissionais da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) apresentaram o trabalho de fiscalização realizado pelo órgão e responderam a questionamentos dos estudantes.

De acordo com o diretor interino, Marcelo Gama, essa relação é importante para fortalecer e apresentar o trabalho da Agência. “Foi um momento de troca de conhecimento em que orientamos e tiramos todas as dúvidas, principalmente com relação a atuação do farmacêutico dentro da Vigilância, assim como o trabalho de fiscalização em farmácias do município”, frisou.

O professor doutor, Cedenir Pereira, reforçou que o encontro proporcionou um momento de muita aprendizagem para os participantes. “Saber dos desafios de uma carreira ainda na graduação e ter contato com os profissionais atuantes auxiliará nas escolhas profissionais a serem tomadas em um futuro próximo”, destacou.

Fiscalizações

Somente nesses primeiros dias de janeiro, foram realizadas 47 inspeções nas farmácias do município. Do total, 19 foram notificadas e duas foram interditadas. As principais irregularidades são: vendas de antibióticos sem receita médica e ausência de farmacêutico nos estabelecimentos.

Para denunciar irregularidades, a população pode entrar em contato com a Ouvidoria do Município, através do número 156, pelo número do whatsApp (087) 9 9985-0081 ou pelo site da Prefeitura clicando aqui. A agência fica localizada na Rua São José, Nº 440, Centro.

Mais de 60 Policiais Militares de Juazeiro participam de operação no Distrito de Maniçoba

(Foto: ASCOM)

O Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN) realizou no sábado (21), uma grande operação no Distrito de Maniçoba, pertencente ao município de Juazeiro (BA).

Participaram da ação guarnições da Companhia Independente de Policiamento Tático Norte (CIPT), mais conhecida como RONDESP Norte, do Pelotão Especial Tático Ostensivo (PETO) da 75ª Companhia de Policia Militar (CIPM) e do Grupo Tático Carcará.

A operação que contou com 11 viaturas de duas rodas e mais 11 de quatro rodas, totalizando 63 policiais militares empregados. O objetivo da ação, foi intensificar o policiamento no Distrito de Maniçoba para combater a prática de delitos e aumentar a segurança pública no local.

Foram realizadas abordagens em todo o Distrito. No final da operação, foram feitas 157 buscas pessoais, 6 buscas em estabelecimentos, 26 abordagens a veículos de quatro rodas e 67 a veículos de duas rodas

Dos veículos abordados, 13 deles foram apreendidos. Ninguém foi preso e também não houve apreensão de armas, nem de drogas.

Juazeiro: CSTT endurece fiscalização e apreende motocicletas por transporte irregular de passageiros

(Foto: ASCOM)

Depois que um áudio de um homem dizendo que é mototaxista clandestino e que nunca foi pego pelos os fiscais, vazou em grupos de WhatsApp, a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), de Juazeiro (BA), aumentou a rigorosidade nas fiscalizações.

Na última sexta-feira (19), o setor de fiscalização de transportes da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) apreendeu cinco motocicletas, duas delas por transporte irregular de passageiros.

LEIA TAMBÉM

Juazeiro: mototaxista clandestino debocha da CSTT por não ter moto apreendida

O diretor-presidente da CSTT, Damião Medrado, salienta que além da fiscalização a Companhia está com uma campanha nas rádios e nas redes sociais para orientar as pessoas a não utilizar o serviço de mototáxi irregular.

“Estamos pedindo ajuda à população para combater o transporte clandestino e a forma mais eficaz é as pessoas não utilizarem esse serviço, por isso, estamos orientando através da mídia como se identificar o mototáxista legalizado”, ressalta Damião.

Para fazer denúncias e reclamações sobre Trânsito e Transportes em Juazeiro, as pessoas podem ligar para CSTT através do número (74) 3611-8836 ou no 153 da Guarda Municipal.

Carnaval de Petrolina será lançado hoje

(Foto: arquivo)

Já no lançamento do carnaval de Petrolina 2018, uma grande festa. Quatro atrações irão fazer o esquenta da festa de Momo na cidade.

Jonathan Araújo, Dalmo Natan, Matigueiros e o juazeirense Alan Cleber fazem show a partir das 19h, desta segunda-feira (22), na Praça 21 de setembro, de graça, para toda comunidade.

Com o tema “A folia começa aqui”, o evento de lançamento terá a presença do prefeito Miguel Coelho e da personalidade que será homenageada no Carnaval 2018.

Moradores do bairro Quidé, em Juazeiro, recebem atendimento especializado de saúde

(Foto: Ilustração)

A Caravana da Saúde, programa da Prefeitura Municipal de Juazeiro, estará no Posto de Saúde do bairro Quidé nesta quarta-feira, 24 de janeiro.

Os atendimentos com especialistas começam a partir das 08h. Na ocasião, serão disponibilizadas consultas pré-agendadas com oftalmologista, endocrinologista, clínico geral, dentista, ortopedista e cardiologista.

Também serão realizados exames laboratoriais, eletrocardiogramas e recadastramento do Bolsa Família.

O programa é uma ação de continuidade, que já está na sua 103ª edição, com a realização de mais de 25 mil atendimentos.

A Caravana da Saúde é realizada por meio da Secretaria de Saúde de Juazeiro e conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES).

Princesa do Carnaval de Juazeiro acusa jornalista de cometer crime de injúria racial contra ela

Thaise Haila, segunda princesa do Carnaval de Juazeiro 2018. (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Ele me chamou de suja, feia, ridícula e negrinha”. Palavras da atriz e bailarina Thaise Haila, 19 anos, uma das Princesas do Carnaval de Juazeiro (BA).

Em entrevista ao Programa Super Manhã, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina, Thaise Haila, disse que se sentiu agredida e ameaçada pelo jornalista Glauber Dantas, depois de uma festa neste domingo (21), em Juazeiro (BA).

Thaise Haila, disputou o título de Rainha do Carnaval de Juazeiro (BA), com outras oito candidatas, no último dia 19, no Juá Garden Shopping. Thaise não conseguiu se eleger Rainha da festa, mas ficou entre as três primeiras colocadas, ocupando assim, um dos postos de Princesa do Carnaval.

O resultado frustrou a expectativa da candidata e de parte do público presente e a insatisfação foi parar nas redes sociais. O ator e diretor de teatro Dewilles Sena, por exemplo, que acompanhou Thaise durante sua entrevista à Rádio Jornal, postou um vídeo criticando a escolha da Rainha.

Para Dewilles, a vencedora não atendia aos requisitos estabelecidos no edital. Segundo ele, o vídeo teve mais de 40 mil acessos na internet e vários compartilhamentos, o que causou muitos comentários na cidade.

O jornalista Glauber Dantas, teria feito parte do júri que escolheu a Rainha e o Rei Momo do Carnaval de Juazeiro e segundo Haila, teria manipulado outros membros que estavam avaliando as candidatas para não escolherem ela como Rainha.

Incomodado com os comentários, o jornalista teria chamado a atenção da Princesa na noite deste domingo (21), em um bar da cidade. Durante a conversa, os dois trocaram acusações e Glauber Dantas teria chamado a bailarina de suja, feia, ridícula e negrinha. Ainda segundo Haila, o mesmo também teria ameaçado dar um murro no rosto dela.

Os amigos de ambas as partes teriam tentando acalmá-los e tiraram cada um para um lado diferente do ambiente. Thaise disse também que o jornalista estava alcoolizado, o que segundo ela, não justifica as agressões.

“Quando eu cheguei em casa desabei no choro, porque eu não aceito que ele me trate assim. Você tratar uma pessoa e julgar pela sua cor? Não tem nada a ver. Nós somos todos iguais. Ele vai ter que responder pelo o que ele fez”, concluiu a Princesa.

Nossa redação conversou com o jornalista Glauber Dantas por telefone e ele disse que em breve vai se pronunciar sobre o assunto.

A Corte Real do Carnaval de Juazeiro ficou formada da seguinte maneira:

– Rei Momo: Josalan Gomes, 27 anos

– Rainha: Paula Barros, 20 anos

– Primeira Princesa: Jéssica Xavier, 19 anos

– Segunda Princesa: Thaise Haila, 19 anos

Petrolina: boletos do Garantia-Safra serão entregues até 31 de janeiro

(Foto: ASCOM)

Agricultores familiares devem ficar atentos ao prazo de adesão ao Garantia-Safra 2018 em Petrolina (PE). Quem não recebeu o boleto nos Distritos, quando a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Agrário esteve entregando, precisa ir a sede da Secretaria buscar seu documento.

O prazo para retirada do boleto vai até o dia 31 de janeiro. O documento só pode ser retirado na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, que fica localizada na Avenida Honorato Viana, 980 “A”, bairro Gercino Coelho (próximo a UPA).

De acordo com o diretor de agricultura familiar, Erisvaldo Lima, a maioria dos boletos já foi entregue nos núcleos de Caititu; Cruz de Salinas; Uruás; Rio Jardim; Pau Ferro; Ponta da Serra; Simpatia; Cristália; Izacolândia; Capim e Rajada.

“Devido a um atraso dos boletos pela coordenação nacional do programa, a Prefeitura montou uma força tarefa para entregar nas comunidades rurais os boletos em tempo hábil e sem prejuízos para os agricultores. Quero reforçar para aqueles que não receberam procurar com urgência a Secretaria de Desenvolvimento Agrário”, alerta Erisvaldo.

Garantia-Safra

O programa é uma ação voltada para agricultores familiares que se encontram em municípios sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas. É uma espécie de seguro que conta com a contribuição do agricultor, prefeitura, governos estadual e federal.

O aporte é formado pela contribuição do agricultor de R$ 17,00 (2% do valor do benefício), do município cadastrado de R$ 51,00 (6%), da participação do Estado com R$ 102,00 (12%) e da União com R$ 340,00 (40%).

Aulas de escolas da rede municipal de Petrolina só começam no final do mês de fevereiro

(Foto: ASCOM)

A Secretaria de Educação de Petrolina (PE), definiu o calendário do ano letivo 2018 para toda a Rede de ensino. O documento, que será seguido pelas escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), vai nortear as ações pedagógicas e programações durante todo o ano.

Para os alunos do Programa Primeira Infância Nova Semente, as aulas começarão no dia 19 de fevereiro. O atendimento continuará gratuito e integral para as crianças de 06 meses a 03 anos e 11 meses.

Já no dia 23 de fevereiro, a abertura oficial do ano letivo com todos os profissionais da rede vai acontecer na quadra do SENAI, localizada na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, Areia Branca.

O primeiro dia em sala de aula para os estudantes dos CMEIs, Ensino Fundamental I e II e Educação de Jovem e Adulto (EJA), será no dia 26 de fevereiro.

De acordo com a secretária executiva de Alfabetização, Ensino e Aprendizagem, Sônia Passos, as atividades letivas seguem até o dia 19 de dezembro de 2018, garantindo, assim, os 200 dias, como preconiza a Lei, além de atender uma importante solicitação da Rede.

“Conseguimos montar um calendário que atendesse a todas as demandas técnicas e pedagógicas para uma Educação de excelência, como preconiza as diretrizes e como orienta o prefeito Miguel Coelho. Uma novidade neste ano, muito solicitada pelos integrantes da nossa Rede, é que conseguimos assegurar que o recesso do meio do ano fosse efetivado no mês de junho, que é festivo na nossa cidade”, contou.

123