Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Atividades sociais dão continuidade às ações do mês da Consciência Negra em Petrolina

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina (PE) segue com as atividades em alusão ao mês da Consciência Negra. Na segunda-feira (19), foi iniciada uma série de ações coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), voltadas para jovens; idosos; profissionais da prefeitura e com programação também para o público em geral. As atividades contam com o apoio de instituições parceiras e convidados.

A primeira comunidade visitada foi o Residencial Vivendas. No local, uma roda de conversa com crianças e adolescentes sobre a capoeira reuniu uma centena de jovens. O convidado da noite foi o fotógrafo Jonas Santos. O profissional, junto com o Mestre de capoeira Pachelli e a secretária executiva de Juventude e Direitos Humanos, Bruna Ruana, abordaram temas como a importância da data; preconceito nas escolas; aceitação da identidade negra e sobre o papel transformador da capoeira dentro da sociedade.

Nesta terça-feira (20), será a vez do Centro de Atenção à Pessoa Idosa (CAPI) integrar às atividades. Na quarta-feira (21) será o momento dos idosos do Centro de Convivência de Idosos – Rio Jordão. Nos dois equipamentos serão promovidas oficinas sobre Consciência Negra e Envelhecimento. A programação segue na quinta-feira (22), durante todo o dia, com o encontro “Juventude Negra: Desafios e Perspectivas”. O evento acontecerá no Auditório da Secretaria Executiva de Juventude e Direitos Humanos. No mesmo dia, a partir das 18h30, acontece no auditório da UNINASSAU o debate: “O racismo e seus efeitos no cotidiano da população negra”. O encontro reunirá artistas e profissionais da região. A programação é aberta ao público e dispõe de certificado.

LEIA MAIS

P1 Rappers faz lançamento público de (Des)Feito Nós na noite de hoje (20)

Principal grupo de rap do Vale do São Francisco o P1 Rappers fará na noite dessa terça-feira (20) o lançamento público do seu mais novo trabalho (Des)Feito Nós. A data foi escolhida por ser o Dia da Consciência Negra, dentro da programação do Novembro Negro promovido pela Prefeitura de Juazeiro.

O lançamento está agendado para 18h, no Arco da Ponte. Além do P1 se apresentarão os grupos Norte Ba Crew, Perdidos do Norte e 3 da Matina. (Des)Feito Nós foi lançado no começo do ano e mostra o lado mais romântico do grupo.

“É um trabalho em que a gente juntou forças com várias outras pessoas. Ao mesmo tempo em que a formação da P1 é a menor. O grupo já teve cinco pessoas, e hoje somos só eu, Werson, e Euri. Esse é o disco que tem mais participações de outras pessoas. Tem gente contribuindo com arranjos, com letra, voz. Ao mesmo tempo que desfez nós, fez outros nós”, destaca Dj Werson.

Entre os artistas convidados estão Andrezza Santos, Peu Bandeira e Ananda Fonseca. O P1 Rappers leva o nome do bairro Piranga I no seu nome, já que surgiu nesse bairro da cidade juazeirense. O grupo já foi premiado a nível regional, no Festival Edésio Santos da Canção e nacional.

Naenda realiza 14º Festival de Arte-Educação Nego D’água

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

A 14ª edição do Festival de Arte Educação Nego D’água, é a culminância do projeto “Casa da Cultura Jordélio de Souza”, e será realizado no dia 24 de novembro, às 18h, em espetáculo aberto à comunidade, no Circo Benjamim Chaves, montado ao lado do Ponto de Leitura do Instituto Cultural de Arte-Educação Nego D’água (NAENDA), no bairro Quidé em Juazeiro (BA).

As oficinas do projeto Casa da Cultura, aconteceram durante dez meses. Foram desenvolvidas atividades de formação com arte-educandos das comunidades do entorno do bairro Quidé; com oficinas de áudio visual, capoeira, percussão, grafite, filarmônica, dança, circo, teatro e hip hop.

O resultado das oficinas este ano será sintetizado de maneira lúdica, num espetáculo teatral, porém envolvendo todas as linguagens artísticas desenvolvidas nas mais variadas oficinas; onde será encenado o espetáculo “Dandara e os segredos do circo”.

LEIA MAIS

Exposição de artes continua aberta ao público na FTC Petrolina

(Foto: ASCOM)

O público do Vale tem uma opção para encerrar o final de semana e conhecer um pouco mais sobre a exposição de arte Movimentos e Expressões, montada no prédio da FTC Petrolina. Com trabalhos da artista plástica pernambucana Suzana Azevedo, os trabalhos ficam expostos até esse domingo (18).

Na terça-feira (20) um novo trabalho será exposto na faculdade, de autoria do fotojornalista André Pessoa. “Serra da Capivara – os mais antigos vestígios da povoação na América?” traz o olhar de André sobre o patrimônio histórico do país.

Durante a abertura da mostra André estará no local e terá uma conversa com o público sobre seu trabalho. A mostra ficará montada até o dia 25, no Hall do Auditório. A entrada é gratuita. A faculdade está situada na Avenida Clementino Coelho 714, Atrás da Banca.

‘Sesc Partituras’: Quinteto CarrancaBones se apresenta em Petrolina

Quinteto CarrancaBones se apresenta pelo Sesc Partituras em Petrolina (Foto: Divulgação/ASCOM)

Na próxima quinta-feira (22), a música volta a tomar conta de Petrolina (PE), que receberá pela terceira vez o projeto “Sesc Partituras”. Nesta edição, o público poderá conferir gratuitamente no Teatro Dona Amélia, às 20h, o concerto do grupo petrolinense Quinteto CarrancaBones.

Em sua apresentação, o Quinteto CarrancaBones pretende levar ao palco um rico repertório nordestino através do timbre do trombone de vara, mostrando possibilidades musicais por uma formação homogênea. No repertório de composições, destaca-se um contraste da música pernambucana do armorial com os sons populares, uma representação de ritmos e folguedos em formato de suítes, sambas, choros e valsas.

Formado há menos de um ano, o Quinteto surgiu como uma formação reduzida do projeto Coral CarrancaBones, com a proposta de fomentar os compositores do Vale do São Francisco e das regiões circunvizinhas por meio da sonoridade do trombone. A estética musical do grupo parte do princípio experimental trazendo expressividade de timbres variados para um mesmo instrumento e suas possibilidades.

Sesc Partituras 

LEIA MAIS

V Festival Internacional da Sanfona: acordeonista Junior Ferreira lança álbum solo nesta sexta-feira (16) em Juazeiro

Júnior Ferreira lança seu primeiro álbum solo no V Festival Internacional da Sanfona. (Foto: Divulgação/ASCOM)

Como uma merecida homenagem à sanfona, com 12 músicas que declaram a importância desse instrumento para a música brasileira, o acordeonista baiano Junior Ferreira lança o álbum “Casa de Ferreira” nesta sexta-feira (16) às 20h, no V Festival Internacional da Sanfona, em Juazeiro (BA), na Arena do Centro de Cultura João Gilberto.

A apresentação acontece um dia depois de o artista fazer show de estreia da circulação do novo álbum em Salvador (BA), no Teatro Sesc Senac Pelourinho, com participação do cantor e compositor santamarense Roberto Mendes. No palco, ao lado de Junior Ferreira estão Rodrigo Bezerra (guitarra) e Larissa Umaytá (percussão). Pedro Almeida (bateria) e Jhoninha Medeiros (baixo e tuba).

No V Festival Internacional da Sanfona, em Juazeiro, o artista é atração do segundo dia de shows, dividindo a grade com Silas França, Chico Chagas e Jason O’Rourke. Nesta edição, o festival tem a curadoria do sanfoneiro, cantor e compositor Targino Gondim e conta com a presença de diversos instrumentistas de projeção nacional e
internacional. A circulação do artista tem patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal e realização da Aruwá Produções. Os shows contam com intérprete de libras.

Apesar de “Casa de Ferreira” ser o primeiro registro solo de Junior Ferreira, o acordeonista já contabiliza experiência de um artista que tem reconhecimento em diferentes regiões do Brasil e também no exterior. Basta dizer que a maioria das faixas do disco são autorais, sendo ele também quem assina os arranjos e direção musical. O trabalho retrata a trajetória do músico, suas parcerias, composições e influências.

“Queremos abrir ao público a porta desse universo do acordeom com delicadeza e propriedade e convidar todos a fazer uma imersão nos acordes do instrumento, compartilhando sons, sotaques, ritmos e estilos que ali se encontram” adianta o artista. Após a Bahia, Junior Ferreira segue para São Paulo, Brasília e Pernambuco divulgando o novo álbum em que ele, além de instrumentista, diretor e arranjador, estreia também como cantor. O álbum já está disponível nas plataformas digitais.

O Artista

LEIA MAIS

P1 Rappers realiza lançamento público do álbum ‘(Des)Feito Nós’ no Dia Nacional da Consciência Negra em Juazeiro

(Foto: Divulgação/ASCOM)

No próximo dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, o P1 Rappers, de Juazeiro (BA), fará o lançamento público do álbum ‘(Des) Feito Nós’, lançado em julho deste ano. O show será no Arco da Ponte, a partir das 18h, e integra a programação de atividades da Prefeitura Municipal de Juazeiro para o Novembro Negro, mês dedicado à promoção e ao fortalecimento do debate sobre as questões ligadas ao povo negro e à luta negra. Junto com o P1, também se apresentarão os grupos Norte Ba Crew, Perdidos do Norte e 3 da Matina.

O novo álbum ‘(Des)Feito Nós’ fala sobre o amor em suas várias formas de ser e de sentir. Reunindo artistas de diversos segmentos, o novo trabalho também evidencia as parcerias feitas em 2018. “É um trabalho em que a gente juntou forças com várias outras pessoas. Ao mesmo tempo em que a formação da P1 é a menor. O grupo já teve cinco pessoas, e hoje somos só eu, Werson, e Euri. Esse é o disco que tem mais participações de outras pessoas. Tem gente contribuindo com arranjos, com letra, voz. Ao mesmo tempo que desfez nós, fez outros nós”, destaca Dj Werson, integrante do P1 Rappers. As músicas “Mainha”, “Arme-se”, “Nordeste”, “Cotidiano”, “Filha”, “Homem Cadê Você” e “Amanhã”, que integram o álbum, estão disponíveis nas plataformas Spotify, Deezer e Youtube.

Fazendo jus à tradição de sempre promover e participar de eventos abertos ao público, o show no Arco da Ponte, que também contará com as participações especiais de Andrezza Santos, Peu Bandeira e Ananda Fonseca, de Juazeiro, representa não só uma oportunidade de divulgar o novo álbum, mas também de celebrar a importância da cultura Hip Hop e da conscientização sobre a luta negra na sociedade. “Que bom que será no mês de novembro. Muito importante, por ser mês de aniversário da cultura Hip Hop e mês da consciência negra. A gente vai fazer as músicas do álbum e também outras músicas que marcam a carreira do P1. Vai ser muito massa e a gente fica muito contente porque vai fazer esse lançamento público pra galera”, afirma Euri Mania, integrante do P1.

Prefeitura de Campo Formoso realiza 1ª edição do “Novembro Negro”

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Campo Formoso (BA), por meio do Departamento Pedagógico, vai promover a 1º edição do “Novembro Negro”, com a temática: “Sabores históricos e culturais de um Novembro Negro”.

A ação contará com a participação de alunos, professores, equipes gestoras e sociedade civil. O projeto teve início na 3º etapa de Ensino do ano letivo em curso, com ações que ampliaram a reflexão e discussão sobre o papel, e a posição do negro em nossa sociedade.

Para dar visibilidade as ações realizadas nas Unidades de Ensino sobre a história, cultura afro-brasileira e africana, como também das comunidades Quilombolas de Campo Formoso, a programação é composta por Sarau Musical, Rodas de conversa, Festival cultural, entre outras atividades que serão realizadas de 11 a 30 deste mês.

Consciência Negra: escolas municipais de Petrolina comemoram mês com palestras e atividades culturais

(Foto: ASCOM)

Novembro é o mês da Consciência Negra, por isso, as escolas da rede municipal de Petrolina (PE) iniciaram no último sábado (10) as celebrações alusivas à data. As unidades escolheram este momento para ampliar o debate e a reflexão de temas importantes, como: igualdade racial,  preconceito e a inserção social, além de conhecer mais sobre a história e a cultura africana.

De acordo com a secretária executiva de Ensino, Sônia Passos, a data deve ser comemorada em todas as escolas, através de mostras culturais, exposições, palestras, apresentações de capoeira e dança, entre outras atividades. Na Escola Rubens Amorim, no bairro São José, por exemplo, cerca de 200 alunos, do pré-escolar ao 5º ano do Ensino Fundamental, participaram do momento de socialização do projeto. Foram desenvolvidas atividades de promoção à cultura africana, valorização da negritude e respeito à diversidade, bem como apresentações de grupos de dança afro.

As atividades seguem em outras unidades da Rede. A escola Ariano Suassuna, no bairro Rio Corrente, vai iniciar, no próximo dia 19, a ‘Semana da Consciência Negra’ com palestras e atividades culturais de forma interdisciplinar. “Incentivamos o debate e o respeito à diversidade durante todos os anos, mas neste mês alusivo, orientamos as escolas a intensificar ao assunto, com foco na formação de cidadãos preocupados com a coletividade e sem preconceito”, pontuou Sonia Passos.

20 de novembro

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro divulga lista das 24 músicas selecionadas para o Festival Edésio Santos da Canção 2018

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, divulgou a lista das 24 músicas selecionadas para a 21ª edição do Festival Edésio Santos da Canção. A triagem aconteceu nos dias 06 e 07 de novembro, em uma sala da SECULTE em Juazeiro e foi feita pelos músicos João Sereno (poeta, cantor e compositor), Soneca Martins (maestro da Banda Base do FESC) e Marcos Brasil (músico contrabaixista). O FESC acontece de 29 de novembro a 1º de dezembro, no Centro de Cultura João Gilberto.

O Superintendente de Cultura da SECULTE Maurício Dias, conta que foram inscritas 98 músicas para o Festival Edésio Santos da Canção este ano. “No período de inscrições, ficamos um pouco surpresos, pois estávamos já no final do prazo e não havia muita procura. Então prorrogamos e acabamos recebendo músicas suficientes para que o festival aconteça”, explica Maurício.

Sobre as músicas escolhidas para o festival, o poeta, cantor e compositor João Sereno acredita que “foi interessante selecionar essas músicas e perceber que mais da metade tem um padrão elevado. Há também músicas bacanas para um festival nacional, divertidas, inteligentes e com temas atuais. Os participantes estão de parabéns por mostrarem seu talento musical e a Prefeitura por investir neles realizando o evento”, afirma João.

Na avaliação do músico e maestro da Banda Base do FESC Soneca Martins, “é preciso mais idéias, mais criatividade na hora de fazer as músicas. Algumas são muito parecidas. Mas, ainda assim, está praticamente no mesmo nível dos festivais anteriores”.

Para o contrabaixista Marcos Brasil, que trabalha com música há 28 anos, a qualidade das músicas chamou a atenção. “Gostei muito das músicas e da sonoridade de muitas delas. Já participei do FESC como músico há alguns anos e acho que a realização do mesmo é um grande incentivo para que as pessoas continuem a produzir música, para que queiram melhorar. Quem não foi classificado, pedimos que não desista”, disse.

Lista de músicas selecionadas:

LEIA MAIS

Em fase de reforma, Biblioteca Cid Carvalho ganhará Arquivo Público e Acervo Nilo Coelho

(Foto: ASCOM)

A Biblioteca Municipal de Petrolina (PE) está ganhando uma ampla reforma para voltar a atender a população petrolinense. Além de livros para consulta, o espaço batizado de Cid Carvalho voltará às atividades com duas novidades: o Arquivo Público e o Acervo Nilo Coelho.

Entre as modificações na parte física, a prefeitura irá contemplar piso; iluminação adequada para leitura; pintura de todo prédio; conserto da instalação hidrossanitária (água e esgoto) e revisão do telhado que está com goteiras. A reforma está sendo realizada pela Prefeitura de Petrolina e deve ser concluída em dezembro deste ano, quando voltará a receber a população.

“A Biblioteca Municipal Cid Carvalho é um importante equipamento de cultura e educação da nossa cidade. Estamos preparando o prédio para que tenha condições de receber a população com dignidade e conforto. Percebemos que, da maneira que se encontrava o prédio, ele não teria condições de receber o petrolinense”, explica o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Emicio Junior.

Para não inviabilizar o atendimento ao público, um espaço provisório foi montado no prédio da Diocese de Petrolina, na Rua Antônio Santana Filho, em frente a Catedral, no centro. Os frequentadores podem ter acesso ao acervo de segunda à sexta-feira, das 8h às 21h, aos sábados de 8h às 18h e nos domingos, de 8h às 13h.

Sobre o Arquivo Público e Acervo Nilo Coelho

LEIA MAIS

Mês da Consciência Negra terá programação especial em Juazeiro

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) promoverá durante o mês de novembro uma programação especial para celebrar o mês da Consciência Negra. Palestras, exposições, exibição de filmes, rodas de conversas, seminários, além do III Fórum Municipal de Promoção da Igualdade Racial e uma grande celebração artística farão parte da programação no dia 20 de novembro.

A exposição ‘Santo de Casa faz Milagre’ da artista plástica Alda Moreira, que acontece na Casa do Artesão das 8h às 18h, abre a programação e o público poderá visitar a partir de hoje (06) até o dia 22 de novembro. No dia 13, no auditório da UNEB, acontece o III Fórum Municipal de Promoção da Igualdade Racial, realizado pelo município através da SEDES em parceria com o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e a UNEB.

“O fórum é um momento de consolidação das propostas do trabalho coletivo e democrático feitas nos dois fóruns anteriores. É o momento de apresentar a minuta do plano de ação e expor em plenária, esse que é o resultado não só dos fóruns, mas da construção que vem sendo feita ao longo dos anos em nosso município”, afirmou a diretora de Diversidade, Luana Rodrigues.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro realiza 1ª Feira de Caprinos e Ovinos do distrito de Abóbora

A Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) e a Associação Comunitária de Angical realizará de 09 a 11 de novembro no distrito de Abóbora, a 1ª Feira de Caprinos e Ovinos do distrito. O evento tem como objetivo proporcionar aos produtores da região oportunidades de negócios que englobe todo o segmento comercial local, com isso melhorando a renda e a qualidade de vida dos trabalhadores.

Cerca de 60 expositores e uma média de 400 animais entre caprinos e ovinos irão abrilhantar o evento. Palestras, cursos, torneio leiteiro, torneio de pista, exposições, comercialização de produtos da culinária local e serviços voltados ao setor, integram a programação.

“A feira visa inserir os produtores dessa região num contexto comercial mais amplo, capaz de atingir mercados de consumo, agregar valor aos produtos da cadeia produtiva, aumentar a renda familiar e a qualidade de vida”, observou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Tiano Felix.

O evento também conta com a parceria da ADAB, IRPAA, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), UNIVASF, UNEB, Polícia Militar, Cesol, Mineração Caraíba, Sebrae, COOAFJUR, Central da Caatinga, FETAG e Polícia Militar.

Programação

LEIA MAIS

Público infantil tem até esse domingo para acompanhar espetáculo “Eu Chovo” no Teatro Dona Amélia

(Foto: Arquivo)

A noite promete ser de muita fantasia para o público infantil de Petrolina na última noite de exibição do espetáculo “Eu Chovo”, no Teatro Dona Amélia, no Sesc Petrolina.

A peça contra a história dos Pingos de Chuva que se envolvem em uma aventura, no clássico escrito por Sylvia Orthof. 15 crianças da turma de teatro para crianças do Sesc formam o elenco do espetáculo.

As entradas custam R$ 20,00, estudantes, trabalhadores do comércio e dependentes têm desconto e pagam apenas R$ 10,00. A classificação do espetáculo que começa às 19h é livre.

 

Quinta edição do projeto’Entre Margens’ acontece em Petrolina e Lagoa Grande de 5 a 11 de novembro

(Foto: Arquivo)

Lançando o olhar e abrindo espaço para aqueles que vivem e produzem às margens socialmente impostas, o Sesc Petrolina (PE) realiza, de 5 a 11 de novembro a quinta edição do Entre Margens: encontro com a literatura. Neste ano, o projeto traz como tema “Narrativas (in) Visíveis” em uma programação variada que vai acontecer também na comunidade do Lambedor, pertencente ao município de Lagoa Grande.

“É um encontro, uma aproximação da margem de nossos rios com as sociais, políticas, culturais. Queremos dar visibilidade à poética negra, dando voz às produções e histórias de vida dessas pessoas e (re) pensando o lugar que ocupam os escritorxs, sobretudo mulheres negras na nossa atual sociedade literária”, defende a coordenadora e professora de Artes do Sesc Petrolina, Ariane Samila Rosa.

Durante a semana de realização, estarão na cidade nomes como Brena Gonçalves (BA), André de Leones (GO), Miró da Muribeca (PE), Cida Pedrosa (PE), Lucas dos Prazeres (PE) e Cristiane Sobral (DF). Eles são alguns dos convidados da programação, que inclui sarau, conversas e degustações literárias, palestra, contação de histórias, performance e exposição. Além disso, o público poderá assistir a espetáculos e apresentações musicais, como o espetáculo O Som da Vida com Lucas dos Prazeres, Um batuque que Ecoou e Batuk-Ajé, com Camila Yasmine e Eugênio Cruz, Recital Ponto Poético, da Cia Birutan e Kinimbá e um Rio de Encantos, de Gira Rosa.

Já estão abertas as 20 vagas para a oficina “Escrita de Histórias Fantásticas” voltada para professores, escritores ou interessados em literatura infantil com idade superior a 16 anos. A atividade será ministrada pela baiana Danielle Andrade e vai acontecer de 5 a 9 de novembro, das 9h às 13h. A oficina vai acontecer na Unidade, onde estão sendo realizadas as inscrições, no valor de R$20 para o público em geral, R$ 10 para professores e estudantes. Trabalhadores do comércio, de bens serviços e turismo e seus dependentes têm desconto e pagam R$5. As inscrições estão sendo realizadas na Coordenação de Cultura do Sesc Petrolina, no horário das 14h às 18h.

Programação

LEIA MAIS
12345