Atendendo pleito de vereadores avenida São Francisco, Areia Branca, vai receber recuperação asfáltica

GEDSC DIGITAL CAMERA

Vereador Ibamar Fernandes (PRTB) e o Secretário Ricardo Rocha

O vereador Ibamar Fernandes (PRTB) anda chateado com o tratamento que a prefeitura vem dando ao bairro Areia Branca, um dos mais populosos de Petrolina – PE, sobretudo, no que diz respeito a recuperação do asfalto da avenida São Francisco. Ibamar disse que a buraqueira na avenida é grande e há muito tempo tem cobrado do executivo, juntamente com a vereadora Maria Elena (PSB), sem que nenhuma providência seja tomada. “Hoje a avenida São Francisco tem mais buracos do que tábua de pirulito, espero que o prefeito (Júlio Lóssio) e o secretário (Ricardo Rocha) coloquem em prática nossa reivindicação o mais rápido possível porque como está não pode continuar”, enfatizou.

PLEITO ATENDIDO

Procurado pela reportagem deste blog o secretário de Infra Estrutura e Mobilidade Urbana, Ricardo Rocha, coordenador do programa Pavimenta Petrolina, informou que os vereadores podem ficar tranquilos que dentro de 15 dias a obra deverá ser iniciada com recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal – FEM.

Conselho discute por 6 horas, mas votação contra Cunha é adiada pela 2ª vez

deputado-onix-lorenzoni-em-pe-de-preto-discute-por-sergio-moraes-apos-ser-acusado-de-furar-fila-bate-boca-atrasou-em-meia-hora-a-sessao-1449011712537_615x300

O Conselho de Ética da Câmara encerrou a sessão desta terça-feira (1º) sem conseguir colocar em votação o parecer do relator Fausto Pinato (PRB-SP) a favor do prosseguimento da investigação contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que pode terminar com a cassação do mandato do deputado federal.

O início das votações na sessão do Congresso Nacional, por volta das 20h30, impediu a votação do parecer, após quase seis horas de reunião. A votação foi adiada para esta quarta-feira (2).

Esta foi a segunda reunião em que o conselho não conseguiu votar o relatório de Pinato. O parecer foi apresentado no dia 24 de novembro, mas aquela sessão foi suspensa por um pedido coletivo de vista do processo.

Na reunião desta terça, aliados de Cunha apresentaram uma série de questões de ordem ao presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), questionando o andamento da reunião, o que atrasou a análise do processo.

O Conselho de Ética iniciou a fase de debates, quando os deputados podem usar da palavra para dar sua opinião sobre o parecer, apenas às 17h. A reunião foi aberta às 14h46.

A discussão sobre se o suplente Onyx Lorenzoni (DEM-RS) havia furado fila na hora de registrar presença na sessão tomou mais de meia hora da reunião. O questionamento foi apresentado por deputados do PTB.

Manoel Júnior (PMDB-PB) apresentou questões de ordem questionando a composição das bancadas do conselho e voltou a contestar a participação de Júlio Delgado (PSB-MG) no julgamento do processo contra Cunha. Araújo manteve a participação de Delgado.

Júnior também contestou a participação de Eliziane Gama (Rede-MA) no julgamento, por ela ser de um dos partidos que denunciou Cunha ao conselho. A representação foi assinada pela Rede e pelo PSOL.

Durante os debates na reunião, cinco dos 21 titulares do Conselho de Ética disseram ser favoráveis ao prosseguimento do processo.

Foram a favor da continuidade da investigação Sandro Alex (PPS-PR), Paulo Azi (DEM-BA), Betinho Gomes (PSDB-PE), Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS) e Marcos Rogério (PDT-RO).

O titular Wellington Roberto (PR-PB) se manifestou contra a cassação de Cunha e apresentou voto em separado no qual pede apenas a pena de censura escrita ao deputado, uma das mais brandas previstas no Código de Ética.

A suplente Eliziane Gama (Rede-MA) disse ser favorável à continuidade do processo, e Manoel Junior (PMDB-PB), contrário.

Manchetes dos jornais de 02/12/2015

A Tarde
SSP reforça segurança no Vale das Pedrinhas após toque de recolher

Correio da Bahia
Rodoviários alteram fim de linha em Santa Cruz e no Nordeste; segurança é reforçada

Tribuna da Bahia
BNDES concede empréstimo de R$ 2 bi para ampliar metrô

O Globo
Congresso analisa vetos de Dilma para votar meta fiscal de 2015

O Dia
Vice do Fluminense diz que filha foi ameaçada de sequestro se não entregar partida

Extra
Prisão em flagrante de PMs acusados de fuzilar jovens é convertida para preventiva

Folha de São Paulo
Comissão inclui previsão de CPMF no Orçamento do ano que vem

O Estado de São Paulo
Conselho de Ética adia decisão sobre processo de cassação de Cunha

Correio Braziliense
CPF passa a ser emitido junto com a certidão de nascimento

Valor Econômico
Economia brasileira tem o pior resultado para o terceiro trimestre em 19 anos

Estado de Minas
Samarco começa distribuição de auxílio mensal aos atingidos por rompimento de barragem

Jornal do Commercio
Exames para detectar zika devem chegar aos laboratórios em 30 dias

Diário do Nordeste
Corpo de jovem morto é incendiado durante velório

Zero Hora
Ônibus e lotação são incendiados na zona sul de Porto Alegre

Brasil Econômico
Custo da saúde vai ficar 37% mais caro com o envelhecimento da população

Grandes nomes da música instrumental regional se apresentam em festival em Juazeiro

fexstinstruSerá realizado, no dia 12 de dezembro, o I Festival de Música Instrumental do Vale do São Francisco. O evento, que conta com o apoio da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Prefeitura Municipal de Juazeiro, às 19h, na Orla de Juazeiro, Bahia, no antigo espaço do Vaporzinho.

A programação do festival traz o guitarrista e produtor musical Luciano Magno como a principal atração. O músico, radicado em Recife, capita pernambucana, é conhecido no cenário brasileiro com um dos principais nomes da guitarra com ênfase no frevo, no samba, na bossa, no choro e no baião, apresentando-se em países como Portugal, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos. Requisitado em estúdios, gravou com Dominguinhos, Sivuca, Naná Vasconcelos, Heraldo do Monte, Alcimar Monteiro e Geraldo Azevedo.

Haverá, ainda, apresentações de Soneca Martins, músico juazeirense que atuou com Ivete Sangalo, Sarajane, Banda Mel e artistas no Japão; da Juazzera4, quarteto de jazz e música brasileira que conta com o baixista Marcos Brasil, o tecladista Jhon Oliveira Teclas e o baterista Fernando Nunes; e do cantor, compositor e instrumentista Tico Seixas, cujo show terá a participação do guitarrista Wilker Alves.

O guitarrista e violonista Edésio César, que ficou em 2º lugar num concurso nacional de guitarra, além de ser mais uma das atrações, é o idealizador do festival. Segundo ele, a região do Vale do São Francisco é um celeiro de artistas consagrados da música popular brasileira e de novos talentos da música instrumental. “Juazeiro e Petrolina abarcam admiráveis produções musicais vindas de novas fontes da cultura ribeirinha. E isso contribui para a relevância desta iniciativa, que levará arte instrumental ao povo sãofranciscano”, explica. (Ascom)

Passa a valer a partir desta terça nova regra de meia-entrada

MEIA-ENTRADA2Entra em vigor nesta terça-feira (1º) a Lei da Meia-Entrada (Lei 12.933/2013), que regulamenta o acesso de estudantes, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência a eventos artísticos, culturais e esportivos, pagando metade do valor do ingresso. O decreto também regulamenta a reserva de vagas para jovens de baixa renda no transporte coletivo interestadual.

A concessão da meia-entrada fica assegurada para 40% do total de ingressos dos eventos. As promotoras e produtoras deverão comunicar o eventual esgotamento das entradas com desconto e apresentar um relatório de vendas com indicação dos ingressos comercializados com meia-entrada.

Os estudantes terão o direito à meia-entrada mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil, que seguirá um modelo nacional e poderá ser emitida por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE), a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), além de Diretórios Centrais de Estudantes e Centros Acadêmicos. O documento será renovado anualmente, com comprovação de matrícula e será gratuito para estudantes de baixa renda.

LEIA MAIS

Expectativa de vida do brasileiro sobe para 75,2 anos, mostra IBGE

idoso

A expectativa de vida dos brasieliros aumentou para 75 anos e dois meses (75,2), em 2014, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa é três meses e 18 dias superior à do ano anterior, que era de 74,9. Os dados fazem parte da Tábua Completa de Mortalidade, publicada na edição de hoje (1º) do Diário Oficial da União.

As mulheres vivem em média 7,2 anos a mais que os homens, com uma expectativa de 78,8 anos, contra 71,6 anos para eles.

Em 2014, no entanto, a estimativa masculina aumentou mais, com um acréscimo de três meses e 25 dias, contra três meses e 11 dias para as mulheres.

Unidades da Federação

Com grande vantagem sobre a segunda colocada, Santa Catarina foi a unidade da Federação com a maior expectativa de vida, de 78,4 anos. Os homens catarinenses passaram a ter expectativa de vida de 75,1 anos, e as mulheres, 81,8 anos. O Distrito Federal, com 77,6 anos, e o Espírito Santo, com 77,5, ficaram em segundo e terceiro lugar.

Os três estados da Região Sul, os quatro estados do Sudeste e o Distrito Federal ocupam as oito primeiras posições – todos com expectativa de vida superior à média nacional (75,2 anos). Depois deles, o Rio Grande do Norte apresenta a maior taxa, que coincide com a média do Brasil.

A menor expectativa de vida ao nascer é a dos maranhenses (70 anos). O Piauí tem a segunda menor, com 70,7 anos. Alagoas, aparece em seguida, com 70,8 anos.

Vereador de Dormentes – PE, Jeolandio Coelho (PSB) faz apelo junto a Celpe por melhorias nos serviços em Dormentes

jeolandioIndignado com o tratamento dado a população do município de Dormentes – PE, sertão do Estado, pela Companhia Energética de Pernambuco (CELPE), o vereador Jeolandio Coelho (PSB) resolveu colocar a boca no trombone e cobrar mais respeito aos clientes.

“pagamos uma energia multo cara e que parece que aumenta todos os meses, no entanto tenho recebido inúmeras reclamações do péssimo serviço prestado em seu ponto de atendimento aqui em Dormentes, mais tenho conversado com o proprietário do estabelecimento, segundo ele o problema é regional não só em nossa cidade, a mais de 15 dias ele não consegue comunicação com a central que  fica em Recife, não se consegue nem um tipo de atendimento, para transferência de titularidade, alteração de qualificação ou qualquer outro serviço que dependa do ponto Celpe, antes era lento o atendimento mais funcionava, pois só conseguia atender 02 ou 03 pessoas por dia, pois segundo informações falta recursos humanos na central de atendimento,  hoje não atende ninguém, portanto gostaria de deixar a minha insatisfação no que diz respeito a ao serviço da Celpe pedir mais respeito para com os seus clientes”, reclamou,

Empresário João Carlos Paes Mendonça afirma que nunca presenciou uma crise econômica como esta

joão carlos paes mendonça

O empresário e presidente do grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça, foi o entrevistado do debate da Super Manhã, desta terça-feira (1º). Geraldo Freire, ao lado do editor de economia do Jornal do Commercio, Saulo Moreira, e a diretora de jornalismo da Rede Globo Nordeste, Jô Mazarollo, conduziu o debate.

Ao abordar o tema da crise econômica no Brasil, o empresário afirmou que nunca presenciou um momento como esse. “Essa talvez seja a maior crise da nossa história”, destacou. “Essa crise é uma tempestade perfeita”.

Para ele, a crise tem um grande viés político. “É uma crise de competência e infelizmente 2016 parece que não vai ser melhor”, comentou.

O empresário criticou ainda o formato dos programas sociais do governo, mas destacou a importância de algumas medidas que protegem as classes menos beneficiadas. “Eu sou favorável que se dê o apoio às pessoas necessitadas, que precisam, mas momentaneamente. Depois você tem que dar oportunidade para que essas pessoas se livrem desses programas”, frisou, citando como exemplo o Bolsa Família. “Deixou de ser um projeto social para ser um projeto político”.

Sobre as medidas adotadas pelo Governo Federal para frear a crise, João Carlos foi enfático e afirmou que os empresários brasileiros estão desmotivados, principalmente pelas burocracias. “Não vi nenhum ato nesse governo, só discurso. Qual a motivação que um empresário tem no Brasil?”, questionou.

Ele lançou uma luz sobre o futuro da economia do país, porém, consciente de que 2016 também será um ano difícil. “Essa crise vai demorar, mas passa. E quem tem coragem estará muito na frente de quem tem medo de investir”, afirmou.

Sobre Pernambuco, Paes Mendonça elogiou as estruturas do estado, mas criticou a má utilização do Centro de Convenções de Olinda, afirmando que o espaço deixa de realizar muitos eventos para atrair o público. “O Centro de Convenções não está sendo utilizado da melhor forma. Nós perdemos oportunidades”, disse. “Ele é muito pequeno, não está mais compatível com o mundo moderno”, completou.

Sobre a carga tributária do Brasil, o empresário afirmou que o país deve parar de aumentar a cobrança de impostos dos brasileiros e criticou o discurso de defesa da CPMF utilizado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, como tributo para auxiliar na saída da crise. “Precisamos reduzir a máquina do Estado. Nós precisamos reduzir o custeio, o desperdício e investir certo”, disse. “A CPMF nunca foi temporária. Para quê a volta da CPMF?”.

João Carlos Paes Mendonça fez uma análise rápida da vinda da Copa do Mundo ao Brasil, que, na sua opinião, não trouxe nada de positivo. Ele aproveitou a oportunidade para comentar a construção da Arena Pernambuco. “Não precisávamos da Arena Pernambuco. Era para ter usado o Arruda. A Arena não rendeu nada para o estado”, afirmou. “Para receber três jogos medíocres, gastamos uma fortuna. Não tem mobilidade. Está lá, um elefante branco. Não trouxe nada para Pernambuco”, atacou, dizendo ainda que o Clube Náutico teria sido prejudicado por conta da ida para a Arena, o que afastou a torcida.

Projeto que institui o Dia Municipal das Sementeiras deve ser votado hoje em Petrolina

GEDSC DIGITAL CAMERA

Câmara Municipal de Petrolina

Quatro (04) projetos constam na pauta para votação na sessão desta terça-feria (01), às 18:00 horas, na Câmara Municipal de Petrolina:

Veto Parcial nº 222/2015, referente ao projeto de lei nº 049/2015, autoria do Poder Legislativo, que autoriza a inclusão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) no currículo escolar no âmbito do município de Petrolina.

Projeto de Lei nº 094/2015 que denomina de Amália Granja de Alencar a AME (Atendimento Multiprofissional Especializado), da Vila Mocó.

Projeto de Lei nº 097/2015 que dar o nome do deputado Osvaldo Coelho ao Clube do bairro da localidade de  Izacolândia.

E o Projeto de Lei nº 100/2015 que institui o Dia Municipal das Sementeiras a ser comemorado anualmente em 15 de agosto. Considera-se como sementeiros todos os colaboradores das unidades do Programa Nova Semente independentemente de suas tarefas específicas.

Aliados de Cunha atrasam votação no Conselho de Ética

Aliados do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), fizeram uma série de intervenções, atrasando o início da votação do parecer favorável ao seguimento do processo contra o peemedebista no Conselho de Ética da Casa. Na primeira meia hora da reunião, o principal assunto foi uma suposta “furada de fila”.

A sessão foi aberta às 14h46. Os deputados Jovair Arantes (PTB-GO), Manoel Júnior (PMDB-PB) e Paulinho da Força (SD-SP) apresentaram questões de ordem questionando até mesmo a ordem de chegada de deputados e o principal debate da tarde, ao menos até as 15h15, era se o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) havia furado a fila ou não.

O clima era tenso desde antes do início da sessão. Suplentes disputaram por segundos a prioridade de votação. Lorenzoni e Sérgio Moraes (PTB-RS) chegaram a discutir antes da abertura da sessão. Moraes disse que Lorenzoni furou a fila de suplentes. Apenas o primeiro suplente de cada bloco partidário a registrar presença pode votar no lugar do titular ausente. “Acho que foi tremendamente antiético”, afirmou Sérgio Moraes.

Líder do PTB, Jovair Arantes fez questão de ordem em defesa de Moraes. O presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), disse que Arantes não tem direito de fazer questão de ordem por não ser membro do colegiado. Outro aliado de Cunha, Manoel Júnior (PMDB-PB), como integrante, se manifestou então a favor de Moraes.

Com a ausência de Júlio Delgado (PSB-MG), que está em missão no exterior, os suplentes Bebeto (PSB-BA) e Eliziane Gama (Rede-MA) disputaram uma vaga. Eliziane chegou primeiro, mas temia ter sua prerrogativa de voto questionada por ter assinado a representação contra o peemedebista. Antes da sessão, aliados de Cunha apostavam que o placar seria 12 a oito a favor do peemedebista. (Uol)

Inca alerta para crescimento de tipos de câncer relacionados à obesidade

obesidade

A incidência de tipos de câncer relacionados à obesidade tem gerado preocupação ao Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca). Na última na sexta-feira (27), o Inca fez um alerta durante a divulgação das estimativas de novos casos para os próximos dois anos no Brasil.

Apesar de não poder fazer uma comparação com os anos anteriores, por mudanças na metodologia e na base de dados, o vice-diretor-geral do Inca, Luiz Felipe Ribeiro, informou que há uma tendência de crescimento em casos como o câncer de próstata, que é associado à obesidade.

“Um exemplo é o tumor de corpo de útero, que também é associado à obesidade e não entrava nem entre os dez tumores mais incidentes do Brasil. Na última estimativa, estava em oitavo, e, nessa, apareceu em quinto”, destacou Luiz Felipe. “Está nos preocupando o crescimento rápido dos tumores ligados à obesidade”.

LEIA MAIS

Oposição traça caminhos para a cassação de Cunha

MP11     BSB DF 13 05 2015  CAMARA/MP 664    O presidente da Camara dos Deputados, Eduardo Cunha preside sessao extraordinaria destinada a analisar a MP 664/14 que muda as regras de pensao por morte. O deputado Carlos Zarattini (PT SP) relator da materia. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Foto: Dida Sampaio

Reunidos na Câmara, partidos de oposição traçaram três cenários para a reunião do Conselho de Ética que vai discutir a abertura de investigação de Eduardo Cunha.

Se a corda que Cunha colocou no pescoço do PT com as ameaças de impeachment der resultado e a investigação seja de pronto enterrada, haverá um recurso ao plenário.

Se por outro lado a investigação for aberta e os aliados de Cunha recorrerem ao plenário para tentar derrubar a deliberação ou simplesmente ganhar tempo, haverá uma questão de ordem para impedir que o próprio presidente seja o responsável por pautar o caso.

Na terceira e considerada mais improvável hipótese, a oposição trabalha com o cenário de o Conselho abrir o processo contra Cunha mas já sugerir uma punição branda, como uma advertência. Nesse caso, haveria uma questão de ordem no próprio Conselho para tentar regimentalmente barrar tal deliberação, sendo possível, em último caso, até mesmo recursos à Justiça para garantir que punição só seja discutida ao fim do processo.

Por fim, os partidos decidiram aditar o pedido que fizeram ao Ministério Público para o afastamento de Cunha com as últimas notícias sobre o suposto repasse de 45 milhões de reais ao deputado pelo BTG Pactual. (Radar Online)

Reservatórios de Sobradinho e Xingó têm vazões ainda mais reduzidas

Lago sobradinho

A Agência Nacional de Águas (ANA) decidiu manter reduzidas as vazões dos reservatórios de Sobradinho e de Xingó, no Rio São Francisco. A decisão se deve às poucas chuvas nos últimos anos, o que impacta os níveis de armazenamento dos reservatórios. Antes, as descargas mínimas instantâneas eram de 1,3 mil metros cúbicos por segundo. Hoje (1º), estão em 900 metros cúbicos. A resolução com a decisão foi publicada na edição de hoje (1º) do Diário Oficial da União e tem validade até 20 de dezembro.

A redução das vazões de reservatórios do Rio São Francisco ocorre desde abril de 2013. Segundo a ANA, o objetivo é manter os estoques de água para o uso múltiplo. Sobradinho e Xingó, por exemplo, são usados na produção de energia nas usinas hidrelétricas que levam o mesmo nome dos reservatórios. Sobradinho fica na Bahia e Xingó, na divisa entre Sergipe e Alagoas. A agência estima que, caso a medida não tivesse sido tomada, o sistema da Bacia do São Francisco operaria no volume morto desde 2014.

Até o último dia 29, Sobradinho contava com apenas 1,28% de seu volume útil. A previsão de chuva nos próximos dias no norte de Minas Gerais, onde fica a nascente do São Francisco, pode mudar o cenário. No entanto, caso as precipitações não sejam suficiente para melhorar a carga de água, a tendência é a vazão do reservatório passar para 800 metros cúbicos por segundo. A nova redução é um pedido do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). No próximo dia 15, haverá reunião sobre a situação da Bacia do São Francisco em que essa proposta será avaliada. (EBC)

Recém-nascido terá CPF na certidão de nascimento

A fim de evitar fraudes, o CPF da criança virá no mesmo documento que o registro de nascimento com identificação digital e em papel com textura especial. Para tanto haverá uma conexão entre os cartórios e a Receita Federal, no ato do nascimento e registro nas informações que serão enviadas para a base de dados da Receita que no mesmo momento já gerará  o número do CPF do RN.

O CPF será vinculado ao do pai ou da mãe no sistema da Receita Federal, contudo não constará no documento o CPF dos pais.

O índice sobre registro de nascimento no País chegou a 3%, considerado como sendo o de um país desenvolvido. O projeto já está em vigor nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

O CPF já é um documento básico e esse serviço não será cobrado, o que certamente trará comodidade, principalmente as famílias mais carentes, que por vezes necessitam desse documento para que seus filhos tenham acesso aos benefícios sociais proporcionados pelo poder público. De acordo com a Receita Federal, de janeiro a outubro de 2015, foram emitidos quase 100 mil números de CPF para menores de um ano de idade no estado de São Paulo.

A inscrição do recém-nascido também permitirá aos pais incluírem imediatamente seus filhos em planos de saúde, que normalmente exigem o CPF, assim como para acesso aos medicamentos fornecidos pelo governo, além da possibilidade de abertura de contas bancárias em nome da criança. O sistema também já está adaptado para permitir o cadastro da filiação independentemente do gênero que compõe a família.

A expectativa é que até meados de 2016 seja implantado esse modelo nos demais Estados Brasileiros.

Coletivo Abordagem Teatral realiza workshop gratuito em Juazeiro

12246866_1631140117145893_3265319197636112078_n (1)

O workshop de férias será realizado gratuitamente no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro, Bahia, entre os dias 02 e 07 de dezembro. O projeto é uma realização do Coletivo Abordagem Teatral.

As inscrições já estão sendo realizadas através de um processo simples. Os interessados devem acessar a página do Coletivo no Facebook   e deixar no bate-papo as seguintes informações: 1- Nome completo, 2-Data de nascimento, 3-Telefone, 4-E-mail.

O grupo realiza há quase dez anos  um trabalho na área da pesquisa,  englobando exercícios do teatro orgânico, da linguagem regional, da música e muito mais. O Coletivo Abordagem Teatral, agora passa esse conhecimentos para jovens e adultos da região gratuitamente.

Durante 16 horas/aula, os participantes vão ter a oportunidade participar de exercícios e estudos sobre a INTERPRETAÇÃO ORGÂNICA, A AÇÃO COMO ESTÍMULO CRIATIVO”. As oficinas serão ministradas pelo ator e diretor Elder Ferrari (DRT: 3032/BA.).

Ao fim do Workshop, todos os participantes vão receber certificados de participação com a carga de 16 horas/aula. O primeiro encontro será na próxima quarta-feira (02/12), as 19h, no Centro de Cultura João Gilberto.