Petrolina: usuária de drogas é presa após agredir própria mãe no José e Maria

Nessa quarta-feira (02), uma mulher de 25 anos foi presa após agredir a própria mãe no bairro José e Maria, em Petrolina (PE). Segundo informações, a filha é usuária de drogas e ameaça a mãe sempre que quer comprar entorpecentes.

De acordo com a vítima, sua filha a agrediu fisicamente. Além disso, ameaçou a mãe com um pedaço de madeira. Ainda segundo a mãe, sua filha pega, constantemente, seus objetos para vender e comprar drogas.

Homem é preso após agredir ex-companheira e filho em Petrolina

Homem descumpriu medida protetiva e agrediu mulher e filho.

Um homem, de 40 anos, foi preso pela Patrulha da Mulher, equipe especializada da Guarda Civil Municipal, no Projeto Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina, após descumprir a medida protetiva ao invadir a casa da ex-companheira e ameaçá-la com uma faca.

Além disso, o homem feriu o braço do filho, de 16 anos, que tentou evitar a agressão neste fim de semana. A mulher conseguiu sair de casa para prestar queixa na Delegacia da Mulher, mas foi perseguida pelo agressor que lhe deu socos e persistiu nas ameaças.

Mesmo diante das ameaças, a vítima conseguiu acionar a Patrulha da Mulher que conduziu o homem para a Delegacia da Polícia Civil onde foram adotadas as medidas legais cabíveis.

Homem que agrediu idoso em Recife é solto

Momento em que idoso é agredido pelo acusado.

A prisão preventiva de Bruno Nunes Elihimas, que foi filmado agredindo um idoso no bairro do Pina, em Recife (PE), foi revogada na última sexta-feira (26). O acusado estava preso desde dezembro do ano passado.

Na decisão, o juiz determinou o comparecimento bimestral em juízo para informar e justificar atividade, a proibição de acesso ou frequência a bares, proibição de se ausentar da Comarca por prazo superior a oito dias, sem autorização judicial e o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga.

No dia 29 de dezembro de 2018, câmeras de segurança flagraram a agressão sofrida pelo idoso, identificado como William José de Souza, em frente a um prédio no bairro do Pina, Zona Sul do Recife.

Nas imagens, é possível observar o suspeito desferir socos que derrubaram a vítima. Caído no chão, William é atingido por mais socos e pontapés, a maioria no rosto. Em seguida, o agressor se afasta, mas volta e continua a agressão.

Homem agride e ameaça companheira, mas é preso pelo 2º BIEsp

(Foto: Ilustração)

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (19), em Petrolina, após agredir sua companheira. De acordo com o 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), a vítima relatou ter apanhado do agressor que ainda a ameaçou com uma faca.

A ocorrência foi registrada na Avenida Guararapes, Centro da cidade. De imediato os policiais deram voz de prisão ao agressor, que foi encaminhado à Delegacia Seccional.

Além dessa ocorrência de violência doméstica, o início do final de semana teve mais um caso de agressão contra a mulher. Segundo o 5º BPM, uma mulher sofreu violência doméstica praticada pelo companheiro que ainda agrediu o filho do casal.

Homem é preso após agredir irmã grávida e mãe com faca em Santa Maria da Boa Vista

Na tarde dessa segunda-feira (24), por volta das 14h, a Polícia Militar foi acionada para verificar uma ocorrência de violência doméstica no Assentamento Aquarius, zona rural de Santa Maria da Boa Vista (PE).

Ao chegar no local, o suspeito, identificado como Manoel Max Ferreira da Silva, de 28 anos, tentou empreender fuga, mas foi capturado pelos policiais. O acusado apresentava escoriações no momento da prisão, devido a luta corporal com familiares.

Ao retornar à residência, foi relatado que o suspeito tentou agredir seus familiares com uma faca, chegando a agredir sua irmã que estava grávida e sua mãe. Os policiais encontraram a faca utilizada nas agressões, além de oito pés de maconha.

Diante dos fatos todos os envolvidos, juntamente com o material apreendido, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Cabrobó, resultando no flagrante e o recolhimento do acusado.

Petrolina: sobrinho se nega a pagar débito de tio e é esfaqueado

(Foto: Ilustração)

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (21), em Petrolina, pelo crime de lesão corporal. De acordo com o 5º BPM, o acusado teria agredido seu sobrinho com uma faca, na Rua 26 do bairro Parque São Gonçalo, próximo ao São Gonçalo.

A polícia foi acionada pela família da vítima, que prestou socorro a ele. Chegando na residência a PM encontrou o agressor e a vítima, com um ferimento no braço. Segundo familiares, o tio teria bebido cerveja, não pagou a conta e cobrou ao sobrinho que pagasse seu débito.

A vítima teria se negado a pagar a dívida alheia. Tio e sobrinho discutiram já na residência, quando a vítima interviu em uma briga do agressor com sua tia e acabou ferido no braço.

O agressor e a arma utilizada no crime, uma faca do tipo peixeira, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de plantão onde a ocorrência foi registrada. A vítima não corre risco de morte.

Adolescente de 16 anos é apreendida por agressão e desacato, em Santa Maria da Boa Vista

(Foto: Ilustração)

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida na noite de domingo (16), por desacato aos policiais e agressão física, em Santa Maria da Boa Vista (PE).

Uma mulher de 21 anos acionou a Polícia Militar relatando que a menor teria batido nela. A agressão foi provocada pela jovem e alguns amigos dela. Em seguida a infratora foi até a residência da vítima e arremessou pedras na porta da casa.

Uma equipe da 7ª CIPM encontrou a adolescente que apresentava sinais de embriaguez e ao ser abordada, xingou os policiais. Ela ainda desferiu murros e chutes no veículo da polícia e ameaçou a vítima. Ela foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil da cidade, para tomada das medidas cabíveis.

Homem é preso no N8 após agredir pai com pedaço de madeira

Um homem foi preso na noite de segunda-feira (27), no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 8, em Petrolina após agredir seu pai com um pedaço de madeira.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada após denúncias de que o agressor teria acertado a vítima com uma estaca, golpeando-o na cabeça.

Além de agredir o pai, o suspeito teria ameaçado de morte um vizinho que foi socorrer a vítima. O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Plantão, onde foi registrada a ocorrência.

Juazeiro: homem descumpre medida protetiva, invade residência de ex e tenta cometer feminicídio

(Foto: Ilustração)

Mais um caso de violência contra a mulher foi registrado na região. José Maurício Sobreira da Silva foi detido na quinta-feira (9), acusado de tentar matar sua ex-companheira em Juazeiro (BA). Ele descumpriu medidas protetivas impostas pela Delegacia Especializada no Atendimento da Mulher (DEAM), no dia 24 de abril e nessa semana invadiu a casa de sua ex, para tentar matá-la.

Segundo a Polícia Civil, a tentativa de feminincídio foi registrada na segunda-feira (6), quando José Maurício se escondeu na residência de sua ex-mulher e surpreendeu a vítima, desferindo três golpes de cassetete na cabeça. A filha do casal tentou intervir, tomou o cassetete da mão de José, mas seu pai pegou uma faca e desferiu golpes nas duas.

Os três entraram em luta corporal e conseguiram desarmar o agressor, mas ele acabou tomando o cassetete de volta. Nesse momento a filha do casal ligou para seu avô e pediu ajuda. O vizinho das vítimas, que é primo da ex-mulher de José escutou o barulho e entrou na residência.

Ao perceber a chegada do vizinho o agressor fugiu. A polícia foi acionada e foi decretada a prisão preventiva do agressor por tentativa de homicídio. Na DEAM ele confirmou a versão das vítimas e foi encaminhado à Audiência de Custódia.

Santa Maria da Boa Vista: homem é preso após agredir e ameaçar mulher

(Foto: Ilustração)

Mais um caso de violência contra a mulher foi registrado na cidade de Santa Maria da Boa Vista, Sertão de Pernambuco. Na noite de sexta-feira (26) policiais militares da 7ª CIPM foram acionados para atender uma ocorrência na Agrovila 37 do Projeto Fulgêncio, na zona rural.

Uma mulher de 31 anos vinha sendo mantida em reclusão por um homem identificado como José Valmir da Silva, mais conhecido como Zé Doido, de 29 anos. Além de prender a vítima, Zé Doido agrediu-a por dias e ameaçou matar a família.

Zé Doido foi autuado em flagrante. Segundo a PM, ele já tem histórico de violência doméstica, desordem e ameaça a moradores da área.

Cantor alega “autodefesa” e pede desculpa após agressão a fã em Petrolina

O funkeiro Jerry Smith causou polêmica em sua passagem por Petrolina (PE) no último domingo (31), quando se apresentou em um show na cidade. Em um vídeo que rodou o Brasil inteiro, o artista é flagrado dando um soco em um fã enquanto se dirigia para o palco.

Após a grande repercussão negativa do caso, o funkeiro publicou um vídeo pedindo desculpas pela atitude e afirmou que teria reagido com a agressão como forma de se autodefender. A assessoria de imprensa do funkeiro emitiu uma nota explicando a situação.

“No trajeto para o palco (360º) enquanto cumprimentava os fãs, um deles, alterado, agarrou o braço do cantor de tal forma que nem os seguranças conseguiram soltar. Quando sentiu que o seu pulso poderia virar, o músico reagiu sem pensar, para se proteger e se livrar de uma possível lesão visto que estava para iniciar o seu show!”, diz trecho da nota.

No vídeo em que explica a situação, Jerry relata que inicialmente pensou que fosse um fã, mas notou o comportamento agressivo da pessoa e deu um soco para se defender. “Não sou a favor de agressão. Eu sei que minha atitude foi errada, peço desculpas”, disse.

Homem é preso por violência doméstica no Gercino Coelho, em Petrolina

No início da tarde desta quinta-feira (21), por volta das 12h50, a Polícia Militar foi acionada para averiguar uma ocorrência de violência doméstica no Gercino Coelho, em Petrolina (PE).

Ao chegar no local, os policiais encontraram os envolvidos na confusão. A vítima informou aos policiais que havia sido agredida fisicamente pelo acusado.

Ambos foram encaminhados para a delegacia da mulher para que fossem adotadas as medidas cabíveis. O suspeito foi autuado em flagrante delito.

Salgueiro: estudante universitário denuncia PMs por agressão durante carnaval

(Foto: Arquivo Pessoal)

Um estudante universitário afirmou ter sofrido agressões de policiais militares de Salgueiro na madrugada de terça-feira (5). Audinauer Ferreira Machado, de 33 anos reside em Olinda, também em Pernambuco e foi a Salgueiro passar o feriado de carnaval.

Segundo a vítima, as agressões aconteceram quando ele voltava para casa, durante abordagens do Grupamento Tático de Apoio Itinerante (Gati). Os policiais teriam desferidos golpes de cassetete e chutes na vítima, provocando diversas lesões como é possível ver na foto acima.

As agressões teriam durado cinco minutos. Jornais de Salgueiro informaram que a vítima teria sido apontada pela PM como um agressor de mulheres, mas o fato foi negado diversas vezes por Audinauer enquanto ele sofria as agressões.

LEIA MAIS

Homem é preso após agredir ex-companheira em Lagoa Grande

Na noite dessa segunda-feira (26), por volta das 22h, uma mulher compareceu no Pelotão da Polícia Militar de Lagoa Grande solicitando apoio, pois seu ex-companheiro havia invadido sua residência enquanto ela estava no banheiro para agredi-la, sua irmã percebeu a movimentação, tentou ajudá-la e acabou sendo agredida também

O suspeito, identificado como Bernardino Francisco Granja, de 29 anos, segurou a vítima pelos cabelos e a arrastou para fora da residência, onde a agrediu com chutes. Em seguida, pegou o celular da vítima e empreendeu fuga.

Após diligências o imputado foi encontrado na residência de sua genitora e foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Cabrobó, onde foi autuado em flagrante.

Lagoa Grande: após agredir professora dentro da escola, mãe de aluno é encaminhada para a delegacia 

Na quinta-feira (21) uma professora da rede municipal de Lagoa Grande (PE), foi agredida com tapas e arranhões pela mãe de um aluno. O fato aconteceu na Escola Municipal Fabriciano Alves Cardoso. De acordo com informações da 7ª CIPM, a agressão foi motivada após a professora mandar o aluno para casa, pois ele estava atrapalhando a realização de uma avaliação.

Segundo o relato da professora, após mandar o aluno do 1º ano do ensino fundamental para casa, a mãe do menor foi até a escola e começou a agredi-la com tapas e arranhões. A violência foi testemunhada por uma servidora, que atua como auxiliar de professor.

LEIA MAIS
123