Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Coluna da semana

Por Waldiney Passos

PARTIDO DAS MULHERES

GEDSC DIGITAL CAMERA

A política é mesmo dinâmica, num piscar de olhos tudo muda, tudo se transforma. Seguindo essa máxima, o deputado federal Adalberto Cavalcanti, que garantia ter total apoio do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) para disputar a prefeitura de Petrolina em 2016, caiu fora e ingressou nas fileiras do Partido da Mulher Brasileira (PMB). Longe de possíveis afinidades com bandeiras de gênero, deputados migraram para a nova sigla atraídos por uma oferta rara no mundo político: o repasse aos diretórios regionais, que os congressistas irão comandar, de 50% do dinheiro do fundo partidário que a sigla terá direito devido à votação que cada um deles teve em 2014.

MISTÉRIO

A semana foi marcada por mais um trágico assassinato em Petrolina. Várias linhas de instigação estão sendo trabalhadas pela polícia na tentativa de elucidar a morte da menina Beatriz. Apesar de já ter ouvido alguns suspeitos as autoridades policias ainda não conseguiram dar uma resposta a sociedade.

EM PÉ DE GUERRA

LUCAS PARA EDIÇÃOO clima esquentou de vez no PSB de Petrolina com as últimas declarações de Lucas Ramos. O deputado disse que vai sair candidato a prefeito com ou sem o apoio de Fernando Bezerra e seu grupo. Lucas colocou mais lenha na fogueira ao afirmar que o partido não tem comando na cidade. Fernando Filho e Miguel Coelho rebateram questionando a lealdade de Lucas ao governador Paulo Câmara.

AGORA VAI?

Está tramitando na Câmara Municipal o projeto que trata da permuta de áreas para regularização fundiária de alguns bairros da Zona Norte de Petrolina. A informação é do vereador Paraíba (PMDB) que está radiante com a matéria.

A BOLA DA VEZ

downloadMais um na cota de Lóssio. Agora, comenta-se que a secretária de saúde Lúcia Giesta está animadíssima com a possibilidade de ser a candidata a prefeita do grupo. Explica-se então todos os holofotes com direito a outdoors espalhados  pela cidade quando da outorga do título de cidadã petrolinense à doutora.

Manchetes dos principais jornais do país

Tribuna da Bahia
Onde está a ética, senhores políticos?

O Globo
Para governo, sociedade ‘ainda não abraçou’ o processo contra Dilma

O Dia
Grave acidente na Linha Amarela deixa ao menos cinco mortos

Extra
Jovem morre baleado em tentativa de assalto no RJ no dia do aniversário

Folha de São Paulo
Manifestação anti-Dilma em São Paulo teve 40 mil, afirma Datafolha

O Estado de São Paulo
EUA rejeitam fiança de Marin e cartola pode ter de voltar para prisão

Correio Braziliense
Temer ignora apelo de Dilma e tenta unir PMDB em torno do impeachment

Valor Econômico
Renan age para aumentar “cacife” e preocupa Palácio do Planalto

Estado de Minas
Grupos preparam novos atos pró-impeachment para março

Jornal do Commercio
Atos contra Dilma tem menor adesão

Diário do Nordeste
Humorista Dedé Santana passa mal e é atendido no interior do Ceará

Zero Hora
TSE avaliará recurso sobre contas de Dilma nesta terça, dia 15

Brasil Econômico
HSBC é condenado por uso de má-fé no descumprimento de decisão judicial

Mulher morre dentro de aeronave no aeroporto de Vitória da Conquista

Uma mulher de 74 anos morreu após passar mal dentro de uma aeronave no Aeroporto de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, na tarde deste domingo (13), segundo informações do G1.

De acordo com o 7º Grupamento de Bombeiros Miitares (GBM), a idosa estava acompanhada do esposo, de uma filha e um neto em um voo da Passaredo e a família tinha como destino o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, a vítima sofreu um mal súbito logo após embarcar na aeronave, que ainda estava em solo. A idosa chegou a receber atendimento de equipes de socorro, mas não resistiu. Os bombeiros acionaram a Polícia Federal para realizar o levantamento cadavérico.

Familiares da vítima, que são da cidade de Ibicoara, também na região sudoeste, relataram aos bombeiros que a idosa sofria de problemas respiratórios e viajava para realizar um tratamento.

O G1 entrou em contato com a Socicam Aeroportos, responsável pelo terminal de Vitória da Conquista, e a empresa ficou de buscar informações sobre o ocorrido. A empresa aérea Passaredo também foi procurada, mas nenhum representante foi localizado para comentar a situação.

Celulares de todo o país terão nove dígitos até o fim do ano que vem

Até o fim de 2016, os números de celulares de todo o país terão mais um dígito.A partir do dia 29 de maio, o nono dígito começa a valer para os telefones das áreas com DDD entre 61 e 69, que inclui os estados do Acre, de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso Sul e Rondônia e do Tocantins, além do Distrito Federal.

A partir do dia 6 de novembro, entram as regiões com DDD entre 41 e 49, ou seja, os estados do Paraná e de Santa Catarina. Na mesma data, o nono dígito começa a valer para as áreas de registro 51, 53, 54 e 55, todas no Rio Grande do Sul. O dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números.

Após a data de implantação do nono dígito, as ligações marcadas com oito números ainda serão completadas por um tempo determinado, para adaptação das redes e dos usuários. Gradualmente haverá interceptações e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período de transição, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas.

A implantação do nono dígito começou pelo DDD 11 (São Paulo), em 2012. Os números de celulares já têm mais um dígito em 17 estados. O nono dígito deverá ser acrescentado, no momento da discagem, por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para terminais do SMP das Áreas de Registro listadas, independentemente do local de origem da chamada.

As agendas de contatos e equipamentos e sistemas privados, como PABX, terão que ser adaptados pelos usuários – Já existem aplicativos de celular gratuitos para adaptar automaticamente as agendas de celulares, inclusive oferecidos pelas próprias operadoras.

Quem costuma usar aplicativos de smartphones para trocar mensagens ou conversar também deve ficar atento às mudanças na numeração dos telefones. Alguns programas devem fazer a atualização automática, mas outros podem necessitar de alterações manuais. A mudança da numeração não vai alterar o saldo em créditos dos assinantes de telefones pré-pagos, nem a validade dos créditos. Segundo a Anatel, a inclusão de mais um dígito nos telefones móveis tem como principal objetivo aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular.

Marcos Freitas é o novo presidente do Naútico

6b17b810ab7903bcc67d3a7ec6e9eb06

Na eleição mais acirrada já vista em um clube de Pernambuco, o economista Marcos Freitas foi eleito como novo presidente do Náutico para o biênio 2016/2017. Encabeçando a chapa “Náutico de Todos”  o novo mandatário timbu recebeu 777 votos, apenas dez a mais que o adversário, o empresário Edno Melo, candidato do grupo “Vermelho de Luta”. Ao todo  1544 sócios compareceram ao pleito Timbu. Número inferior ao registrado na última eleição, que contou com 2.146 votos e elegeu Glauber Vasconcelos, com 1.575.

“Estou muito feliz e gratificado nesse momento. Essa eleição demonstra a nossa grandeza. A todo momento transcorreu em paz. Tivemos um dia de muita alegria e satisfação. Preservamos a democracia com respeito e dignidade. Peço que todos retirem a sua camisa. Não se pode vestir camisa de partido dentro do clube. Espero que possa se juntar ao Vermelho de Luta. Somos todos alvirrubros. A minha segunda e mais importante família é a alvirrubra”, disse Marcos Freitas. (Fonte: PE Super Esportes)

Coral de Vaqueiros homenageia o Rei do Baião Luiz Gonzaga

Muitas homenagens  foram feitas neste domingo (13) ao Rei do Baião Luiz Gonzaga que se estivesse vivo completaria nesta data 103 anos. No piauí, o coral de Vaqueiros da cidade de União cantou grandes sucessos de Gonzagão e a apresentação no programa 100% forró teve a participação de Isac do acordeon.

Luiz Gonzaga nasceu em 13 de dezembro de 1912. Foi o responsável por levar a música nordestina para o todo o Brasil. Com ele, o país conheceu o baião,o xote e o xaxado. Foi um genial instrumentista e inventor de melodias e harmonias, um ícone da música popular brasileira.

Confira o vídeo com a homenagem:

Manifestações pró-impeachment de Dilma são registradas em vinte e dois estados e no DF

FOTO MOVIMENTO IMPEACHMENTA maioria dos participantes vestiu roupas com as cores da bandeira do Brasil, como já tinham feito nos protestos anteriores. Brasília é a capital que, até o momento, reuniu o maior número de manifestantes, segundo as estimativas das PMs. Foram cerca de 6 mil pessoas na capital federal.

Lá, no gramado em frente ao Congresso Nacional, os manifestantes conduziram um caixão com uma caricatura de Dilma e uma bandeira do PT. Foi o que eles chamaram de enterro do PT. Após a encenação, colocaram fogo no caixão, que era emprestado. Os organizadores levaram também um boneco gigante de Dilma com o nariz semelhante ao do personagem Pinóquio.

Em muitas cidades, houve manifestação de apoio ao juiz Sérgio Moro, que está à frente das investigações da Lava-Jato.

No Rio, manifestantes ocuparam a Orla de Copacabana e levaram uma imensa bandeira verde e amarela onde se lia a palavra “impeachment”. Houve um momento de tensão quando um policial apontou a arma de bala de borracha para um grupo de skatistas. A PM não divulgou números de quantos manifestantes foram à orla.

Em São Paulo, os manifestantes levaram os bonecos infláveis Pixuleco e Dilma. Os grupos organizadores – Vem pra Rua, Revoltados Online, Endireita Brasil e Movimento Brasil Livre – levaram sete carros de som para a Avenida Paulista, que tem ficado lotada aos domingos desde que começou a ser fechada ao trânsito e usada a lazer pelos paulistanos. Alguns participantes do ato fizeram um panelaço.

Hélio Bicudo, um dos autores do pedido de impeachment, subiu no carro do Vem na Rua na Avenida Paulista e leu um discurso:

– Exigimos o impeachment da doutora Dilma. Nesta avenida, nas ruas e praças de todo o Brasil, nossos corações transbordam uma só palavra: impeachment.

Do alto de um caminhão de som na Avenida Paulista, Rogério Chequer, líder do Vem para Rua, anunciou que a próxima manifestação a favor do impeachment vai acontecer somente no dia 13 de março. Chequer não justificou a escolha da data, daqui a três meses.

Rogério Chequer, líder do movimento Vem Pra Rua, reconheceu que o protesto deste domingo na Avenida Paulista reuniu menos gente do que os outros três realizados este ano.

— Acredito que tinha 100 mil pessoas. Tivemos menos tempo de mobilização. Não significa esvaziamento da bandeira junto à população – disse Chequer. A Polícia Militar ainda não divulgou o balanço de quantas pessoas foram às ruas em SP.

Em Belo Horizonte, foram cerca de 3 mil pessoas que se concentraram em duas preças, de acordo com a PM. Um homem foi detido durante a manifestação pró-impeachment na Praça da Liberdade. Ele seria um morador de rua que tentou furar o boneco inflável do ex-presidente Lula.

Em Belém, a polícia informou que o ato reuniu 1,2 mil. No ato da capital paraense, defensores do governo Dilma discursaram em um carro de som da Central Única dos Trabalhadores (CUT), o que gerou vaias entre os manifestantes que pediam a saída da presidente. A Polícia Militar fez um cordão de isolamento para acalmar os ânimos.

No Recife, 400 pessoas participaram da manifestação, de acordo com os organizadores. A PM não fez a contagem. Manifestantes, que seguraram uma grande faixa verde e amarela, se concentram no Marco Zero, principal ponto turístico da capital pernambucana. Havia um boneco gigante do juiz Sérgio Moro numa demonstração de apoio a ele.

PUBLICIDADE

Em Salvador, a estimativa da PM é que a manifestação reuniu 500 pessoas. Manifestantes levaram cartazes contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. Ele suspendeu até o dia 16 a tramitação do pedido de impeachment da presidente Dilma.

Em Macapá, a organização informou que 85 participantes foram ao ato. Não houve a presença da polícia.

Nas redes sociais, o #foradilma hoje é 88% menor do que foi em março, mostra o colunista Lauro Jardim. (Com informações de O Globo)

A pedalada política sem equação entre JN e Gilmar Mendes

Escrevi, Marcelo Damasceno.

Ressabiado em sua Corte Alta e seu previsível e conveniente”pedido de vista” o doutor ministro Gilmar Mendes já “canonizou” seu parecer divino sobre seu desejado e íntimo impeachment do governo Dilma Roussef. Para este ministro do STF a decisão “é de superior caráter político”. Ele sabe do parecer jurídico dominante entre seus pares ministros. Que o impedimento é factível a um “dolo, improbidade ou, desonesta conduta pessoal do gestor”. Gilmar sonhou com urna secreta e votos da traição.

O jornal Nacional e telejornais similares da tevê Globo foram buscar em incompreensíveis subliminares contábeis e do parecer público as maliciosas definições a gosto quanto à intocabilidade de rubricas e respectivas demandas de gasto público. A tevê carioca teoriza um impeachment contábil e das restrições de cada gaveta do tesouro. O bolsa família e programas de moradia foram denominados como “pecado mortal” pela redação doutrinária do ministro de notícia decreto, jornalista Ali kamel.

Dessas premissas, decidindo sob tese política por Gilmar e/ou da pedalada pecaminosa de rubricas sociais pela equação da tevê de Irineu Marinho, a raiz quadrada, o “Fiat Elba” de Dilma Rousseff foi encontrado com prova de 9 fora 9. Ou 300 contra 170 deputados. Com picaretas e moeda “cunhada”.

Marcelo Damasceno, Jornalista.

Sobrou para o governador. No Recife Paulo Câmara é criticado em ato contra Dilma.

PAULO CÂMARA - CRITICAS

As manifestações de protesto contra Dilma, no Marco Zero, no Recife, dedicaram até uma faixa ao governador Paulo Câmara, que tem dito não ver fundamentação jurídica contra a presidente. Há muita gente vestida de verde e amarelo no Recife Antigo, embora menos do que em Boa Viagem. Carros de som ampliam a fala de políticos de oposição, como Mendonça filho e Jarbas Vasconcelos.

Pelo face, os organizadores locais do evento, chamado de esquenta para o impeachment, pedem carga sobre o governador e o vice.

“Temos muitos motivos para comemorar. Uma vez iniciado o processo de impeachment, dificilmente ele vai ser freado. Agora é ladeira abaixo! Mas agora, mais de que nunca, e com a esperança renovada, precisamos voltar as ruas e pressionar nossa classe política! Temos que pressionar a todos, abaixo vai uma lista daqueles que apoiam o impeachment, daqueles que não apoiam e daqueles que ficam em cima do muro. Paulo Câmara – Governador de Pernambuco(PSB): É contra. PRESSÃO NELE! É CONTRA O POVO! Raul Henry – Vice Governador de Pernambuco(PMDB): EM CIMA DO MURO – PRESSÃO NELE!”

Em protesto no Recife Antigo, Jarbas Vasconcelos diz que Temer vai unificar o Brasil

O homem que produziu a faixa não aceitou identificar-se e disse que o nome era “zé do povo”. Já o desempregado Cláudio Anderson Cardoso não teve receio de dar o nome e apontar a faixa. Ele disse que havia votado em Paulo Câmara e que estava decepcionado com seu apoio à petista.

Apesar de esperarem por um público menor, os movimentos apostam novamente na pulverização dos atos Brasil afora.

Gustavo Gesteira, porta-voz do Vem pra Rua no Nordeste, falou sobre os motivo pelo qual está conclamando a população a sair às ruas: “Inciso 5º do artigo 85 que enseja o crime de responsabilidade previsto na Lei 1.790, de 1950 [que regula o impeachment]”.

“As pessoas comuns estão indignadas com a corrupção e os deSmandos na economia praticados por esse governo”, diz. Segundo ele, o movimento tem crescido na região, um tradicional reduto petista.

A manifestação foi marcada às pressas logo depois do presidente da Câmara acolher o pedido de impeachment assinado pelos juristas Helio Bicudo, Miguel Real e Júnior e Janaína Paschoal, que imputa à presidente o crime de responsabilidade pela prática das pedaladas fiscais neste ano e em 2014.

CRITICAS MANIFESTAÇÕES

(JC ONLINE)

Vocalista da banda de forró Pega Leva externa sentimento de tristeza com morte da garota Beatriz

IMG-20151213-WA0024

Comovido com o assassinato da menina Beatriz, o vocalista da banda de forró Pega Leve, Elisson Castro, compartilhou através de sua pagina no Face o sentimento de dor e pesar pelo ocorrido.

Eis a nota postada na rede social:

“Nossa música se calou, shows cancelados, instrumentos foram guardados, o respeito e o silêncio foram predominante, não queríamos proporcionar ambiente de alegria e descontração em meio a tanta tristeza, o que vimos foram pessoas envolvidas em um sentimento nunca visto na nossa cidade. O que pensar diante de tamanha crueldade? Não quero desistir de acreditar em um mundo melhor e a justiça divina já tem a verdade dos fatos. Estive no local cantando 3 canções em uma homenagem linda a convite do professor Cristoney e vi o quanto a felicidade, a irmandade estavam presentes em um ambiente de total confraternização. A ficha não caiu pra mim, pois não consigo dividir dois momentos tão inversos . O que nos resta agora é rezar por essa família, pois um anjo de luz nosso Pai recebeu”.

Alisson Castro

Forró Pega Leve

Mega-Sena acumula novamente e próximo prêmio vai a R$ 175 milhões

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.J6JZ1mBBeT

Ninguém conseguiu acertar os números da Mega-Sena sorteados neste sábado (12). Com isso, o prêmio estimado para o próximo sorteio, que será realizado na próxima quarta-feira (16), é de R$ 175 milhões. As dezenas sorteadas em Vilhena (RO) foram: 32 – 37 – 44 – 47 – 54- 60. A quina do concurso 1.769 premiou 105 apostadores, que irão embolsar R$ 54.460,29 cada. Outros 7782 bilhetes acertaram a quadra e irão ganhar R$ 1.049,73 cada um. As apostas podem ser feitas até as 19h (Horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica do Brasil. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Governo Dilma deve se reaproximar da esquerda, afirma coluna da Folha

O governo Dilma deve se reaproximar da esquerda, caso a presidente consiga sobreviver ao processo de impeachment. Este é, pelo menos, o desejo no Palácio do Planalto. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, este projeto vem sendo chamado internamente de “suave correção de rota”. Um ministro assegura, entretanto, que a reaproximação de Dilma não será com a “esquerda irresponsável e expansionista”. A cobrança maior de um governo mais afinado com a tendência de esquerda vem do PT e do ex-presidente Lula, como forma de retribuição àqueles que, nos momentos difíceis, vão para as ruas defender o mandato de Dilma.

Estudantes encaram no domingo provas do Sistema Seriado de Avaliação, da UPE

9808c75b116912f6eb20151ac9aa170fNeste domingo (13) e segunda (14), quase 37 mil estudantes encaram as duas primeiras fases do Sistema Seriado de Avaliação (SSA), da Universidade de Pernambuco (UPE). O processo seletivo funciona com avaliações anuais realizadas nos três anos do ensino médio.

Nesta forma de ingresso, a UPE oferece 1.730 vagas em 54 cursos de graduação. Destas, 20% serão preenchidas por candidatos cotistas (alunos de escolas da rede pública).

Nos dias de prova, os feras responderão a 90 questões de múltipla escolha, distribuídas entre as disciplinas de matemática (10), física (10), química (10), biologia (10), geografia (10), história (10); língua portuguesa (12), língua estrangeira (6), filosofia (6) e sociologia (6).

Os 21.004 candidatos do SSA1 estão fazendo as provas nesta manhã, das 8h15 às 12h15, enquanto os 15.954 feras do SSA2 farão provas no período da tarde, das 14h15 às 18h15.

Mais uma instituição de ensino se solidariza com família de Beatriz

O brutal assassinato da menina Beatriz Angélica, de apenas 7 anos, durante a festa de formatura de uma escola privada de Petrolina deixou todos os moradores da região revoltados e perplexos. Vários órgãos de Petrolina e região estão emitindo notas de pesar pela morte da garota.

Neste sábado (12) o Diretor do DTCS/Campus III – Uneb Juazeiro, Jairton Fraga Araújo, enviou nota de pesar pela menina.

“A Direção do Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS), do Campus III, da UNEB, em Juazeiro, e toda a sua comunidade acadêmica, expressam seu pesar, angústia e tristeza pelo ocorrido com a menina Beatriz Angélica, na vizinha cidade de Petrolina (PE). Consternados, estendemos nossa solidariedade à família e nos juntamos a toda população do Vale do São Francisco que também compartilham esse momento de dor”, diz a nota.

Manifestações contra e pró impeachment nas ruas do Recife

bfec72d0c1c2b8ddf23f16e24dce0196Em meio ao turbilhão que está Brasília, com a instalação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, movimentos sociais se articulam em todo o País para atos contrários e a favor da manutenção do mandato da presidente. Neste domingo (13), o Vem pra Rua fará um ato a partir das 10h no Marco Zero, no Recife, pedindo o impedimento. Já na próxima quarta (16), será a vez da Frente Brasil Popular, que reúne centrais sindicais e movimentos sociais, a ocupar as ruas do Centro em prol da petista.

Pela primeira vez, o Vem pra Rua fará uma manifestação fora da praia de Boa Viagem. “Atendemos a um apelo dos participantes, que pediram para ser no Marco Zero”, explicou o porta-voz do movimento no Recife, Gustavo Gesteira. Segundo ele, não é possível precisar quantas pessoas comparecerão ao ato. “Acreditamos que terá uma adesão menor, pois marcamos muito em cima da data”, explicou.

A manifestação foi programada na quinta-feira da semana passada, após o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ter aceitado o pedido de impeachment. “O pedido tem muita densidade. De forma clara, os argumentos dão ensejo ao impeachment. Qualquer parlamentar que estivesse na presidência da Câmara teria o dever de ter aceito o pedido”, argumentou Gesteira.

Ainda segundo o porta-voz, o ato é apenas para pedir o impeachment de Dilma e não citará Cunha, suspeito de envolvimento em esquemas de corrupção. “O Vem pra Rua defende o afastamento de Eduardo Cunha, mas o foco será o impeachment”, disse. Além do Recife, o ato será realizado em diversas cidades do País.

DILMA FICAPor outro lado, na defesa de Dilma, movimentos sociais e centrais sindicais marcaram para o dia 16 uma manifestação de apoio à petista, também seguindo um movimento nacional. O grupo sairá às 15h da Praça Oswaldo Cruz, na Boa Vista, em direção à Rua da Aurora, onde haverá um ato no monumento Tortura Nunca Mais.

“Sabemos que é um dia de semana, das dificuldades, mas esperamos uma boa adesão”, disse Carlos Veras, presidente da CUT-PE, que também não quis estimar o público no ato. “Vamos reunir todos que defendem a democracia, tem muita gente consciente do que está em jogo. Ela (Dilma) já foi condenada sem julgamento”, advertiu Veras. O sindicalista disse, ainda, que o ato pedirá o afastamento de Cunha.

Do JC On Line