Ação de prevenção ao diabetes promoverá serviços gratuitos na Orla de Petrolina

(Foto: Ilustração)

Para lembrar o Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, a Faculdade UNINASSAU Petrolina vai promover uma ação gratuita de prevenção e diagnóstico da doença. O evento acontecerá na próxima quinta-feira (14), das 8h às 11h, na Orla I da cidade.

Alunos e professores vão realizar testes de glicemia, aferição da pressão arterial e sensibilização em relação ao diabetes e à prática de exercício físico. “A ação visa, realmente, chamar atenção para um cenário preocupante e que precisa de cuidado. O diabetes é uma doença sem cura, mas controlável, então é preciso compromisso para se cuidar”, ressaltou a coordenadora dos cursos de Biomedicina e Farmácia da UNINASSAU, Victória Carvalho.

De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas com diabetes no mundo aumentou de 108 milhões em 1980 para 422 milhões em 2014. Segundo o Ministério da Saúde, entre 2006 e 2016, os casos de diabetes cresceram 61,8% no Brasil.

Hospital de Olhos de Petrolina realiza 4° mutirão “de olho no diabetes” neste sábado

O Hospital de Olhos fica localizado na rua Dr. Júlio de Melo, por trás do Banco Itaú.

O Hospital de Olhos de Petrolina, em parceria com a Associação dos Diabéticos do São Francisco (ADISF), realiza neste sábado (09) o 4° mutirão “de olho no diabetes”. A iniciativa acontecerá durante a toda manhã, a partir das 8h.

Ao todo, serão atendidos, de forma gratuita, 400 pacientes diabéticos. O atendimento será realizado por ordem de chegada, sem inscrição prévia, através de distribuição de senhas. É necessário levar um 1kg de alimento não perecível para doação.

LEIA MAIS

Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares

(Foto: Ilustração)

Um estudo realizado pelo EndoDebate em parceria com a Revista Saúde, mostrou que 80% das pessoas com diabetes tipo 2 apresentam indícios de comprometimento cardiovascular. Mais da metade (52%) indicam pelo menos dois destes sintomas: tontura, dores no peito e nas pernas, falta de ar e palpitações.

Intitulado “Quando o Diabetes Toca o Coração”, o estudo foi lançado em junho pelo laboratório Novo Nordisk e divulgado nesta semana. A pesquisa entrevistou 1.439 pessoas com e sem diabetes tipo 2, com idade entre 47 e 55 anos.

LEIA MAIS

Brasil ocupa 4º lugar no ranking mundial de países com maior incidência de diabetes

Segundo o IBGE, o Brasil tem 208 milhões de habitantes, a doença afeta aproximadamente 18 milhões de brasileiros. (Foto: Ilustração)

A diabetes é uma doença metabólica que ocorre a partir do momento em que o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou quando o hormônio não age de maneira adequada. Segundo dados do Ministério da Saúde, por meio da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), hoje 8,9% da população vive com a enfermidade. Considerando que, de acordo com o IBGE, o Brasil tem 208 milhões de habitantes, a doença afeta aproximadamente 18 milhões de brasileiros. A má notícia é que esse número não para de crescer, nos últimos dez anos a taxa subiu 61,8%, colocando o Brasil em 4º lugar no ranking mundial de países com maior incidência da doença.

De acordo com o médico endocrinologista da Docway, Dr. Áureo Chaves, “a diabetes é uma doença crônica, em que há deficiência de produção e/ou ação da insulina”. Para entender melhor a patologia, o especialista explica que insulina é o hormônio responsável pelo controle de glicose (açúcar) no sangue. O corpo precisa da insulina para a utilização da glicose obtida por meio dos alimentos como fonte de energia.

Quando a pessoa tem diabetes, esse trabalho é afetado. Com o nível de glicose no sangue elevado (hiperglicemia) por longos períodos, podem haver danos mais graves em órgãos, vasos e nervos. Segundo o médico, muitos brasileiros têm a doença e não sabem. “Uma boa parte da população convive com esse problema e não sabe. Por esse motivo, é importante entender seus fatores de risco e tratamentos. Quando controlada, ela não oferece maiores riscos a nossa saúde”.

LEIA MAIS

Parceria entre prefeitura e Hospital de Olhos atende 350 pacientes diabéticos em Petrolina

Pacientes com diabetes tiveram uma oportunidade única no último sábado (10): realizar, de forma gratuita, o exame oftalmológico para detecção de retinopatia diabética, agravo que acomete os olhos, em virtude de alguns fatores de risco, como glicemia não controlada.

Assim foi a 3ª edição do mutirão ‘De Olho no Diabetes’, que  atendeu 350 pessoas. Idealizado pelo Hospital de Olhos de Petrolina, o mutirão contou com a parceria da Secretaria de Saúde do município, que ofertou durante o evento atividades de prevenção e promoção da saúde com nutricionistas e educadores físicos, além da atualização da carteira vacinal dos pacientes.

 “Este é um momento de grande importância para atender a população diabética de Petrolina e nós firmamos esta parceria de sucesso desde o ano passado, pois acreditamos em ações que auxiliem e cuidem das pessoas, destacou a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, que esteve presente no evento.

Profissionais da rede municipal de saúde de Juazeiro participam de capacitação sobre diabetes

(Foto: ASCOM)

Entre os dias 17 e 19 de julho as equipes de saúde da família, que atuam na Rede de Atenção Básica de Juazeiro, participam da Capacitação do Cuidado e Educação em Diabetes. A iniciativa é do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (CEDEBA), com o auxílio da Secretaria da Saúde do município, que estará encaminhando os profissionais da rede para participar do curso, que acontece no auditório 1 e 2, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) em Juazeiro.

A capacitação vai ser ministrada por profissionais da área da saúde do Estado da Bahia que irão abordar o conceito de diabetes, como realizar o diagnóstico e metas do tratamento da doença.  Além disso, o curso conta com orientação nutricional em diabetes. Os participantes também ampliarão ainda mais o conhecimento sobre mapas de glicemia, interpretação de resultados e possíveis intervenções.

A SESAU informa que, mesmo com os profissionais participando da capacitação, as unidades de saúde estarão abertas normalmente com os demais serviços, exceto atendimento clínico e de enfermagem. “A diabetes é uma enfermidade que vem crescendo anualmente e atingindo diversos públicos, desde o infantil ao adulto. Através dessa capacitação poderemos ampliar os conhecimentos e os diagnósticos poderão ser mais precoces”, explicou Fabíola Ribeiro, Secretária de Saúde.

Secretaria de Saúde firma parceria com Hospital de Olhos e oferta 500 exames gratuitos a pacientes diabéticos em Petrolina

Os pacientes devem levar um kg de alimento não perecível, que será doado posteriormente à casa “Cantinho do Aconchego”. (Foto: Ilustração)

No próximo sábado (25) pacientes diabéticos de Petrolina poderão realizar exame para detecção de retinopatia diabética de forma gratuita, através do Mutirão “De Olho no Diabetes”.

A iniciativa foi idealizada pelo Hospital de Olhos de Petrolina, o mutirão está em sua segunda edição e conta com a parceria da Secretaria de Saúde do município, que ofertará também serviços odontológicos, aferição de pressão arterial e atividades de prevenção e promoção da saúde.

Serão disponibilizados 500 atendimentos. Para participar, os pacientes devem estar munidos de documento de identificação e cartão do SUS. As pessoas que forem diagnosticadas com retinopatia diabética e necessidade de cirurgia a laser serão encaminhadas para a realização da mesma de forma gratuita, no dia 29 de novembro (quarta-feira).

 “Este é um momento de grande importância para atender a população diabética de Petrolina e nós firmamos esta parceria, pois acreditamos em ações que auxiliem às pessoas, neste caso, realizando não somente o exame, mas dando o diagnóstico e a data para a cirurgia, que será feita de forma gratuita. Ou seja, estamos concedendo a este paciente o resultado da sua ida ao mutirão”, destaca a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

Os pacientes devem levar um kg de alimento não perecível, que será doado posteriormente à casa “Cantinho do Aconchego”. De acordo com um dos idealizadores do mutirão, Dr. Guilherme Moura, “500 pacientes, cada um doando um quilo de alimento, correspondem à meia tonelada, que ajudará muito aos idosos que irão receber a doação”, ressalta.

UPAE/IMIP faz alerta sobre cuidados com a visão no Dia Mundial da Diabetes

(Foto: Ilustração/Internet)

No Dia Mundial do Diabetes, comemorado neste 14 de novembro, o oftalmologista da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP), Guilherme Moura, chama atenção sobre uma doença que pode levar diabéticos à cegueira: a retinopatia diabética.

A perda da visão é uma das condições mais sérias provocadas pela doença e a retinopatia diabética é a principal causa de cegueira entre a população economicamente ativa. A condição pode aparecer e aumentar com o tempo e a probabilidade de incidência após 20 anos convivendo com o diabetes é de 100% para o tipo 1 e de 60% para a tipo 2.

O comprometimento da visão por causa do diabetes também pode ser agravado quando o paciente já sofre de outras doenças, como colesterol alto ou hipertensão arterial. Os primeiros sinais de retinopatia diabética são: visão embaçada, manchas, pontos negros ou linhas na visão e dificuldade para identificar cores.

LEIA MAIS

SUS anuncia distribuição de insulina mais moderna a crianças e adolescentes em 2018

(Foto: Ilustração)

Anuncio feito hoje (11) pelo o governo federal, confirma a distribuição de doses de insulina análoga, um medicamento mais moderno e de efeito mais rápido, a 100 mil crianças com diabetes mellitus do tipo 1, em 2018.

A substância será armazenada em uma embalagem em formato de caneta, o que deverá facilitar o manuseio durante a aplicação, o reúso do recipiente e seu transporte.

Em um primeiro ciclo, o medicamento será fornecido a crianças e jovens entre 10 e 14 anos, faixa etária em que a doença se manifesta de maneira mais intensa e necessita de uma resposta corpórea mais imediata. Se não tratada, a diabetes mellitus do tipo 1 pode causar danos irreversíveis ao sistema neurológico e dificuldade de aprendizagem. Os pacientes poderão obter o medicamento em postos de saúde e unidades da Farmácia Popular.

Campanha quer chamar atenção para perigo da diabetes

(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

“Na Ponta do Dedo”. Este é o nome da campanha das Sociedades Brasileiras de Diabetes, Hepatologia e Infectologia, lançada esta semana, para chamar a atenção da população para a relação entre o diabetes tipo 2 e a hepatite C.

Segundo as entidades, estudos mostram que o vírus da hepatite C é capaz de gerar alterações na insulina, impedindo a regulação do metabolismo da glicose no organismo. Pacientes com essas alterações têm quatro vezes mais chances de desenvolverem o diabetes tipo 2.

A campanha foi lançada esta semana para aproveitar o Julho Amarelo, mês dedicado à prevenção e controle das hepatites virais, e, também, a proximidade com 28 de julho, Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais. 

LEIA MAIS

Sesc Petrolina promove ação de combate a diabetes e hipertensão em Petrolina

(Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (7), o Sesc Petrolina promove uma ação que oferece serviços de prevenção e combate a doenças, como hipertensão e diabetes. A ação integra o projeto “O Sesc cuidando da sua saúde”, e será realizada no setor médico do Sesc.

O objetivo da iniciativa é orientar sobre a hipertensão e diabetes que, de acordo com o Ministério da Saúde, juntas com as doenças cardiovasculares, respiratórias e câncer, respondem por 72% dos óbitos no país.

“A sensibilização sobre os fatores de risco e a importância da prevenção provocam mudanças no estilo de vida das pessoas, estimulando hábitos mais saudáveis”, destaca a assistente social do Sesc Petrolina, Telma Calado.

As atividades serão oferecidas das 7h às 10h pelo Sesc Petrolina, em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE). Outras informações através do telefone (87) 3866-7468.

Após procedimento cirúrgico, vereador Zenildo do Alto do Cocar passa bem

(Foto: Arquivo)

O vereador Zenildo do Alto do Cocar passou por um procedimento cirúrgico durante a tarde desta quinta-feira (9). Diferente do especulado, o vereador não passou mal durante a sessão na Câmara de Vereadores.

Segundo informações de sua filha, Bruna Ruana, o vereador saiu alguns minutos antes do encerramento da sessão para ir ao médico para uma consulta agendada previamente, devido a um ferimento no dedo do pé.

Durante a consulta, devido à gravidade do ferimento (o vereador é diabético e por conta disso, ferimentos demoram a cicatrizar), o médico achou melhor que o dedo fosse amputado. O procedimento aconteceu durante a tarde desta quinta e o vereador ficou internado em observação, mas passa bem.

Um em cada dois adultos com diabetes não está diagnosticado, alerta federação

O tema da campanha este ano é De olho no diabetes, com foco em promover a importância do rastreamento e garantir o diagnóstico precoce (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

O tema da campanha este ano é De olho no diabetes, com foco em promover a importância do rastreamento e garantir o diagnóstico precoce (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

No Dia Mundial do Diabetes, lembrado hoje (14), a Federação Internacional do Diabetes faz um alerta: um em cada dois adultos com a doença não está diagnosticado e, portanto, não tem ciência de sua condição e não toma os devidos cuidados.

O tema da campanha este ano é De olho no diabetes, com foco em promover a importância do rastreamento e garantir o diagnóstico precoce, o tratamento e a redução do risco de complicações mais sérias – sobretudo em casos de diabetes tipo 2.

LEIA MAIS

Mutirão “De Olho no Diabetes” será realizado em novembro em Petrolina

O mutirão é voltada para pessoas que possuam diabetes./ Foto: internet

O mutirão é voltada para pessoas que possuam diabetes./ Foto: internet

Será realizado em Petrolina (PE),no dia 05 de novembro, sábado, o mutirão de olhos “De Olho no Diabetes”. A ação pretende prevenir as complicações oculares causadas pela doença. O atendimento se inicia às 08h, a partir das 07h serão distribuídas 250 fichas.

Segundo o oftalmologista Guilherme Moura, serão realizados os exames de fundo de olho, aferição de pressão arterial e medição de taxa de glicemia. O evento é voltado apenas a pessoas que tenham a doença, que são mais suscetíveis a danos oculares.

A ação faz parte do Dia Mundial da Diabetes, celebrado no dia 14 de novembro. O mutirão será realizado na rua Doutor Júlio de Melo, Centro de Petrolina, por trás do Banco Itau, em frente ao Hospital de Olhos.