Conselho Comunitário organiza atendimento a pais do Santa Luzia, em Petrolina

Todos os pais da comunidade estão convidados a participarem do evento de saúde

O Conselho Comunitário do Santa Luzia, em Petrolina (PE), em parceria com o setor de Vigilância de saúde e Unidade Básica de Saúde do bairro, em comemoração ao dia dos pais, realiza um dia de atendimento especial para os pais da comunidade.

Os atendimentos acontecem nesta sexta-feira (10), a partir das 8h. Os pais poderão realizar restes rápidos de HIV e Sífilis. Além disso, haverá orientações sobre ATT, Hanseníase, TB e violência, assim como aferição de pressão e teste de glicemia.

Tem dúvidas sobre HIV, AIDS e DSTs? O “Especialista Responde”, acesse e leia

Dr. Juvenilson Andrade, infectologista. (Foto: ASCOM)

Neste mês de dezembro, também conhecido como Dezembro Vermelho por conta da campanha nacional de prevenção ao HIV/AIDS e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina traz uma entrevista especial com o infectologista Juvenilson Andrade, que atende no ambulatório da UPAE.

A iniciativa faz parte do projeto “O Especialista Responde”, que a cada mês apresentará um tema diferente, referente às 17 especialidades ofertadas no serviço. O material interativo conta com a participação dos internautas que deixam as perguntas nas redes sociais da Unidade. Segue entrevista:

De maneira geral, o que são as DSTs?

São doenças de transmissão sexual, causadas por vírus, bactérias ou parasitas.

Quais são as DSTs mais importantes ou comuns?

Fora o HIV/AIDS, nós temos tido uma grande preocupação com a sífilis, principalmente com a forma de transmissão vertical (de mãe para filho na gestação). Mas, também entram nessa lista a gonorreia, o HPV, linfogranuloma venéreo e as hepatites virais.

Quais os principais sintomas das DSTs?

LEIA MAIS

Equipe de enfermagem do Hospital Dom Malan é treinada para realização do teste rápido de HIV e Sífilis

(Foto: ASCOM)

Com o objetivo de prevenir a transmissão vertical do HIV e da Sífilis, promover o cuidado ao paciente e a segurança da equipe de saúde, o Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina passará a utilizar os testes rápidos disponibilizados pelo governo federal. Antigamente, os testes eram feitos em laboratório. Agora serão realizados pela própria equipe de enfermagem, agilizando o acesso aos resultados.

Para a realização dos testes rápidos de HIV e VDRL é preciso que a equipe de enfermagem esteja treinada e os primeiros profissionais já foram capacitados na última semana. Até o final do mês, 100% dos profissionais estarão treinados e qualificados a realizar o teste rápido nas pacientes da emergência obstétrica.

“O diagnóstico antecipado da infecção pelo HIV e da sífilis durante o período gestacional seria o ideal para a redução da transmissão vertical, da mãe para o bebê. No entanto, a maioria das gestantes que dão entrada no HDM chegam sem estes resultados. Seguindo a Portaria n° 29, de 17 de dezembro de 2013, que aprova o Manual Técnico para o Diagnóstico da Infecção pelo HIV em Adultos e Crianças, qualquer profissional pode realizar o teste rápido, desde que tenha sido capacitado. Com o teste rápido realizado na entrada da gestante na emergência obstétrica, o resultado sai em, no máximo, 30 minutos, evitando a exposição da equipe e antecipando qualquer tipo de profilaxia, tratamento ou escolha da via de parto”, esclarece a coordenadora de enfermagem, Fátima Leal.

O número de caso de sífilis em Pernambuco, por exemplo, aumentou 414% em dois anos. Em Petrolina, foram confirmados 120 casos nos nove primeiros meses deste ano. Isso sem falar do avanço do HIV/AIDS. Em 2016, foram registrados 32 novos casos.

Diagnosticar e tratar essas doenças o mais rápido possível durante a gravidez é importante para impedir a transmissão para o bebê. Com o tratamento médico, a chance do bebê contrair a doença cai para menos de 1%. Quando não há tratamento, a taxa de risco chega a 20%. As recomendações envolvem o uso de antirretrovirais, parto cesárea e a não amamentação.

Os testes rápidos não são comumente usados para fins de diagnóstico, mas podem ser bastante úteis em situações de emergência, onde há a necessidade de avaliação e decisão rápida sobre o uso de profilaxia medicamentosa, por exemplo. Isso ocorre nos casos de exposição dos profissionais de saúde ao risco ou de gestantes prestes a entrar, ou já em trabalho de parto, que não tenham sido testadas para HIV ou sífilis no pré-natal.

Juazeiro: Mais de 500 testes rápidos são realizados no Dia da Luta às Hepatites Virais

Juazeiro tem o registro de 183 usuários da rede municipal com Hepatite B e outros 315 com Hepatite C. (Foto: ASCOM)

O ajudante geral, Roberto Carlos Batista (50), foi ao Centro de Juazeiro nesta sexta-feira (28) com um objetivo: fazer testes rápidos gratuitos para diagnóstico das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). É que, em virtude do Dia Mundial da Luta Contra as Hepatites Virais, a Secretaria de Saúde municipal ofertou o serviço na Praça Barão do Rio Branco, encerrando a programação do Julho Amarelo. Na ocasião, 508 exames foram realizados. A ação aconteceu em parceria com o Rotary Club de Juazeiro.

“É muito bom fazer esses testes para ficar com a saúde em dia”, destaca Roberto Carlos. Já a agricultora, Elismar dos Santos (60), conta que estava de passagem quando resolveu entrar na fila para realizar os exames. “É muito bom pra população esse tipo de ação no Centro da cidade, porque quem está de passagem já aproveita e faz. Também achei interessante as informações sobre essas doenças, que recebi enquanto estava na fila”, diz.

LEIA MAIS

Autoteste de HIV estará disponível nacionalmente até o fim de julho em farmácias

Embalagem do autoteste para detecção rápida do vírus HIV vendido em farmácias (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O autoteste para detectar a presença do vírus HIV no organismo deve estar disponível em farmácias de todo o país até o fim do mês. Nesta semana, o primeiro teste desse tipo a ser vendido no Brasil começou a chegar às farmácias do Rio de Janeiro. O produto, que custa entre R$ 60 e R$ 70, pode ser comprado sem receita médica, e a testagem produz resultado 10 minutos após o sangue entrar em contato com o reagente.

O Brasil é o primeiro país da América Latina e Caribe a disponibilizar o autoteste em farmácias. Para a diretora do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken, o produto é uma ferramenta importante para aumentar a capacidade de diagnóstico do vírus. Identificar a presença do HIV em 90% das pessoas infectadas é uma das metas da Organização das Nações Unidas (ONU) para 2020.

LEIA MAIS

Secretária de Saúde de Petrolina realiza treinamento para a realização de testes rápidos de HIV/AIDS e Sífilis

(Foto: ASCOM)

Na manhã desta terça-feira (18), a Secretaria de Saúde de Petrolina, através do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), promoveu um treinamento de atualização com cerca de 50 profissionais das Unidades de Atendimento Multiprofissional Especializado (AMEs) para a realização de testes rápidos para a detecção do HIV/AIDS e Sífilis na atenção básica.

A oficina que ocorre durante todo o dia, tem o objetivo de passar conhecimento teórico e prático em relação ao serviço oferecido no município. A psicóloga, Sâmara Paes, ressaltou a importância do treinamento dos servidores para a eficiência e condução adequada do procedimento.

“É preciso que a equipe esteja formada, com todo o conhecimento em relação a realização do teste, aconselhamento, humanização e, em caso de resultado positivo, encaminhamento para o tratamento. É um momento muito delicado para o paciente. Nós temos casos de pessoas que passam horas sentadas na porta do nosso serviço e não tem coragem, sequer, de fazer o teste, então, imagine nos casos positivos, é preciso saber como conduzir essa situação”, frisou.

LEIA MAIS

Testes rápidos de HIV no carnaval do Recife revelam uma média alta de resultados positivos

(Foto: Eduarda Barbosa/G1)

Durante os dias de folia, na capital pernambucana a Secretaria de Saúde do Recife registrou aumento no índice de resultados positivos para os testes rápidos de HIV oferecidos na central de serviço de saúde montada na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife, para o carnaval.

Até o início da noite de segunda-feira (27) foram realizados 279 testes, revelando que 3,2% dos foliões atendidos no local apresentaram resultado positivo para a presença do vírus HIV. De acordo com a pasta, esse número é alto, pois a média esperada era de 0,6% durante a festa.

Com informações do G1

Em Salvador, testes rápidos diagnosticam 15 casos de HIV

Em apenas um dia de funcionamento dos postos de detecção de doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), 15 pessoas foram diagnosticadas com o vírus HIV, no carnaval de Salvador. O balanço foi divulgado hoje (26), pela prefeitura municipal, que instalou dois postos Fique Sabendo, nos circuitos da folia.

Os testes de detecção começaram a ser realizados ontem (25), quando 1.428 pessoas procuraram os serviços. Além dos 15 casos de HIV, 54 foram positivos para sífilis e um para hepatite C. Em relação aos portadores de HIV, todos são homens, com idades entre 15 e 57 anos.

Os módulos de atendimento têm equipes de plantão, com atendimento multidisciplinar, incluindo médicos e psicólogos que dão assistência aos pacientes, em casos positivos de alguma doença. Nos locais, os pacientes são encaminhados para dar continuidade ao tratamento, em hospitais da rede pública. Caso os testes sejam positivos para sífilis, os pacientes recebem, na hora, a primeira dose do medicamento e são encaminhados para a continuação do tratamento.

Fonte Agência Brasil

Saúde anuncia incorporação de antirretroviral “inovador” a partir de 2017

medicamento-remedio

O Ministério da Saúde anunciou hoje (28) a oferta do antirretroviral Dolutegravir para cerca de 100 mil pacientes que vivem com HIV no Brasil. A previsão da pasta é que o medicamento comece a ser distribuído na rede pública em 2017.

Inicialmente, o Dolutegravir será ofertado no Sistema Único de Saúde (SUS) a todos os pacientes que estão começando o tratamento e também a pacientes que apresentam resistência a antirretrovirais mais antigos.

De acordo com o ministério, o medicamento será incluído ao novo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de Manejo da Infecção do HIV, que deve ser atualizado ainda este ano.

LEIA MAIS

Vacina anti-HIV tem bons resultados e permite testes em larga escala

oie_20125413DRgd18uL

Cerca de 2,5 milhões de pessoas ainda são infectadas todos os anos no mundo com o HIV. (Foto: Ilustração)

Resultados promissores de uma vacina contra o vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV), apresentados na terça-feira na 21ª conferência internacional sobre a Aids, permitirão realizar um estudo em grande escala a partir deste ano, anunciaram pesquisadores.

Cerca de 2,5 milhões de pessoas ainda são infectadas todos os anos no mundo com o HIV, o vírus que causa a Aids, um número que permaneceu relativamente constante na última década, segundo um estudo publicado na terça-feira na revista médica The Lancet.

Um total de 252 pessoas participaram durante 18 meses de um ensaio, chamado HVTN100, na África do Sul.

LEIA MAIS

Profissionais de Saúde participam de Roda de Conversa sobre Aconselhamento

Profissionais de saúde debateram sobre o melhor acolhimento aos pacientes com vírus HIV/Foto: ASCOM

Profissionais de saúde debateram sobre o melhor acolhimento aos pacientes com vírus HIV/Foto: ASCOM

Nesta quarta-feira (01), a equipe do Espaço Vida, enfermeiros e médicos da Secretaria de Saúde de Petrolina participaram de uma roda de conversa sobre Aconselhamento ao paciente portador do vírus HIV. A capacitação foi ministrada pelo coordenador Estadual do Programa DST/AIDS e Hepatites Virais, François Figueirôa, e a psicóloga do Programa, Bethânia Cunha.

 “Esse é um momento de aprender a ouvir, pois o atendimento vai além do diagnóstico e do tratamento, por isso precisamos de profissionais sensíveis a todo o processo de acolhimento ao paciente portador do vírus HIV”, pontuou a coordenadora do Programa DST/AIDS e Hepatites Virais de Petrolina, Raquel Costa.

 Figueirôa frisou a importância da parceria Estado/município e elogiou o programa municipal. “Agradeço a parceria por mais esse momento de aprimoramento no enfrentamento à epidemia da AIDS.  Inclusive, quero parabenizar Petrolina, pois é a cidade com a melhor estrutura dos serviços CTA e SAE de Pernambuco e até de outros Estados”.

Nesta quinta-feira (02) os palestrantes vão estar no auditório do IGEPREV abordando sobre Vulnerabilidade ao Portador, para médicos e enfermeiros da Atenção Básica.

Com informações da Assessoria

 

Testes rápidos de HIV são realizados na Funase em Petrolina

Teste HiV Funase 1

A equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento de Petrolina (CTA) realizou 46 testes rápidos para HIV em adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e orientou os funcionários assistir o menor portador de alguma doença transmitida sexualmente.

A coordenadora do Espaço Vida, Raquel Costa, destaca que. “É importante que as pessoas se sensibilizem cada vez mais para o uso consciente da camisinha. Relação sexual desprotegida é risco para contrair qualquer doença, inclusive, a AIDS. Esse ano já temos 5 casos de AIDS e 12 de HIV”, alertou.

O Espaço Vida comporta o CTA, direcionado para prevenção e diagnóstico de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST); já o Serviço de Assistência Especializada (SAE) é responsável pelo tratamento dos casos positivos.