Voluntariado do Hospital Dom Malan dá início à Campanha do Enxoval 2019

(Foto: Arquivo)

A Campanha do Enxoval do Bebê 2019 do Voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina, foi iniciada nesta quinta-feira (10). A ação anual tem como objetivo arrecadar roupinhas de recém-nascidos, materiais de higiene e primeira necessidade para os bebês.

Essa é a 10ª edição da Campanha e as pessoas interessadas em contribuir devem procurar o Voluntariado até o dia 20 de dezembro.  Podem ser doados produtos como fraldas, sabonetes, talco, shampoo, creme dental, produtos de higiene pessoal para o bebê, assim como roupas novas ou seminovas (em bom estado de conservação) para recém-nascidos e puérperas.

“Geralmente, em toda casa tem uma roupinha que as crianças não usam mais, pois crescem muito rápido, e essa pode ser a hora certa de desapegar. É um pequeno gesto de amor que pode fazer uma diferença enorme na vida de quem precisa. Todas as doações são muito bem-vindas”, reforça o coordenador do Voluntariado, Rui Holanda.

LEIA MAIS

Voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina recebe doação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

(Foto: Divulgação)

O Voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina recebeu, na última segunda-feira (7), mais uma doação. Dessa vez, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida arrecadou enxoval para bebês durante a novena em honra à sua padroeira.

De acordo com o coordenador do Voluntariado, Rui Holanda, o gesto veio em boa hora. “Estamos nos preparando para lançar a Campanha do Enxoval do Bebê 2019 e essas doações irão somar bastante. Em nome de todo o grupo agradeço ao Frei Leandro e a toda paróquia”, ressalta.

Rui destaca que Voluntariado necessita de roupinhas de recém-nascidos, fraldas RN, e materiais de primeira necessidade. “A gente até costuma receber muitas coisas, mas a demanda maior é por esses itens mesmo, já que atuamos em um hospital materno-infantil”, garante.

LEIA MAIS

Com estoque quase zerado, Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan de Petrolina apela por doações

Estoque do Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan está quase zerado. (Foto: ASCOM)

O Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan (Biama/HDM/IMP) está, no momento, com o seu estoque quase zerado. Por isso, a unidade materno-infantil, que faz parte da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC/Unicef) e apoia a amamentação exclusiva, faz um apelo à toda população para que as mamães que tiverem leite em abundância e estejam gozando de boa saúde possam doar o alimento essencial para recém-nascidos e prematuros.

Para doar é muito simples; basta preencher os requisitos, como: estar amamentando; ser saudável; não ingerir álcool ou outras drogas; não fumar e não usar medicamentos incompatíveis com a amamentação. Estando apta, a doadora pode entrar em contato com o Biama, através do telefone (87) 3202-7002, de domingo a domingo, incluindo feriados, das 7 às 18h. A equipe do Biama vai à casa da doadora, faz todos os esclarecimentos e entrega o kit para doação, que inclui touca, máscara e vidros esterilizados.

Duas vezes por semana o carro do HDM faz a coleta na casa das mães doadoras. “Essa mãe também pode se dirigir ao Biama para fazer a ordenha e obter mais informações, se for o seu desejo”, informa a enfermeira gerente do Banco, Kaliane Medeiros.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan rebate denúncia de adiamento de cirurgia de paciente e afirma que procedimento não estava marcado

(Foto: Arquivo)

O Blog Waldiney Passos publicou, na última segunda-feira (30), uma matéria sobre o caso de Maria Lúcia, moradora do bairro São Joaquim, em Petrolina (PE), que teve uma cirurgia para a retirada de miomas adiada por falta de vagas no Hospital Dom Malan/IMIP.

LEIA TAMBÉM:

Cirurgia de paciente do Hospital Dom Malan é adiada por falta de vaga

Há pouco, o HDM enviou uma nota ao Blog afirmando que a paciente não tinha cirurgia marcada e que a mesma segue sendo acompanhada pela Unidade. Confira a íntegra da nota:

“O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina informa que no dia 26 de setembro a paciente Maria Lúcia Rosa Bispo tinha uma consulta agendada no ambulatório e não uma cirurgia.

LEIA MAIS

Cirurgia de paciente do Hospital Dom Malan é adiada por falta de vaga

(Foto: Arquivo)

Luís Henrique, genro de Maria Lúcia Rosa Bispo, moradora do bairro São Joaquim, entrou em contato com o Blog Waldiney Passos para denunciar o drama vivido por sua sogra. De acordo com ele, no início deste mês, Maria Lúcia deu entrada no Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina (PE), com hemorragia causada por dois miomas.

Ele conta que neste dia, os médicos prestaram toda a assistência, realizaram exames, e diante do quadro da paciente, marcaram uma cirurgia de retirada dos tumores para o dia 26 de setembro. Porém, ao chegar no HDM, na última quinta-feira (26), ela foi informada que o procedimento cirúrgico havia sido adiado.

“Ela teve que voltar pra casa pois o hospital informou que não ia dar pra ela fazer a cirurgia por que o hospital está sem vagas devido à quantidade de mulheres grávidas para fazerem os partos”, relata Luís Henrique.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan de Petrolina é pioneiro na infusão de medicação para doença rara

(Foto: Divulgação)

Maria Eduarda Ferreira Santos foi detectada com a Síndrome de Winchester Torg quando tinha aproximadamente cinco anos de idade. A doença, que causa dor nos ossos, contraturas musculares espontâneas e atrofia no crescimento, só foi diagnosticada pela equipe de genética do IMIP Recife após meses de peregrinação em hospitais e médicos.

E essa foi apenas a primeira luta dessa guerreira, que hoje está com 13 anos. A doença extremamente rara não tem cura e, até pouco tempo, não havia na literatura médica um tratamento eficaz. Basicamente, ela usava os analgésicos, massagens e compressas como paliativo. Foi quando, no primeiro semestre desse ano, surgiu a primeira luz no fim do túnel para a família da pequena.

Nessa época, a mãe de Maria Eduarda, foi chamada para tomar uma importante decisão: arriscar uma medicação nova. Trava-se do pamidronato dissódico, um fármaco voltado para a prevenção da osteoporose e da osteogênese imperfeita (síndrome dos ossos de vidro). “Os médicos falaram que não era nada comprovado cientificamente ainda, mas que a medicação poderia trazer benefícios para ela”, ressalta Débora Freitas de Oliveira.

Ao observar a filha já bastante debilitada e sem poder ir à escola por não conseguir ficar sentada, Débora optou pelo tratamento alternativo. “A gente tinha que tentar alguma coisa. Não dava para continuar a vê-la sofrendo”, garante. Mas, a saga de Maria Eduarda não para por aí não. Para fazer a primeira aplicação do pamidronato ela teve que ir ao Recife.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan e UPAE de Petrolina realizam Processo Seletivo para cargos de nível superior, médio, técnico e elementar

(Foto: Reprodução/ IMIP)

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE) e o Hospital Dom Malan (HDM), ambos geridos pelo IMIP em Petrolina (PE), abriram seleção para formação de cadastro de reserva, com vagas para os níveis superior, médio, técnico e elementar. Os interessados em participar poderão se inscrever de hoje (20) até o dia 30 de setembro.

Para concorrer, o candidato deve se cadastrar e/ou atualizar o currículo no site do IMIP. Vale ressaltar, que não serão aceitos currículos entregues nas unidades, as inscrições devem ser feitas somente através do endereço eletrônico.

Inicialmente, será realizada uma triagem curricular e, a partir do dia 01 de outubro, uma convocação por telefone, mensagem de texto ou Whatsapp. Portanto, é de suma importância que o candidato esteja com seus dados cadastrais atualizados.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan de Petrolina comemora 88 anos

(Foto: Arquivo)

O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina comemorou 88 anos no último dia 13 de setembro. Para celebrar, foi realizada uma Missa em Ação de Graças na sexta-feira (13) pelo padre Francisco Ferreira, mais conhecido como Ferreirinha. O momento também contou com a participação do Comunidade Católica Shalom, que entoou os cânticos.

Após a missa, funcionários, colaboradores, pacientes e usuários cantaram parabéns e partiram o bolo, confeccionado pela própria equipe de nutrição do hospital. “Foi uma celebração simples, mas muito especial, pois envolveu a todos”, ressaltou a diretora de atenção à saúde, Tatiana Cerqueira.

O Dom Malan faz parte da memória afetiva da maioria dos petrolinenses. Um hospital que é referência em saúde da mulher e da criança para 55 municípios e quase 2 milhões de pessoas, pioneiro em muitos quesitos e que até hoje se mantém único em alguns serviços.

LEIA MAIS

Vereadora Maria Elena entrega documento ao Secretário de Saúde do Estado denunciando casos do Hospital Dom Malan

Vereadora Maria Elena durante entrevista a Waldiney Passos. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em audiência com o Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, na última quinta-feira (22), a vereadora Maria Elena (PSB), acompanhada de mães do movimento “Eu sou mãe, eu tenho medo”, em prol de melhorias no Hospital Dom Malan, entregou um documento com uma relação de demandas voltadas para a saúde da mulher.

“Entregamos esse documento, onde estão pontuados todos os casos mais necessários, nós sabemos que o Hospital Dom Malan/IMIP atende um raio de 53 municípios, mas não justifica, se ele atende dê condição, se pactuou esse acordo, dê condição”, ressaltou Maria Elena durante entrevista a Waldiney Passos, no programa Super Manhã da Rádio Jornal.

LEIA MAIS

Grupo de Apoio do Hospital Dom Malan realiza exposição fotográfica sobre importância da amamentação

Desde ontem (9), está montada no River Shopping, a exposição fotográfica “Dona Mamada: Multiplicando Vidas”. A mostra é uma realização do Grupo de Apoio às Mães de Prematuros (GAMP), do Hospital Dom Malan/IMIP, de Petrolina, e traz imagens produzidas voluntariamente pela fotógrafa Luise Sarmento. A exposição segue aberta até amanhã (11).

De acordo com a organização, o objetivo do ensaio é incentivar a amamentação e doação do leite materno. A exposição é baseada em uma proposta criativa e inovadora de intervenções envolvendo novas estratégias de cuidado, por meio de atividades lúdicas e educativas, dirigidas especialmente às mães de bebês de risco.

GAMP

O Grupo de Apoio às Mães de Prematuros é composto por profissionais de Fisioterapia e Enfermagem do Hospital Dom Malam. Tem como objetivo acolher as mães, fortalecer o vínculo mãe/bebê e incentivar o aleitamento materno. Busca ainda reduzir o índice de desmame precoce, proporcionar momentos de descontração e interação social às mães e prepará-las para os cuidados com o bebê de risco após a alta hospitalar.

Voluntariado promove momento de beleza e autocuidado no Hospital Dom Malan/IMIP

(Foto: Ascom)

O Voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina – em parceria com o Instituto Embelleze – está promovendo um momento de beleza e autocuidado para as mulheres que estão internadas (ou acompanhando seus filhos) nos procedimentos. O projeto teve início na última  segunda-feira (15), e tem como objetivo se tornar periódico.

“Na verdade, eles já são parceiros nossos há um tempo. Sempre que fazemos eventos e convidamos, a equipe vem. Então, só resolvermos melhorar isso”, ressalta o coordenador do Voluntariado, Rui Holanda.

A instrutora da Embelleze, Gaby Souza, confirma. “É uma troca. A gente precisa das modelos para as alunas treinarem e as mulheres precisam desse cuidado. Então, é um casamento que tem tudo para dar certo”, acredita.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina promove uma série de ações em comemoração ao Dia das Mães

(Foto: Ascom)

O Dia das Mães definitivamente não passou em branco esse ano no Hospital Dom Malan. Uma série de ações marcaram as comemorações da data, a começar pela semana passada. Quem abriu os festejos foi o Alojamento Conjunto, na sexta-feira (10), com um café da manhã especial, com direito a porta-retratos com fotos das mães e seus bebês.

Em seguida, foi a vez da Pediatria e Berçário Externo que realizou a entrega das fotos do ensaio “Amor de Mãe” feito pela fotógrafa e farmacêutica do HDM, Denise Brecci. Nesse dia, as mamães também receberam presentes e compartilharam um lanche.

Já nesta segunda-feira (13) foi a vez do Voluntariado comemorar o seu já tradicional Dia das Mães. Esse ano eles promoveram um dia de beleza, em parceria com o Instituto Embelleze.

LEIA MAIS

Leitor denuncia caos no Dom Malan; Hospital nega acusações

(Foto: Arquivo)

Um leitor que preferiu não se identificar, entrou em contato com o Blog Waldiney Passos na tarde desta sexta-feira (26) para denunciar uma série de problemas enfrentados pelos usuários do Hospital Dom Malan em Petrolina (PE), principalmente as dificuldades de gestantes que chegam na unidade em busca de serviços.

De acordo com o relato do denunciante, hoje (26), um episódio chamou atenção. Segundo a fonte, dois médicos discutiram publicamente por conta de um impasse sobre uma medicação. Um médico teria receitado um tipo de medicamento que não induzia o parto das gestantes. Ao se dar conta da ação do profissional, uma médica discordou e suspendeu a medicação. Ainda de acordo com as informações da testemunha, a discussão foi presenciada por pacientes, acompanhantes, funcionários e demais usuários do HDM.

Além desse ocorrido, o leitor informou ao Blog que várias gestantes estavam no Hospital há mais de dez dias aguardando a realização do parto. E contou ainda, que algumas pacientes não tinham nem entrado na lista das cesarianas.

LEIA MAIS

Estoque do Banco de Leite do Hospital Dom Malan é considerado crítico, Secretaria Estadual de Saúde reforça importância de doação

Atualmente, no estoque do Hospital Dom Malan há apenas 2 litros de leite. (Foto: ASCOM)

Considerado um dos alimentos mais importantes para o ser humano, o leite materno é a bebida que contém todos os ingredientes necessários para o crescimento saudável da criança, além de funcionar como um fator de proteção para doenças. Ele também é um importante aliado na redução do óbito infantil, da fome, da desnutrição e dos quadros alérgicos que podem ser apresentados pela criança.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, para meninas e meninos prematuros ou de baixo peso, o leite materno se torna ainda mais indispensável. Por isso, os quatro hospitais do estado de Pernambuco que contam com bancos de leite convocam as mães para realizar esse gesto de solidariedade. O apelo é ainda mais urgente após as festas de fim de ano, e durante o período de férias, já que normalmente, os estoques reduzem. É importante reforçar que não há quantidade mínima estabelecida para doação.

Atualmente, a situação mais crítica é do Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina (PE). No estoque, há apenas 2 litros de leite, praticamente o consumo de um único dia. No Jesus Nazareno (HJN). Além das doações, as unidades estimulam as mães das crianças a fazerem a ordenha do insumo para os seus bebês. As unidades também apoiam as mulheres em suas dificuldades no processo de amamentação.

Como doar

As mães interessadas em doarem seu leite excedente devem entrar em contato com o Hospital Dom Malan, via ligação telefônica, através do número (87) 3202.7000. É possível retirar a bebida na própria unidade ou combinar a busca na casa da doadora.

Para retirar o leite da mama, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo. O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico. O papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo. Para higienizá-los, deve-se lavá-los em água corrente e com sabão neutro. Em seguida, colocá-los em uma panela com água e levá-los ao fogo. Após a água começar a ferver, deixa por mais 15 minutos.

Hospital Dom Malan realiza cadastro para novos voluntários

Hospital busca apoio de novos voluntários (Foto: Ascom)

Até o dia 27 de novembro os interessados em participar do voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP podem se inscrever no cadastro aberto para novos membros. As inscrições devem ser feitas presencialmente na sede do grupo, na unidade do HDM, de segunda à sexta-feira.

É necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência (todos originais). O voluntário precisa ser maior de 21 anos, ter disponibilidade para realizar as atividades 4h por semana durante a manhã ou tarde. No dia 28 os inscritos serão convocados para uma entrevista e os aprovados serão capacitados para atuar junto aos pacientes.

As inscrições podem ser feitas de segunda à quinta-feira, das 8 às 12h e das 13 às 17h, e na sexta das 8 às 12h e das 13 às 16h. Mais informações através do telefone: (87) 3202-7027.

1234