Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Operação Roupa Suja: Polícia Civil de Irecê prende homem acusado de lavagem de dinheiro

Carros do suspeito apreendidos durante a Operação Roupa Suja. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

No início da manhã desta quarta-feira (12), por volta das 6h, a Polícia Civil de Irecê (BA) iniciou a Operação Roupa Suja, que após trabalho de investigação e levantamento de informações realizados pelas Delegacias Territorial de Irecê e a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, foi expedido um mandado de busca e apreensão para a residência de Uoston Muniz de Oliveira, de 25 anos, mais conhecido como “Uoston do bingo”.

Na última sexta-feira (7), a Polícia Militar realizou uma operação que culminou no fechamento do bingo pertencente a Uoston, sendo o local suspeito de venda de drogas e ocorrência de homicídio. As investigações da Polícia Civil apontam um crescimento elevado do rendimento financeiro do acusado, que em menos de um ano conseguiu elevar seu patrimônio em mais de R$ 2 milhões. Além do bingo, o acusado é proprietário de um clube, avaliado em mais de R$500.000,00, e de uma casa avaliada em torno de R$350.000,00.

LEIA MAIS

TSE nega recurso e ex-prefeito de Irecê permanece inelegível por oito anos

Ex-prefeito teria cometido crime no pleito de 2012

O ex-prefeito de Irecê (BA), Luizinho Sobral sofreu mais uma derrota na Justiça Eleitoral. Nessa semana o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso negou um recurso impetrado pela defesa e manteve a decisão do TRE da Bahia e manteve o ex-gestor inelegível por oito anos.

A decisão do TSE tem caráter definitivo, ou seja, resultará na cassação do mandato de suplente que Luizinho tem hoje na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O ex-prefeito foi condenado por “uso indevido dos veículos de comunicação social” no pleito de 2012.

Naquela ocasião Luizinho foi o vencedor, contudo o TRE entendeu que ele se beneficiou com uso de matérias favoráveis e alteração na programação da Rádio Líder FM. De acordo com o TSE, a intimação sobre o resultado foi publicada no Diário Oficial de hoje (26) e encaminhado também à defesa do ex-prefeito.

Polícia Militar apreende 26kg de maconha em Orocó

Droga apreendida com os suspeitos.

Na tarde dessa quarta-feira (27), por volta das 15h, durante a Operação Saturação em combate ao tráfico de drogas na região e após levantamento de um possível transporte de drogas saindo da cidade de Orocó (PE) para Irecê (BA), a Polícia Militar realizou um bloqueio na BR-428, na entrada do assentamento Alegre em Orocó.

Os policiais realizaram abordagem a um ônibus da empresa Tony Turismo e encontraram no bagageiro do veículo duas caixas de papelão contendo 23 invólucros de maconha, pronta para consumo, pesando aproximadamente 26kg.

Questionado sobre a droga, o motorista afirmou que o entorpecente pertencia a um rapaz desconhecido que estava em um veículo Fiat/Uno de cor verde e que tinha saído sentido a cidade de Cabrobó (PE).

Os policiais fizeram outro bloquei na BR-428, no Alto do Lídio, e conseguiram abordar o veículo citado. Dois indivíduos seguiam no carro e um dos suspeitos, Genivaldo Cavalcante do Nascimento, assumiu a propriedade da droga.

LEIA MAIS

Polícia apreende 11 quilos de maconha enterrados no quinta de uma casa em Irecê (BA); dois homens foram presos

(Foto: SSP-BA/ Divulgação)

Onze quilos de cocaína foram achados enterrados no quintal de uma casa na cidade de irecê, região da Chapada Diamantina, na Bahia. De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o flagrante ocorreu na noite da última sexta-feira (22), após denúncias.

Conforme a SSP, dois suspeitos de tráfico foram presos por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido.

A Secretaria informou que, quando os militares chegaram na casa indicada pelo denunciante, no bairro Vila Nobelino, os dois homens correram e tentaram fugir pelos fundos do imóvel, mas foram alcançados.

Em depoimento preliminar, a dupla informou que as drogas estavam enterradas. Após escavação, os PMs acharam os 11 kg de maconha distribuídos em sacos e uma balança. A dupla e as drogas foram apresentadas na Delegacia Territorial de Irecê.

Polícia Civil apreende mais de 130 quilos de maconha em Irecê (BA)

Policiais Civis da cidade de Irecê (BA) em operação conjunta com a Coordenadoria de Polícia civil da Bahia e a equipe da DTE/ DRACO prenderam, nesta segunda-feira (04), três homens acusados de tráfico de drogas. A Polícia chegou até os suspeito depois de investigações feitas a partir de denúncias de que uma residência localizada na transversal da BA-052, na região de Irecê, estava sendo utilizada como local de armazenamento e ponto de venda de drogas.

As informações também indicavam que a casa servia de esconderijo de um foragido da justiça. Ao fazer abordagens  no local, com a ajuda de um cão farejador, os policiais encontraram 132 kg de maconha enterrados próximo a residência. A droga estava prensada e pronta para a venda.

Também foram apreendidas munições calibre 32 e R$ 2 mil em espécie. Os homens presos e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Irecê. Segundo a polícia, o grupo faz parte de uma organização criminosa acusada de homicídios e roubos na região. Ação realizada nesta segunda-feira faz parte da “Operação São João Limpo”, iniciada no mês de maio.

SEDES busca familiares de idoso acolhido em Irecê

(Foto: Divulgação)

Um idoso foi recolhido pela prefeitura municipal de Irecê e não possui nenhum documento de identificação, afirma que sua família mora em Petrolina ou Juazeiro. A equipe busca os familiares do idoso, que diz chamar-se ‘Jeová’.

Um problema de saúde fez com que uma de suas pernas precisasse ser amputada e hoje ele encontra-se em um local de estada provisória até que a família seja localizada. Segundo informações obtidas através da prefeitura de Irecê, os filhos do seu Jeová moram em Juazeiro ou Petrolina, chamam-se Samuel e Simone e já moraram no bairro Piranga.

“Nossa luta agora é para tentar localizar os familiares do seu Jeová e levá-lo de volta para sua casa”, comentou a diretora de Proteção Especial da SEDES, Fátima Carvalho.

Quem tiver informações sobre a família do idoso pode entrar em contato com o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) de Juazeiro através do telefone 3612-1632.

MPF recomenda ao prefeito de Irecê (BA) que coloque em operação o aterro sanitário do município

irece

O prefeito deverá apresentar um planejamento específico das ações que já foram ou ainda serão empreendidas, com cronograma detalhado, para atender à recomendação do MPF./ Foto: arquivo

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê (BA) recomendou ao prefeito do município, Luiz Pimentel Sobral, a adoção das medidas indispensáveis à entrada em plena operação do aterro sanitário da cidade até o dia 31 de dezembro de 2016.

Segundo o documento, Sobral firmou, em 2013, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), no qual concordava em implantar, no prazo máximo de dois anos, aterro sanitário em Irecê, bem como deixar de depositar resíduos em áreas irregulares. No entanto, a prefeitura não cumpriu nenhuma das obrigações – mesmo após ter empregado, na obra, recursos federais e municipais no valor de R$ 3.463.106,14, durante gestão anterior.

LEIA MAIS

Presidente da Câmara de Irecê é acionado por ato de improbidade administrativa

irece

Segundo o MPBA o presidente da Câmara contratou diretamente empresas – sem licitação – para a Casa./ Foto: internet

O presidente da Câmara de Vereadores de Irecê, na Bahia, Luciano Pereira da Silva, e mais cinco empresas que prestam serviços de assessoria e consultoria em gestão pública foram acionadas pelos promotores de Justiça Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira, Áviner Rocha Santos e Ígor Clóvis Silva Miranda por ato de improbidade administrativa.

Segundo os promotores de Justiça, o vereador, após tomar posse como chefe do Legislativo Municipal (biênio 2015/2016), contratou diretamente, mediante “indevida e ilegal inexigibilidade licitatória”, as empresas Alconta Assessoria e Consultoria em Gestão Pública, Dourado Salum Advocacia Tributária e Direito Público, Souza e Silveira Advogados Associados, Macedo & Ferreira Sociedade de Advogados, e a pessoa física Diego Lins de Castro Dourado.

LEIA MAIS

Prefeito de Irecê é acusado de improbidade administrativa

irece

A contratação foi realizada em 2013 e renovada com aditamento nos anos subsequentes, até 2016, em um total de aproximadamente R$ 2,24 milhões./ Foto: arquivo

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Edna Márcia de Oliveira, ajuizou ação civil pública contra o prefeito de Irecê, Luiz Pimentel Sobral, e contra a Gradus Assessoria e Consultoria Contábil Ltda. Segundo a promotora, o gestor municipal cometeu ato de improbidade administrativa ao contratar a empresa mediante inexigibilidade ilegal de licitação para prestar serviço público de contabilidade.

A contratação foi realizada em 2013 e renovada com aditamento nos anos subsequentes, até 2016, em um total de aproximadamente R$ 2,24 milhões. Entre outras sanções legais, Edna Márcia pede que a Justiça condene Sobral ao ressarcimento integral do dano, à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos e a Gradus à proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos.

LEIA MAIS