Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

TIM emite nota e afirma que técnicos estão trabalhando para normalizar o sinal da operadora em Lagoa Grande

(Foto: Internet)

Na manhã desta segunda-feira (22), o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria sobre as dificuldades enfrentadas por moradores da zona rural de Lagoa Grande (PE) para utilizar os serviços das empresas de telefonia móvel. A má qualidade do sinal das operadoras Tim e Vivo é alvo constante das reclamações dos usuários.

LEIA TAMBÉM:

Morador de Lagoa Grande volta a criticar sinal das operadoras Tim e Vivo

Diante da denúncia, o Blog procurou as operadoras citadas, há pouco a Tim enviou uma nota informando que técnicos já estão trabalhando para normalizar o serviço. Até o momento a Vivo não se pronunciou sobre o caso.

” A TIM informa que clientes de Lagoa Grande (PE) podem estar encontrando dificuldade para utilizar o serviço de voz na tarde desta segunda-feira(22), devido à instabilidade em equipamento que atende a região. Técnicos da companhia trabalham para normalizar completamente a prestação do serviço o mais breve possível.”

Morador de Lagoa Grande volta a criticar sinal das operadoras Tim e Vivo

O serviço prestado pelas empresas de telefonia móvel na região são alvo de constantes críticas dos leitores do Blog e a situação no interior de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco é conhecida é uma dor de cabeça sem solução aparente.

O Blog vem mostrando há alguns meses os problemas enfrentados pelos moradores da zona rural, já que o sinal pega de maneira estável até certo ponto da cidade. Novamente um leitor procurou nossa Redação para denunciar o descaso da Tim e da Vivo.

“A única que pega é a Tim, a vivo não aumenta a potência dela e a Tim não faz melhorias no seu sinal. A gente só tem sinal se colocar antena na altura de um poste. Como a gente vai ficar sem poder fazer ligação?”, questiona.

Novamente nossa produção entrou em contato com as operadoras citadas, entretanto não obtivemos respostas a respeito da melhoria no serviço prestado em Lagoa Grande.

Lagoa Grande sedia 1º Wine Motorhome do Vale do São Francisco; evento pretende potencializar o turismo da região

(Foto: Ascom)

Até amanhã (22), Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, é considerada a capital do 1º Wine Motorhome – Encontro Nacional de Veículos de Recreação. São trailers e ônibus transformados em verdadeiras moradias montadas em cima de quatro rodas com tudo que existe numa casa normal.

O evento tem como organizadores o Grupo de Proprietários de Motor Homes do Estado da Bahia em parceria com a Prefeitura de Lagoa Grande. O evento acontece de forma inédita com a presença de grupos de todo o País.

“É um encontro de veículos de recreação com um foco principal na visita às vinícolas do Vale do São Francisco e para conhecer de perto o potencial turístico do vale, movimentando a economia das cidades de Lagoa Grande e Petrolina que integram o roteiro de visitas”, disse o chefe de gabinete da Prefeitura de Lagoa Grande, Valman Rivas.

LEIA MAIS

Morador de Petrolina denuncia problemas da PE-122 no trecho que liga Lagoa Grande a Exu

(Foto: Google Maps)

Preocupado com a falta de manutenção da PE-122, no trecho que liga Lagoa Grande (PE) a Exu (PE), Clauderminio Saraiva Bezerra, presidente da Associação de Moradores do bairro Caminho do Sol em Petrolina (PE), divulgou um desabafo no intuito de chamar atenção das autoridades.

“Nesses quase 300 km é notório as péssimas condições da pista, uma vasta quantidade de buracos que coloca em risco a segurança e vida dos transeuntes que usam esta rodovia para transitar”, disse Clauderminio ao relatar que um carreteiro passou em um desses buracos e acabou furando dois pneus, sem falar no risco de capotar o veículo.

Ainda de acordo com o líder comunitário, neste trecho da rodovia a sinalização é precária, as placas existentes estão praticamente apagadas, além do matagal no acostamento, que em caso de urgência não permite aos condutores a realização de uma parada segura.

“Outro grande problema, é a quantidade de animais soltos, em especial caprinos, ovinos e equinos, e com os acostamentos cheios de mato é que esse perigo se torna mais real, é visto a todo instante animais saindo de um lado para o outro da pista, muitas vezes forçando os condutores a frenagens bruscas ou mudança de faixa. Pode acontecer a qualquer instante fatalidades”, alerta.

LEIA MAIS

Grupos e artistas culturais têm até dia 22 para se inscrever no Ciclo Junino de Lagoa Grande

(Foto: Divulgação)

Agremiações e grupos juninos de Lagoa Grande, município do Sertão de Pernambuco, têm até o dia 22 de abril para se inscrever no edital de contratação para o São João 2019, no “Ciclo Junino”. De acordo com o município, as inscrições devem ser feitas no Departamento de Cultura, Turismo e Esportes, na sede da Prefeitura.

Podem participar da seleção artistas e grupos de diferentes segmentos culturais: quadrilha junina, reisado, repente, banda de pífanos, bumba-meu-boi, cavalo-marinho, ciranda, coco, embolada, grupo de bacamarteiros, mamulengo, mazurca, São Gonçalo, viola, xaxado, forró pé-de-serra, MPB entre outros.

O cadastro é promovido pela secretaria de Cultura,Turismo e Esporte em parceria com a FUNDARPE e EMPETUR, órgãos do Governo de Pernambuco.

Grupo rouba veículo com 38 toneladas de leite, mas Polícia Civil de Petrolina consegue recuperar carreta e prender criminosos

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma carreta que transportava 38 toneladas de leite em pó e leite condensado foi recuperada pela Polícia Civil de Petrolina, durante uma ação na segunda-feira (8). O veículo de carga havia sido roubado por quatro criminosos, na zona rural do município.

Quatro pessoas foram presas em flagrante, quando transportavam a carga roubada para outro veículo.  Segundo a Polícia Civil, o motorista do veículo estava sendo feito refém pelo grupo, que utilizou bloqueadores de sinal a fim de evitar rastreamento da carreta pela seguradora.

A polícia chegou até os criminosos após ouvir denúncias dos constantes roubos registrados nos distritos de Jutaí (Lagoa Grande) e Uruás. A quadrilha planejava mais uma ação no dia em que foi presa pela equipe da 213ª Delegacia de Polícia Civil.

Morador de Lagoa Grande reclama de falta d’água, mas Compesa afirma que município tem rodízio de abastecimento

(Foto: Ilustração)

Há alguns meses o Blog acompanha a rotina dos moradores do bairro do Vasco, no município de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco. Durante o final de semana a população não teve água nas torneiras, gerando transtornos aos cidadãos.

“No bairro do Vasco, na rua José Ricardo continua falta de água. Todo final de semana o bairro do Vasco sofre, ninguém faz nada”, afirmou o leitor que entrou em contato com o Blog através do WhatsApp.

LEIA TAMBÉM:

Rodízio de abastecimento de água em Lagoa Grande irrita moradores 

Compesa responde

Procurada por nossa produção, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Lagoa Grande é abastecida através de um rodízio. Segundo a programação da Compesa, o Vasco tem águas nas torneiras duas vezes na semana, assim como o Centro e o DER.

LEIA MAIS

Petrolina: apenas na primeira semana de abril choveu quase a metade do acumulado no mês de março

(Foto: blog Waldiney Passos)

A chuva da última semana trouxe alegria ao povo sertanejo e segundo dados do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), somente nos primeiros dias de abril choveu quase a metade do mês de março. Entre 1º e 6 desse mês em Petrolina o acumulado foi de 35 mm.

Já em março, em todo mês o somatório do mês chegou a 77,3 mm. Nas cidades integrantes do Sertão do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista soma 19,8 mm em abril, enquanto que Orocó, 27,6 mm. Cabrobó, Dormentes e Lagoa Grande não chegaram a 10 mm acumulados.

No município de Afrânio houve a maior concentração de chuva na primeira semana desse mês: 74,3 mm. Em março a cidade já havia contabilizado mais de 170 mm, de acordo com o IPA. Para essa semana há pequena possibilidade de chuva na região é de Leve a Moderada, segundo dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC).

Polícia Militar apreende mais de 13 kg de maconha em Lagoa Grande

(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Policiais militares da 7ª CIPM, em Lagoa Grande (PE) apreenderam na madrugada desse domingo (7), 13,365 kg de maconha em um veículo abandonado na zona rural da cidade. Segundo a PM, o Palio de cor branca havia furado um bloqueio próximo ao Assentamento Boqueirão.

Diante da informação uma equipe do GATI iniciou buscas na região e encontrou o veículo próximo ao Assentamento Brilhante. A droga estava dentro de um saco, abandonado no carro. Os PMs não conseguiram localizar o condutor do Palio.

Todo o entorpecente apreendido foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil de Santa Maria da Boa Vista, onde foi registrada a ocorrência.

Homem é preso após agredir comerciante e atirar pedra contra estabelecimento

Um homem foi preso no final da tarde de sábado (6) em Lagoa Grande, município do Sertão pernambucano, após agredir fisicamente um comerciante de 40 anos.

Segundo a 7ª CIPM, Adriano dos Santos, de 24 anos mora na zona rural da cidade e teria discutido com o proprietário de uma loja. Durante o bate-boca Adriano desferiu golpes contra a vítima.

Não satisfeito, ele pegou uma pedra e jogou na loja da vítima. Ele foi detido por uma equipe que fazia rondas na cidade. Contra Adriano foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

Lagoa Grande: Assentamento Malhada Real é destaque em Pernambuco pela produção de manga e variedades de uva

(Foto: Cristiano Ferreira)

Agricultores e Agricultoras do Assentamento Malhada Real, localizado no município de Lagoa Grande (PE), comemoram a primeira colheita de manga e novas variedades de uvas produzidas pelo Assentamento desenvolvido por meio do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe).

A produção agrícola do assentamento é feita pela Associação de Agricultores e Agricultoras da Malhada Real (Ascamar), através de um crédito fundiário do Banco do Brasil. São 35 hectares de manga Palmer, e sete hectares de uvas, com variedades como a Núbia, Benitaka e Itália melhorada. Ao todo, 12 famílias compõem o grupo de associados da Ascamar, responsável por todo o trabalho de produção, além de 25 pessoas contratadas para auxiliar na produção.

“Nosso assentamento é diferente por que não ficamos esperando só as políticas públicas dos governos federal e estadual, a gente mesmo corria atrás , e o que vinha a gente investia. Nós rompemos muitas barreiras para chegar até aqui”, ressalta o coordenador do Assentamento, Cristiano Ferreira.

LEIA MAIS

Morador de Lagoa Grande volta a criticar sinal da Vivo na zona rural

A cobertura da empresa Vivo em Lagoa Grande voltou a ser questionada pelos moradores de Lagoa Grande. O Blog Waldiney Passos já mostrou essa situação há algumas semanas e nada mudou desde então. O sinal da rede na zona rural, especialmente nos distritos é ruim e os moradores ficam incomunicáveis, segundo um leitor.

LEIA TAMBÉM:

Morador reclama do sinal da Vivo na zona rural de Lagoa Grande

“A Vivo não dá resposta se vai aumentar potência do sinal para gente que mora no interior. Se não fizer nada, a gente continuará sem conseguir fazer ligações, passou de Jutaí o sinal é ruim”, disse um morador do Assentamento Panelas, interior da cidade.

Outro lado

Nossa produção voltou a entrar em contato com o setor de Comunicação da Vivo, que solicitou o endereço do problema para apurar o que está acontecendo na zona rural. Todavia, até o momento não obtivemos resposta da empresa sobre o que pode ser feito na localidade.

Morador de Lagoa Grande cobra solução para esgotos estourados no Distrito de Vermelhos

(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma rua e vários esgotos a céu aberto. Essa é a rotina dos moradores da Rua Vila Euza, no distrito de Vermelhos, interior de Lagoa Grande (PE). O leitor Ademir dos Santos entrou em contato com o Blog Waldiney Passos para mostrar um problema que dura mais de uma semana na comunidade.

“O problema vem se repetindo desde a semana passada na Rua Vila Euza, um mau cheiro forte. Colocaram uma nova bomba e o esgoto continua voltando pelas casas e essa novela fica se repetindo”, disse o leitor.

Segundo Ademir, até o momento ninguém se pronunciou sobre o problema que sempre volta para incomodar a população. “Quando isso não acontece em uma rua, acontece na outra e assim vai”, disse.

Nossa produção entrou em contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em busca de informações sobre quando o problema será solucionado, contudo, ainda não tivemos resposta da companhia.

Zona rural tem bom índice de chuva; leitores registram sangria da barragem do Capim

População aproveitou para brincar na barragem (Foto: Reprodução/Facebook)

Mais cedo o Blog mostrou a previsão do tempo e as médias registradas de chuva nas últimas 24 horas aqui na região. Nas redes sociais moradores do Capim, zona rural de Petrolina registraram a sangria da barragem. Há relatos de que no local choveu aproximadamente 50 mm em apenas uma hora no último sábado (23).

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a zona rural concentrou o maior índice de chuvas. Em Rajada, interior de Petrolina choveu 37,85m ontem, no distrito de Jutaí o acumulado foi de 9,87 mm.

Jutaí, em Lagoa Grande contabilizou 5,37mm. Dormentes foi outro município do Sertão pernambucano a registrar um bom índice de chuva, 38,86mm apenas em Lagoas.

Homem é morto a tiros em Vermelhos, zona rural de Lagoa Grande

(Foto: Internet/Ilustração)

Um homem foi morto a tiros na noite de sábado (23), no Distrito de Vermelhos, zona rural de Lagoa Grande. A vítima, segundo informações preliminares, foi atingida por disparos de arma de fogo.

Dois homens teriam chegado em uma moto que adentrou o quintal da residência na qual a vítima, identificada apenas como Maison, se encontrava.

Ele morreu no local. Ainda não há informações sobre os suspeitos de cometer o crime, nem as motivações. O Blog não conseguiu até o momento atualizações do caso juntamente à Polícia Civil.

123