Prefeitura de Juazeiro questiona paralisação de funcionários da limpeza urbana

(Foto: Ascom/PMJ)

Ontem (26), o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria sobre a paralisação do funcionários da varrição de Juazeiro. A categoria cruzou os braços na última terça-feira (25), alegando atraso do pagamento de salário referente ao mês de maio.

LEIA TAMBÉM:

Juazeiro: funcionários da limpeza urbana mantém paralisação e cobram pagamento salarial

Em nota divulgada nesta quinta-feira (27), a prefeitura de Juazeiro afirmou que o repasse está em dias e informou que vai notificar a empresa terceirizada MA2, responsável pelos funcionários paralisados:

“A Prefeitura Municipal de Juazeiro informa que vai  notificar a empresa MA2 diante das notícias de atrasos salariais com seus servidores e consequente paralisação das atividades. A administração municipal tem honrado em dias os repasses e considera injustificável o cenário atual.”

Servidores do Detran paralisam atividades nesta sexta-feira

Segundo o sindicato, a atitude foi tomada após identificação de irregularidades no edital de convocação da licitação para contratação do plano de saúde

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) prometem paralisar as atividades nesta sexta-feira (11). De acordo com o Sindetran-PE, sindicato da categoria, o ato deve acontecer das 9h às 11h, horário em que está programado o pregão presencial para a contratação do plano de saúde dos servidores, na sede do órgão, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.

Segundo Alexandre Bulhões, presidente do sindicato, a atitude foi tomada após identificação de irregularidades no edital de convocação da licitação para contratação do plano. “Vamos estar presentes no local do pregão com carro de som e presenciando tudo que estiver acontecendo. Têm irregularidades e sabemos que só uma empresa vai participar”, disse Bulhões.

Ainda de acordo com o Sindetran-PE, a categoria quer o cancelamento da atual contratação e a suspensão do atendimento deve acontecer na sede, nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) e nos pontos avançados em shoppings, enquanto estiver ocorrendo o pregão. “Sustentado pelas orientações do TCE e observando o interesse maior da categoria, que será a maior prejudicada no futuro, os servidores do Detran-PE cruzarão os braços exigindo a suspensão do pleito”, finaliza o presidente.

O Detran-PE informou que não iria se pronunciar sobre a paralisação.

O plano de saúde era uma das pautas da última greve do servidores do Detran-PE, que foi deagrada no dia 13 de fevereiro e durou 47 dias, a mais longa dos últimos 10 anos. O movimento foi considerado ilegal pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) Eduardo Augusto Paurá.

Ex-funcionários bloqueiam garagem da empresa Viva Petrolina e o serviço está suspenso na cidade

(Foto: Arquivo)

Os moradores, que dependem do transporte coletivo, tiveram uma surpresa na manhã de hoje (16), quando nenhum ônibus da empresa Viva Petrolina circulou pela cidade. O transtorno começou quando ex-funcionários bloquearam a porta da garagem da empresa.

Segundo informações dos ex-funcionários, eles não receberam o Fundo de Garantia e nem a rescisão desde o desligamento da empresa. O repórter Marco Aurélio, esteve com os manifestantes, que justificaram a necessidade de paralisar o serviço.

“Nossa situação é precária, por não termos recebido nada! Tem funcionário aqui, que já tá com dois anos que saiu da empresa e não deram baixa na carteira. Eu fiquei dois anos nessa empresa e não recebi nem as férias, nem décimo e nem nada”, afirmou a manifestante Ana Cláudia.

A polícia foi acionada e os proprietários da empresa estão em negociação com os manifestantes.

Em breve outras informações.

Dia de paralisações afeta agências da Previdência e gerências do INSS em PE

previdencia-social-ok

Foto Internet

Mais uma categoria anunciou, ontem (24), adesão ao Dia Nacional de Paralisações e Protestos convocado pelas centrais sindicais e movimentos sociais para esta sexta-feira (25) em defesa da saúde e educação (contra a PEC 55 e a Reforma do Ensino Médio); em defesa dos direitos dos trabalhadores (contra a Reforma Trabalhista); em defesa da aposentadoria (contra a Reforma da Previdência) e em defesa do emprego (redução da jornada de trabalho sem redução salarial). Os servidores da Saúde e Previdência aprovaram em assembleia a paralisação das atividades em todas as agências da Previdência Social do Recife e do interior e Gerências do INSS. Em Pernambuco existem cerca de 69 agências da Previdência, cada uma responsável pelo atendimento a uma média 300 segurados por dia. Com a paralisação aproximadamente 20 mil pessoas deixarão de ser atendidas.

Outras três categorias em Pernambuco já anunciaram que também vão paralisar as atividades nesta sexta-feira: bancários, policiais civis e servidores do Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran). Com a paralisação dos policiais civis, serão mantidos apenas os flagrantes e o funcionamento do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC). A decisão de aderir à mobilização nacional foi aprovada em assembleia geral realizada no dia 16 de novembro, quando também foi aprovada a proposta de reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da Polícia Civil construída pela categoria e pelo governo de Pernambuco. Já os bancários reivindicam ainda a reestruturação dos bancos públicos.

Os trabalhadores do Detran cruzam os braços nesta sexta-feira, quando também realizam uma assembleia às 8h, na sede do órgão. Em comunicando dirigido ao governo do estado, a direção do Sindetran, além de informar da realização da assembleia e da paralisação, pediu também uma audiência para tratar das denuncias divulgadas pela entidade que envolvem a atual direção do órgão. Os sindicalistas apontam irregularidades no uso da entidade e arbitrariedades com os funcionários e querem o afastamento do diretor presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro.

Profissionais do IML e IC paralisam as atividades nesta quarta-feira em Pernambuco

imlProfissionais do Instituto de Medicina Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) vão cruzar os braços contra o Governo do Estado em um protesto de advertência de 12 horas, previsto para ocorrer nesta quarta-feira (16), a partir das 7h. As principais pautas de reivindicações dos médicos legistas e peritos criminais são o reajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho, de acordo com a Associação dos Peritos Criminais de Pernambuco. Faltam luvas e sacos de proteção para recolhimento dos corpos, conforme denúncia dos profissionais

“O Secretário de Administração (SAD) do Estado negociou com o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) o estabelecimento de um cronograma de reajuste salarial com os agentes de polícia e correlatos até 2018, só que deixou os peritos de fora. Nós também fazemos parte da Polícia Civil”, contestou Enock José dos Santos, presidente da categoria. Na época, o vice-presidente do Sinpol, Rafael Cavalcante, explicou que a negociação realizada no dia 21 de outubro deste ano não contemplava os cargos de delegados, peritos criminais e médicos legistas.

O presidente do associação explicou ainda que, atualmente, 113 peritos criminais compõem o quadro de funcionários da classe, quando 270 profissionais deveriam atuar nos quatro ICs do Estado localizados no Recife, Caruaru, no Agreste, além de Salgueiro e Petrolina, no Sertão. “Estamos trabalhando como se estivéssemos tapando buraco. Com essa quantidade, estamos nos esforçando para cumprir as obrigações, mas o estado está com a quantidade de pessoal defasada”.

Apesar da paralisação, segundo Enock, alguns peritos vão atuar para liberar os corpos nos três IMLs localizados no Estado. “O Cremepe (Conselho Regional de Medicina de Pernambuco) estipula uma quantidade de corpos para serem liberados, acredito que seja por volta de seis por dia. Mesmo assim, alguns vão demorar para sair, caso entre uma grande quantidade. Nesse caso, não seria uma paralisação total”, explicou. Outra assembleia está marcada para ocorrer por volta das 19h desta quarta-feira, quando Milton Coelho, secretário de Administração do Estado, deve se reunir com a categoria. Antes da reunião, o presidente da classe vai entrar em contato com o secretário para ajustar alguns pontos. “Se a gente perceber que o secretário não vai nos chamar, a categoria vai radicalizar”, destacou.

Denúncia

Em denúncia ao blog Ronda JC na última sexta-feira (11), funcionários do IML denunciaram o descaso na instituição. Segundo os profissionais, os trabalhos são realizados sem as luvas de proteção, arriscando a própria saúde. Inclusive, o material era emprestado pelo Hospital da Restauração. Além disso, eles ainda alegaram que os corpos eram “jogados” dentro da viatura do IML. As sacolas também não são apropriadas para a preservação do cadáver, usando lençol cedido pelas pessoas na rua. A SAD se comprometeu em enviar nota sobre possível reajuste dos dos trabalhadores e melhoria das condições de trabalho.

Com informações do jconline.

Sem receber pagamento motoristas do transporte escolar prometem paralizar atividades em Santa Cruz da Venerada

Transporte escolar

Foto ilustrativa (Internet)

Caso não seja confirmado o pagamento dos motoristas de transporte escolar do município de Santa Cruz da Venerada, Sertão de Pernambuco, até a tarde desta quinta-feira (11), será realizado amanhã sexta (12) um manifesto em frente o prédio da prefeitura, os motoristas cobram os pagamentos referente ao mês de Novembro/2015 e uma quinzena referente ao acordo firmado com o prefeito e os motoristas ainda no final do ano passado.

Prestes a começar mais um ano letivo, a situação é delicada para os motoristas que precisam quitar os débitos de combustíveis e a realização  de manutenção dos veículos antes do inicio das aulas.

Outra cobrança é referente a péssima situação das estradas que trafegam os veículos com os alunos, total abandono, buracos, barrocas, bicos de pedras e a mata fechando as estradas, lamentaram os motoristas que esperam uma solução urgente.

Com informações do Blog Santa Cruz 24h