Número de homicídios diminuiu mais de 30% em Pernambuco, afirma SDS

(Foto: Ilustração)

O número de crimes violentos letais intencionais (CVLI) em Pernambuco diminuiu em abril deste ano, em comparação com o mesmo período de 2017. De acordo com o balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS), foram registrados 356 homicídios no mês passado, o menor patamar desde julho de 2016.

Considerando o primeiro quadrimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2017, a redução foi de 21,98%: 1.590 entre janeiro e abril de 2018, contra 2.038 entre janeiro e abril do ano passado. De acordo com a SDS, a maior parte dos homicídios praticados em abril deste ano, tem relação com o tráfico de drogas, acertos de contas e outras atividades criminosas. Das 356 vítimas, 73,31% foram assa

Porém, em Petrolina o número de homicídios voltou a crescer em abril, em comparação com o mês de março. Segundo os dados da SDS, 60 pessoas já foram assassinadas em Petrolina em 2018. Sendo 16 em abril, 12 em março, 11 em fevereiro e 21 de janeiro.

Voltando para os dados do estado, no comparativo com o mesmo quadrimestre de 2018 com o ano passado, o número de feminicídio também diminuiu, de 29 para 13 casos. 13 mulheres foram mortas em Pernambuco no mês de abril, mas apenas um caso foi considerado feminicídio. O crime aconteceu na cidade de Olinda no 09 do mês passado. O marido e pais dos dois filhos da vítima foi preso no dia 09 de maio, um mês após o feminicídio, por força de um mandado de prisão.

Polícia Militar de Pernambuco realiza palestra nas escolas sobre o Projeto Alerta Celular

(Foto: Polícia Militar)

Policiais militares de Pernambuco estão indo as escolas fazer palestras sobre o Projeto Alerta Celular, da Secretaria de Defesa Social. Nesta quinta-feira (3), militares da 2ª Companhia Independente da Polícia estiveram na Escola Senador Paulo Guerra, em Cabrobó (PE).

Os policiais tiraram dúvidas e cadastraram aparelhos no aplicativo que ajuda a recuperar celulares roubos ou furtados. Mais de 100 alunos participaram da palestra.

De acordo com a PM, o programa foi responsável pela recuperação de mais de 3 mil aparelhos celulares desde o lançamento, em março de 2017, até o início do mês de abril deste ano (2018).

LEIA MAIS

Crimes Violentos contra Patrimônio têm alta em Petrolina, apesar de redução de índice no estado

(Foto: Reprodução/Internet)

Apesar da redução no índice de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) no estado de Pernambuco, Petrolina foi um dos municípios que andou na contramão. Em comparação ao mês de fevereiro desse ano, março foi finalizado com um aumento nas ocorrências registradas na Secretaria de Defesa Social (SDS).

Os dados foram apresentados pela SDS nessa semana. No mês passado foram contabilizados 268, enquanto que em fevereiro, 226. Em 2018 Petrolina já soma 714 crimes desse tipo, estando empatada com a cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

LEIA TAMBÉM:

Roubos em Pernambuco têm redução de 22,55% em março, segundo SDS

Casos de violência contra mulher em Petrolina crescem no mês de março, segundo dados da SDS

De acordo com os números da SDS, Petrolina é superada por seis cidades: Cabo de Santo Agostinho (773), Paulista (913), Caruaru (1.270), Olinda (1.883), Jaboatão dos Guararapes (1.905) e Recife (8.608).

Ontem o Blog publicou uma matéria sobre os crimes de violência contra mulher, no qual Petrolina é a quinta cidade no ranking das ocorrências desse tipo.

Casos de violência contra mulher em Petrolina crescem no mês de março, segundo dados da SDS

(Foto: Ilustrativa)

Apesar da redução de homicídios no estado de Pernambuco, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), Petrolina teve um crescimento dos casos de violência contra mulher. De acordo com a SDS, em março Petrolina registrou 187 casos de violência doméstica e familiar, enquanto no mês de fevereiro foram contabilizadas 157 ocorrências desse tipo.

LEIA TAMBÉM:

Pernambuco registra diminuição em número de homicídios

Somando os três primeiros meses do ano, Petrolina já registrou 483 casos de violência contra a mulher, dos quais a maioria é praticado pelo seu parceiro ou algum membro da família. À frente de Petrolina estão somente os municípios de Olinda com 495, Caruaru (529), Jaboatão dos Guararapes (544) e Recife, que ocupa o primeiro lugar totalizando 2.723.

Estupros

Uma notícia positiva, de acordo com a SDS é que em março houve uma redução nas ocorrências de estupro em Petrolina. Em fevereiro o município contabilizou 8 casos e no mês passado, somente 4. Em 2018 já são 22 ocorrências desse tipo na cidade.

Delegado é afastado após comentários sobre assassinato de Marielle Franco

(Foto: Internet)

O delegado Jorge Ferreira foi afastado da sua função a frente do Departamento de Polícia da Mulher em Pernambuco. A medida foi tomada após o delegado ter utilizado uma rede social para fazer comentários sobre a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL).

(Foto: Reprodução)

Na postagem publicada no sábado (17), Jorge Ferreira teria dito que a vereadora assassinada na semana passada era “mulher de bandido” e estava envolvida com o narcotráfico. A mensagem provocou uma reação e gerou críticas à postura do delegado.

Na tarde desse domingo (18) o delegado afirmou que a mensagem não foi postada por ele. “Nunca falaria uma coisa dessa natureza. Até porque eu trabalho em uma delegacia especializada em crimes contra a mulher e fui escolhido pelo meu caráter.”

SDS se pronuncia

A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) do Estado abriu sindicância para apurar a conduta do profissional. Em nota oficial, o Governo de Pernambuco e a SDS afirmam que o delegado foi afastado do plantão da Delegacia da Mulher, “em decorrência de declarações publicadas a respeito do bárbaro assassinato da vereadora Marielle Franco, em uma rede social”.

O conteúdo da postagem foi encaminhado à Corregedoria Geral da SDS, que iniciou uma investigação, na qual o servidor terá direito à ampla defesa e ao contraditório”. Até a conclusão do procedimento administrativo, o servidor ficará à disposição do setor de recursos humanos da Polícia Civil.

Crimes violentos têm aumento no Interior, mas Petrolina apresenta redução

(Foto: Reprodução/Governo de PE)

O levantamento mensal da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco sobre o índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no estado, em fevereiro, apresentou uma redução. Segundo a SDS, se comparado ao mesmo período de 2017, houve uma queda de 16,13%, com 80 mortes a menos que em 2017.

Os dados da SDS foram apresentados na quinta-feira (15). De acordo com a Secretaria, os principais motivos para os homicídios em Pernambuco ainda são as atividades criminais, como tráfico de drogas e acertos de conta. Juntos, eles correspondem a 75% dos casos notificados nesse mês.

LEIA MAIS

Fevereiro teve redução nos Crimes Violentos contra o Patrimônio, afirma SDS

(Foto: Polícia Militar)

O levantamento divulgado nessa quinta-feira (15) pela Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco revelou que o mês de fevereiro teve uma redução nos casos de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs).

Segundo a SDS, foram registrados 8.063 casos no mês passado, em todo estado. Esse número representa uma queda de 20,5% se comparado as ocorrências com o mesmo período de 2017, quando houve 10.146 casos.

São considerados CVPs crimes como assaltos a ônibus, celulares, veículos e instituições financeiras. A SDS também informou uma redução de 2,4%, em comparação com janeiro deste ano.

Assaltos a ônibus

Houve uma queda de 58% nos assaltos a ônibus em relação a fevereiro de 2017. No total, o mês passado registrou 73 investidas contra coletivos, enquanto que em 2017 foram 178. Ainda segundo a SDS, o número de ocorrência contra agências bancárias e carros-fortes também diminuiu.

Em 2018 foram contabilizadas seis ocorrências e em 2017, oito. Quanto aos veículos, os roubos e furtos tiveram um total de 1.738 ocorrências, ou seja 20,9% menos registros em relação a fevereiro do ano passado, quando foram 2.196 casos.

Com informações do JC Online

Pernambuco: estado deve registrar 800 homicídios no ano

Nos dois primeiros meses desse ano, o número de homicídios registrados em Pernambucano impressiona. Em uma matéria publicada no JC Online, o estado tem quase 800 casos no ano, 42 registrados somente no final de semanada passado.

As estatísticas foram contabilizadas pela editoria de polícia da Rádio Jornal. Entre o domingo (25) e hoje, foram pelo menos 24 assassinatos, 13 no interior do estado, segundo o jornal.

Em janeiro a Secretaria de Defesa Social (SDS) contabilizou 448 mortes. Já em fevereiro, segundo dados preliminares da Rádio Jornal, foram pelo menos mais 333 homicídios.

LEIA MAIS

Violência doméstica e familiar contra mulheres aumentou em Petrolina

(Imagem ilustrativa)

Os números divulgados nesta quinta-feira (15), pela Secretaria de Defesa Social (SDS), de Pernambuco, mostram que a Lei Maria da Penha não está inibindo os agressores em relação a violência contra a mulher.

As agressões só aumentaram nos últimos seis anos. Em 2017, 33.344 mulheres sofreram violência doméstica ou familiar em todo o estado de Pernambuco. Em 2016, foram registrados 31.081 casos, e em 2012, quando os dados começaram a ser arquivados eletronicamente, 28.189 mulheres prestaram queixa de agressões físicas, em Pernambuco.

Em Petrolina (PE), os números também cresceram. Em 2017, foram registrados 1.577 casos de agressões doméstica ou familiar a mulheres, contra 1.463 queixas prestadas em 2016. Seis anos atrás, foram contabilizadas 1.103 agressões físicas em mulheres. E os números só aumentaram de 2012 para cá.

Em janeiro deste ano, foram registrados 138 casos de violência contra a mulher em Petrolina. 3.089 em todo o estado de Pernambuco.

Este ano, a campanha da fraternidade realizada pela a igreja católica, puxa a discussão para diminuir os casos de violência, qualquer que seja ela, na sociedade brasileira.

LEIA TAMBÉM

Campanha da Fraternidade 2018 que discute a superação da violência é lançada em Juazeiro

Com o tema: Fraternidade e superação da violência, a igreja convoca as entidades que trabalham para promover a paz que encontrem formas de criar política públicas voltadas prevenir que os jovens entre no mundo da violência.

Segundo o Bispo da Diocese de Juazeiro, Dom Beto Breis, é precisa que a sociedade comece a fomentar e divulgar mais uma cultura de paz e tolerância entre as pessoas. Para ele, a violência só diminui se os governantes e a sociedade civil trabalharem na prevenção dos acontecimentos violentos.

“É preciso impedir que a violência aconteça. É preciso não deixar que o jovem chegue as drogas, ao crime organizado ou compre uma arma. Precisamos trabalhar com prevenção”, afirmou Dom Beto.

Pernambuco registrou quase seis estupros por dia durante novembro de 2017

Dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), na última sexta-feira (15), revelam que 171 casos de violência sexual foram registrados no mês de novembro, o que corresponde a uma média diária de 5,7 estupros em Pernambuco.

Com 36 registros de estupros em novembro, Recife dispara na frente dos outros municípios. A capital pernambucana teve mais que o dobro do número de casos da segunda colocada, Paulista, onde houve 15 ocorrências. Em seguida, aparecem Jaboatão dos Guararapes, com 12 casos; Caruaru, com oito; e Olinda, com seis.

Com informações do G1

“Alerta Celular”, aplicativo poderá reduzir o número de roubos e furtos de celulares

(Foto: Ilustração)

A Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS) e a Associação Comercial de Pernambuco (ACP) encontraram uma alternativa para a redução no número de roubos e furtos de celulares. A novidade foi divulgada em coletiva nesta sexta-feira (15)

O “Alerta Celular” registra os aparelhos a fim de rastrear e identificá-los em caso de roubo. A iniciativa conta, agora, com a participação de operadoras de telefonia móvel (Vivo, Tim e Claro) e a rede de supermercados Walmart.

Com a contribuição de representantes do comércio, as pessoas que comprarem um celular novo nos pontos oficiais de distribuição poderão cadastrar imediatamente, o aparelho no site do Alerta Celular.

O cadastro é feito no site www.sds.pe.gov.br. É possível cadastrar quantos números quiser sob um único perfil, desde que possua o número IMEI (identificação única de cada aparelho) de todos. Ele pode ser obtido através da nota fiscal do celular novo ou digitando *#06# no aparelho. Os dígitos do IMEI aparecerão na tela e podem ser copiados ou salvos online.

Com informações do FolhaPE

Violência: Pernambuco registrou mais de 5 mil assassinatos, segundo SDS

(Foto: Ilustração)

A Secretaria de Defesa Social (SDS), divulgou nesta sexta-feira (15) boletim com o registro do número de assassinatos em Pernambuco. Até o fim de novembro, o total foi de 5.030 assassinatos.

Do quantitativo divulgado, 456 mortes foram registradas em todo o Estado no mês de novembro, maior valor dos últimos cinco meses. Foram 270 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no interior, 126 na Região Metropolitana e 60 no Recife. O boletim é divulgado todo dia 15 de cada mês pela SDS.

Este é o ano mais violento desde que esses crimes passaram a ser contabilizados, em 1979, com o Sistema de Informação de Mortalidade do DataSUS.

Secretário de Defesa Social participa da inauguração do Centro de Assistência Social da PMPE em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Na tarde de hoje (27) o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua esteve em Petrolina para participar da inauguração do Centro de Assistência Social (CAS) da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

O CAS é responsável pela prestação de assistência social, jurídica, religiosa e psicológica ao policial militar e sua família. Em Petrolina, o espaço fica localizado na rua Josemar B da Silva, 500, bairro Maria Auxiliadora. A unidade deve atender, uma média, 8 mil policiais, que inclui Petrolina, Cabrobó e outras cidades da região.

Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. (Foto: Blog Waldiney Passos)

“A gente fala que o homem é muito importante, mas a gente também precisa cuidar do espírito e da cabeça. O centro vem exatamente para auxiliar neste sentido. Já tínhamos o centro em recife, mas fica muito distante daqui. Então teremos atendimento de assistência social, psicológica e assistência jurídica para os nossos policiais militares e familiares”, explica Antônio de Pádua.

O breve evento também contou com a presença de diversas autoridades militares da região.

Audiência entre o Sindicato dos Bancários de Pernambuco e SDS discute Mapa da Violência Bancária

Ataque a agência bancário do Banco do Brasil, em Orocó (Foto: divulgação PMPE)

Na próxima segunda-feira (16) Sindicato dos Bancários de Pernambuco terá uma audiência com Secretaria estadual de Defesa Social para apresentar o Mapa da Violência Bancária.

As ações de assaltantes contra os bancos serão discutidas com dados coletados e sistematizados a fim de contribuir para a segurança da categoria e da população em geral, diante das ações dos assaltantes.

“Existem várias disparidades entre os dados apresentados pela organização sindical e pelo órgão de segurança do Estado. Também teremos algumas propostas a apresentar no sentido de colaborar para a redução desses índices temerosos. Espero que este encontro seja bem produtivo”, estima Suzineide Rodrigues, presidente do sindicato, que estará acompanhada do secretário de Assuntos Jurídicos, João Rufino.

Com informações do FolhaPE

Pernambuco chega a 3.323 assassinatos; só em julho foram 447

Reduzir o número de assassinatos é um dos grandes desafios do governo do estado. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

O mês de julho teve o registro de 447 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em todo o estado, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgados nesta terça-feira, o que representou uma média diária de 14,42 homicídios, contra 12,67 no mês anterior. Em junho, 380 pessoas foram assassinadas no estado. Somados os sete primeiros meses deste ano, o total de mortes violentas já chega a 3.323, número maior do que o registrado em todo o ano de 2013, quando 3.100 pessoas foram asassinadas em Pernambuco. O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, falou sobre os números.

“Trabalhamos intensamente para que continuássemos a tendência de queda dos CVLIs registradas, mês a mês, entre abril e junho. Prendemos mais suspeitos em flagrante delito (1.964 presos em julho, contra 1.947 em junho), recolhemos mais por ato infracional (416 contra 392). Em todo o ano, foram 13 mil presos em flagrante, sendo 1.355 homicidas. Dos homicídios de julho, 32% tiveram relação com o tráfico de drogas, 19% foram acerto de contas e 18,5% foram resultantes de conflitos na comunidade ou proximidade”, detalhou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

Já nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que englobam assaltos a transeuntes, roubos a ônibus, bancos e outros que visam a subtração de valores e pertences, foram contabilizadas no mês de julho 10.064 ocorrências, uma média diária de 324,65, contra 10.142 no mês anterior (338,07/dia). “Os celulares ainda são o maior objeto dos roubos, e é por isso que criamos o programa Alerta Celular, para que a população ajude, informando o IMEI do aparelho no site da SDS (www.sds.pe.gov.br). Identificando celulares roubados ou furtados e os receptadores, diminuiremos a atratividade dessa modalidade criminosa”, explicou o secretário. Em julho, houve 5,65% de queda na média diária de roubos de veículos (51,5 contra 51,52 no mês anterior) e 14,63% nos furtos de automóveis (17,39 contra 20,37).

Em relação à violência contra as mulheres, segundo a SDS, houve redução. Em junho foram contabilizados, a cada dia, 5,1 estupros. No mês de julho, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira, foram registrados 3,03 casos por dia, o que representa uma diminuição de 40,54%. Houve ainda a queda de 11,26% nos registros de vítimas de violência doméstica e familiar: 74,52 casos/dia em julho contra 83,97 no mês anterior.

Com informações do Diário de Pernambuco

123