Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina mantém sina e sofre nova derrota no Pernambucano

Fera Sertaneja reagiu a primeiro tempo ruim, mas saiu derrotada (Foto: Reprodução/TV Globo)

A vida do Petrolina no Campeonato Pernambucano não está fácil. Depois de perder para o Santa Cruz dentro de casa no meio da semana a Fera Sertaneja foi ao Recife enfrentar o Sport na tarde desse domingo (10). E como vem acontecendo na temporada, a equipe local novamente foi derrotada.

Num primeiro tempo dominado pelo Sport o Leão da Ilha abriu o placar após uma falha da defesa da Fera, com Guilherme. Na volta da segunda etapa o Petrolina voltou melhor e assustou Magrão em três ocasiões. Contudo um erro da arbitragem mudou o cenário.

Jefferson Petrolina foi expulso num pênalti erroneamente assinalado e Elton ampliou a vantagem. Minutos após o segundo, João Igor fuzilou Pezão e tornou a vida da Fera ainda mais complicada. Sem poder de reação a Fera apenas viu o time da casa dominar o restante da partida.

Com o resultado o Petrolina caiu para a lanterna do estadual, com apenas um ponto somado em cinco jogos. O Vitória venceu o América por 1×0 e deixou a zona de rebaixamento. Na próxima rodada a Fera vai a Caruaru enfrentar o Central.

Futebol: no Recife, Petrolina busca vitória diante do Sport

Na última viagem ao Recife, Petrolina foi goleado pelo Náutico (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

Ainda sem vencer na temporada 2019 o Petrolina viajou para Recife onde logo mais às 16h encara o Sport na Ilha do Retiro. O jogo é válido pelo Campeonato Pernambucano e pode significar a primeira vitória da Fera Sertaneja na competição.

No meio de semana a equipe de Alberto Lima recebeu o Santa Cruz e mesmo com os reservas o clube coral venceu por 2×1. Apesar da derrota, o jogo pôs fim ao jejum que durou quatro rodadas e finalmente a Fera Sertaneja marcou um gol, seu primeiro e único na competição.

Para o confronto de logo mais o Sport deve ir a campo com seu time reserva. O Petrolina deve repetir os titulares do meio de semana. O jogo terá transmissão em rede aberta.

Salgueiro e Sport duelam em jogo único por 3º lugar do Pernambucano 2018

(Foto: Williams Aguiar/Divulgação/Sport)

A Ilha do Retiro será palco da disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambuco 2018, nessa segunda-feira (2), às 20h. Salgueiro e Sport buscam o título de terceira melhor equipe do estadual, em partida única.

Para o Sport o jogo tem como objetivo a manutenção de um feito histórico na competição. Desde 1952 o Leão da Ilha do Retiro figura entre os três melhores do Pernambucano, mas em 2018 a instabilidade dentro e fora de campo custaram uma boa campanha.

Já o Carcará do Sertão, caso vença, pode assegurar vaga na Copa do Brasil de 2019, garantindo uma renda extra do time do interior. Como a partida é única, se no tempo normal o placar terminar empatado, a decisão vai para os pênaltis.

FICHA TÉCNICA

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Léo Ortiz (Henriquez) e Sander; Anselmo, Neto Moura e Everton Felipe; Marlone, Gabriel e Índio. Técnico: Nelsinho Baptista. Esquema: 4-3-3.

SALGUEIRO: Mondragon; Escuro, Maurício, Luís Eduardo e Juninho; Peu, Jaíldo, Fabiano, Alexon e Dadá Belmonte; William. Técnico: Sérgio China. Esquema: 4-5-1.

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife.

Horário: 20h.

Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE).

Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e John Andson Alves Ribeiro (ambos de PE).

Após vitória fora de casa, Salgueiro se prepara para receber Sport no Cornélio de Barros

(Foto: FPF-PE)

Sérgio China segue invicto no comando do Salgueiro. Desde que chegou a equipe, o novo comandante viu seu time empatar duas vezes e vencer outras duas partidas. Na noite da quinta-feira (1º) o Carcará derrotou o Pesqueira, fora de casa, por 1×0 no Campeonato Pernambucano.

Agora o time do Sertão volta suas atenções para o duelo deste domingo (4), contra o Sport no Estádio Cornélio de Barros. O Carcará está na 5ª colocação, somando 13 pontos e encara o Leão da Ilha, que hoje ocupa o segundo lugar do Estadual com 15 pontos.

Salgueiro e Sport se enfrentam às 17h, no Estádio Cornélio de Barros. A partida é válida pela 10ª rodada do Pernambucano 2018.

Futebol: Sport oficializa contratação de Gabriel

(Foto: Divulgação)

O Sport oficializou nesta segunda-feira (15) a contratação do meia-atacante Gabriel, que chega emprestado pelo Flamengo até o fim do ano. O jogador de 28 anos vestirá a camisa 30 rubro-negra e espera que 2018 termine com títulos.

“As expectativas são as melhores possíveis aqui no Sport. Vim com o intuito de ajudar, de fazer um grande ano com o clube, um dos grandes do futebol brasileiro. Quero conquistar títulos. Espero que o Sport seja feliz comigo aqui neste ano”, disse.

Um dos jogadores mais contestados pela torcida do Flamengo, Gabriel -revelado pelo Bahia- renovou contrato com o clube carioca até o fim de 2019.

Polivalente, Gabriel se colocou à disposição de Nelsinho Baptista para atuar onde o técnico preferir: “Já joguei aberto pelos lados do ataque, também por dentro, mais centralizado. Do meio para frente, não tem o que escolher, não. Onde o professor precisar, estou pronto para ajudar”.

O Sport faz a sua estreia oficial na temporada 2018 nesta quarta-feira (17), quando visita o Flamengo-PE pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano.

STF garante o título de campeão brasileiro de 1987 ao Sport

(Foto: Ilustração)

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou nesta terça-feira (5) que o Sport é o único vencedor do Campeonato Brasileiro de 1987. O Flamengo ainda foi multado e terá que pagar ao Sport 2% do valor da causa.

Em 18 de abril deste ano, o STF indeferiu o agravo regimental do recurso extraordinário do Flamengo. O clube carioca apresentou recurso reivindicando a conquista ao STF e, assim como aconteceu em 4 de março de 2016, mais uma vez acabou derrotado no STF.  A decisão foi tomada pela 1ª Turma do Supremo, por 3 votos a 1.

Com a decisão, o São Paulo deve ficar com a Taça das Bolinhas, apelido do Troféu Copa Brasil, criado para premiar a primeira equipe que vencesse o Brasileiro por três anos seguidos ou cinco alternados a partir de 1975. O clube do Morumbi conseguiu isso em 2007. Se o Flamengo fosse escolhido campeão de 1987, teria direito a ficar com o troféu, que é guardado em uma agência da Caixa Econômica Federal na capital paulista.

O Sport venceu o Módulo Amarelo da Copa União de 1987 (como foi chamado o Campeonato Brasileiro) e, junto com o vice, Guarani, deveria disputar quadrangular para definir os dois classificados da Libertadores. O Flamengo, campeão do módulo azul, que reunia os times da primeira divisão, e o Internacional (vice), se recusaram. A CBF nomeou o Sport campeão nacional, começando a batalha judicial.

Com informações do FolhaPE

Frustrado com a derrota do Sport, torcedor ateia fogo no próprio corpo

“Ele apenas diz que sentiu raiva, brigou com a esposa e depois colocou fogo em si”, conta o médico. (Foto: Arquivo)

Com a derrota do Sport para o Botafogo na noite desta quarta-feira (8), um torcedor de 54 anos, ateou fogo no próprio corpo. Severino Nascimento da Silva passou por cirurgia e teve de 15 a 17% do corpo queimado.

O torcedor foi encaminhado para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, por volta das 22h44 e teve a face e as mãos queimadas de forma mais superficial, mas as pernas, do joelho para baixo, tiveram queimaduras mais graves. Segundo o chefe da Unidade de Queimados do HR, Marcos Barretto, Severino alega que se sentiu frustrado após a derrota do time. “Ele apenas diz que sentiu raiva, brigou com a esposa e depois colocou fogo em si”, conta o médico.

Luxemburgo é demitido e publica vídeo criticando a diretoria do Sport

(Foto: Divulgação)

Na última quinta-feira (26) à noite Vanderlei Luxemburgo foi demitido do Sport. Na madrugada de hoje (28) o ex-técnico publicou um vídeo afirmando que achou desleal a decisão por parte da diretoria rubro-negra.

No vídeo postado em sua página oficial no facebook, Luxemburgo criticou a diretoria pela demissão no vestiário, após derrota por 2 a 0 para o Junior Barranquilla-COL, pela Sul-Americana.

“A maneira de mandar um profissional do meu nível ou qualquer outro profissional no vestiário, após o jogo, intempestivamente, falando que ‘você não cabe mais na comissão técnica e está dispensado’ porque vocês (diretoria) resolveram assim é uma maneira um pouco desleal. Um pouco sem propósito”, afirmou Luxemburgo

Veja o vídeo:

Atacante do Sport é detido sob acusação de agressão a ex-namorada

(Foto: Reprodução)

O atacante do Sport Juninho, de 18 anos, foi detido na manhã de hoje (9) na Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em Recife. O jogador é acusado de agressão a uma ex-namorada e prestou depoimento sobre o caso.

Segundo informações, a polícia foi até o condomínio do jogador para captar filmagens de câmeras que teriam registrado um dos supostos momentos de agressão. A vítima informou que o desentendimento já tinha acontecido antes do fim do relacionamento há 20 dias. No domingo (8), chegou ao limite. Ela alega ter recebido um tapa no rosto e sido ameaçada com uma faca pelo jogador.

Com informações do superesportes

Sport reage, mas fica apenas no empate com o Flu

Leão chegou a ficar com um jogador a mais por todo o segundo tempo

Foi bom, mas poderia ter sido muito melhor. Após um começo desastroso, sofrendo dois gols e levando uma na trave em 20 minutos, o Sport conseguiu buscar o empate e por muito pouco não obteve uma virada heroica contra o Fluminense, ficando no 2×2, nesta quarta-feira (02), na Ilha do Retiro.

Com o resultado, o Leão foi aos 28 pontos conquistados, permanecendo na sexta colocação geral. O time volta a campo no sábado, contra o Corinthians, no último jogo do Turno.

Antes da partida, muitos aplausos dos torcedores para o treinador do tricolor Abel Braga, que perdeu o seu filho de 19 anos no último final de semana, com o comandante bastante emocionado.

FICHA DO JOGO

Sport 2

Magrão, Samuel Xavier, Durval, Ronaldo Alves e Mena; Patrick, Rithely, Diego Souza, Lenis (Osvaldo) e Everton Felipe (Thomás); André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fluminense 2

Júlio César, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Jefferson Orejuela, Marlon Freitas, Wendel (Matheus Norton) e Gustavo Scarpa; Wellington Silva (Peu) e Henrique Dourado (Marcos Calazans). Técnico: Abel Braga

Local: Ilha do Retiro (Recife).
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP).
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).
Gols: Gustavo Scarpa (aos 7 do 1ºT) e Renato Chaves (aos 12 do 1ºT) e André (aos 31 do 1ºT). Patrick (aos 3 do 2ºT).
Cartões amarelos: Mena, Rithely, Durval, Lenis e Diego Souza (Sport). Renato Chaves, Lucas e Marlon, Marcos Calazans (Fluminense).
Cartão vermelho: Orejuela (Fluminense).
Público: 16.918.
Renda: R$ 357.610,00

Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco mantém título de campeão Pernambucano 2017 do Sport

(Foto: Internet)

Por 7 a 0 o Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) indeferiu a petição impetrada por Luciano Rocha, goleiro do Salgueiro, com intuito de impugnar o resultado final do Campeonato Pernambucano de 2017.

Os auditores do STJ-PE votaram pela confirmação do título, conquistado pelo Sport, ao vencer o Caracará, por 1 a 0, no Cornélio de Barros, no dia 28 de junho. Na ocasião, o assistente Emerson Augusto de Carvalho viu irregularidade em uma cobrança de escanteio do Salgueiro, pouco antes de Everton, pelos sertanejos, abrir o placar aos 25 minutos da etapa final. O lance foi revisto com a ajuda do árbitro de vídeo do confronto, Péricles Bassols, que opinou de forma positiva ao apontado por Carvalho.

Em seguida, o juiz Wilton Pereira Sampaio acatou e considerou a jogada tiro de meta para os rubro-negros. No fim do confronto, o Leão levou a taça, com gol de Everton Felipe.

Com informações do GE

Sport e Náutico deixam Copa do Nordeste e falam em fundar nova liga

Sport e Náutico concretizaram uma ameaça antiga, de deixar a Liga do Nordeste. Com isso, os clubes pretendem abandonar a principal competição da entidade, a Copa do Nordeste, a partir da edição 2018.

O pedido de desfiliação foi entregue na sexta-feira (30), e nesta segunda-feira (3) os clubes deram uma entrevista coletiva para explicar as razões. O Santa Cruz, outro descontente com o regional, vai submeter a desfiliação ao seu Conselho Deliberativo.

O trio de ferro pernambucano reclama da remuneração do regional. “A competição é deficitária. Nós, clubes grandes, pagamos para jogar”, disse o presidente do Sport, Arnaldo Barros.
Segundo levantamento o Sport arrecadou desde 2013, quando a Copa do Nordeste iniciou o novo formato, mais de R$ 6,6 milhões. Esse valor é referente apenas às cotas de participação em cada fase, sem bilheterias e premiações.
O rubro-negro pernambucano foi o clube que mais ganhou em cotas. O Bahia, campeão da edição 2017, arrecadou R$ 6,1 milhões, e o Vitória, que não participou em 2016, ganhou R$ 3,4 milhões.
Barros garantiu que a intenção dos clubes não é garantir cotas maiores apenas para si. “Fizemos uma consultoria que nos deu sinais de que o valor de uma competição dessas é duas ou três vezes maior. Portanto, não queremos vantagens para os clubes de Pernambuco. Queremos um aumento de receitas para todos”, disse.
Por fim, Barros evidenciou que pretende formar uma nova competição com os dissidentes: “Vamos aguardar, outros clubes devem se juntar. Daí, podemos criar uma nova entidade e procurar as emissoras para vender o produto”.
Os dissidentes querem realizar a copa num formato com menos clubes, sem jogos simultâneos com os estaduais. Entre as propostas, existe a de formar duas divisões. A segunda divisão teria os clubes classificados pelos estaduais.
LEIA MAIS

Após 52 dias e 21 jogos, Salgueiro e Sport decidem Campeonato Pernambucano

(Foto: Internet)

O Campeonato Pernambucano conhecerá, finalmente, o seu campeão. Salgueiro e Sport decidem o título da competição às 21h45 desta quarta-feira (28) no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro.

Em momentos completamente distintos do primeiro jogo da decisão, que aconteceu no dia 7 de maio, o Sport leva uma ligeira vantagem pelo bom momento que vive e o péssimo futebol apresentado pelo Carcará na Série C do brasileirão. Contudo, jogando em casa com o apoio da torcida, o Salgueiro não deve se entregar facilmente.

Não há critério de gol qualificado. Logo, a situação fica bem simples. Como o primeiro jogo foi 1 a 1, qualquer empate leva para os pênaltis. Se alguém vencer no tempo normal, será campeão.

Carcará: contra tudo e contra todos

O vergonhoso Campeonato Pernambucano será decidido nesta quarta-feira. (Foto: Internet)

Nesta quarta-feira (28), Sport e Salgueiro fazem uma final histórica pelo polêmico Campeonato Pernambucano 2017, 52 dias após o primeiro jogo da decisão. Isso mesmo! A Federação Pernambucana de Futebol parece ter conseguido o que tanto deixou transparecer em suas decisões arbitrárias: O Salgueiro está em uma má fase futebolística.

O Leão virou Gatinho (Foto: Internet)

E o Sport? Time covarde. Após não ter futebol suficiente para vencer o líder da competição no primeiro jogo da final, apelou para o extracampo. Foi à justiça (que deixou a desejar em sua argumentação) requerer a proibição da tradicional buzina no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, sob o argumento de que o instrumento sonoro interfere “o bom convívio nas arquibancadas de futebol” e que esses objetos “possuem um formato intimidador e capacidade sonora elevada, proporcionando um ambiente de insegurança e interferindo no resultado da partida”.

Que medo é esse que tomou de conta do maior campeão do estado? Reclamar da zoada de uma buzina? Será que o “Cazá, Cazá, Cazá” da torcida do Sport faz menos barulho do que uma simples buzina? São questionamentos que o time de Recife não deve ter levado em consideração na ânsia de prejudicar o Salgueiro mais um pouquinho.

(Foto: Internet)

Há 52 dias, o Carcará do Sertão, líder do campeonato com folga, foi até Recife conseguir um empate com o então gigante do estado, que se apequenou diante de um imponente Salgueiro. Naquele momento não havia dúvidas de que o time do interior seria o campeão da competição.

Já havia derrubado o Santa Cruz com segurança na semifinal. 2 a 0 em casa, após perder de 1 a 0 em Recife. Antes disso, no Hexagonal do Título: 6 jogos contra o trio de ferro e apenas uma derrota para o Santa Cruz, 23 pontos, segundo melhor ataque e melhor defesa da competição. Líder isolado! Era questão de tempo até o primeiro título do estadual vir para o interior.

Até que a Federação decidiu dar uma forcinha à menina mimada da capital. Marcou o jogo de volta da final para o dia 18 de junho. Mais de um mês após o primeiro jogo. O objetivo era bem claro: frear o excelente momento do Salgueiro contra o Leão. Não satisfeita, adiou o jogo para o dia 28 de junho, exatamente 52 dias após a primeira partida. Um escândalo e uma mancha para o decadente Campeonato pernambucano.

E conseguiu! Antes líder isolado, destruidor de times que se dizem grandes no estado, agora o Carcará amarga a lanterna do grupo A do Campeonato Brasileiro Série C. Apenas uma vitória em 7 jogos. O Sport não melhorou lá essas coisas, mas vai pegar um adversário que não passa por um bom momento. Objetivo alcançado da Federação Pernambucana.

(Foto: Montagem)

Os próprios torcedores do Sport estão envergonhados com a situação constrangedora que o clube e a Federação criaram. Pedem para entregar a taça ao verdadeiro campeão do Pernambucano de 2017, que é o Salgueiro, antes mesmo do segundo jogo da decisão.

Agora o time do interior vai à luta, contra tudo e contra todos em busca do inédito título. O interior do estado está todo contigo Carcará. O jogo decisivo acontece às 21h45 desta quarta-feira (28) no Estádio Cornélio de Barros.

FPF-PE divulga data da final do Pernambucano em Salgueiro

Troféu do Campeonato Pernambucano 2017 (Foto: Marlon Costa/FPF)

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF-PE) confirmou, na manhã desta sexta-feira (16), a data do jogo da volta entre Salgueiro e Sport pela final do Campeonato Pernambucano 2017. O duelo acontecerá no próximo dia 28 de junho.

Inicialmente, o jogo iria acontecer no próximo domingo (18), mas devido a um imbróglio com a CBF por conta de datas do Campeonato Brasileiro, a data do jogo da volta teve que ser alterada. Vale lembrar que a partida entre Salgueiro e Sport acontecerá no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, às 21h45.

No duelo da ida, ocorrido no dia 7 de maio, na Ilha do Retiro, Sport e Salgueiro ficaram no empate por 1×1.

Fonte FolhaPE

123