Polícia Federal alerta sobre golpe no WhatsApp envolvendo o saque do FGTS

(Foto: Internet)

A Polícia Federal divulgou alerta sobre mensagens recebidas pelo WhatsApp depois de mais um golpe estar circulando no país envolvendo o saque do FGTS.

Para quem tiver conta poupança na Caixa, os saques já começaram no dia 13 de setembro e para quem não tem, a retirada dos valores estará disponível a partir de 18 de outubro e ficarão disponíveis até 31 de março de 2020. Porém, cabe um alerta sobre uma mensagem enviada para o celular prometendo o pagamento retroativo e o saque dos valores do FGTS.

Os ataques funcionam assim: a vítima recebe o link malicioso. O site é aberto e geralmente há um questionário de quatro perguntas para serem respondidas (Nº PIS/PASEP, Data de Nascimento, CPF, Senha do Cartão Cidadão). Após enviar as respostas, a vítima é incentivada a compartilhar esse mesmo link com mais 10 contatos.

LEIA MAIS

“Informa Petrolina”: prefeitura lança número de WhatsApp para dúvidas e sugestões da população

A Prefeitura de Petrolina sai na frente mais uma vez entre os municípios do Nordeste. A gestão municipal é pioneira e inicia, nesta quarta-feira (11), um novo canal de comunicação para que o cidadão petrolinense possa enviar dúvidas e sugestões sobre os serviços públicos. Através do WhatsApp oficial ‘Informa Petrolina’, o usuário cadastrado poderá receber mensagens sobre eventos, ser informado sobre ações do município e receber alertas.

“A proposta do WhatsApp oficial é estreitar o contato entre os petrolinenses e a prefeitura, possibilitando melhorar ainda mais essa relação. O WhatsApp hoje é uma das ferramentas de comunicação mais utilizadas e o novo ‘Informa Petrolina’ chega para contribuir com a Ouvidoria e também com o Petro Online, plataforma lançada em julho que integra toda a comunicação interna e externa da prefeitura de forma totalmente digital”, explica a coordenadora de Comunicação da Prefeitura de Petrolina, Monyk Arcanjo.

Para participar é simples: Adicione aos seus contatos o número (87) 9 8100-1883, como INFORMA PETROLINA, e envie um “Oi”.  Este número também está disponível no site da prefeitura e nas redes sociais.

Compesa adota nova estratégia de comunicação para avisar aos clientes sobre falta de água

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está com uma nova estratégia de comunicação para estreitar e fortalecer o relacionamento com os seus clientes. Desde a semana passada, iniciou a divulgação, via WhatsApp, de informações sobre paralisações de sistemas de abastecimento com falta de água por um período que ultrapasse 24h.

Por meio do “Plantão Compesa”, um Template que consta o serviço que será realizado, o período da manutenção, a área afetada, a previsão de conclusão da obra e o prazo para a retomada do abastecimento, quer seja proveniente de uma paralisação programada ou emergencial.

LEIA MAIS

Prefeitos de Salgueiro e Cabrobó têm contas do WhatsApp hackeadas

Clebel, prefeito de Salgueiro, teve celular hackeado.

Os prefeitos de Salgueiro e Cabrobó, Clebel Cordeiro e Marcílio Cavalcanti, respectivamente, tiveram suas contas de WhatsApp atacadas por hackers nessa quarta-feira (31). A informação foi confirmada pela assessoria de Clebel.

“Pessoal, o celular de Clebel foi hackeado! Quem o tiver no WhatsApp, bloqueie e denuncie por favor”, diz o aviso, publicado em uma rede social. Já Marcílio alertou seus amigos sobre a ação. “Peço aos meus amigos e pessoas que receberam essas mensagens, que não respondam ou façam nada que for pedido”, disse.

O prefeito de Carnaubeira da Penha também teve seu WhatsApp clonado. Segundo informação do blog Alvinho Patriota, os criminosos estão se passando pelos prefeitos e solicitando valores aos contatos.

Alerta: falso anúncio de emprego para obras de Petrolina circula em grupos de WhatsApp da região

(Foto: Internet)

Nos últimos dias, os grupos de WhatsApp da região foram tomados por uma anúncio falso que promete vagas de emprego em obras de uma suposta duplicação da “Rodovia BR Petrolina ao Vivendas”. O informativo fraudulento apresenta mais de 20 vagas nas áreas de auxiliar administrativo, operador de trator, auxiliar de escritório, copeira, auxiliar de produção, técnico em enfermagem, eletricista, entre outras.

A equipe de Produção do Blog Waldiney Passos apurou o conteúdo do anúncio e verificou que a empresa “A GG Construtora” é inexistente, o endereço de e-mail disponibilizado é inválido, e o número de celular disponível para contatos, pertence à uma pessoa que afirma desconhecer a empresa.

Em nota divulgada na tarde de hoje (31), a Prefeitura Municipal de Petrolina alerta a população:  “Para evitar qualquer tipo de constrangimento, a prefeitura esclarece que trata-se de um  anúncio falso que deve ser descartado por quem o receba. A Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) reforça ainda que todos os processos seletivos verdadeiros são comunicados nas páginas oficiais nas redes sociais da prefeitura e orienta que a comunidade não forneça qualquer tipo de dado pessoal”, conclui a nota.

Polícia Federal alerta para golpe aplicado via WhatsApp envolvendo o Bolsa Família

(Foto: Divulgação/PF)

Uma mensagem enviada por meio do WhatsApp, avisando sobre o início das inscrições para receber o 13º salário pelo programa Bolsa Família, tem circulado nos últimos dias. Nela, vem um link de acesso a um site (https://ganhardinheirodicas.com/bolsafamilia ou bolsafamilia.top) que, supostamente, revelaria se a pessoa tem direito ou não ao benefício. Cuidado. Trata-se se de um golpe, alerta a Polícia Federal (PF).

Segundo informações da PF, ao clicar no link, o usuário é levado para uma tela com o logotipo do programa, e os usuários são instruídos a preencher um formulário de uma pesquisa com algumas informações pessoais, como nome completo, endereço e CPF. Após completar o questionário, o site informa que para acessar o benefício, o usuário precisa compartilhar o link com seus contatos e grupos do WhatsApp (espalhando assim o golpe para terceiros), e que conceda permissão para receber notificações (tornando possível outros golpes serem enviados para a pessoa).Terminada essa etapa, o usuário é então direcionado a uma página falsa onde será pedido que ele faça o download de alguns aplicativos — que, obviamente, estão infectados com arquivos maliciosos. 

LEIA MAIS

Usuários relatam problemas em aplicativos do Facebook

(Foto: Ilustração)

Facebook, WhatsApp e Instagram estão com instabilidade no sistema nessa quarta-feira (3). O problema sentido pelos brasileiros foi relatado por usuários em outros países como Argentina, Peru e Colômbia, além de parte da Europa.

Entre os principais problemas encontrados pelos usuários estão o envio de mídias, como fotos, vídeos, áudios e figurinhas. O site Down Detector relatou ter registrado diversas queixas, mas até o momento não há informações sobre a causa da instabilidade. O Facebook, dono do WhatsApp e Instagram ainda não se manifestou. (Com informações do G1).

Falha na segurança: usuários do WhatsApp devem atualizar aplicativo, orienta empresa

(Foto: Internet)

O WhatsApp divulgou hoje (14) recomendações a usuários para que atualizem o aplicativo em seus Smartphones. O motivo da orientação diz respeito a uma falha na segurança que teria permitido o acesso de hackers e a instalação de pequenos programas maliciosos (spywares) para coletar informações dos usuários.

A ação teria utilizado um software de espionagem semelhante aos desenvolvidos pela empresa israelense NSO Group, que comercializa soluções deste tipo junto a governos. Por meio do programa, os hackers teriam como acessar informações dos Smartphones dos usuários de forma remota.

LEIA MAIS

Alerta: CDL Petrolina dá dica de como se proteger de golpe realizado via WhatsApp e ligações telefônicas

(Foto: Internet)

Segundo informações da Câmara de Dirigentes Logistas de Petrolina (PE), o comércio do Vale do São Francisco está em alerta com mais uma fraude. Agora, os criminosos estão se passando por empresários, realizando compras através de ligações telefônicas e mensagens de texto via aplicativo WhatsApp. Várias pessoas foram vítimas do golpe, especialmente no comércio da região.

Preocupada com a situação, a CDL Petrolina orienta a população, sobretudo os comerciantes, para que fiquem atentos ao despachar qualquer mercadoria em nome de terceiros, devendo se certificar sobre a veracidade e a procedência da ligação, principalmente se o pedido vier com solicitação de depósito.

LEIA MAIS

Ouvidoria Municipal divulga novo número de whatsapp para atendimento em Petrolina

(Foto: Ascom)

A Ouvidoria Geral do Município de Petrolina está com um novo número de whatsapp para atender às demandas dos petrolinenses. Além do número 156 e do atendimento pelo site da prefeitura, a Ouvidoria presta atendimento através do whatsapp que passou por mudanças e agora atende em novo número: (87) 99190-7475.

O horário de funcionamento é das 7h às 13h de segunda a sexta-feira e através do aplicativo, o cidadão pode também enviar foto, vídeo e a localização do problema constatado. De acordo com a ouvidora geral do município, Elania Freire, o número antigo do aplicativo precisou ser desativado, e a partir de agora, os atendimentos serão direcionados pelo novo número.

LEIA MAIS

Clientes do BB em Pernambuco podem pagar IPVA pelo WhatsApp

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Mais uma transação passa a fazer parte dos serviços de atendimento a clientes do Banco do Brasil em Pernambuco via WhatsApp: o pagamento de IPVA e taxas Detran. Agora é possível efetuar a operação no aplicativo de mensagens instantâneas, informando apenas alguns dados, como o Renavam, a placa do veículo e o CPF do proprietário. Para utilizar o WhatsApp como um canal de atendimento, o cliente deve ter cadastrado o telefone do BB em seus contatos – (61) 4004-0001.

A nova transação estará disponível para pagamentos de débitos de veículos dos demais estados à medida que adequarem seus sistemas à nova tecnologia, que permite integração com o WhatsApp e melhor experiência do usuário.

O atendimento pelo Whatsapp foi lançado para todos os clientes em setembro de 2018, com 14 transações. Em dezembro, o BB foi o primeiro banco a permitir saque pelo WhatsApp. Hoje, com mais essa solução, já são 16 transações que podem ser realizadas pelo aplicativo, como extrato de conta corrente e poupança, saldo, recarga de celular, entre outros.

LEIA MAIS

Banco do Brasil permite pagamento de IPVA pelo WhatsApp

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Banco do Brasil vai permitir que seus clientes façam o pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e outras taxas cobradas pelo Detran, diretamente pelo WhatsApp. A transação passou a fazer parte do rol de serviços de atendimento a clientes do banco por meio do aplicativo de mensagens instantâneas.

Para efetuar o pagamento do IPVA e outras taxas, incluindo multas de trânsito, o cliente do banco deve informar o código do Renavam, a placa do veículo e o CPF do proprietário. A utilização do WhatsApp como um canal de atendimento do BB requer o cadastramento prévio do telefone do cliente em suas informações cadastrais registradas no banco.

De acordo coma a assessoria do Banco do Brasil, a operação, por enquanto, só está disponível nos estados do Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal. Nos demais estados, o uso do WhatsApp deverá estar disponível nos próximos meses, após a adequação de sistemas das secretarias de Fazenda com a tecnologia do banco

LEIA MAIS

Nova regra: WhatsApp anuncia limitação para envio de mensagens

(Foto: Pixabay/Fonte padrão)

O WhatsApp anunciou, nesta segunda-feira (21), mudanças nas regras de compartilhamento do aplicativo, limitando o número de destinatários para encaminhar mensagens — a alteração, no entanto, ainda permite que elas sejam enviadas a cinco grupos diferentes.

A restrição vai valer para todos os usuários do aplicativo no mundo — 1,5 bilhão de pessoas. Mas, para isso, será preciso baixar uma atualização a ser recebida ainda nesta segunda, informou a empresa.

Antes, era possível encaminhar uma mensagem para 20 destinatários, fossem pessoas ou grupos. Com a nova medida, o máximo de destinatários passa a ser 5 por vez. Assim, será possível encaminhar uma mensagem para 2 pessoas e 3 grupos, por exemplo.

Por que o Whatsapp decidiu limitar os usuários?

A medida foi primeiramente implementada na Índia, no ano passado. O país, que segundo a companhia é campeão no encaminhamento de mensagens, fotos e vídeos pelo WhatsApp, já registrou até mortes por linchamentos após a disseminação de acusações falsas por meio de mensagens.

LEIA MAIS

Defesa de Bolsonaro contesta denúncia do PT sobre disparos de notícias no Whatsapp

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

A defesa de Jair Bolsonaro (PSL) disse ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o Partido dos Trabalhadores (PT) tentou “criar fato político inverídico” ao dar entrada na Corte com um pedido de investigação sobre o disparo de mensagens anti-PT no aplicativo WhatsApp.

LEIA TAMBÉM:

Empresas bancam disparos de mensagens contra PT e a favor de Bolsonaro

Bolsonaro alega não existir provas de que houve a campanha anti-PT nas eleições 2018 e que a denúncia dos adversários se baseia única e exclusivamente na matéria feita pelo jornal Folha de São Paulo. Na semana passada a jornalista  Patrícia Campos Mello denunciou um suposto esquema de disparos de fake news bancada por empresários ligados ao presidenciável.

LEIA MAIS

Ibope: WhatsApp teve pouco impacto no primeiro turno das eleições

(Foto: Pixabay/Fonte padrão)

Uma pesquisa realizada pelo Ibope a pedido dos jornais O Estado de São Paulo e TV Globo apontou que o WhatsApp teve pouca influência no primeiro turno da eleição. Para os eleitores, o aplicativo de mensagens teve impacto limitado e pode ter afetado Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) de forma igual.

A pesquisa identificou que três em cada quatro eleitores ouvidos não receberam mensagens desfavoráveis a nenhum presidenciável na semana anterior ao primeiro turno. As respostas referentes a exposição a propaganda negativa no segundo turno não indicaram que um candidato tenha sido mais afetado que o outro.

Decisão do voto

Dos eleitores ouvidos pelo estudo, 73% afirmam não ter recebido conteúdo negativo sobre nenhum dos candidatos no WhatsApp. 18% receberam críticas ou ataques contra Bolsonaro, enquanto 14% contra Haddad. Mesmo entre os 25% de eleitores que afirmaram ter recebido críticas ou ataques, o impacto das mensagens parece ter sido limitado.

Pesquisa é inconclusiva

O Ibope também questionou  aos entrevistados se para eles, o conteúdo replicado nas mensagens interferiu na decisão do voto. 75% disseram não e 24% sim. Apesar dos resultados, o instituo concluiu ser difícil tirar definições conclusivas sobre a forma como o aplicativo é utilizado. Foram ouvidas 3.010 pessoas, entre 21 a 23 de outubro.

Com informações do JC Online

12345