Vereador do PT afirma que partido vai continuar apoiando o prefeito Wilker Torres

José Carlos Borges (PT), vereador de Casa Nova-BA

Após ser derrotado nas últimas eleições, o ex-prefeito de Casa Nova Wilson Cota, que perdeu a reeleição justamento por se afastar do povo e maltratar a população, tenta agora de todas as formas emplacar o nome da sua esposa como pré-candidata a prefeita. Para tanto o ex-gestor tem feito algumas articulações. Por exemplo, uma das tentativas é se aproximar do ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho e propagar nas redes sociais uma possível filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT). O Problema é que o partido faz parte da atual gestão do prefeito Wilker Torres e pelo andar da carruagem pretende permanecer com está.

Em entrevista neste domingo (1), ao programa Alerta Geral da Rádio Grande Rio AM, o vereador Zé Carlos Borges descartou qualquer possibilidade de aproximação com o adversário Wilson Cota e disse que o partido não precisa de quadros para apresentar uma candidatura e que vai mesmo, pelo bem de Casa Nova, continuar apoiando o prefeito Wilker Torres.

“O PT de Casa Nova tem uma gama de lideranças, o PT hoje abriga em seus quadros o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, o presidente da APLB, o professor Everaldo que foi candidato duas vezes a prefeito de Casa Nova, foi candidato a vice mais uma, o Toga que foi candidato a prefeito e outros também foram candidatos a prefeito. O PT hoje tem o secretário de Cultura e Turismo do município, o PT teve Zé Carlos Borges como secretário secretário de Assistência Social, secretário de Governo, teve Zé Carlos Borges como assessor do município e hoje está como vereador. Então o PT não precisa de quadros, para vir para o partido pleitear uma cadeira, mesmo por que o PT faz parte do governo municipal.

“O nosso objetivo hoje é que Casa Nova cresça e se desenvolva, é que este governo que está representado pelo nosso deputado TUM e pelo nosso grande líder municipal Wilker der certo. Para que isso aconteça nós temos que dar as mãos e correr atrás dos recursos do município e do estado”, disse.

Por fim, o edil acrescentou ainda que o PT faz parte do projeto político que elegeu Wilker desde o início, que não chegou de ultima hora, e portanto, vai continuar ao lado do atual prefeito.

“O PT não chegou por último, nós somos criadores, nós trabalhamos no projeto, isso é um projeto e nós do PT chegamos juntos desde o primeiro momento, primeiro instante construindo este projeto”, finalizou.