Univasf divulga 12ª lista de remanejamento do Sisu 2019

(Foto: Internet)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou a 12ª lista de remanejamento do Sistema de Seleção Simplificada (Sisu) 2019. Os selecionados devem efetuar a matrícula presencialmente ou via procuração das 8h às 11h e das 14h às 17h.

A lista contempla os cursos de Administração, Ciências da Natureza (Senhor do Bonfim), Ciências Sociais (Licenciatura), Engenharia Elétrica, Farmácia e Medicina (Petrolina e Paulo Afonso). Para conferir o nome dos alunos selecionados, a documentação necessária e onde efetuar a matrícula basta acessar o site oficial da Univasf.

Prefeitura aponta avanços na educação inclusiva e discute metas para melhorar atendimento em Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

Profissionais da área de Educação estiveram reunidos, na última sexta-feira (6), no ‘I Encontro sobre Educação Inclusiva: a diferença somos nós’, discutindo os avanços e desafios em Petrolina. O evento realizado na Fundação Nilo Coelho contou com a participação de cerca de 150 professores e Assistentes Educacionais de Alunos (AEE), que atuam nas unidades de ensino da Primeira Infância da rede municipal.

A programação contou com apresentações culturais de alunos com deficiência, momentos de interação entre os participantes e palestras de educadores convidados e de especialista que já atuam na rede municipal. Promovido pela Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, através da Secretaria Executiva de Primeira Infância, o encontro possibilitou que os profissionais compartilhassem experiências e apresentassem dados da educação especial em Petrolina.

Para Poliana de Castro, secretária executiva da Primeira Infância, a realização do evento vai contribuir com a melhoria do atendimento ofertado nas salas de aula. “Prezar pelo desenvolvimento do aluno requer conhecimento, troca de vivências, amor e interações carregadas de intencionalidade. Compreendemos a importância da educação infantil nesse cenário e é por isso que a cada dia buscamos avançar na melhoria do atendimento, de forma geral, para garantirmos o desenvolvimento dos nossos alunos de maneira contínua e progressiva, apresentando resultados positivos e surpreendentes” , pontua.

Faculdade UNINASSAU abre inscrições para especialização na área de Estética e Cosméticos

(Foto: Divulgação/Ascom)

A Faculdade UNINASSAU Petrolina está com inscrições abertas para o curso de Pós-Graduação em Estética e Cosméticos até o dia 25 de setembro. A novidade fortalece o mercado que vive uma crescente expansão. Uma pesquisa realizada, este ano, pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) aponta que o setor de beleza cresceu 567% nos últimos cinco anos.

Na contramão do cenário econômico brasileiro, o setor de estética é um dos mais promissores, como destaca a coordenadora acadêmica da especialização, Karla Melo. “O mercado de trabalho em estética está em plena ascensão, fazendo com que consumidor esteja mais exigente na busca por profissionais capacitados, evitando realizar algum tipo de a intervenção estética por leigos”, frisou.

LEIA MAIS

Escola municipal de Juazeiro recebe doação para criação de horta comunitária

(Foto: Divulgação)

Cerca de 390 alunos da Escola Municipal Prefeito Aprígio Duarte, no Residencial Juazeiro I, que atende alunos também dos residencias Juazeiro II e III, em Juazeiro -BA, tiveram uma grata surpresa  na manhã desta sexta-feira (6).

Em meio ao anúncio do início dos trabalhos para implantação de uma horta comunitária, a criançada vibrou com a chegada dos equipamentos que vão permitir o cultivo de hortaliças, legumes e ervas medicinais nas dependências da escola.

A ação, que mobilizou os estudantes da Educação Infantil e Fundamental I, com idades entre 3 e 9 anos, faz parte do projeto ‘Horta na Escola’, desenvolvido pela Agrovale que pretende implantar mais três unidades em Juazeiro e Petrolina (PE), até o final deste ano.

LEIA MAIS

Governo Federal lança programa nacional de escolas cívico-militares

O Presidente Jair Bolsonaro durante o Lançamento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares – PECIM. (Foto: Antonio Cruz)

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, o governo federal lançou hoje (5) o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim). Com o objetivo de promover a melhoria na qualidade do ensino na educação básica, a meta é implementar 216 escolas em todos as unidades da federação até 2023.

As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. Em julho, o Ministério da Educação (MEC) já havia anunciado a implementação de 108 escolas nesse modelo, no âmbito do Compromisso Nacional pela Educação Básica. Agora, a meta foi dobrada.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou que as escolas cívico-militares têm um desempenho muito acima da média e são instrumento para a melhoria da educação no país. Segundo ele, a meta é criar 216 escolas, mas o desafio é ter 10% de todas as escolas brasileiras no modelo cívico-militar até o final do governo do presidente Jair Bolsonaro.

LEIA MAIS

Pernambuco: piso salarial dos professores deve ter reajuste de 4,17%

(Foto: Governo de Pernambuco)

Os professores da rede estadual de ensino devem ganhar reajuste salarial de 4,17%, previsto no Projeto de Lei n° 467/2019, encaminhado pelo Governo de Pernambuco à Assembleia Legislativa do Estado (Alepe). Na sessão de ontem (3) os deputados estaduais aprovaram a correção no valor do piso.

Dessa forma o valores passam de R$ 2.455,35 para R$ 2.557,74, por 200 horas-aula mensais, e de R$ 1.841,56 para R$ 1.918,36, por 150 horas, sendo retroativo ao dia 1º de janeiro para os profissionais de nível médio que recebiam abaixo do piso.

O reajuste entrará em vigor quando o governador Paulo Câmara (PSB) sancionar a matéria. Ontem também foi votada uma alteração que proíbe a nomeação de prédios públicos de Pernambuco com nome de torturadores da Ditadura Militar. Câmara tem 15 dias para sancionar as alterações.

Projeto ‘Eu preciso sonhar’ será implantado em outras escolas da rede municipal em Juazeiro

Com o objetivo de implantar o Projeto ‘Eu preciso sonhar: Uma escola que perpassa a função de ensinar’ em outras unidades escolares da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude – SEDUC, iniciou o projeto na escola Dinorah Albernaz e a de Tempo Integral Paulo VI. Há dois anos o projeto, vem incentivando os alunos do 9º ano, com idade entre 14 a 16 anos, da Escola Municipal Terezinha Ferreira, localizada no bairro Tabuleiro, em Juazeiro.

“Quero parabenizar e agradecer ao professor Elionaldo pela idealização deste projeto que desperta as potencialidades profissionais dos alunos. Ele é merecedor do Prêmio, que destaca professores do país inteiro de escolas públicas da educação básica e evidencia práticas pedagógicas exitosas, e também do Prêmio Parlim, da nossa rede. Com os resultados positivos desse trabalho na escola Terezinha, a proposta agora é desenvolver o projeto em várias escolas da rede municipal. Precisamos levar o que tem de melhor para contribuir com a aprendizagem e a vida dos nossos alunos. Esse é o foco da gestão Paulo Bomfim para continuarmos com uma educação nota 10”, finalizou a secretária da SEDUC, Lucinete Alves.

O Idealizador do projeto, o professor Elionaldo Bringel contou que a ideia surgiu após avaliar que muitos alunos da escola Terezinha não conseguem ingressar na universidade, muitas vezes por não acreditarem no seu potencial para realização dos seus próprios sonhos. “Estou muito feliz com o resultado e aceitação dos alunos e da SEDUC nesse trabalho. O projeto ‘Eu preciso Sonhar’ que realizamos é vencedor do Prêmio Professores do Brasil 2018 e do Prêmio Parlim, e está conseguindo ser uma ponte para esses e tantos outros objetivos. E para coroar ainda mais a nossa felicidade, o mesmo já começou a ser implementado nas turmas dos 9º anos de outras escolas da rede. Quero agradecer a secretária Lucinete pela sensibilidade que enxerga a Educação, ao gerente da Juventude, Stallone pelo apoio, a equipe da Terezinha e aos meus alunos”, ressaltou o professor Elionaldo.

Uma das ações do projeto é a realização de um Talk Show (Bate Papo), onde médicos, advogados, nutricionistas, policiais, jogadores de futebol, professores, entre outros profissionais, são convidados para contar um pouco sobre cada profissão e a experiência de cada um nas áreas especificas. O projeto também promove cursos de informática básica e artesanato, visitas técnicas as universidades locais, desfile das profissões, exibição de filmes motivacionais e palestras, com os alunos do 9°, além das turmas do 1° ao 8° anos e o EJA.

Alunos da rede municipal de Petrolina conquistam vagas na etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes divulgou, nesta terça-feira (3), a relação de alunos classificados para a etapa estadual da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP). A competição nacional contou com a participação de alunos do 5º ano do ensino fundamental até a 3ª série do ensino médio, de  42 mil escolas e  4.900 municípios.

Este ano, os estudantes competiram em cinco categorias, separados pelo ano o qual estão cursando: poema (alunos do 5º ano do ensino fundamental); memórias literárias (alunos do 6º e 7º anos); crônica (alunos do 8º e 9º anos); documentário (alunos do 1º e 2º anos) e artigo de opinião (3º ano do ensino médio). Trazendo como tema “O lugar onde vivo”, a competição vai premiar as melhores produções do país.

Em relação a escolas das redes municipais do estado de Pernambuco, Petrolina apresenta o maior número de inscrições na OLP 2019. Neste ano, 66 escolas foram inscritas.Em segundo lugar ficou a capital Recife com 62 inscrições da rede municipal. Os alunos do município sertanejo também se destacaram na produção de textos. Nos anos finais (6º e 9º), a rede municipal conquistou 5 das seis vagas disponibilizadas para seleção de textos.

Para Maria Laurismar Paulino, coordenadora municipal da Olimpíada de Língua Portuguesa, os bons resultados são frutos de um trabalho em equipe. “O grande número de escolas de Petrolina que se inscrevem na Olimpíada é um indicativo de que os professores acreditam no trabalho que desenvolvem nas áreas de leitura e produção textual em sala de aula. Em geral, a formação continuada e a gestão colaborativa estimulam os professores a participarem desses eventos externos, na ânsia de que seus alunos se destaquem não apenas na escola, mas em âmbito nacional“, destaca.

A Olimpíada é promovida pelo Itaú Social e o Ministério da Educação para ajudar professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita.

Educação de Dormentes é destaque mais uma vez no Prêmio IDEPE

(Foto: Divulgação)

A educação básica do município de Dormentes (PE), foi novamente destaque durante a premiação regional do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco 2018 (IDEPE-2018). Durante o evento, realizado pela Gerência Regional de Educação do Sertão do Médio São Francisco (GRE), Dormentes recebeu oito certificados.

A cerimônia foi realizada na última segunda-feira (2) e contou com a participação de prefeitos e representantes das sete cidades que fazem parte da GRE. O ensino fundamental Anos Iniciais de Dormentes, conquistou o 1º lugar no histórico de desempenho do IDEPE dos municípios nos anos 2016-2018 e 2017-2018, e no ranking regional. No ranking estadual, o município garantiu a 7ª colocação, sendo a única cidade do Sertão a ficar entre as dez melhores de todo o Estado de Pernambuco. Nos anos finais, Dormentes também foi protagonista, ficando a frente de cidades maiores e conquistando o 1º lugar no ranking regional.

LEIA MAIS

Inscrição para vagas remanescentes do Fies começa nesta quarta-feira

(Foto: Internet)

O processo seletivo para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao segundo semestre de 2019 começa nesta quarta-feira (4). As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site do programa.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas durante os processos seletivos regulares do Fies. Por exemplo: desistência dos candidatos pré-selecionados ou pela falta de documentação.

Como ocorre desde o segundo semestre de 2015, houve o estabelecimento de cursos prioritários. Até sexta-feira (6), serão ofertadas somente as vagas remanescentes nas áreas de saúde, engenharia e ciência da computação, licenciatura, pedagogia normal e superior.

LEIA MAIS

Fies: inscrições para vagas remanescentes começam amanhã

(Foto: Internet/Ilustração)

Nessa quarta-feira (4) começa o processo seletivo para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao segundo semestre de 2019. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site do programa.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas durante os processos seletivos regulares do Fies. Por exemplo: desistência dos candidatos pré-selecionados ou pela falta de documentação. O edital com os prazos foi publicado na edição dessa segunda-feira (2) do Diário Oficial da União.

Como ocorre desde o segundo semestre de 2015, houve o estabelecimento de cursos prioritários. Até sexta-feira (6), serão ofertadas somente as vagas remanescentes nas áreas de saúde, engenharia e ciência da computação, licenciatura, pedagogia normal e superior.

Não pode fazer a inscrição o candidato que não tenha quitado financiamento anterior pelo Fies ou pelo Programa de Crédito Educativo ou aquele que atualmente possua financiamento do Fies. (Com informações da Agência Brasil).

Univasf divulga lista do 11º remanejamento do Sisu

(Foto: Divulgação)

Estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pleitearam uma vaga na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) devem estar atentos à lista de espera e remanejamento. Ontem (2) a instituição divulgou duas listas para os cursos de graduação presenciais.

Quem aguardava o remanejamento pode conferir a 11ª lista do Sistema de Seleção Unificada (Univasf). A matrícula no curso escolhido deve ser feita nesta quinta-feira (5), das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Estão convocados candidatos para os cursos de Administração, Ciências da Natureza (Senhor do Bonfim), Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Farmácia e Medicina (Campi Sede e Paulo Afonso).

Também foi divulgada a 5ª convocação da lista de espera do Sistema de Seleção Simplificada (Sisu). Para mais informações, basta procurar a Univasf presencialmente.

Frequência escolar de alunos do Bolsa Família atinge 91%

É o maior percentual da série histórica iniciada em 2007

Estudantes beneficiados pelo programa Bolsa Família registraram frequência recorde em sala de aula nos meses de junho e julho deste ano. Dados do Ministério da Educação (MEC) mostram a presença de 12,5 milhões de estudantes de 6 a 17 anos nas escolas nesse período. O número representa 91,18% do total de 13,7 milhões de alunos cujas famílias são beneficiárias do programa. Trata-se do maior percentual da série histórica, iniciada em 2007.

Um dos requisitos para a manutenção do benefício do Bolsa Família é justamente a frequência escolar de crianças e adolescentes atendidos. A cada dois meses, as escolas públicas devem registrar a frequência dos estudantes contemplados, pelo sistema Presença, do MEC. Os dados são depois encaminhados ao Ministério da Cidadania, responsável pelo Bolsa Família.

Em sua conta no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro destacou a marca. “Mais alunos beneficiados pelo Bolsa Família estão sendo acompanhados. Dados da frequência escolar dos meses de junho e julho mostram a presença de 12.547.535 estudantes de 6 a 17 anos em sala de aula de um total de 13.761.259 – ou seja, 91,18%”, postou.

De acordo com o MEC, é o terceiro bimestre seguido de recorde no acompanhamento da frequência escolar. No período de abril e maio, de cerca de 14 milhões de estudantes atendidos à época pelo pelo programa, foi registrado o acompanhamento de 12,6 milhões, ou 89,81% do total.

Em fevereiro e março, primeiro período de coleta deste ano, também houve recorde no acompanhamento de contemplados do programa. O índice chegou a 90,31%, enquanto, há 12 anos, no mesmo recorte, registrou 66,22%.

Se descumprirem a frequência escolar mínima exigida pelo programa, as famílias das crianças e adolescentes podem ser advertidas ou ter o benefício suspenso, bloqueado ou cancelado.

O Bolsa Família é destinado a famílias com renda mensal de R$ 89 a R$ 178 por pessoa e só é repassado se a frequência escolar for de pelo menos 85%, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75% para jovens de 16 e 17 anos.

MEC faz novos cortes e Capes anuncia suspensão de mais de 5 mil bolsas de mestrado e doutorado

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) anunciou nesta segunda-feira (2) o corte de mais 5.613 bolsas de mestrado e doutorado. Com a medida do governo Jair Bolsonaro (PSL), nenhum outro novo pesquisador vai ser financiado neste ano.

Este já é o terceiro anúncio de cortes de bolsas em 2019. Desde o início do ano, o governo Bolsonaro já cortou 11.811 bolsas de pesquisa financiadas pela Capes, equivalente a 10% das bolsas vigentes no início do ano.

Segundo o governo, não haverá interrupção de pagamento para bolsistas com pesquisas em andamento. Os benefícios cortados referem-se a bolsas de pesquisadores que já finalizaram seus estudos, mas não serão repassados para outros alunos.

LEIA MAIS

Estudantes do EJA em Petrolina pedem mais atenção do Poder Público

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é um caminho encontrado por muitos petrolinenses para concluir os estudos. Na última terça-feira (27) um grupo de alunos do programa visitou a Câmara de Vereadores de Petrolina para pedir apoio dos edis.

Eles representarão o município no Encontro Estadual de EJA, em Vicência, exercendo a função de delegados eleitos pelo Fórum Regional e não têm recursos para custear a viagem. “A gente está lutando para a formação do currículo de EJA, foram eleitos nove delegados e nós vamos para o Encontro Estadual que será em Vicenza, mas a gente não conseguiu a verba para transporte“, explicou Glenda Ferreira, estudante e representante do Fórum.

Depois de solicitar apoio dos edis, o grupo agora quer apoio para outra demanda: melhorias no grade curricular e na estrutura das unidades de EJA em Petrolina. “O EJA onde eu estudo, no João Barracão, é uma escola onde os alunos são acolhidos, mas sem alimentação e a estrutura adequada. Os professores trabalham com currículo de educação do ensino médio regular, o que não é adequado. É para isso que nós estamos lutando”, informou a aluna.

Para Glenda, o EJA merece mais atenção e não ser tratado de forma secundária. “São jovens e adultos que deixaram de estudar por não ter condições e estão tentando uma nova oportunidade”, ressaltou.

123