Pernambucanos terão aumento de 8,99% na conta de energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (27), um reajuste médio de 8,99% para os clientes atendidos pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). A revisão tarifária começa a valer na próxima quinta-feira (29) e os consumidores irão perceber a variação nas faturas a partir do mês de maio.

O reajuste da conta de energia chega para as 3,8 milhões de unidades consumidoras do Estado, nos 184 municípios e arquipélago de Fernando de Noronha.

De acordo com a Aneel, o reajuste para consumidores residenciais será de 7,46%.

Para clientes conectados à rede de baixa tensão, que demandam menos consumo de energia em relação à alta tensão, a conta ficará, em média, 8,01% mais cara. Para consumo de alta tensão, como o de indústrias e comércios de grande porte, o aumento foi fechado em 11,89%. O reajuste para consumidores de baixa renda será de 5,94%.

Celpe restabelece energia elétrica em municípios do Sertão do Araripe pernambucano

Nesta quarta-feira (14), municípios localizados na região do Araripe, em Pernambuco, amanheceram sem energia elétrica. Segundo a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) o problema foi causado por um “dano na linha de transmissão, no município de Ouricuri”, situação que teria sido provocada por chuvas forte que caíram na região.

Horas mais tarde, a Celpe enviou comunicado informando que havia restabelecido a energia na região do Sertão do Araripe. Confira à integra da nota.

COMUNICADO À IMPRENSA

“A Celpe informa que normalizou o fornecimento de energia elétrica em localidades do Sertão do Estado.  As equipes de prontidão, mobilizadas desde a madrugada, conseguiram ter acesso à estrutura danificada e concluíram os trabalhos de recomposição da linha de transmissão, às 9h desta quarta-feira. A dificuldade de acesso e a complexidade do serviço comprometeram o tempo de restabelecimento da energia. As equipes de manutenção enfrentaram condições adversas que dificultaram a mobilidade de veículos e transporte dos equipamentos necessários para a realização do serviço. Parte das cargas que atende a região já havia sido restabelecida ainda durante a madrugada por meio de manobras remotas no sistema elétrico.

A Celpe se coloca à disposição.”

Em resposta a leitor, Celpe afirma ter adotado medidas para evitar aglomerações na unidade de Petrolina

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) emitiu uma nota ao Blog sobre as filas na unidade da Celpe, em Petrolina. Na resposta, a Companhia alega ter priorizado o atendimento a idosos e também oferta atendimento agendado, justamente para evitar aglomerações.

LEIA TAMBÉM

Petrolina: leitor reclama de desorganização em fila da sede da Celpe e pede providências

Confira a nota da Celpe:

Obedecendo às orientações dos agentes de saúde para evitar a disseminação do coronavírus, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) ajustou o limite máximo permitido de pessoas no interior das lojas de atendimento presencial.

Obedecendo a esses limites, a empresa vem adotando o atendimento prioritário a idosos, disponibilizando ainda a modalidade de Atendimento Agendado, para que o cliente possa se deslocar apenas em seu horário escolhido para atendimento. Além disso, a companhia disponibilizou uma equipe especializada para triagem dos atendimentos, indicando ao cliente os canais digitais para resolução facilitada de questões comerciais.

A empresa indica que, antes de se deslocar para o atendimento presencial, o cliente possa consultar o WhatsAp da distribuidora, por meio do número (81) 3217-6990, onde pode solicitar diversos serviços comerciais, além do site, que possui a Agência Virtual Celpe, em www.celpe.com.br”.

Região do Araripe amanhece sem energia; Celpe explica o que houve

Os municípios localizados na região do Araripe, em Pernambuco, amanheceram a quarta-feira (14) sem energia. O problema começou ainda durante a madrugada de ontem. E segundo a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) esclareceu o que houve.

O problema é resultado de um “dano em linha de transmissão, no município de Ouricuri”. Essa situação, de acordo com a Celpe, foi provocada pela forte chuva. “A área está inundada e as condições adversas estão dificultando o acesso das turmas técnicas”, explicou.

Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Madrugada de quinta-feira é marcada por apagão em Juazeiro e Petrolina

A madrugada desta quinta-feira (18) em Petrolina e Juazeiro (BA) foi marcada por um apagão. Diversos leitores procuraram o Blog em busca de respostas sobre o que teria provocado a interrupção no fornecimento de energia elétrica nas cidades.

Nossa equipe procurou tanto a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), quanto a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Porém, apenas a Celpe se pronunciou, até o momento, acerca do apagão de hoje.

Segundo a empresa pernambucana, a interrupção geral foi “ocasionada por uma falha na Subestação da Chesf, em Juazeiro”. O Blog também questionou se há algum risco de um novo apagão, entretanto não obtivemos resposta.

Energia solar gera economia de R$ 45 milhões por ano em Petrolina e Juazeiro

Em 2021, o Brasil pode se tornar o terceiro maior mercado de geração distribuída de energia solar do mundo. Ocupando um lugar de destaque no ranking nacional de municípios com maior potência instalada, Petrolina – PE e Juazeiro – BA, já contam com 2.454 sistemas de energia fotovoltaica. Isso equivale a geração de 33.97 megawatts-hora e uma economia de R$ 45 milhões por ano, segundo relatórios das concessionárias, liberados pela Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica.

Solução limpa, renovável e sustentável que garante economia na conta de luz para residências e empresas, além de diminuir os poluentes lançados no meio ambiente, a energia solar está cada dia mais acessível e presente na vida da população.  A cooperativa de crédito Sicredi Vale do São Francisco, por exemplo, criou uma linha de financiamento que vem facilitando o acesso aos sistemas fotovoltaicos para os associados pessoa física e jurídica.

LEIA MAIS

Queda de energia deixa quatro comunidades rurais de Juazeiro sem água

As comunidades de Abóbora, Angico, Angical e Massacora, no interior de Juazeiro (BA) estão sem água desde a noite de segunda-feira (15) por conta de uma queda na rede de energia. Por consequência desse problema o abastecimento foi interrompido sem previsão de retorno.

O Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) disse em nota já ter entrada em contato com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), solicitando o retorno no fornecimento da energia e também uma solução permanente, já que as quedas são constantes.

“O SAAE pede a colaboração dos moradores e reafirma seu compromisso em continuar buscando oferecer melhorias e agilidade no atendimento”, destaca a Prefeitura de Juazeiro.

Petrolina é a décima cidade com maior geração de energia solar no Brasil

Petrolina tem mais uma conquista de que se orgulhar. Recentemente, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) divulgou um infográfico em que a cidade pernambucana aparece na 10ª colocação no ranking municipal de geração distribuída, com 25,7 MW de potência instalada, referente a geração de energia solar por todas as unidades consumidoras com geração distribuída no município.

Do total gerado por Petrolina, cerca de 0,6% corresponde à fatia do que é produzido na totalidade por todas cidades com geração fotovoltaica distribuída no Brasil.

LEIA MAIS

Bandeira tarifária na conta de luz continuará amarela, anuncia Aneel

(Foto: Ilustração)

Janeiro termina com uma boa notícia ao consumidor: a conta de energia no próximo mês manterá a bandeira amarela, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Assim sendo, o preço da energia fica em R$ 1,34 para cada 100 quilowatts consumidos por hora.

“A combinação de reservatórios baixos com a perspectiva de chuvas abaixo da média histórica sinaliza patamar desfavorável de produção de energia pelas hidrelétricas, pressionando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF)”, informou a Aneel.

Fevereiro é tipicamente um mês mais chuvoso, porém de acordo com a Aneel, os reservatórios ainda estão em recuperação, por isso justifica-se a contenção. Por fim, pelo sistema tarifário, as bandeiras podem ser verde (sem taxa extra), amarela (taxa extra de R$ 1,34 por 100 Kw/h) e vermelha (R$ 6,2 por 100 Kw/h).

Moradores de algumas ruas de Juazeiro estão sem energia elétrica há mais de 36 horas

(Foto: Whatsapp)

Moradores da Rua Santo Antônio, no bairro alto do Alencar, em Juazeiro, município do norte da Bahia e moradores dos bairros Lomanto Júnior e Castelo Branco, na mesma cidade, procuraram o Blog Waldiney Passos para denunciar que estão sem energia elétrica há de 36 horas.

O fornecimento foi interrompido na noite de domingo (10), durante uma chuva forte, com ventos e raios e até agora não foi restabelecido. Segundo uma moradora, que prefere não se identificar, já fizeram várias ligações para a central de relacionamento da Coelba, companhia responsável pelo fornecimento de energia no estado baiano, mas a cada ligação, os atendentes dão uma previsão de atendimento diferente.

LEIA MAIS

Celpe registra aumento de ocorrências em Petrolina após chuvas

Equipes seguirão de prontidão até normalização das condições climáticas

Os raios e ventos percebidos nos últimos dias em Petrolina fez a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) a colocar suas equipes de prontidão, pois houve um aumento nas ocorrências na cidade. De acordo com a Celpe, será mantido o “reforço no contingente até que a situação entre em regime de normalidade”.

A previsão dos institutos de meteorologia é de mais chuva pelo menos até quinta-feira (14). Nesse meio tempo a Celpe pede paciência a quem reside em locais de difícil acesso, pois o tempo de atendimento é comprometido pelas condições de infraestrutura.

“Em casos de ocorrências envolvendo a rede elétrica, a empresa deve ser acionada pelo teleatendimento gratuito 116 ou pelo aplicativo para smartphones. A companhia solicita aos clientes que durante a comunicação de interrupções no fornecimento tenham sempre em mão o número do contrato, o que facilita a identificação das ocorrências. A Celpe se coloca à disposição”, reforça a Companhia.

Boa notícia: conta de energia em janeiro terá bandeira amarela

(Foto: Arquivo)

A conta de energia nesse mês de janeiro estará mais barata, isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adotou a bandeira amarela como referência no primeiro mês de 2021. Dessa forma, o preço da tarifa será de R$ 1,34 para cada 100 quilowatts consumidos por hora.

LEIA TAMBÉM

Conta da Compesa terá reajuste de 2,4% em 2021

Até dezembro a Aneel estava utilizando a bandeira vermelha, cujo preço é de R$ 6,2 para cada 100 quilowatts consumidos por hora. Na mudança para a bandeira amarela, a Agência informou ter identificado melhoria no cenário de produção hidrelétrica com elevação das vazões dos afluentes dos principais reservatórios.

A notícia é um alívio ao bolso do pernambucano, já que a conta de água terá reajuste já neste domingo (3). A nota tarifa da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) deveria ter entrado em vigor no mês de julho, mas por conta da pandemia a Compesa adiou o reajuste.

Aneel autoriza cobrança da bandeira vermelha a partir de dezembro

Dezembro começa com uma notícia ruim ao bolso do brasileiro. A partir dessa terça-feira (1°) a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai operar com a bandeira vermelha tipo 2. Isso significa que a conta de luz ficará mais cara no último mês do ano.

A utilização do sistema de bandeiras tarifárias havia sido suspensa em maio, época na qual a Aneel afirmou que até o final de 2020 não utilizaria as cobranças. Mas na noite de segunda-feira (30) o órgão mudou de ideia. A Agência alega que as condições atuais não permitem manter a bandeira verde acionada.

Ou seja, a partir de hoje haverá a cobrança de uma taxa extra no valor de R$ 6,243 a cada 100 kWh consumidos por residência. Outra justificativa da Aneel é que o consumo de energia voltou aos patamares pré-pandemia no mês de setembro. Isso, somado ao baixo nível dos reservatórios encarece a conta no final do mês.

Casa Nova vai ganhar Casa dos Ventos e vice-governador destaca revolução na cidade

O que era um sonho até pouco tempo vai se concretizar: Casa Nova ganhará uma Casa dos Ventos. Isso significa que, além de impulsionar a geração de energia limpa, o empreendimento vai gerar cerca de seis mil empregos. O anúncio da construção do parque eólico foi feito na quinta-feira (5), pelo vice-governador da Bahia, João Leão, que também é secretário de Desenvolvimento Regional.

O primeiro passo para a concretização do projeto aconteceu no dia 27 de outubro, quando o Estado assinou o protocolo ao lado da empresa responsável. A meta do grupo é investir R$ 6,5 bilhões na obra. “[Estou aqui para] anunciar um grande investimento, um enorme investimento. É talvez o maior investimento da Bahia neste momento em Casa Nova. A Casa dos Ventos busca montar um complexo eólico aqui e isso vai gerar algo em torno de seis mil empregos diretos”, disse o vice-governador.

LEIA MAIS

MP do Governo Federal deve reduzir contas de energia do Norte e Nordeste

(Foto: Ilustração)

O Governo Federal estuda, já para os próximos dias, a edição de uma Medida Provisória (MP) para o setor elétrico que deve reduzir o custo da energia de consumidores das regiões Norte e Nordeste.

A nova MP deve ser mais abrangente do que a última, que havia isentado famílias de baixa renda do pagamento da conta de energia elétrica durante a pandemia, e tem como objetivo direcionar os recursos pagos pelo setor para programas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética para abater as tarifas de energia do consumidor.

LEIA MAIS
123