Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Celpe alerta para riscos de acidentes e interrupções de energia provocados por pipas

(Foto: Ilustração)

Mês de férias escolares, em julho já são registrados ventos de maior intensidade. Nesse período, as brincadeiras com pipas são mais comuns. No entanto, a atividade recreativa pode se tornar perigosa, especialmente se ocorrer próxima à rede elétrica. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) reforça o alerta para os riscos de acidentes e interrupções no fornecimento de energia.

O perigo de empinar pipas próximo de rede elétricas é acentuado pelo uso do cerol aplicado à linha, que se torna um condutor por conter raspas de vidro e pó metálico adicionado à cola. O produto aumenta o risco de choque elétrico. Por ser condutor de energia, o cerol acaba energizando a linha em contato com a rede elétrica. As pipas também, ao se enroscarem nos fios elétricos, podem provocar curto-circuito, ocasionando, inclusive, o rompimento de cabos.

LEIA MAIS

Celpe identifica mais de 65 mil ligações irregulares no primeiro semestre

(Foto: Divulgação)

A intensificação das ações de combate ao furto de energia promovidas pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) tem apresentado resultados recordes. Durante o primeiro semestre de 2019, a concessionária realizou cerca de 107 mil inspeções em Pernambuco, identificando 65.706 ligações irregulares. A energia recuperada nessas ações seria capaz de abastecer, por exemplo, a cidade do Cabo de Santo Agostinho durante três meses consecutivos.

Nos primeiros seis meses do ano, a Celpe realizou quase 20 mil inspeções a mais que o mesmo período em 2018, quando 88.182 inspeções foram executadas. Como consequência da intensificação das ações e da modernização do setor de inteligência, a quantidade de ligações clandestinas identificadas foi 73% maior em relação ao primeiro semestre do ano passado.

A Celpe atua de forma preventiva no combate às ligações irregulares e conta com uma equipe de inteligência que trabalha ativamente para identificar e retirar essas ligações. A concessionária reforça, ainda, que a ligação clandestina é crime com pena prevista no Código Penal Brasileiro e ressalta que a população pode realizar denúncias de forma anônima através dos canais de atendimento da empresa.

Férias escolares: Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A curiosidade das crianças pode levá-las a algumas situações perigosas, principalmente no período de férias escolares, quando elas ficam mais tempo em casa. Para minimizar os riscos com a energia elétrica, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis para prevenir e evitar acidentes domésticos, e também alerta para alguns cuidados que garantem a segurança dos pequenos e tranquilidade dos adultos.

Mais expostas ao uso da energia elétrica e contato com aparelhos eletroeletrônicos, as crianças não tem como avaliar os riscos na hora de recarregar celulares, tablets e notebooks. Sendo assim, a primeira ação, e a mais básica, é mantê-las longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Equipamentos eletrônicos como videogames e computadores somente devem ser ligados ou desligados da tomada por um adulto, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. A fiação, inclusive, deve estar em perfeitas condições. Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomado, caso contrário pode representar perigo de choque elétrico.

LEIA MAIS

Frente Parlamentar em Defesa da Chesf é lançada na Câmara dos Deputados

(Foto: Sérgio Francês)

Numa articulação para tentar evitar a privatização de empresas do setor elétrico brasileiro, foram lançadas conjuntamente cinco Frentes Parlamentares, nesta quarta-feira (3), na Câmara dos Deputados. Entre elas, está a Frente em Defesa da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), presidida pelo deputado Danilo Cabral (PSB). Em seu discurso, ele destacou que o grupo parlamentar busca lutar contra a tentativa de desmonte e venda de estatais estratégicas para a soberania nacional.

“Os valores que defendemos envolvem a soberania do País, a afirmação da democracia e o direito ao prestador de serviços. Por exemplo, o que seria da Chesf e do povo do Nordeste se ela não fosse uma empresa pública?”, afirmou Danilo Cabral. O deputado lembrou que a iniciativa de desestatização da Eletrobrás pelo governo do ex-presidente Michel Temer foi derrotada pelo Congresso Nacional. “Nós vencemos, lá atrás, uma batalha importante de uma guerra que está em curso e precisamos reforçar a nossa unidade, que vai nos fazer impor uma nova derrota ao governo”, acrescentou.

LEIA MAIS

Bandeira amarela: luz fica mais cara a partir desta segunda-feira

(Foto: Arquivo)

A conta de luz está mais cara a partir de hoje (1º), por causa da bandeira tarifária utilizada como referência nas contas deste mês ser a amarela. Com a medida, as cobranças terão um acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em comunicado divulgado na última sexta-feira (28).

O adicional retorna às contas após a autoridade reguladora ter definido bandeira verde em junho, situação em que não é cobrado acréscimo nas contas. No comunicado, a Aneel justificou a bandeira amarela pelo fato de julho ser um mês “típico da seca nas principais bacias hidrográficas do país”.

LEIA MAIS

Contas de luz terão bandeira amarela em julho

(Foto: Internet)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (28) que as contas de luz terão bandeira amarela no mês de julho, com taxa extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh). Em junho, as tarifas estavam com a bandeira verde, sem custo adicional para o consumidor.

“Julho é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios”, disse a Aneel.

As duas variáveis que definem o sistema de bandeiras tarifárias são o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD) e o nível dos reservatórios das hidrelétricas, medido pelo indicador de risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês).

LEIA MAIS

Maior parque fotovoltaico do Brasil será instalado em Pernambuco

(Foto: Divulgação/Solatio)

O maior projeto fotovoltaico do Brasil, será desenvolvido em Pernambuco, segundo o Governo do Estado. Sete usinas com capacidade instalada para gerar 1,1 GW vão compor o parque, que será instalado em São José do Belmonte, a aproximadamente 500 km de Recife. Com um investimento de R$ 3,5 bilhões, a expectativa é de que o projeto entrará em operação comercial no início de 2021.

O acordo para instalar o projeto em Pernambuco foi assinado pelo governador, Paulo Câmara, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, com o presidente da empresa hispanobrasileña Solatio Energia, Pedro Vaquer Brunet, e Elvira Damau, membro da companhia, responsável pela parte financeira do complexo.

LEIA MAIS

Celpe alerta para riscos envolvendo energia elétrica neste São João

Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras.

Com a proximidade dos festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. A Celpe adverte para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação da Celpe é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

LEIA MAIS

Conta de energia: bandeiras tarifárias ficarão mais caras a partir de 1º de junho

(Foto: Ilustração)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (21), uma resolução que estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias com vigência em 2019. Segundo a Aneel, foi incorporado um avanço metodológico para a regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico (GSF), o qual passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano (“sazonalização flat”).

Com a aprovação da proposta, a partir do dia 1º de junho as bandeiras tarifárias da conta de energia estarão mais caras. A bandeira amarela passa a R$ 1,50 (antes era R$ 1,00) a cada 100 (KWh), já a bandeira vermelha no patamar 1 custará R$ 4,00 (antes era R$ 3,00) a cada 100 (KWh), e no patamar 2, custará R$ 6,00 (antes era R$ 5,00) a cada 100 (KWh).

O reajuste foi especialmente motivado pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras. O tema passou por audiência pública que recebeu 56 contribuições das quais 36% foram acatadas integralmente e 2% parcialmente.

LEIA MAIS

Celpe dá dicas de como economizar energia em períodos de calor

(Foto: Arquivo)

Com o aumento das temperaturas e o uso prolongado de equipamentos como o ventilador ou ar-condicionado nas residências pernambucanas, e o anúncio da Bandeira Amarela para o mês de maio, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) dá dicas para evitar o desperdício de energia elétrica e contribuir para redução do valor da conta. Confira:

Estabeleça horários para uso de eletroeletrônicos

Controlar o uso exagerado de eletroeletrônicos como televisão, videogames e computadores é um dos principais desafios encontrados pelos adultos com crianças em casa. Estabelecer limites de horários para a utilização dos equipamentos e estimular a realização de atividades externas, além de fazer bem para a saúde, traz economia na conta de energia. Do mesmo modo, leituras em dispositivos eletrônicos podem ser substituídas pelos tradicionais livros, revistas e jornais.

LEIA MAIS

Interior de Canudos é contemplado com sistema de energia elétrica

(Foto: Ascom/PMC)

41 famílias dos povoados de Lagoa do Mota e do Sítio do Dinho, no interior de Canudos (BA) foram beneficiados com a implantação de um sistema de energia elétrica rural. O serviço – investimento de R$ 700 mil – foi entregue aos moradores no domingo (28).

O recurso foi obtido através de parceria entre o município, o Ministério de Minas e Energias e o deputado federal José Nunes (PSD). O prefeito de Canudos, Genário Rabelo celebrou a implantação do sistema. “O nosso compromisso é universalizar o acesso à água em Canudos e em muitas comunidades encontramos o empecilho da falta de energia. Então assumimos o outro compromisso, universalizar o acesso à energia.  Assim estamos trabalhando, com esses dois compromissos, lutamos e estamos chegando em cada comunidade com água e energia, para que as escolas funcionem como devem e cada comunidade de Canudos se desenvolva”, disse.

Para comemorar a chegada da energia, os moradores realizaram um torneio de futebol, com participação de equipes femininas e masculinas. Os melhores times foram premiados com dinheiro.

Conta de energia em maio terá bandeira amarela

A bandeira tarifária na cor verde significa que não terá custo extra para os consumidores de energia elétrica. (Foto: Ilustração)

A partir do mês de maio a conta de energia ficará mais cara para o consumidor. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que no próximo mês a bandeira será amarela.

Ou seja, haverá um custo adicional de R$ 1,00 a cada 100 quilowatts-hora consumido. Desde dezembro de 2018 a bandeira em vigência era a verde, sem cobrança extra. “Maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN)”, diz a nota divulgada pela Aneel.

Sistema de bandeiras tarifárias

O sistema de bandeiras – adotado para ficar mais claro ao consumidor quanto ele paga – a verde não teme taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,00 a cada 100 kWh consumidos. Já a vermelha tem dois níveis: uma de R$ 3,00 a cada 100 kWh e outra de R$ 5,00 a cada 100 kWh. (Com informações do Estado de SP).

Escola de Eletricistas da Celpe é inaugurada em Serra Talhada 

(Foto: Ascom)

Foi inaugurada na última quarta-feira (24), em Serra Talhada (PE), a Escola de Eletricistas da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), que terá mão de obra e ensino técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Inicialmente, a unidade deve formar duas turmas de eletricistas de linhas e redes, mas segundo o presidente da concessionária, Antônio Carlos Sanches, outros cursos serão oferecidos no novo espaço.

A escola funcionará no Centro Tecnológico do Pajeú, instalação cedida pelo Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), que também é parceiro do projeto. Com a iniciativa, os 50 alunos selecionados para estas primeiras turmas farão parte do banco de oportunidades da Celpe. De acordo com gestor do Sistema FIEPE e diretor do SENAI Petrolina, Flávio Guimarães, os estudantes vão receber capacitações sobre eletricidade básica, redes de distribuição de energia, segurança do trabalho, dentre outras.

LEIA MAIS

Aneel aprova reajuste médio de 5,04% nas tarifas de luz da Celpe

(Foto: Ilustração)

Os consumidores da distribuidora de energia pernambucana Celpe terão um reajuste médio nas tarifas da contas de luz de  5,04%. Para os consumidores residenciais, o aumento será de 5,14%.

A Celpe atende cerca de 3,7 milhões de unidades consumidoras em 185 municípios de Pernambuco. Os novos valores, aprovados hoje (23) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), começam a valer na próxima segunda-feira (29).

LEIA MAIS

Conta de luz fica mais cara na Bahia a partir desta segunda-feira

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir de amanhã (22) a conta de luz na Bahia ficará mais cara. Na última terça-feira (16), a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), responsável pela regulamentação do setor elétrico no país, autorizou um reajuste médio de 6,22% nas tarifas de energia elétrica para a Bahia. A taxa está acima da inflação oficial do país (IPCA – Índice de preços ao Consumidor) em 2018, que foi de 3,75%.

Os cerca de seis milhões de clientes da Coelba só irão perceber essa variação, de forma mais significativa, nas faturas recebidas a partir de maio. Para os clientes atendidos em baixa tensão, que inclui os clientes residenciais, o reajuste médio será de 6,67%. Já os clientes atendidos em alta tensão, como indústrias e comércio de médio e grande porte, o reajuste será de 5,09%.

LEIA MAIS
123