Bolsonaro recua e desiste de subsídio em conta de luz de templos religiosos

O Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Após ter causado polêmica, o presidente Jair Bolsonaro informou que está suspensa a negociação em torno da concessão de um subsídio na conta de luz para templos religiosos.

O presidente se reuniu nesta esta quarta-feira (15), no Palácio do Planalto, com o líder da bancada evangélica, deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM), e com o missionário R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, para tratar o tema.

No encontro, ele informou sobre as dificuldades de implementar a iniciativa, em especial a resistência da equipe econômica. Na sequência, o presidente teve uma reunião no Ministério de Minas e Energia que, desde a semana passada, avaliava o assunto.

“Tem um impacto mínimo na ponta da linha, mas a política da economia é de não ter mais subsídios. Falei com eles que está suspensa qualquer negociação nesse sentido”, disse o presidente.

Bolsonaro diz que Congresso vai “sepultar” taxação de energia solar

(Foto: Ilustração)

A conversa que teve no último domingo (5) com os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, deixou o presidente Jair Bolsonaro mais otimista com relação à possibilidade de não taxação da energia solar. A estratégia, segundo o presidente, é a de apresentar e aprovar um projeto de lei que proíba essa taxação.

“Liguei para o Rodrigo Maia [presidente da Câmara] e para o Davi Alcolumbre [presidente do Senado]. Se a Aneel vir a taxar, eles toparam derrubar a questão. Algum parlamentar deverá apresentar um projeto de lei para taxação zero e eles vão colocar para votar em regime de urgência. Então está sepultada qualquer possibilidade de taxar energia solar”, disse Bolsonaro, hoje (6), ao deixar o Palácio da Alvorada.

Na noite de domingo (5), o presidente usou as redes sociais para informar, por meio de um vídeo, que a decisão sobre a taxação da energia solar é de responsabilidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Após dez anos, obras do Parque Eólico em Casa Nova são reiniciadas

A Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) retomou, no final de novembro, os trabalhos no canteiro de obras do parque eólico de Casa Nova (BA). As obras haviam sido suspensas após o pedido de recuperação judicial da empresa IMPSA, contratada pela Chesf para o fornecimento e montagem de aero geradores.

Concebido para ser o primeiro parque eólico da Chesf no país, o parque Casa Nova segue sem ter sido concluído dez anos depois do leilão no qual a estatal arrematou o lote. A previsão é que, agora, as obras sejam concluídas em outubro deste ano.

Agora, depois de 400 milhões investidos, a CHESF retoma a obra investindo, nessa primeira etapa, R$ 40 milhões no Parque A, que possui 18 unidades geradoras, com potência instalada de 1,5MW por unidade (total de 27MW). São cerca de 10 novos contratos de materiais, serviços e equipamentos que impedirão a degradação total das obras executadas e das instalações.

Coelba alerta para cuidados com a seguranças das crianças durante férias escolares

(Foto: Ilustração)

As férias escolares já começaram e a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) reforça as orientações de segurança para este período do ano. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 110 mil crianças são hospitalizadas, anualmente, vítimas de acidentes domésticos. Durante as férias escolares, essas ocorrências aumentam em 25%.

O ambiente doméstico pode esconder armadilhas que comprometem a segurança dos pequenos. Quando o assunto é energia elétrica, a Coelba recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis no período de férias, em que as crianças permanecem mais tempo em casa.

A primeira ação é manter a garotada longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos (como clipes, grampos, pregos, etc.), caso muito comum devido à curiosidade das crianças.

Celpe monta operação especial para garantir o fornecimento de energia durante o réveillon no interior de Pernambuco

(Foto: Celpe/Divulgação)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) colocou em operação o esquema especial para assegurar o fornecimento de energia elétrica para os que vão  aproveitar as comemorações do Réveillon em todo o Estado. Para a festa da virada, a concessionária realizou diversas ações preventivas, além de dobrar o número de profissionais que estarão trabalhando, ininterruptamente, para garantir o atendimento em eventuais ocorrências.

Foram realizadas inspeções termográficas na rede de distribuição e transmissão, medições de nível de tensão, serviços de poda de árvores e manutenções preventivas e corretivas em toda a rede elétrica. O trabalho se concentrou principalmente nas redes que abastecem os principais pontos de concentração para a festa. No interior, a concessionária deve alocar 12 equipes em esquema especial durante a virada. Além disso, diversos profissionais devem atuar em regime de sobreaviso, para acionamento em caso de ocorrências. Também foram realizadas vistorias preventivas nas subestações que suprem as regiões.

A preparação incluiu, ainda, a instalação e fiscalização de ligações provisórias em barracas instaladas nas praias e avenidas das cidades, com atenção aos aterramentos e conexões com a rede da Celpe, além de outras estruturas como palcos e camarotes. Equipes da distribuidora estarão, durante todo o réveillon, fiscalizando os espaços com grande concentração de público para garantir a normalidade do fornecimento de energia. O centro de operações da distribuidora teve a quantidade de controladores reforçada, atuando em regime especial de acompanhamento da rede elétrica durante os dias 30 e 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Serviço

Em caso de ocorrência, os clientes podem entrar em contato com a Celpe por meio dos diversos canais de relacionamento da empresa. Além do teleatendimento gratuito 116, a concessionária oferece um aplicativo para smartphones no qual os usuários podem solicitar o serviço de prontidão. A concessionária disponibiliza, ainda, um serviço para comunicar falta de energia por meio de torpedos via celular. É preciso enviar uma mensagem de texto para o número 26560, informando apenas o número da conta contrato do imóvel onde está ocorrendo a interrupção de energia. A resposta da concessionária com o registro do protocolo e a informação sobre o prazo de atendimento da solicitação será enviada ao cliente em até três minutos.

Tarifa branca de energia será ampliada a pequenos consumidores em 2020

(Foto: Ilustração)

A maior parte dos consumidores de energia em todo o país terá uma oportunidade de mudar os hábitos e diminuir a conta de luz. Em vigor desde 2018 para grandes consumidores, a tarifa branca de energia será estendida a quase todos os brasileiros em 1º de janeiro.

A tarifa branca consiste na redução do preço da energia fora do horário de pico, também chamado de horário de ponta e envolve três faixas de valores. Nos dias úteis, a cobrança da energia será dividida em três faixas de horário: o horário de ponta (tarifa vermelha), entre o fim da tarde e o início da noite; a faixa intermediária (amarela), uma hora antes e uma hora depois do horário de ponta, e o horário fora de ponta (verde), com custo mais baixo no restante do dia.

Nos fins de semana e nos feriados nacionais, a tarifa de energia sempre será cobrada pelo valor fora de ponta. O modelo começou a ser usado em 2018, para unidades com consumo superior a 500 quilowatts-hora (kWh). Em 2019, passou a ser aplicado em unidades com consumo a partir de 250 kWh.

Sem energia há um mês, moradores do Salitre cobram providências da Coelba

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Você já imaginou passar um mês sem energia, sofrendo com o calor e muriçocas? Essa é a atual situação dos moradores do Projeto Salitre, zona rural de Juazeiro (BA). Desde o dia 26 de novembro, quando a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) retirou transformadores de alguns postes da localidade, a população está vivendo às escuras.

De acordo com uma moradora do Salitre, antigamente o uso da energia era irregular, mas há três anos os moradores instalaram os padrões de energia para regularizar a situação. Ao solicitar a instalação da rede elétrica, a população foi informada pela Coelba que era necessária uma fiação secundária, que deveria ser custeada pela Codevasf, já que a Companhia teria um débito com a Coelba.

Até hoje a situação não foi regularizada, contudo, a situação se agravou ainda mais no dia 26 do mês passado, quando a Coelba fez a retirada dos transformadores, após a ação de despejo de famílias do Acampamento Abril Vermelho do Movimento Sem Terra (MST).

Ligações provisórias para eventos de fim de ano devem ser solicitadas à Celpe

(Foto: Divulgação/Celpe)

Quem está planejando promover comemorações durante o réveillon deve ficar atento às ligações provisórias de energia elétrica em palcos, barracas e toldos. Para evitar acidentes e assegurar o suprimento de qualidade nas festividades, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para a necessidade de solicitar com antecedência a ligação provisória no local do evento. É importante que os pedidos sejam realizados com a maior antecedência possível, uma vez que a concessionária precisa fazer uma vistoria no local antes da execução do serviço.

Os interessados em solicitar o serviço devem se dirigir a qualquer Loja Celpe, no horário comercial,  e apresentar a licença de funcionamento concedida pela Prefeitura e órgãos competentes. Também devem ser apresentados documentos de identidade e CPF e informados os equipamentos que serão instalados.

Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo eletricidade

(Foto: Ilustração)

Com a chegada das férias escolares, as crianças costumam passar mais tempo em casa realizando atividades de lazer e brincadeiras. Neste período, o tempo livre pode representar um risco, quando cuidados prévios não são tomados. Por isso, o uso seguro da energia é mandatório em todas as idades. Para minimizar os perigos, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta sobre os cuidados necessários para prevenir e evitar acidentes domésticos envolvendo a eletricidade.

O uso de aparelhos eletroeletrônicos e eletrodomésticos por parte das crianças tende a aumentar nesse período, sendo importante redobrar a atenção durante o uso. O acesso à geladeira, por exemplo, não deve acontecer de modo algum com os pés descalços. Nunca se deve manter contato com eletrodomésticos quando o corpo está molhado. Esse cuidado deve ser ainda maior nas casas com piscina ou na praia, uma vez que é comum as pessoas saírem molhadas e abrirem freezers e refrigeradores.

Cada vez mais comum, os celulares, tablets e notebooks devem ter uma atenção especial ao serem recarregados. A primeira ação, e a mais básica, é manter as crianças longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Também é importante que o uso do aparelho seja suspenso durante seu carregamento. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Conta de energia terá bandeira amarela em dezembro

(Foto: Ilustração)

A bandeira tarifária para o mês de dezembro será a amarela, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na sexta-feira (29). Ou seja, haverá um acréscimo de R$ 1,343 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em novembro a bandeira que vigora é a vermelha patamar I.

Ao anunciar a decisão de reduzir a bandeira, a Aneel justificou que há previsão no aumento das chuvas. “As previsões meteorológicas sinalizam melhora nas condições de chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), caracterizando o início do período úmido na região dessas bacias”, disse em nota.

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. São três cores: verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) que indicam se a energia custará mais ou menos.

Governadores estaduais discutem na França criação de rota de gás natural no Nordeste

(Foto: Elisa Elsie/Consórcio Nordeste)

O uso de energias limpas foi destaque na missão internacional do Consórcio Nordeste, em Paris, nesta segunda-feira (18). Com interesse na criação de ‘blue corridors’, uma rota de transporte de gás natural entre os nove estados nordestinos, os governadores estiveram com representantes da Golar Power, joint venture entre a norueguesa Golar e o fundo norte-americano Stonepeak.

Denominado ‘Rota Azul’, o projeto de integração no Nordeste inclui a instalação de postos de combustíveis capazes de fornecer gás natural liquefeito (GNL) para veículos de carga. Em outros países, a exemplo da China, Espanha e Alemanha, os caminhões e ônibus movidos a gás natural já são realidade.

O vice-presidente da Golar no Brasil, Marcelo Sacramento, disse que o plano de trabalho da empresa prevê inúmeras oportunidades de investimentos. “A disponibilidade do gás para carros e caminhões nas rodovias do Nordeste irá gerar uma nova dinâmica no transporte da região. Novas empresas irão se instalar e as já existentes vão ganhar competitividade”.

Celpe alerta para acidentes domésticos durante reformas residenciais

(Foto: Ilustração)

O período de fim de ano, registra tradicionalmente, um aumento nas reformas em residências. Por conta disso, os cuidados com a rede interna de energia elétrica devem ser redobrados para evitar possíveis acidentes domésticos e minimizar os riscos com a eletricidade. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os cuidados necessários ao realizar obras.

Durante os serviços, a atuação de profissionais qualificados, além do uso de equipamentos de proteção individual e coletivo, são os cuidados iniciais para redução dos riscos. Evitar acessos e contatos indevidos com os fios elétricos é outra regra de segurança comumente negligenciada. A aproximação das obras da rede elétrica, somadas à falta de atenção, o desconhecimento dos perigos e o manuseio inadequado das ferramentas podem ser fatais, caso haja contato do trabalhador com a rede energizada. A Celpe lembra que, antes de começar a obra, é imprescindível observar a distância da fiação elétrica e respeitar os limites. Paredes, janelas e sacadas não devem ser construídas a menos de 2,5 metros da rede de distribuição de energia.

Dentro de casa, os cuidados devem ser os mesmos. Jamais deve ser realizado o manuseio de qualquer equipamento conectado à tomada estando com o corpo molhado e/ou descalço. Alguns exemplos são: chapinhas, secadores de cabelo e, até mesmo, ventiladores, aparelhos que comumente são manuseados após o banho. A indicação é que primeiro tenha-se a certeza de estar com o corpo seco para o uso seguro desses aparelhos. O uso de sandálias também é essencial para garantia da segurança.

Clientes irrigantes e rurais têm até 29 de novembro para realizar recadastramento da Celpe

(Foto: Arquivo)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) emitiu um comunicado reforçando a necessidade de recadastramento por parte de 54 mil clientes irrigantes, aquicultores e demais rurais para recadastramento da tarifa subsidiada. Os clientes classificados nessas categorias de consumo precisam revalidar, até o próximo dia 29/11, a documentação que garante os descontos na conta de energia, que variam entre 8% e 90%. O percentual de subsídio depende da atividade desenvolvida.

Esses 54 mil clientes fazem parte do primeiro grupo de recadastramento da categoria, que deve contar com a atualização de aproximadamente 163 mil clientes pernambucanos até 2021, conforme o calendário de convocação da distribuidora. Os clientes estão sendo chamados por meio de avisos nas faturas mensais de energia elétrica, portanto devem ficar atentos à conta com a convocação.

Caso não efetuem o recadastramento até o próximo dia 29 de novembro, os 54 mil consumidores, atualmente beneficiados, perdem o subsídio a partir de janeiro de 2020. conforme o calendário da distribuidora.

Conta de luz para os brasileiros em 2020 pode ter aumento

(Foto: Ilustração)

As contas de luz dos consumidores de todo o país poderão ter um aumento médio de 2,42% em 2020. O aumento consta de uma consulta pública aberta nessa quarta-feira (30) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre o orçamento para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um dos subsídios pagos pelos consumidores de energia.

Em 2020, a Aneel aprovou um orçamento para a CDE de R$ 22,453 bilhões, um aumento de 11% em relação ao orçamento deste ano, de R$ 20,208 bilhões. Desse montante, a parte paga pelos consumidores teve um aumento de 27% e deve passar de R$ 16,238 bilhões para R$ 20,645 bilhões.

Moradora denuncia falta de energia em rua do Antônio Cassimiro, em Petrolina

Falta de energia em rua irrita moradores.

Uma moradora do Antônio Cassimiro, que preferiu não se identificar, entrou em contato com o nosso blog para denunciar a constante fala de energia na rua dos Crotons. Segundo a denúncia, na última semana faltou energia três vezes.

“Nem conto quantas vezes falta. Sem falar que tem dias que começa quedas de energia várias vezes até faltar. Não aguentamos mais essa situação. Já tentamos contato com a Celpe e eles nunca resolvem”, disse.

Nosso blog entrou em contato com a Celpe e aguarda resposta.

123