Prefeitos do Sertão se filiam ao PSB com presença de Paulo Câmara e lideranças socialistas

Prefeitos do Sertão se filiam ao PSB (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de vários compromissos em Petrolina, a passagem de Paulo Câmara (PSB) pela cidade na sexta-feira (14) foi encerrada com a filiação de prefeitos ao partido. O evento contou com a presença de deputados federais e estaduais, lideranças do PSB, além de pré-candidatos a Câmara de Vereadores.

LEIA TAMBÉM

Presente em ato de filiação do PSB, Julio Lóssio fala em “unir forças” pelo Brasil

Josimara Cavalcanti, prefeita de Dormentes; Humberto Mendes, prefeito de Santa Maria da Boa Vista; Cleomatson Vasconcelos de Santa Filomena; Rafael Cavalcanti de Afrânio e Vilmar Cappellaro de Lagoa Grande agora estão lado a lado com o Governo de Pernambuco, já que integram o PSB.

“Quero cumprimentar todos os novos filiados. É bonito você chegar numa sexta-feira de noite, numa semana que não deve ter sido fácil pra ninguém e é um evento político. O que é muito importante num ato como esse é a gente continuar acreditando, acreditando que as mudanças tão necessárias para melhorar a vida do nosso povo, nós vamos fazer juntos, fazendo a boa política”, afirmou.

Além dos gestores – que buscarão a reeleição – pleiteantes a vagas no Poder Legislativo também se filiaram. O nome mais celebrado da noite foi o de Leninha, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados (STTAR) de Petrolina.

Prefeito acompanha obras na Rotatória de Lagoa Grande

Rotatória será cartão postal (Foto: Ascom)

O prefeito de Lagoa Grande (PE), Vilmar Cappelaro vistoriou a obra da Rotatória, que está sendo transformada no principal cartão de visita do município. Nessa semana, ele e o secretário de Infraestrutura, Admar Nonato, foram ver de perto o avanço da obra. Segundo a gestão, o serviço está em fase de acabamento.

Na Saúde e Educação o avanço veio através de uma parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), através do projeto UFPE no Meu Quintal. A meta é realizar cursos e capacitações variadas, com eixos temáticos que variam entre Cultura, Saúde, Educação, Esportes, Meio Ambiente e Tecnologias sociais.

A cada semestres estudantes de graduação estarão no município, para trocar conhecimentos com a população. “O projeto representa a essência da extensão universitária. É a ponte direta do conhecimento acadêmico e a população, ao mesmo tempo que traz para a universidade os saberes populares” afirmou, o coordenador do projeto José Eduardo Garcia.

Dormentes tem quase 100 mm de chuva nas últimas 24h

Interior de Petrolina teve bons índices de chuva (Foto: Blog Waldiney Passos)

A chuva voltou no final da tarde de quarta-feira (5) e continuou durante a madrugada. E os dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) indicam que Dormentes registrou chuva de 96,13 mm nas últimas 24 horas. O município foi o que mais choveu em todo Estado, seguido por Floresta (88,60 mm) e São José do Belmonte (80,28mm).

Em Petrolina onde mais choveu foi no Distrito de Rajada, 73,71 mm. Na região Central a Apac contabilizou 18 mm de chuva. Além desses municípios, a precipitação acumulada também teve destaque em Lagoa Grande, no Distrito de Jutaí (42,75 mm) e Parnamirim (49,69mm).

Por volta de 17h20 de ontem a Apac emitiu alerta de chuva forte para o Sertão do São Francisco, aviso que é válido até hoje. A população deve estar atenta aos riscos de alagamento, deslizamentos e queda de árvores. Em caso de problemas, a recomendação é acionar a Defesa Civil Municipal.

Lagoa Grande e Floresta voltam a registrar grande volume de chuva

Floresta teve segundo maior volume de chuva nas 24h (Foto: Reprodução/O Povo com a Notícia)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) previa forte chuvas no Sertão e em alguns municípios a expectativa se concretizou. Lagoa Grande, a cidade do Sertão do São Francisco com maior volume acumulado em janeiro voltou a registrar mais precipitação. Nas últimas 24 horas, segundo a Apac, foram 96,13 mm.

LEIA TAMBÉM

Apac e INMET emitem alerta de chuva forte no Sertão

Até às 9h20 dessa segunda-feira (3) a Agência contabilizou 43,76 mm no município que já havia tido alagamentos em residências e vários prejuízos no comércio da cidade. Também choveu bem em Dormentes, Belém do São Francisco e Cabrobó. Floresta teve a segunda maior média acumulada em 24 horas: 71,40 mm.

Nesse município há registro de árvores caídas e pequenos alagamentos na zona rural. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu, por volta de 10h, um novo alerta de chuvas fortes no Sertão, válido até às 9h desta terça-feira (4).

Unidades Básicas de Saúde de Lagoa Grande recebem novos equipamentos

(Foto: Ascom)

Para melhorar o atendimento à população, na manhã desta terça-feira (28), a Prefeitura Municipal de Lagoa Grande (PE), através da Secretaria Municipal de Saúde começou a entregar os novos equipamentos nas Unidades Básicas de Saúde.

Os equipamentos foram adquiridos por meio de Emenda Parlamentar do Deputado Betinho Gomes (PSDB), no valor de R$ 476 mil. O valor foi investido em equipamentos para a Atenção Básica de Saúde.

Estão sendo entregues às dez UBS de Lagoa Grande: geladeiras, armários, arquivos, mesas para salas de reunião, mesas para salas de consultas, armários, biombos.

Dormentes, Petrolina e Lagoa Grande registram chuva no final de semana

Cabrobó teve boa chuva no domingo (Foto: Blog Didi Galvão)

Depois de uns dias sumida, a chuva voltou a alegrar o sertanejo e amenizou o calor. Além de Petrolina, também choveu em várias cidades da região. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) contabilizou 15 mm nas últimas 24 horas em Dormentes. Floresta teve precipitação acumulada de 13,60 mm, enquanto Petrolina pouco mais de 9 mm, levando em conta zona urbana e rural.

Lagoa Grande e Parnamirim também tiveram final de semana chuvoso. Em Cabrobó, outro município com boa chuva no domingo (26) e a água empoçada chegou a tomar a Avenida do INSS. No entanto não há relato de danos materiais.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) tem alerta de perigo potencial válido para o Sertão de Pernambuco, até às 9h de hoje. É preciso ficar alerta, para evitar maiores problemas, já que o INMET prevê chuva de entre 20 mm e 50 mm. Em caso de problemas, é necessário entrar em contato com a Defesa Civil.

Atendimento no Cartório Eleitoral de Lagoa Grande é suspenso devido às chuvas

(Foto: blog Paulo Angelim)

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) emitiu um comunicado nessa quinta-feira (23) para informar sobre a suspensão das atividades do Cartório Eleitoral de Lagoa Grande (PE), 137ª Zona Eleitoral. A decisão é decorrente das fortes chuvas que atingiram o município nesta semana e que provocou inundações.

De acordo com o TRE-PE, as águas atingiram os mobiliários e equipamentos eletrônicos, inclusive os que fazem o cadastro biométrico e por medida de segurança para os servidores e eleitores, as máquinas não foram religadas.

Segundo a Justiça Eleitoral, as devidas providências estão sendo tomadas para normalização dos serviços. A previsão é de que os atendimentos voltem ao normal na próxima semana.

Chuva marcou presença em todos municípios do Sertão do São Francisco nessa quinta-feira

No acumulado do mês, Petrolina aparece atrás de Lagoa Grande e Afrânio (Foto: Blog Waldiney Passos)

Assim como a quarta-feira (22), a manhã de hoje (23) começou com chuva em Petrolina e região. Segundo o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que também acompanha a precipitação pluviométrica no Sertão do São Francisco, o município com maior acumulado – até 11h – foi Lagoa Grande: 20,00 mm.

LEIA TAMBÉM

IPA contabiliza chuva de 133 mm em Lagoa Grande apenas nessa quarta-feira

Cabrobó teve precipitação de 15 mm, em seguida aparece Santa Maria da Boa Vista com 14,4 mm e Afrânio com 14 mm. Em Dormentes choveu 12 mm, Petrolina contabilizou apenas 5,11 mm e Orocó somente 3 mm nessa manhã. Na média acumulada de janeiro, Lagoa Grande lidera, somando 189 mm (133 apenas ontem).

No segundo lugar aparece Afrânio, com 102,6 mm e Petrolina, 99,4 mm. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) prevê chuva leve ou moderada até o dia 28 de janeiro. Para os três últimos dias do mês, não há estimativa de chuva e o calor deve voltar.

Alerta de perigo potencial por causa das chuvas segue até essa quinta-feira em várias cidades do Sertão

Lagoa Grande é um dos municípios em alerta (Foto: Nininho Poeta/Reprodução)

Conforme o Blog mostrou ontem, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta de perigo potencial por causa das chuvas que começaram a cair na madrugada de quarta-feira (22). O aviso é válido até às 10h dessa quinta-feira (23) e pode ser renovado, já que há poucos minutos voltou a chover forte em algumas cidades, como Petrolina.

De acordo com o INMET, nos municípios citados no alerta pode chover até 50 mm em um único dia. Entre os municípios que listados estão Afrânio, Araripina, Belém do São Francisco, Bodocó, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande e Petrolina. Na Bahia, Juazeiro, Campo Formoso, Campo Alegre de Lourdes entre outros.

Em Lagoa Grande, que apenas ontem contabilizou 133 mm em um dia, nas últimas 12 horas a precipitação acumulada foi de 49,98 mm, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Rajada, Distrito de Petrolina, registrou 6,77 mm e na cidade de Dormentes, mais de 22 mm.

Criança morre afogada em fossa em Lagoa Grande

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Uma criança, de 2 anos, segundo informações, morreu afogada na tarde dessa quarta-feira (22), por volta das 13h30, em Lagoa Grande (PE) enquanto brincava com um amigo, de 7 anos, em uma invasão conhecida como “Sem Teto”, no distrito de Vermelhos.

Ainda de acordo com informações, um dos moradores teria cavado uma fossa e deixado aberta durante a forte chuva que caiu região nessa quarta. As crianças foram brincar e não perceberam que se tratava de uma fossa cheia de água da chuva.

LEIA MAIS

IPA contabiliza chuva de 133 mm em Lagoa Grande apenas nessa quarta-feira

Mais cedo o Blog mostrou a forte chuva registrada em Lagoa Grande, Sertão de Pernambuco, na manhã dessa quarta-feira (22). De acordo com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que também monitora as chuvas no interior do Estado, somente hoje foram contabilizados 133 milímetros.

LEIA TAMBÉM

Chuva provoca alagamentos em Juazeiro e Lagoa Grande

Para se ter uma noção da força da precipitação, em todo mês o município somou 169.5, 133 apenas com os números desas quarta, até 12h. Sem cessar, a chuva causou transtornos, alagando bairros já que a água não consegue escoar e baixar. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) renovou o alerta de “Perigo Potencial” na cidade, até às 10h desta quinta-feira (23).

O INMET alerta para a forte chuva em poucas horas, o que pode desencadear queda de árvores e descargas elétricas. Quem tiver alguma demanda urgente deve acionar a Defesa Civil através do número 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Chuva provoca alagamentos em Juazeiro e Lagoa Grande

Ruas de Lagoa Grande ficaram alagadas (Foto: Ninho Poeta/Reprodução)

A chuva que chegou durante a madrugada dessa quarta-feira (22) também foi registrada em Juazeiro (BA) e Lagoa Grande (PE). Na cidade pernambucana a precipitação provocou alagamentos em diversos bairros da cidade, causando transtornos aos motoristas e pedestres que se deslocavam ao seus trabalhos.

Confira o vídeo registrado pelo radialista Ninho Poeta:

Em Juazeiro há relatos de alagamentos nos bairros mais periféricos, como Castelo Branco, Antônio Guilhermino e Sol Nascente. Até mesmo no Centro da cidade foram contabilizados pequenos transtornos, especialmente nesse começo da manhã quando as pessoas estão se deslocando aos seus trabalhos.

Morador de Lagoa Grande reclama de rodízio, mas Compesa afirma que comunidade está sendo abastecida

Morador está insatisfeito com a Compesa (Foto: Ilustração)

O abastecimento no bairro do Vasco da Gama, em Lagoa Grande (PE) é feito via rodízio pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), mas um leitor do Blog não está contente com a situação. Ele se queixa que outras comunidades são abastecidas diariamente.

“Na Rua José Ricardo estamos sofrendo com falta de água todo final de semana, enquanto no bairro da Estátua e outros têm água todo dia. Ninguém aguenta passar quatro dias sem água“, desabafou.

Procurada por nossa equipe a Compesa afirmou em nota que o abastecimento no bairro do Vasco vem sendo feito normalmente. “A Compesa informa que o abastecimento no Vasco da Gama, em Lagoa Grande, está normalizado, de acordo com o calendário da localidade, que é de dois com água e quatro sem. O bairro recebeu água normalmente nos dias 14 e 15 de janeiro e o novo ciclo de abastecimento iniciou hoje (20) e segue até amanhã (21)“, destaca a nota.

Lagoa Grande: chuva arrasta parte de muro do cemitério, em Vermelhos

Parte do muro não aguentou a chuva (Foto: Reprodução)

A chuva de segunda-feira (6) também deixou prejuízos na cidade de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco. Parte do muro do cemitério localizado no Distrito de Vermelhos, zona rural, foi levado pela força da água. Apesar do susto, não houve registro de feridos em decorrência do incidente.

Até às 9h20 dessa terça-feira (7) a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) havia registrado chuva acumulada de 14,18 mm no município, ponto de monitoramento implantado em Jutaí.

Parnamirim registra mais de 50 mm de chuva em 24 horas, segundo Apac

Petrolina voltou a registrar chuva forte (Foto: Blog Waldiney Passos)

A noite de segunda-feira (6) confirmou a previsão de mais chuva no Sertão do São Francisco e com a água que caiu até a madrugada dessa terça-feira (7), várias cidades da região registraram bons índices de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

LEIA TAMBÉM:

Chuva forte deixa Petrolina e Juazeiro alagados; deve chover mais nesta terça

Parnamirim teve o maior acumulado de chuva nas últimas 24 horas, com 52,09 mm. Em seguida, de acordo com a Apac, veio Petrolina com 44,80 mm na unidade de monitoramento implantada no bairro Cohab Massangano. O Gercino Coelho registrou chuva acumulada de 41,400 e o José e Maria mais 34,60.

LEIA MAIS
1234