Saiba como se prevenir das viroses e outras doenças durante o carnaval

Devido à aglomeração de pessoas, o carnaval é um ocasião propícia para o aparecimento de algumas doenças, como é o caso das gripes e viroses. Entre o grupo de patologias também estão a mononucleose, popularmente conhecida como “doença do beijo”, as intoxicações alimentares, a leptospirose (devido às chuvas) e as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

“Para tentar se prevenir o folião deve lavar bem as mãos, ter uma boa higiene bucal, evitar compartilhar objetos pessoais, e ter contato íntimo com responsabilidade. Além disso, é essencial manter uma boa alimentação e hidratação”, orienta a enfermeira gerente do Núcleo de Educação Permanente da UPAE, Andreska Ferreira.

LEIA MAIS

Prefeitura alerta folião para uso de camisinha e prevenção de doenças durante o Carnaval de Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

Durante o carnaval 2020, que acontece de 22 a 25 de fevereiro, a Prefeitura de Petrolina distribuirá 80 mil preservativos masculinos e femininos, como parte das ações de prevenção programadas para o período. Além do preservativo, gel lubrificante também estará presente no pacote.

No período da folia, o preservativo masculino ou feminino deverá ser oferecido a pessoas sexualmente ativas, como método eficaz para a redução do risco de transmissão do HIV e de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), além de evitar a gravidez. “Isto tudo para garantir que a diversão seja, além de segura, consciente”, resume a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

A oferta dos preservativos deve ser realizada nas ações de prevenção e nas unidades de saúde do município, sem restrições de quantidade de retirada pela população e sem exigência de documentos de identificação. A distribuição deve ser feita como parte da rotina de atendimento, conforme a necessidade de cada pessoa, que deve ter livre acesso ao preservativo, sem nenhum constrangimento.

Petrolina inicia nova fase de vacinação contra o sarampo

(Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina iniciou nesta segunda-feira (10) uma nova fase da campanha nacional de vacinação contra o sarampo com foco em crianças a partir dos 5 anos até jovens de 19 anos. A mobilização vai até 13 de março e o ‘Dia D’ está agendado para o próximo sábado (15). Vale ressaltar, que segundo a Secretaria de Saúde, não há caso de sarampo registrado na cidade.

A campanha de vacinação é a sequência das outras duas mobilizações realizadas em 2019, que tiveram como público-alvo crianças acima dos 6 meses a menores de 5 anos (em outubro) e depois em adultos dos 20 aos 29 anos (em novembro). Vale lembrar que a Secretaria de Saúde de Petrolina iniciou, no último dia 5 de fevereiro, uma ação estratégica com pontos de vacinação contra o sarampo no River Shopping e no Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho. Até o final de fevereiro, o esquema ficará assim: segundas, quartas e sextas no shopping e terças e quintas no aeroporto.

LEIA MAIS

Profissionais de saúde alertam para riscos de doenças durante o carnaval

(Foto: Arquivo)

A aglomeração e maior contato entre pessoas durante o carnaval vêm preocupando a população e autoridades com relação à transmissão de doenças que costumam aumentar nesse período, além do coronavírus, que surgiu na China e está alcançando outros países.

O Brasil tem 9 casos suspeitos de coronavírus, de acordo com o Ministério da Saúde. O levantamento anterior trazia 11 casos suspeitos, mas três foram descartados e outro foi acrescentado à lista. Os casos que ainda estão sob investigação são dos estados do Rio Grande do Sul (3), São Paulo (3), Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1) e Santa Catarina (1). Ao todo, 24 suspeitas foram descartadas no país até agora.

Apesar do alerta e da apreensão com a chegada do carnaval, o médico da família e preceptor do curso de Medicina da Estácio, Salvador Carvalho, não acredita que o vírus esteja circulando na região do Vale do São Francisco. “É um risco muito pequeno ou quase nenhum. Primeiro nós não temos caso nenhum na Bahia nem no Brasil, então seria quase impossível que nós tivéssemos circulação de algum vírus nessa região”, esclarece.

LEIA MAIS

Prefeitura monta pontos estratégicos para vacinação contra o sarampo durante período que antecede o Carnaval de Petrolina 

(Foto: Ascom PMP)

Festividades como o carnaval, que envolvem grande concentração e circulação de pessoas pedem um cuidado especial em relação à transmissão de algumas doenças, entre elas, o sarampo. Pensando nisso, a Prefeitura de Petrolina vai reforçar estratégias de vacinação no período que antecede a folia de momo.

“O alerta foi dado porque o Carnaval tem grande circulação de pessoas e aglomerações e os casos de sarampo aumentaram no país. A Secretaria de Saúde destaca que não há caso de sarampo em Petrolina, mas a cidade vizinha de Juazeiro tem um caso confirmado e o Carnaval do município baiano é antecipado”, explica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

LEIA MAIS

Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco discute estratégias de prevenção contra o coronavírus

(Foto: Divulgação/SES)

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) já deflagrou as ações de vigilância epidemiológica contra o coronavírus. Na manhã desta quinta-feira (30), na sede do órgão, o secretário estadual de Saúde, André Longo, e técnicos da pasta se reuniram com a rede de saúde especializada, profissionais da área de infectologia e representantes de outras entidades para discutir as estratégias e se antecipar à ocorrência de possíveis casos suspeitos da doença no Estado, além de traçar o protocolo e fluxo de atendimentos nas unidades de referência.

“Não há, até o momento, nenhuma notificação de caso suspeito do coronavírus em Pernambuco. Além disso, esperamos que as ações desencadeadas pelo Ministério da Saúde possam barrar a entrada da doença no território brasileiro. Mesmo assim, estamos nos antecipando para manter a rede de saúde em alerta para, no caso de termos um caso suspeito, as ações de vigilância epidemiológica e de assistência possam ser tomadas de imediato. Pernambuco já tem uma larga experiência na vigilância em casos de emergência em saúde e uma rede pública com excelência na área de infectologia já treinada e com expertise no atendimento à população com doenças infectocontagiosas”, ressaltou André Longo. O gestor reforçou para a importância da população se manter informada por meio de órgãos oficiais, como a SES-PE e o Ministério da Saúde, e evitar propagar rumores e fake news sobre o assunto.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina divulga dicas sobre o que fazer em casos de acidentes com escorpiões

(Foto: Ascom/PMP)

Com a chegada do verão e do período chuvoso, principal época de reprodução dos escorpiões, o número de acidentes com animais peçonhentos tende a aumentar. Pensando nisso, a Prefeitura de Petrolina divulgou medidas que vão auxiliar a população na prevenção de novos casos.

Os escorpiões têm hábitos noturnos e se alimentam, principalmente, de insetos e aranhas. Em Petrolina, o combate desse animal, é feito pela gestão municipal através da captura das espécies e de orientações repassadas à população pelos agentes de saúde e de endemias. Mas, as ações por parte dos moradores são de suma importância, como a limpeza de terrenos e quintais, por exemplo.

“A gente salienta a importância de cada morador avaliar seu imóvel e eliminar possíveis situações que tornem a residência atraente para o surgimento de insetos, principalmente baratas, pois irá promover a proliferação de escorpiões. O lixo doméstico deve ser colocado em sacos plásticos ou cestos de lixo, devidamente fechados, para posterior coleta. É importante também evitar nas residências acúmulo de entulhos, telhas, blocos e madeiras”, frisa a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

LEIA MAIS

Após registro de morte de saguis, Pernambuco vai oferecer vacina contra a febre amarela para toda a população

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir de março, a vacina contra a febre amarela vai ser oferecida nos postos de saúde de Pernambuco, para toda a população, sem necessidade de comprovação de viagem a áreas de risco. A inclusão do estado como área de recomendação foi anunciada pela Secretaria Estadual de Saúde em meio ao alerta provocado pela descoberta de 14 saguis mortos num condomínio em Aldeia, Camaragibe. Os moradores do residencial e de seu entorno já serão vacinados, de forma antecipada, a partir do sábado. A decisão foi tomada pelas autoridades de saúde do estado e do município.

A morte dos saguis está sendo investigada pela SES e pela Vigilância Ambiental do município. Seis animais foram encaminhados ao Departamento de Veterinária da UFRPE para passarem por necrópsia. Outros oito estavam em estado avançado de decomposição. As amostras foram enviadas ao Instituto Evandro Chagas, no Pará. O órgão averiguará o que pode ter provocado os óbitos. Entre as suspeitas estão o contágio de herpes, dengue ou febre amarela, além de envenenamento. O resultado sai em até 20 dias.

“A campanha de vacinação contra a febre amarela já aconteceria em março. O fato de ter havido 14 óbitos provocou a antecipação porque a vacina é uma forma de prevenção. Vamos começar no perímetro onde ocorreram as mortes e cobrir todo o município. É importante ressaltar que não temos o vírus circulante. Esta é uma forma de prevenção já prevista no calendário vacinal nacional e estamos apenas adiantando o cronograma de forma preventiva”, esclareceu a coordenadora municipal de imunização, Maria José Neves.

LEIA MAIS

1º Mutirão de Detecção da Hanseníase será realizado em Petrolina no próximo sábado

O Colegiado de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), com o apoio do Hospital Universitário, realizará no próximo sábado (11), o 1º Mutirão de Detecção da Hanseníase. O evento será sediado na Policlínica da Univasf.

A ação em alusão à campanha “Janeiro Roxo”, tem o objetivo de alertar a população sobre a gravidade da doença e a necessidade do diagnóstico e tratamento precoces, além de contribuir para a redução do preconceito.

O número de casos da doença detectados no Brasil é alto. De acordo com o Ministério da Saúde, em média são 30 mil por ano. “Cerca de 90% dos diagnósticos da doença, nas Américas, são encontrados no Brasil. E o Nordeste tem seis vezes mais casos do que o tolerável”, ressalta a dermatologista e hansenologista, Tânia Moreno.

LEIA MAIS

Coelba alerta para cuidados com a seguranças das crianças durante férias escolares

(Foto: Ilustração)

As férias escolares já começaram e a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) reforça as orientações de segurança para este período do ano. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 110 mil crianças são hospitalizadas, anualmente, vítimas de acidentes domésticos. Durante as férias escolares, essas ocorrências aumentam em 25%.

O ambiente doméstico pode esconder armadilhas que comprometem a segurança dos pequenos. Quando o assunto é energia elétrica, a Coelba recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis no período de férias, em que as crianças permanecem mais tempo em casa.

A primeira ação é manter a garotada longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos (como clipes, grampos, pregos, etc.), caso muito comum devido à curiosidade das crianças.

LEIA MAIS

Equipe do Serviço Social reforça campanha ‘Dezembro Vermelho’ na UPAE Petrolina

(Foto: Ascom)

A equipe do Serviço Social da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) está trabalhando este mês o ‘Dezembro Vermelho’ – uma campanha criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para lembrar a luta contra a AIDS e fortalecer a compreensão, solidariedade e apoio aos portadores do vírus.

A escolha dessa data seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada a partir de 1988, por meio de uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde. O laço vermelho (utilizado na campanha) é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS.

As ações do Dezembro Vermelho buscam sensibilizar a população quanto à importância do acesso à informação adequada sobre o HIV, sobre a evolução dos métodos de prevenção e de tratamento.

LEIA MAIS

Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo eletricidade

(Foto: Ilustração)

Com a chegada das férias escolares, as crianças costumam passar mais tempo em casa realizando atividades de lazer e brincadeiras. Neste período, o tempo livre pode representar um risco, quando cuidados prévios não são tomados. Por isso, o uso seguro da energia é mandatório em todas as idades. Para minimizar os perigos, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta sobre os cuidados necessários para prevenir e evitar acidentes domésticos envolvendo a eletricidade.

O uso de aparelhos eletroeletrônicos e eletrodomésticos por parte das crianças tende a aumentar nesse período, sendo importante redobrar a atenção durante o uso. O acesso à geladeira, por exemplo, não deve acontecer de modo algum com os pés descalços. Nunca se deve manter contato com eletrodomésticos quando o corpo está molhado. Esse cuidado deve ser ainda maior nas casas com piscina ou na praia, uma vez que é comum as pessoas saírem molhadas e abrirem freezers e refrigeradores.

Cada vez mais comum, os celulares, tablets e notebooks devem ter uma atenção especial ao serem recarregados. A primeira ação, e a mais básica, é manter as crianças longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Também é importante que o uso do aparelho seja suspenso durante seu carregamento. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

LEIA MAIS

Mais de 250 pessoas são atendidas na Policlínica do Hospital Universitário durante mutirão de combate ao câncer de pele

(Foto: Ascom)

No último sábado (7), ocorreu na Policlínica do Hospital Universitário, um mutirão de atendimentos para avaliação de lesões suspeitas de câncer de pele. A ação faz parte da campanha Dezembro Laranja, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para combater a doença. O Hospital Universitário apoia e colabora com a causa desde o ano de 2016.

O mutirão contou com a participação voluntária de 11 dermatologistas, quatro cirurgiões, além de residentes e estudantes. Mais de 250 pessoas passaram pelas consultas, 50 delas apresentaram lesões compatíveis com o câncer e 25 foram submetidas, no mesmo dia, a procedimentos cirúrgicos para tratamento. Os outros pacientes já estão com suas cirurgias agendadas.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina realiza ação de combate ao Aedes aegypti no João de Deus

(Foto: Duda Oliveira)

Nesta sexta-feira (6), Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti, os agentes de combate às endemias de Petrolina percorreram as ruas do bairro João de Deus, um dos maiores bairros da cidade, em uma ação educativa de conscientização da população com foco na eliminação de possíveis criadouros do mosquito.

Durante toda a amanhã, os agentes – coordenados pela equipe da Secretaria de Saúde – bateram de porta em porta para falar sobre os riscos do Aedes. O João de Deus foi escolhido por ser um bairro com histórico de infestação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, o objetivo da ação é reforçar o combate ao vetor transmissor, além de alertar a população sobre as medidas necessárias para evitar a proliferação do mosquito em suas residências.

LEIA MAIS

Petrolina e Juazeiro reforçam ações na Semana Nacional de Mobilização contra o Aedes Aegypti

(Foto: Ascom/PMP)

Ao longo desta semana, os municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) estão realizando diversas atividades para alertar a população sobre a importância de combater a proliferação do Aedes aegypti.

Nesta sexta-feira (6), a prefeitura vai realizar um mutirão no bairro João de Deus, em alusão à Semana Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti, das 7h30 às 12h30. O objetivo é prevenir contra a dengue, chikungunya e zika vírus, doenças transmitidas por esse vetor.

LEIA MAIS
123