Pilão Arcado: Orgeto Bastos vence eleição suplementar e assume comando da cidade até o final do ano

Orgeto Bastos assume até 31 de dezembro de 2020 (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A eleição suplementar para a Prefeitura de Pilão Arcado (BA) terminou com vitória de Orgeto Bastos (Patriota). Após a apuração de domingo (2), Orgeto venceu com 69,16% dos votos válidos (12.335 votos). O candidato Raimundo Nonato Dias, o Mundoca, conseguiu apenas 30,84% (5.500 votos).

LEIA TAMBÉM

TSE cassa diplomas do prefeito e vice de Pilão Arcado, município deverá fazer nova eleição

No balanço do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia, o pleito foi tranquilo, sem filas e sem a necessidade de troca das urnas de votação. Mais de 74% dos eleitores aptos compareceram à votação, outros 25,25 se abstiveram de eleger o prefeito. Orgeto Bastos será diplomado no dia 14 e assume Pilão Arcado até o final desse ano.

A votação suplementar foi solicitada após o prefeito e vice eleitos em 2016 terem seus mandatos cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral, e, junho de 2019, acusados de abuso de poder político, econômico e de autoridade. Em nota, Mundoca reconheceu a vitória do adversário.

Cabrobó poderá ter 9 candidatos a prefeito em 2016

Eleições 2016

“Deve ser bom ser prefeito”, declarou um político em uma conversa em off outro dia com à imprensa e, para se ter uma ideia o cargo deve garantir algumas vantagens no cotidiano dos executivos brasileiros, principalmente na vida de políticos de carreira, prova disso, o rumo da política em Cabrobó, está com uma lista de pelo menos 9 pré-candidatos à sucessão municipal da cidade.

Os nomes que fazem parte da gorda lista de pré-candidatos a prefeito de Cabrobó são: Auricélio Torres (PSB), atual prefeito, Romero Gomes (PR), atual vice-prefeito; Mario Barros (Solidariedade), ex vice-prefeito, Dermeval Menezes (sem partido), ex vice-prefeito.

Também aparecem na lista divulgada na imprensa Eudes Caldas (PTB), ex-prefeito, é o número 1 na lista da oposição, Edgar Caldas (PTB), ex-prefeito, Marcos de Neuma (PSB), Antonio de Nestor (PRP), sindicalista e ex-candidato a prefeito; e ainda Marcilio Cavalcanti (PMDB).

Parece que o eleitor de Cabrobó terá que ouvir muito discurso para escolher quem será o candidato que merece aperta o sim na urna no dia 2 de outubro, aos seres comuns restam aguardar cenas do próximo capitulo deste teatro da vida real.