China acelerará envio da matéria-prima de vacina de covid-19, diz Maia

(Foto: Divulgação/Instituto Butantan)

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (20), após reunião virtual com o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, que o atraso na liberação de insumos chineses para a produção da CoronaVac no Brasil se deve a razões técnicas e não políticas.

Maia destacou que o embaixador deixou claro que não há obstáculo diplomático para entrega do material para os imunizantes. Segundo o presidente da Câmara, o governo chinês se comprometeu em trabalhar para acelerar a exportação dos insumos para a fabricação de vacinas contra a covid-19 no Brasil.

LEIA MAIS

Objeto luminoso visto sobre o céu do Nordeste é o foguete chinês que vai à lua

Populares registraram a passagem de um foguete chinês na noite desta segunda-feira (23) sobre o céu de alguns estados do Nordeste. Trata-se da espaçonave que foi lançada pela China na superfície lunar com o objetivo de ser a primeira nação a trazer de volta rochas lunares e amostras de solo em mais de quatro décadas, segundo o The New York Times.

De acordo com o tenente Romário Fernandes, professor de astronomia do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros do Ceará (CMCB), o foguete foi lançado e, quando atingiu uma determinada altitude, acionou seus motores. Para realizar essa etapa, o objeto começou a expelir gases, que reagiram à incidência solar e deram luminosidade ao foguete, fazendo com que ele pudesse ser visto.

“A facilidade de ver (o foguete) no Nordeste é porque aqui escurece mais cedo do que no Sul ou Sudeste. (…) Pra eles lá (sulistas e sudestinos) ainda estava claro quando o foguete passou. Se estivesse escuro seria melhor de ver”, explica o astrônomo. Ainda de acordo com Romário, o pouso do objeto na Lua deve acontecer daqui a quatro dias, estando seu retorno à terra previsto para primeira metade de dezembro.

Veja vídeo do lançamento:

Adagro alerta produtores sobre sementes recebidas pelos correios vindas de outros países

(Foto: Ascom/Adagro)

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário, alerta os pernambucanos quanto ao risco de receberem material vegetal, como sementes, vindas pelos correios de países como a China, sem terem sido solicitadas e sem a autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

No Brasil já houve relatos em cinco estados quanto ao recebimento de pacotes com sementes sem nenhum tipo de solicitação. Pessoas dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná já relataram a chegada dessas sementes.

LEIA MAIS

Aluno do SENAI Petrolina busca vaga para competição mundial de profissões que acontecerá na China

(Foto: Ascom/SENAI)

Em outubro, o aluno do SENAI Petrolina, Yago Amaro da Silva, irá participar em Taguatinga (DF), da primeira fase da etapa nacional de seleção para a 46ª edição da WorldSkills, competição mundial de profissões técnicas que acontecerá em Shangai, na China, em 2021.

Selecionado para representar o Estado na modalidade Tecnologia Automotiva, o petrolinense de 19 anos, está a todo vapor nos treinamentos ainda que enfrentando muitas dificuldades devido à pandemia do novo coronavírus. “Estou me dedicando exclusivamente à esta competição. Estou dando o melhor de mim e espero conquistar uma boa colocação”, salientou.

LEIA MAIS

Brasil recebe carregamento recorde de 11,8 milhões de máscaras

(Foto: Reprodução / Ministério da Infraestrutur)

Uma aeronave chegou nesta terça-feira (7) a São Paulo transportando mais 11,8 milhões de máscaras cirúrgicas de procedência chinesa. O voo trouxe a maior quantidade de insumos para combate à pandemia transportado de uma única vez no Brasil, segundo o Ministério da Infraestrutura.

A carga faz parte da encomenda de equipamentos de proteção individual (EPIs) feita pelo Ministério da Saúde, com a coordenação operacional viabilizada pelo Ministério da Infraestrutura. Segundo os registros dos ministérios, essa é a 35ª remessa de mais de 40 previstas.

LEIA MAIS

Testes de vacina chinesa contra coronavírus começa dia 20 no Brasil

(Foto: CDC/Unsplash)

O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (6) que o recrutamento de voluntários para a terceira fase de testes da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa de biotecnologia Sinovac começa na próxima segunda-feira (13).

Na sexta (3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a nova etapa do projeto realizado pelo laboratório chinês em parceria com o Instituto Butantan. Em todo o Brasil, serão escolhidos 9 mil voluntários distribuídos em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal. Segundo o governador João Doria (PSDB), após o recrutamento, a vacina deve começar a ser aplicada nos voluntários no dia 20 de julho.

LEIA MAIS

Mais 48 respiradores chegam à Bahia para reforçar luta contra o coronavírus

(Foto: AXEL HEIMKEN / POOL / AFP)

Mais 48 respiradores chegaram ao Aeroporto Internacional de Salvador, no início da tarde desta quinta-feira (21), em um voo comercial da Latam. Fabricados na China, os equipamentos foram adquiridos pelo Estado e serão utilizados na montagem de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na capital e no interior.
A carga chega menos de 24 horas depois de outra remessa, composta por 159 equipamentos do mesmo tipo, desembarcar no aeroporto, na noite desta quarta-feira (21).

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, foi acompanhar de perto a chegada do material. “Duas pessoas podem usar um respirador durante um mês e isso pode significar a preservação de, pelo menos, 96 vidas. Não descansaremos até que todos os respiradores necessários para abrir os mais de 600 leitos de UTI previstos nas ações de combate à pandemia”, afirmou.

Essas máquinas serão utilizadas na abertura de leitos nos centros exclusivos de tratamento da Covid-19 montados pelo Estado em Salvador, na Arena Fonte Nova, Couto Maia e nos hospitais Ernesto Simões e do Subúrbio e também em unidades hospitalares do interior, a exemplo do Hospital do Oeste, em Barreiras, e Costa do Cacau, em Ilhéus, além de outras unidades contratadas pelo governo baiano em todo o território estadual.

EUA investigam se coronavírus saiu de laboratório em Wuhan, na China

(Foto: Ilustração)

O governo dos Estados Unidos não parece excluir a hipótese de que o novo coronavírus, que originou uma pandemia com mais de 137.000 mortos no mundo, possa ter vindo de um laboratório na cidade chinesa de Wuhan, e pediu uma “investigação” para saber sobre sua origem.

“Estamos conduzindo uma investigação exaustiva sobre tudo o que podemos saber sobre como vírus se propagou, contaminou o mundo e causou essa tragédia”, declarou o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, no canal Fox News.

LEIA MAIS

Respiradores artificiais da China que seguiriam para a Bahia são retidos no EUA e não serão enviados ao Brasil

Paciente grave com coronavírus usa respirador artificial em Centro de Terapia Intensiva próximo a Paris (Foto: BENOIT TESSIER/REUTERS)

Em mais um capítulo da novela dos cancelamentos de suprimentos médicos fornecidos pela China, 600 respiradores artificiais ficaram retidos no aeroporto de Miami, nos EUA, de onde seriam enviados ao Brasil. A informação foi antecipada pela Folha de S.Paulo.

A carga, no valor de R$ 42 milhões, havia sido adquirida pelos estados do Nordeste, por meio de um contrato assinado entre o fornecedor (não identificado) e o governo da Bahia.

Ao Jornal O GLOBO, a assessoria de imprensa da Casa Civil do estado disse que “a operação de compra dos respiradores foi cancelada unilateralmente pelo vendedor”, que não deu maiores explicações, apenas que a carga teria outro destino. O valor não chegou a ser desembolsado pelo governo da Bahia.

LEIA MAIS

Mortes por coronavírus na China passam de 2.660

(Foto: Internet)

Autoridades de saúde da China informaram que outras 71 pessoas morreram na segunda-feira em decorrência de infecção causada pelo coronavírus, elevando o número total de mortes na China continental para 2.663.

Ainda segundo as autoridades, 508 novos casos foram reportados, elevando o número total de pessoas infectadas para 77.658.

O número de novas infecções fora da província de Hubei, onde o surto teve início, foi de apenas nove casos. Nenhuma nova infecção foi confirmada em 23 das 31 províncias, cidades e outras unidades administrativas em toda a China.

LEIA MAIS

China já tem mais de 2.300 casos do novo coronavírus

(Foto: Internet)

Autoridades de saúde pública da China confirmaram, na última sexta-feira (21), mais 109 mortes pelo novo coronavírus, elevando o total para 2.345 em todo o país. A maior parte ocorreu em Hubei, província onde o surto de coronavírus surgiu.

As autoridades informaram sobre um número adicional de 397 casos confirmados, elevando o total de infecções para 76.288. Acrescentaram que o vírus está se alastrando em diversas prisões nas províncias de Hubei, Zhejiang e Shandong, onde mais de 500 presos e agentes penitenciários foram infectados.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), não foi estabelecido um tratamento definitivo para a doença. Contudo, a organização está aguardando os resultados de dois ensaios clínicos, incluindo uma combinação de medicamentos antivirais usados no tratamento do HIV. Os resultados devem ser conhecidos em três semanas.

LEIA MAIS

Número de mortes pelo novo coronavírus chega a 722 na China

(Foto: Reuters/Nguyen Huy Kham/direitos reservados)

O número de mortes provocadas pelo surto do novo coronavírus na China aumentou hoje (8) para 722, anunciou a Comissão Nacional de Saúde chinesa, que registrou um aumento de novos casos superior ao que vinha sendo registrado nos últimos dias. Hoje, contam-se mais 3.399 casos, enquanto na sexta-feira (7) foram registradas 3.143 novas infeções, após vários dias em que o número de casos estava caindo.

As autoridades de saúde estão tratando 6.101 pacientes em estado grave e já deram alta a 2.050 pessoas que contraíram a pneumonia provocada pelo novo coronavírus, detectado pela primeira vez na cidade chinesa de Wuhan, na província central de Hubei.

Desde o começo do surto, já foram acompanhadas 345.498 pessoas por suspeita de infecção, 189.660 das quais continuam sob observação.O médico chinês que deu o primeiro alerta sobre o surto do novo coronavírus morreu na quinta-feira (6), depois de ter contraído pneumonia na semana passada, anunciou o hospital onde estava internado. O oftalmologista Li Wenliang, de 34 anos, foi “infelizmente contaminado durante o combate à epidemia de pneumonia do novo coronavírus”, afirmou, em sua conta no Facebook, o Hospital Central de Wuhan.

LEIA MAIS

Número de mortes pelo coronavírus chega a 304 na China

(Foto: Reuters/Nguyen Huy Kham/direitos reservados)

Neste domingo (2), autoridades sanitárias da China anunciaram que outras 45 pessoas morreram na província de Hubei, o centro da epidemia de coronavírus. Até o momento, o número total de mortes na China continental chega a 304.

A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou que 2.590 novos contágios foram registrados, elevando o número total de casos para 14.380. Segundo relatos, 2.110 pacientes encontram-se em estado grave.

LEIA MAIS

Pernambuco entra em negociação para atrair voos da China e Rússia

(Foto: Internet)

Pernambuco está trabalhando para atrair novos voos para o estado, e a China e a Rússia estão na mira, em negociações abertas com os dois países. Enquanto a expectativa é de viabilizar uma rota entre a companhia aérea chinesa através do Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes/Gilberto Freyre, as negociações com a empresa russa têm o Nordeste como foco, mas Pernambuco desponta como forte candidato. Além disso, também existe um trabalho para que a empresa aérea Globalia, que ganhou licença para operar voos domésticos no Brasil, tenha o estado como um concentrador para suas operações em território nacional.

De acordo com Rodrigo Novaes, secretário de Turismo de Pernambuco, uma equipe está em Shangai, na China, participando de negociações para conquistar voos do país asiático para o estado. “Estamos buscando parceiros para conquistar esse voos da China para o Brasil. Apesar de o (oceano) Pacífico também ter ligação, a menor distância é pelo Nordeste, vindo pelo Atlântico. E há a possibilidade de conquistarmos”, afirmou. Ele ressalta que daqui a 20 anos, 30% dos turistas que irão viajar pelo mundo serão de chineses. “É um mercado que temos muito interesse, estamos dando atenção e buscando compreender o mercado para firmar parcerias”, complementou.

LEIA MAIS

Parceria entre Bahia e China resultará na implantação de novas usinas para produção de açúcar e álcool

(Foto: A Tarde/Reprodução)

A região do São Francisco na Bahia receberá novas usinas para produção de açúcar e álcool. A notícia foi dada durante a semana pelo vice-governador João Leão, que também é secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado.

De acordo com o Governo da Bahia, pelas contas do governo baiano, com base no protocolo de intenções, assinado em outubro de 2018 e na confirmação de interesse dos estrangeiros, preveem injetar no setor mais de R$ 2 bilhões, segundo o gestor estadual.

“A grande produtividade baiana de cana-de-açúcar, de 320 a 350 toneladas por hectare, hoje é a maior do Brasil. Temos todo potencial e saímos na frente na atração de novas usinas”, disse Leão em visita a China na quinta-feira (28), em busca de apoio para o projeto.

A primeira usina do complexo sucroalcooleiro tem investimento de R$ 107 milhões e previsão de 200 empregos diretos e mais de seis mil indiretos. “Novas unidades vão chegar nos próximos meses para completar o mapa e consolidar o complexo para a produção de açúcar e álcool”, afirma o vice-governador. (Com informações de A Tarde).

12