Petrolina: homem é morto a tiros na porta de casa, no bairro João de Deus

Homem tinha 40 anos (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Petrolina registrou mais um homicídio em fevereiro. Um homem de 40 anos foi morto a tiros, na Rua 07, no bairro João de Deus, na noite de domingo (16). Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, a vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, efetuados por uma pessoa ainda não identificada.

A vítima estava na frente de sua residência e não resistiu aos ferimentos. A Delegacia de Homicídios instaurou um inquérito para apurar o crime e elucidar esse homicídio. Fevereiro tem sido um mês violento no município e os crimes têm similaridades: indivíduos chegam armados, atiram e fogem em seguida.

Um dos casos de maior repercussão nesse mês foi o de Ercílio Freire, irmão do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB). A Polícia Civil ainda investiga esse crime.

 

Petrolina: delegado dá detalhes sobre caso de criança enterrada em vala

Delegado pede ajuda da população para identificar criança encontrada morta (Foto: Blog Waldiney Passos)

O delegado Magno Neves, responsável pela investigação do caso envolvendo uma criança encontrada morta em Petrolina na segunda-feira (13) participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos de hoje (14), na Rádio Jornal e deu mais detalhes sobre os trabalhos da Polícia Civil.

LEIA TAMBÉM:

Corpo de criança é encontrado enterrado em vala no bairro Pedra Linda, em Petrolina

Segundo Neves, a vítima aparenta ter dois anos e é do sexo masculino. Ela estava enterrada em uma vala rasa, sem roupa, foi encontrada por pessoas que passavam pelo local que acionaram a polícia. Os indícios apontam para homicídio, mas todas as hipóteses são analisadas. “Foram lesões na região do estômago causado por instrumento contundente”, afirmou o delegado.

LEIA MAIS

Violência: Petrolina registra mais um homicídio 

Vítima morreu no local (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um homem foi morto a tiros na manhã dessa segunda-feira (13), em Petrolina. A vítima estava em uma motocicleta quando foi baleada por pessoas ainda não identificadas, em frente ao Curtume Modernos, no bairro Fernando Idalino Bezerra.

LEIA TAMBÉM:

Homem é morto a tiros no bairro Santa Luzia

A vítima ainda não foi identificada pela Polícia Civil. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios que está em diligências atrás dos executores.

Homem é morto a tiros no bairro Santa Luzia

Vítima morreu na frente de casa (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O final de semana também foi violento em Petrolina. Um homem foi morto a tiros na noite de domingo (12), no bairro Santa Luzia. A vítima estava na frente de sua residência, na Rua 10 quando foi alvejada por disparos de arma de fogo.

Homens ainda não identificados chegaram em um carro, desceram e atiraram contra a vítima, Marcos Roberto dos Santos Ferreira, que tinha 38 anos e morreu no local. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

Petrolina registra dois homicídios em 24 horas

Câmeras de monitoramento flagraram vítima (à direita) correndo (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O final de semana foi violento em Petrolina. Na noite de sábado (21) um homem foi morto a tiros no Sítio Porteiras, zona rural de Petrolina. A vítima foi identificada como Sebastião Lima da Silva. A Polícia Civil de Pernambuco não deu mais detalhes sobre a ocorrência.

Já na noite de ontem (22), um homem identificado como Givaldo Lima foi atingido por golpes de arma branca, no bairro José e Maria. Câmeras de monitoramento flagraram a vítima correndo por uma rua, pedindo ajuda da população.

Contudo, Givaldo morreu antes da chegada do socorro. A Delegacia de Homicídios está apurando as duas ocorrências.

Polícia Civil de Petrolina pede ajuda para identificar suspeito de matar mulher no João de Deus

Suspeito aparece em vídeo acompanhado da vítima (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Petrolina divulgou imagens do suspeito de assassinar uma mulher no bairro João de Deus, no último dia 17 de novembro. Edilena Maria de Fátima Pereira foi encontrada morta dentro de uma residência abandonada na Rua 42, com perfurações de arma branca, caracterizando crime de homicídio.

LEIA TAMBÉM:

Mulher é encontrada morta com sinais de abuso sexual no João de Deus

De acordo com a 26ª DESEC, Edilena havia desaparecido na noite anterior ao assassinato. Na cena do crime as equipes da Delegacia de Homicídios também encontraram uma faca do tipo peixeira, um boné, cueca e uma camisa sujas de sangue, que foram periciados.

LEIA MAIS

Caso Sirlael: segundo relato de testemunhas, dois homens teriam participado de homicídio

Assessor parlamentar foi morto a tiros na noite de ontem

Mais cedo o Blog entrou em contato com a Polícia Civil de Pernambuco, em busca de atualizações sobre a morte do assessor parlamentar da Câmara de Vereadores de Petrolina, Sirlael Lamarques Souza, de 25 anos. Ele foi morto a tiros na noite da última segunda-feira (3), na zona rural da cidade.

Através de nota a polícia informou que duas pessoas teriam praticado o crime, por volta das 19h. “Segundo relatos, dois homens chegaram em uma moto, efetuaram os disparos contra a vítima e fugiram. Eles estavam usando capacetes”, informa a nota.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores de Petrolina lamentam morte de líder comunitário

Corpo de líder comunitário assassinado em Petrolina será sepultado em Casa Nova

Os suspeitos até o momento não foram identificados. O delegado da Delegacia de Homicídios, Gabriel Sapucaia afirmou que duas testemunhas foram ouvidas ainda na noite do crime. “Imediatamente nós fomos ao local do crime e conseguimos conseguir testemunhas, estamos em diligências para poder identificar os autores“, disse Sapucaia.

O corpo de Sirlael está sendo velado na Vila Nova do N8 e agora de tarde seguirá para Casa Nova (BA), onde será sepultado. Ele também era líder comunitário e funcionário do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados de Petrolina (STTAR).

Presos, suspeitos de matar servidor da Prefeitura não demonstraram arrependimento segundo polícia

Tênis da vítima foi abandonado em terreno e recuperado pela Polícia Civil de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

A morte de Marcos César Zefino de Souza, servidor da Prefeitura de Petrolina que foi brutalmente assassinado no sábado (2), foi elucidada. Os quatro suspeitos de cometer o latrocínio – roubo seguido de morte – foram presos pela Polícia Civil da cidade na noite de segunda-feira (4) no Porto da Ilha, zona rural da cidade.

Segundo a polícia, os quatro envolvidos têm passagem. Três deles por crimes cometidos enquanto menores. Já Henrique Laurindo de Brito, de 21 anos apontado pelas investigações como líder do crime foi detido anteriormente por lesão corporal.

LEIA TAMBÉM:

Suspeitos de latrocínio contra servidor da Prefeitura de Petrolina são presos

Ele teve apoio de Alisson Pereira da Silva, vulgo Liu, de 23 anos; Janderson Santos de Souza, mais conhecido como Jandinho, de 24 anos e Davi Alves da Silva de 20 anos estavam em um bar no bairro Fernando Idalino Bezerra quando decidiram executar assaltos na região onde Marcos foi morto.

“Nós conseguimos informações que os suspeitos residiam no Porto da Ilha, logo em seguida realizamos diligências na região e conseguimos identificar uma testemunha. Eles estavam no Porto da Ilha e foram ingerir bebida alcoólica no Idalino e no decorrer da ingestão eles foram praticar alguns delitos para obtenção de dinheiro, para comprar drogas e bebidas. A empreitada não foi bem sucedida, eles retornaram ao estabelecimento e logo após os quatros suspeitos foram novamente atrás de pessoas e localizaram a vítima que estava fazendo sua caminhada matinal”, explicou o delegado Gabriel Sapucaia, da Delegacia de Homicídios durante coletiva de imprensa hoje (5).

LEIA MAIS

Acusados de cometer homicídio em Petrolina são presos no Mato Grosso do Sul

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Após trocas de informações entre as Polícias Civil de Petrolina e de Campo Grande (MS) três homens acusados de envolvimento com um homicídio praticado em Petrolina foram presos. Ailton Luiz da Silva, Emerson Siqueira da Silva e Enderson Siqueira da Silva – pai, filho e sobrinho – foram detidos na tarde de quarta-feira (28) no Mato Grosso do Sul.

O trio teria assassinado Francisco de Assis Resende no bairro Jardim Amazonas, no dia 10 de setembro desse ano, após uma discussão. O filho da vítima teria se envolvido discutido com Ailton que agrediu o jovem, um dia antes do homicídio.

LEIA TAMBÉM:

Homem morre após discussão no Jardim Amazonas, em Petrolina

Sabendo do fato, Francisco foi até a residência dos acusados – que eram vizinhos no mesmo bairro – mas os três já aguardavam a vítima armados. Emerson sacou uma arma e atirou diversas vezes contra Francisco que ainda foi agredido com golpes de faca.

As investigações do crime ficaram a cargo dos delegados Magno Neves e Gabriel Sapucaia, da 25ª Delegacia de Homicídios de Petrolina, responsáveis por identificar a passagem do trio por vários estados, até chegarem ao Mato Grosso do Sul. Apesar de foragidos, contra os três foram expedidos os mandados de prisão na Vara do Júri da Comarca de Petrolina.