Saiba como se prevenir das viroses e outras doenças durante o carnaval

Devido à aglomeração de pessoas, o carnaval é um ocasião propícia para o aparecimento de algumas doenças, como é o caso das gripes e viroses. Entre o grupo de patologias também estão a mononucleose, popularmente conhecida como “doença do beijo”, as intoxicações alimentares, a leptospirose (devido às chuvas) e as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

“Para tentar se prevenir o folião deve lavar bem as mãos, ter uma boa higiene bucal, evitar compartilhar objetos pessoais, e ter contato íntimo com responsabilidade. Além disso, é essencial manter uma boa alimentação e hidratação”, orienta a enfermeira gerente do Núcleo de Educação Permanente da UPAE, Andreska Ferreira.

LEIA MAIS

UPAE e HDM alertam para o que deve ser feito em casos de picada de escorpião

(Foto: Divulgação)

Os acidentes envolvendo escorpiões agora no verão, especialmente em Pernambuco, têm sido noticiados com maior frequência. Pensando nisso, para tirar as dúvidas da população, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e o Hospital Dom Malan, ambos geridos pelo IMIP em Petrolina, esclarecem e dão algumas dicas.

De acordo com a coordenadora médica da UPAE, Bruna Spíndola, em geral os acidentes acontecem com o escorpião do tipo amarelo, menos venenoso. “Este é o tipo mais prevalente em nossa região. Então, os sintomas costumam ser menos graves, principalmente em adultos”, esclarece.

Diante de um acidente, a médica explica que é importante manter a calma, lavar o local com sabão e água corrente e direcionar a vítima para um serviço de urgência e emergência, que neste caso pode ser a UPA 24h de Petrolina. Já os casos mais graves com indicação de infusão de soro são direcionados para outras referências na rede. “Como não somos a referência nesse tipo de acidente, não dispomos do soro antiescorpiônico em nossa unidade”, acrescenta.

LEIA MAIS

Dermatologista do IMIP alerta para cuidados com a pele durante o verão

(Foto: Internet)

No verão, os cuidados com a pele devem ser redobrados devido às altas temperaturas, sobretudo no Nordeste. Nesta estação do ano, vários fatores deixam a pele sensibilizada: o sol, a praia, a piscina. E embora seja considerada, por muitos, a temporada mais divertida do ano, esta época representa várias agressões para a barreira protetora da pele.

De acordo com o dermatologista do IMIP, Valter Kozmhinsky, é muito importante o uso de protetor solar para se proteger do sol. O médico dá algumas dicas de como utilizá-lo de forma eficaz e segura, chamando a atenção para o cuidado redobrado que os pais devem ter com as crianças.

Confira as dicas

– O protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, mas se houver exposição excessiva ao sol, atividades na água, ou muita perda de suor, a reposição deve ser reforçada de hora em hora. Essa recomendação vale, inclusive, para aqueles que preferem a sombra, pois a luz solar é refletida na água e na areia, por exemplo.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina divulga dicas sobre o que fazer em casos de acidentes com escorpiões

(Foto: Ascom/PMP)

Com a chegada do verão e do período chuvoso, principal época de reprodução dos escorpiões, o número de acidentes com animais peçonhentos tende a aumentar. Pensando nisso, a Prefeitura de Petrolina divulgou medidas que vão auxiliar a população na prevenção de novos casos.

Os escorpiões têm hábitos noturnos e se alimentam, principalmente, de insetos e aranhas. Em Petrolina, o combate desse animal, é feito pela gestão municipal através da captura das espécies e de orientações repassadas à população pelos agentes de saúde e de endemias. Mas, as ações por parte dos moradores são de suma importância, como a limpeza de terrenos e quintais, por exemplo.

“A gente salienta a importância de cada morador avaliar seu imóvel e eliminar possíveis situações que tornem a residência atraente para o surgimento de insetos, principalmente baratas, pois irá promover a proliferação de escorpiões. O lixo doméstico deve ser colocado em sacos plásticos ou cestos de lixo, devidamente fechados, para posterior coleta. É importante também evitar nas residências acúmulo de entulhos, telhas, blocos e madeiras”, frisa a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

LEIA MAIS

Confira as dicas do Prodecon Petrolina que vão te ajudar durante compra do material escolar

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O período ainda é de férias, mas muitos pais já iniciaram a procura pelo material escolar da garotada. E para ajudar o consumidor de Petrolina, o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) repassou algumas dicas para evitar que os consumidores tenham seus direitos desrespeitados.

“Os órgãos de defesa do consumidor orientam que os pais comprem apenas itens que sejam usados, exclusivamente, pelos alunos. Ou seja, os pais ou responsáveis não devem efetivar compra de materiais de uso coletivo. O ideal também é que as instituições de ensino apresentem junto à lista de material escolar o plano pedagógico para justificar o motivo daquela solicitação”, explica a a assessora jurídica do Prodecon, Valdene Pedone.

Outra orientação importante é sobre a compra de agendas escolares padronizadas com o calendário de atividades da escola. De acordo com o Prodecon, a compra desse produto deve ser opcional, e os pais ou responsáveis podem solicitar o calendário de atividades por outros meios.

LEIA MAIS

Inmetro dá dicas de segurança na compra de material escolar

(Foto: Blog Waldiney Passos)

No ato de compra do material escolar para o novo ano letivo, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) orienta os pais e responsáveis pelos estudantes que procurem o selo de identificação da conformidade nos 25 produtos que estão na listagem de regulamentação do órgão, ligado ao Ministério da Economia.

Os pais devem evitar comprar no mercado informal, porque não há garantia de procedência e também para evitar produtos que ofereçam risco à saúde das crianças, como substâncias tóxicas que podem ser levadas à boca, ingeridas ou inaladas, ou causar acidentes por meio de bordas cortantes ou pontas perigosas. Além disso, devem procurar sempre a indicação de faixa etária, adquirindo artigos de acordo com a idade dos filhos.

LEIA MAIS

Blog Waldiney Passos dá dicas para não cair em golpes ou fraudes na Black Friday

(Foto: Divulgação)

Na próxima sexta-feira (29), os brasileiros devem sair às ruas em busca de bons preços com a Black Friday. A data só fica atrás do natal no varejo nacional. Durante a ação, os consumidores buscam produtos eletrônicos, de informática, moda, acessórios, e casa e decoração.

Entretanto, é preciso ficar alerta a possíveis golpes ou fraudes. A data é a oportunidade perfeita para enganar qualquer consumidor menos atento e transformar o dia na conhecida “Black Fraude”.

Pesquisa antes de comprar

Antes de realizar qualquer compra, uma breve busca em aplicativos e sites de comparação de preço pode livrar o consumidor de uma roubada. É importante estar atento às qualificações técnicas dos produtos.

LEIA MAIS

Saiba como tirar nota mil na redação do Enem

(Foto: Reprodução/Internet)

Redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que alcançaram a nota máxima têm pelo menos seis pontos em comum: demonstram domínio da modalidade escrita formal, respeitam os direitos humanos, têm proposta de intervenção para o problema apresentado no tema, têm repertório sociocultural, atendem ao tipo textual dissertativo-argumentativo e apresentam as características textuais fundamentais, como coesão e coerência.

Esses foram os aspectos destacados por especialistas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que comentaram sete redações que tiraram nota mil no Enem 2018. O tema do ano passado foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

LEIA MAIS

Dia das Crianças: Prodecon dá dicas para compras seguras em Petrolina

Comércio na Rua Dom Vital. (Foto: ASCOM/ Prefeitura de Petrolina)

Para livrar os consumidores petrolinenses das dores de cabeça com as compras do Dia das Crianças, celebrado no próximo sábado (12), o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) dá algumas dicas importantes para a hora das compras.

A primeira dica é fazer um planejamento sobre o que comprar e quanto gastar para não comprometer o orçamento mensal. Segundo o diretor presidente do órgão, vinculado à prefeitura, Dhiego Serra, alguns consumidores acabam se envolvendo com o clima atrativo das lojas e ultrapassam o valor estimado para gastos o que pode ocasionar novas dívidas.

“É muito importante que as pessoas não comprem por impulso, é sempre bom pesquisar e procurar adquirir o produto dentro do seu orçamento e assim evitar se endividar. Muitas dívidas de cartão de crédito e negativação do nome do cliente, por exemplo, decorrem de períodos festivos nos quais o consumidor se empolga com as facilidades e depois acaba não conseguindo quitar o débito o que se transforma numa bola de neve”, destaca.

LEIA MAIS

Dia Nacional da Saúde: Confira algumas dicas para manter a qualidade de vida

(Foto: Internet)

Praticar atividades físicas, manter uma alimentação saudável e cuidar da saúde mental. Esses são ingredientes importantes para ter um corpo e mente equilibrados.Para reforçar a importância desse hábitos, anualmente é celebrado no dia 5 de agosto o Dia Nacional da Saúde.

O Dia da Saúde também serve para homenagear e recordar a vida e o trabalho de Oswaldo Cruz, um dos principais responsáveis pelas erradicações de perigosas epidemias que acometeram o Brasil no final do século XIX e começo do século XX.

O Dia Nacional da Saúde foi oficializado e inserido no calendário oficial brasileiro através do Decreto de Lei nº 5.352, de 8 de novembro 1967, do Ministério da Saúde e da Educação e Cultura. O dia 5 de agosto foi escolhido para celebrar o Dia Nacional da Saúde por ser a data de nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz.

LEIA MAIS

Após anúncio de bandeira vermelha, Celpe dá dicas para economizar energia

(Foto: Ilustração)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (26) que a bandeira tarifária para o mês de agosto será Vermelha Patamar 1, com custo de R$ 4,00 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia e dos custos relacionados ao risco hidrológico em patamares condizentes com o da Bandeira Vermelha 1”, diz informe divulgado pela Aneel.

LEIA MAIS

Férias escolares: Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A curiosidade das crianças pode levá-las a algumas situações perigosas, principalmente no período de férias escolares, quando elas ficam mais tempo em casa. Para minimizar os riscos com a energia elétrica, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis para prevenir e evitar acidentes domésticos, e também alerta para alguns cuidados que garantem a segurança dos pequenos e tranquilidade dos adultos.

Mais expostas ao uso da energia elétrica e contato com aparelhos eletroeletrônicos, as crianças não tem como avaliar os riscos na hora de recarregar celulares, tablets e notebooks. Sendo assim, a primeira ação, e a mais básica, é mantê-las longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Equipamentos eletrônicos como videogames e computadores somente devem ser ligados ou desligados da tomada por um adulto, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. A fiação, inclusive, deve estar em perfeitas condições. Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomado, caso contrário pode representar perigo de choque elétrico.

LEIA MAIS

Festejos juninos: saiba como se prevenir das irritações causadas pela fumaça 

(Foto: Divulgação)

Durante o período junino é comum encontrar pessoas com tosse, cansaço, nariz entupido e irritação nos olhos. Os problemas são causados por conta da fumaça das fogueiras e também dos fogos de artifício.

“A fumaça é um irritante e o aparelho respiratório reage fabricando mais catarro e as pessoas que têm asma podem entrar em crise”, explica a pneumologista pediatra do IMIP, Patrícia Bezerra. “A gente orienta que as pessoas que têm uma asma forte fiquem em ambiente ventilado”, completa.

De acordo com a especialista, as irritações podem acometer pessoas que não são asmáticas. “Mesmo que a pessoa não tenha asma ela pode ter tosse prolongada e falta de ar, por exemplo. O ideal é que não ficar muito exposto à fumaça”, alertou a médica.

LEIA MAIS

Celpe alerta para riscos envolvendo energia elétrica neste São João

Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras.

Com a proximidade dos festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. A Celpe adverte para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação da Celpe é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

LEIA MAIS

Médico especialista do HDM/IMIP alerta sobre os perigos da endometriose 

(Foto: Arquivo)

Especialista em medicina fetal do HDM/IMIP, o médico Marcelo Marques, alerta sobre os perigos da endometriose,  doença que não tem cura, mas que pode ser manejada para uma melhor qualidade de vida e alívio dos sintomas, através de práticas simples, como alimentação saudável e exercícios físicos.

A endometriose é caracterizada pelo crescimento do endométrio (tecido que reveste a parte interna do útero) e atinge cerca de 6 milhões de mulheres no país, de acordo com dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Entre os sintomas mais comuns estão presentes cólicas e outras dores intensas na região íntima. “Apenas de 20% a 25% das pacientes com endometriose não sentem dores. A dor começa durante o período menstrual, mas com o avanço da doença a paciente começa a sentir dor em todo o ciclo, podendo atingir toda a pelve. A localização da dor depende do avanço da doença e do foco da endometriose”, esclarece Marcelo.

LEIA MAIS
123