Blog Waldiney Passos dá dicas para não cair em golpes ou fraudes na Black Friday

(Foto: Divulgação)

Na próxima sexta-feira (29), os brasileiros devem sair às ruas em busca de bons preços com a Black Friday. A data só fica atrás do natal no varejo nacional. Durante a ação, os consumidores buscam produtos eletrônicos, de informática, moda, acessórios, e casa e decoração.

Entretanto, é preciso ficar alerta a possíveis golpes ou fraudes. A data é a oportunidade perfeita para enganar qualquer consumidor menos atento e transformar o dia na conhecida “Black Fraude”.

Pesquisa antes de comprar

Antes de realizar qualquer compra, uma breve busca em aplicativos e sites de comparação de preço pode livrar o consumidor de uma roubada. É importante estar atento às qualificações técnicas dos produtos.

LEIA MAIS

Saiba como tirar nota mil na redação do Enem

(Foto: Reprodução/Internet)

Redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que alcançaram a nota máxima têm pelo menos seis pontos em comum: demonstram domínio da modalidade escrita formal, respeitam os direitos humanos, têm proposta de intervenção para o problema apresentado no tema, têm repertório sociocultural, atendem ao tipo textual dissertativo-argumentativo e apresentam as características textuais fundamentais, como coesão e coerência.

Esses foram os aspectos destacados por especialistas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que comentaram sete redações que tiraram nota mil no Enem 2018. O tema do ano passado foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

LEIA MAIS

Dia das Crianças: Prodecon dá dicas para compras seguras em Petrolina

Comércio na Rua Dom Vital. (Foto: ASCOM/ Prefeitura de Petrolina)

Para livrar os consumidores petrolinenses das dores de cabeça com as compras do Dia das Crianças, celebrado no próximo sábado (12), o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) dá algumas dicas importantes para a hora das compras.

A primeira dica é fazer um planejamento sobre o que comprar e quanto gastar para não comprometer o orçamento mensal. Segundo o diretor presidente do órgão, vinculado à prefeitura, Dhiego Serra, alguns consumidores acabam se envolvendo com o clima atrativo das lojas e ultrapassam o valor estimado para gastos o que pode ocasionar novas dívidas.

“É muito importante que as pessoas não comprem por impulso, é sempre bom pesquisar e procurar adquirir o produto dentro do seu orçamento e assim evitar se endividar. Muitas dívidas de cartão de crédito e negativação do nome do cliente, por exemplo, decorrem de períodos festivos nos quais o consumidor se empolga com as facilidades e depois acaba não conseguindo quitar o débito o que se transforma numa bola de neve”, destaca.

LEIA MAIS

Dia Nacional da Saúde: Confira algumas dicas para manter a qualidade de vida

(Foto: Internet)

Praticar atividades físicas, manter uma alimentação saudável e cuidar da saúde mental. Esses são ingredientes importantes para ter um corpo e mente equilibrados.Para reforçar a importância desse hábitos, anualmente é celebrado no dia 5 de agosto o Dia Nacional da Saúde.

O Dia da Saúde também serve para homenagear e recordar a vida e o trabalho de Oswaldo Cruz, um dos principais responsáveis pelas erradicações de perigosas epidemias que acometeram o Brasil no final do século XIX e começo do século XX.

O Dia Nacional da Saúde foi oficializado e inserido no calendário oficial brasileiro através do Decreto de Lei nº 5.352, de 8 de novembro 1967, do Ministério da Saúde e da Educação e Cultura. O dia 5 de agosto foi escolhido para celebrar o Dia Nacional da Saúde por ser a data de nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz.

LEIA MAIS

Após anúncio de bandeira vermelha, Celpe dá dicas para economizar energia

(Foto: Ilustração)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (26) que a bandeira tarifária para o mês de agosto será Vermelha Patamar 1, com custo de R$ 4,00 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia e dos custos relacionados ao risco hidrológico em patamares condizentes com o da Bandeira Vermelha 1”, diz informe divulgado pela Aneel.

LEIA MAIS

Férias escolares: Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A curiosidade das crianças pode levá-las a algumas situações perigosas, principalmente no período de férias escolares, quando elas ficam mais tempo em casa. Para minimizar os riscos com a energia elétrica, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis para prevenir e evitar acidentes domésticos, e também alerta para alguns cuidados que garantem a segurança dos pequenos e tranquilidade dos adultos.

Mais expostas ao uso da energia elétrica e contato com aparelhos eletroeletrônicos, as crianças não tem como avaliar os riscos na hora de recarregar celulares, tablets e notebooks. Sendo assim, a primeira ação, e a mais básica, é mantê-las longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Equipamentos eletrônicos como videogames e computadores somente devem ser ligados ou desligados da tomada por um adulto, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. A fiação, inclusive, deve estar em perfeitas condições. Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomado, caso contrário pode representar perigo de choque elétrico.

LEIA MAIS

Festejos juninos: saiba como se prevenir das irritações causadas pela fumaça 

(Foto: Divulgação)

Durante o período junino é comum encontrar pessoas com tosse, cansaço, nariz entupido e irritação nos olhos. Os problemas são causados por conta da fumaça das fogueiras e também dos fogos de artifício.

“A fumaça é um irritante e o aparelho respiratório reage fabricando mais catarro e as pessoas que têm asma podem entrar em crise”, explica a pneumologista pediatra do IMIP, Patrícia Bezerra. “A gente orienta que as pessoas que têm uma asma forte fiquem em ambiente ventilado”, completa.

De acordo com a especialista, as irritações podem acometer pessoas que não são asmáticas. “Mesmo que a pessoa não tenha asma ela pode ter tosse prolongada e falta de ar, por exemplo. O ideal é que não ficar muito exposto à fumaça”, alertou a médica.

LEIA MAIS

Celpe alerta para riscos envolvendo energia elétrica neste São João

Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras.

Com a proximidade dos festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. A Celpe adverte para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação da Celpe é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

LEIA MAIS

Médico especialista do HDM/IMIP alerta sobre os perigos da endometriose 

(Foto: Arquivo)

Especialista em medicina fetal do HDM/IMIP, o médico Marcelo Marques, alerta sobre os perigos da endometriose,  doença que não tem cura, mas que pode ser manejada para uma melhor qualidade de vida e alívio dos sintomas, através de práticas simples, como alimentação saudável e exercícios físicos.

A endometriose é caracterizada pelo crescimento do endométrio (tecido que reveste a parte interna do útero) e atinge cerca de 6 milhões de mulheres no país, de acordo com dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Entre os sintomas mais comuns estão presentes cólicas e outras dores intensas na região íntima. “Apenas de 20% a 25% das pacientes com endometriose não sentem dores. A dor começa durante o período menstrual, mas com o avanço da doença a paciente começa a sentir dor em todo o ciclo, podendo atingir toda a pelve. A localização da dor depende do avanço da doença e do foco da endometriose”, esclarece Marcelo.

LEIA MAIS

Celpe dá dicas de como economizar energia em períodos de calor

(Foto: Arquivo)

Com o aumento das temperaturas e o uso prolongado de equipamentos como o ventilador ou ar-condicionado nas residências pernambucanas, e o anúncio da Bandeira Amarela para o mês de maio, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) dá dicas para evitar o desperdício de energia elétrica e contribuir para redução do valor da conta. Confira:

Estabeleça horários para uso de eletroeletrônicos

Controlar o uso exagerado de eletroeletrônicos como televisão, videogames e computadores é um dos principais desafios encontrados pelos adultos com crianças em casa. Estabelecer limites de horários para a utilização dos equipamentos e estimular a realização de atividades externas, além de fazer bem para a saúde, traz economia na conta de energia. Do mesmo modo, leituras em dispositivos eletrônicos podem ser substituídas pelos tradicionais livros, revistas e jornais.

LEIA MAIS

Socorrista do SAMU de Petrolina orienta sobre o que fazer em casos de engasgo

(Foto: Arquivo/SAMU)

Engasgar é uma situação em que todos estão sujeitos a passar. Mas, você sabe o que fazer quando isso acontece? O socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Petrolina, Nilton Leite, orienta sobre as medidas a serem adotadas quando esse incidente ocorrer.

Em termos de anatomia, o engasgo é um problema que atinge a epiglote, válvula responsável pelo fechamento da traqueia, que direciona o alimento para o esôfago. Quando um alimento ou líquido bloqueia a passagem de ar, o engasgo acontece. Nesses casos, caso a vítima não consiga desengasgar sozinha, é necessário receber socorro imediatamente.

“Em casos de engasgo, a vítima deve ser socorrida imediatamente, para poder reverter o quadro da maneira mais rápida possível e assim, evitar que o cérebro fique muito tempo sem receber oxigênio. Por isso, se o problema não conseguir ser solucionado, o Samu pode ser acionado por meio do telefone 192, para que sejam repassadas orientações de como se proceder com a vítima”, explicou Nilton.

LEIA MAIS

Tempo seco: especialista dá dicas de como proteger sua saúde

Otorrinolaringologista dá dicas de como proteger sua saúde no tempo seco. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mesmo com a ocorrência de chuvas nos últimos meses, e previsões que apontam dias chuvosos, a população de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) vem sofrendo com temperaturas altas. Além do calor, as pessoas estão apresentando diversos problemas respiratórios, que muitas vezes podem ser causados pela baixa umidade do ar, como explica a professora de Otorrinolaringologia da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf), Karine Lustosa:

“Quando a umidade relativa do ar está muito baixa, as pessoas podem aumentar a frequência de doenças respiratórias, como rinite, sinusite, asma, podem ficar com a garganta irritada, pigarro, sangramento nasal, obstrução nasal, coriza, dor de cabeça, tontura, sensação de areia nos olhos, pele ressecada.”

LEIA MAIS

Saiba quais são os principais benefícios previdenciários e suas formas de aquisição

(Foto; Blog Waldiney Passos)

A previdência social, órgão responsável pela seguridade do país oferece diversos benefícios que são repassados por meio da autarquia INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

É fato que para que o cidadão tenha direito ao benefício previdenciário é necessário se encaixar nos seus requisitos básicos. Se você tem dúvidas se possui algum direito, saiba os principais benefícios disponibilizados pelo INSS, e suas formas de aquisição, acompanhe:

Aposentadoria por idade

No caso da aposentadoria por idade, como o próprio nome já diz, o benefício é fornecido ao segurado que se encaixa na idade exigida pelo tipo. Caso você seja homem, o seu pedido deverá ser feito após ter realizado 65 anos idade. Já para as mulheres, a idade é reduzida sendo necessário 60 anos.

Além do requisito primordial da idade, é preciso também que haja o cumprimento do chamado período de carência. O período de carência corresponde a 180 meses (15 anos) de contribuição perante ao INSS.

Cumpriu os dois requisitos? Se dirija ao posto mais próximo da previdência social e já dê entrada administrativamente no seu benefício ou agende sua aposentadoria pela internet.

Aposentadoria por tempo de contribuição

Outra forma muito comum de aposentadoria no país é por meio do tempo de contribuição. Neste caso, não importa a idade exata do segurado e sim quanto tempo ele laborou.

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina orienta sobre volta às aulas e dá dicas de como preparar as crianças para este momento

(Foto: Big Family)

O período de férias está acabando para a maioria dos alunos e a volta às aulas é sempre animadora. Rever os amigos, compartilhar experiências e o cheirinho do material novo, geralmente, são bons motivos para as crianças levantarem cedo da cama. Mas, como nem tudo são flores, especialistas da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP de Petrolina) dão algumas dicas para esse momento.

1º – O principal é preparar a criança para voltar à rotina aos poucos 

“Converse muito com o seu filho, explique a importância dos estudos, fale sobre as novidades que ele vai encontrar na escola e esclareça sobre as novas regras. Tente fazer as crianças dormirem mais cedo nos dias que antecedem ao primeiro dia de aula e esteja disponível para tirar todas as suas dúvidas. Considero esse um bom começo”, pontua a psicóloga Tatyane Torres.

2º –  Prepare bem o lanche

“A boa alimentação é essencial para o crescimento e desenvolvimento dos pequenos. Uma lancheira saudável contém frutas, sucos e cereais integrais. Tente evitar os alimentos industrializados e que contenham altas taxas de açúcares, sal, conservantes e corantes”, alerta a nutricionista Paola Sousa.

LEIA MAIS

Dermatologista do IMIP dá dicas de como utilizar o protetor solar de maneira eficaz e segura 

(Foto: Internet)

De acordo com o dermatologista do IMIP, Valter Kozmhinsky, o uso de protetor solar é muito importante para se proteger do sol. Pensando nisso, o especialista dá algumas dicas de como utilizar o produto de forma eficaz e segura, chamando atenção para o cuidado redobrado que os pais devem ter com as crianças.

Segundo informações do especialista, o protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, mas se houver exposição excessiva ao sol, atividades na água, ou muita liberação de suor, a reposição deve ser reforçada de hora em hora.

Essa recomendação vale, inclusive, para aqueles que preferem a sombra, pois a luz solar é refletida na água e na areia, por exemplo. É indicado ainda o uso de chapéus, bonés, óculos escuros, roupas com proteção UVA e UVB, sombrinhas e sombreiros, como aliados ao uso do protetor, esse sempre indispensável.

Dicas para crianças:

– Para as crianças, os cuidados devem ser redobrados, pois o risco de insolação é alto. Até os 6 meses de idade, no entanto, não é recomendável o uso de protetor solar, pois a criança pode desenvolver alguma alergia ou irritação.

LEIA MAIS
123