Henzel e Ruschel são recebidos com emoção na volta a Chapecó

Henzel chega ao hospital em Chapecó, onde vai continuar o tratamento

Chapecó recebeu na noite desta terça-feira o retorno dos dois primeiros sobreviventes do desastre aéreo de duas semanas atrás com a delegação da Chapecoense, na Colômbia.

Por volta das 20h30 (horário da Bahia), o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel chegaram ao aeroporto do município catarinense a bordo do jato Legacy da Força Aérea Brasileira após mais de nove horas de deslocamento. Lágrimas dos parentes e a alegria da torcida pelas ruas da cidade traduziram o tom vitorioso da volta da dupla.

Assim que o avião tocou a pista, fez um lento caminho até a parada completa. Antes disso, passou por uma espécie de “corredor” formado por dois caminhões dos bombeiros. Os veículos dispararam jatos de água na aeronave, em uma espécie de batizado para quem renasceu ao sobreviver de um acidente que causou a morte de 71 pessoas.

Emoção toma conta do desfile dos vaqueiros em Belém de São Francisco

dsc_0016

O evento faz parte da programação oficial das festividades da padroeira da cidade.

Neste domingo (4), foi celebrada, em Belém do São Francisco, a tradicional Missa do Vaqueiro. O evento faz parte da programação oficial das festividades da padroeira da cidade. Antes de dar início ao ato religioso, os vaqueiros, com suas vestimentas características, desfilaram pelas ruas do município e eram muito aplaudidos pelas pessoas que acompanhavam a passagem do desfile.

A ausência da administração pública causou estranheza naqueles que presenciaram o evento. A sujeira nos arredores da capelinha onde foi realizada a missa e a falta de estrutura para acomodar os participantes foram outro ponto negativo para o tradicional desfile. Segundo um dos vaqueiros que participava do evento, ele nunca havia visto tamanha falta de respeito com a categoria.

Várias personalidades da cidade participaram e prestigiaram o evento, como o prefeito eleito, Professor Licínio, o vereador reeleito,  Acácio do Ibó, assessor do futuro prefeito, Rogério Araquan, e o empresário Gilmar Freire.

Fonte Blog Riacho Pequeno

Emoção na formatura do ex-cortador de cana que virou médico, no Recife

oie_30125245Kl78jnOm

Homenageado pelos colegas, Jonas chorou Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem

Milagre é explicado como algo extraordinário, admirável, espantoso. Acontecimento que chama a atenção, que desperta interesse, que faz o povo ficar surpreso. Aos 30 anos, Jonas Lopes da Silva é sinônimo disso. Perseverança, coragem e firmeza foram virtudes que ajudaram a transformar seu destino.

Combustível para que o ex-cortador de cana, egresso da Zona da Mata pernambucana, estivesse entre os 74 jovens que colaram grau na 95ª turma de medicina da Universidade de Pernambuco (UPE) no Teatro Guararapes, em Olinda, no Grande Recife, na noite desta quarta-feira (29).

O reconhecimento pela sua difícil trajetória até conseguir o tão sonhado diploma foi louvado pelos colegas, que decidiram homenageá-lo. Aplaudido, Jonas ficou surpreso. Não esperava tamanha consideração. Tímido, chorou ao ficar de pé, em destaque, entre os demais (agora) médicos.