Estudo mundial aponta Petrolina e Juazeiro como cidades do Brasil que apresentam risco extremo de escassez de água

Rio São Francisco (Foto: Arquivo)

Um estudo mundial sobre recursos hídricos, realizado pela ONG World Resources Institute, divulgado hoje (6) pelo telejornal Bom Dia Brasil da TV Globo, aponta quais países estão em risco de escassez de água. Segundo a pesquisa, 17 países são apontados em risco extremamente alto de falta d’água, 12 deles estão no Oriente Médio ou na África.

Apesar de o Brasil não ser um dos países em pior situação, no estudo, as cidades de Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Juazeiro do Norte (CE) apresentam risco extremo de estresse hídrico, quando a região tem menos água que o necessário.

As causas apontadas para essa escassez de água são: consumo excessivo, desperdício, crise climática e degradação ambiental (áreas de captação de água).