Espetáculo Processo Medusa continua com apresentações em Petrolina; confira a programação deste domingo

(Foto: Divulgação)

O espetáculo ‘Processo Medusa’, da Cia Biruta de Teatro, continua com sua temporada até o dia 29 de março, no Cineteatro CEU das águas, em Petrolina (PE). Sempre às sextas-feiras, 16h, e sábados e domingos, 19h, a peça propõe reflexões acerca das lutas feministas e do ser mulher. A entrada é gratuita.

A dramaturgia do espetáculo foi construída coletivamente pelo Núcleo Biruta, um grupo de experimentação cênica, criado e orientado pela Cia Biruta, com jovens da periferia de Petrolina. “O texto, de 2016, faz uma visita ao mito de Medusa e Atena, trazendo essas duas representações antagônicas de mulher para a atualidade. Assim, a partir das contribuições do grupo, buscamos trazer à tona uma reflexão sobre a simbologia da  mulher que transformava quem a olhava em pedra, traçando uma relação com a cultura do estupro e a luta das mulheres em contraponto a violência”, conta Cristiane Crispim, que é co-fundadora da Cia Biruta, produtora executiva e uma das atrizes do espetáculo.

LEIA MAIS

Em reunião com a prefeitura, comunidade do N-9 articula preparativos para espetáculo da ‘Paixão de Cristo’

(Foto: Ascom/PMP)

O período da Semana Santa se aproxima e os eventos que integram o calendário cristão de Petrolina começam já estão sendo preparados. Por isso, equipes da Prefeitura de Petrolina estiveram reunidas com lideranças e membros do Grupo de Teatro Jovens Unidos com Cristo (JUC) na vila do Núcleo 9 do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, zona rural do município, para ajustar os preparativos para a realização do espetáculo da ‘Paixão de Cristo’.

Em conversa com os comunitários, foram listadas as demandas mais necessárias e urgentes que serão encaminhadas para as secretarias competentes, principalmente, aquelas que irão articular a realização do espetáculo da ‘Paixão de Cristo’ encenado pelo JUC, evento que já acontece há quase dez anos na vila do N-9.

Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando, o vereador Major Enfermeiro, a presidente da Associação de Moradores da vila, Sueley Torres, o vice-presidente da Associação, Denis Rafael e o assessor especial, Etinho Gomes.

Espetáculo ‘Tieta” será apresentado no Teatro Dona Amélia, em Petrolina

O palco do Teatro Dona Amélia, no Sesc, em Petrolina (PE), recebe nos dias 18 e 19 de janeiro, um dos mais conhecidos espetáculos baseado na obra de Jorge Amando, ‘Tieta’. A apresentação conta com a direção de Alan Cleber e Ana Cecília Araújo, cenografia de Hertz Félix e Alzyr Saadehr na produção teatral que promete levar à plateia todo o carisma e pureza que a obra representa. A sessões estão marcadas para às 20h.

A trama criada pelo dramaturgo Jorge Amado, mostra uma Jovem de 17 anos e as aventuras amorosas que escandalizaram a população de Santana do Agreste o que motivou seu pai a expulsá-la de casa. Vinte e seis anos depois, Tieta retorna à Santana do Agreste com sua enteada. A presença de Tieta na cidade transforma por completo a pacata comunidade, ainda mais quando ela se envolve com o próprio sobrinho.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro retifica data de apresentação de balé; espetáculo será apresentado neste domingo

(Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira (20), a prefeitura de Juazeiro (BA) anunciou a apresentação do balé “O verdadeiro Natal” para hoje (21), como consta em matéria divulgada pelo Blog Waldiney Passos. No entanto, há pouco, a gestão municipal retificou a data do evento para amanhã (22).

O espetáculo será apresentado neste domingo (22), às 21h em frente à Catedral Santuário de Juazeiro. o balé ‘O verdadeiro Natal’ conta com 50 bailarinos, eé produzido pelo Ballet Criart, com direção da bailarina Andrezza Azevedo.

Espetáculo ‘Clássicos da MPB’ traz dançarinos de samba, tango e stiletto à Petrolina

(Foto: Divulgação)

O palco do Teatro Dona Amélia, no Centro de Petrolina (PE), abre suas cortinas para receber o espetáculo corporal ‘Clássicos da MPB’, que acontece neste sábado (1) e domingo (2). O evento tem como objetivo homenagear a música popular brasileira através da dança e trará profissionais de referência para promover um intercâmbio entre professores, coreógrafos, alunos e o público em geral.

Ao todo, 30 dançarinos se apresentarão no espetáculo, que será composto pelas danças de salão – bolero, samba, salsa, baião, valsa e tango – e pelas danças do ventre, livre, stiletto e modern jazz. Os ingressos custam R$ 30 e estão disponíveis no River Shopping, no Estúdio Dançarte, que promove o evento, e no próprio Teatro Dona Amélia, no SESC.

LEIA MAIS

Espetáculo sobre o uso do celular é apresentado para crianças do Bairro Tabuleiro

(Foto: Ascom)

O Centro de Arte e Esporte Unificado (CEU), no Bairro Tabuleiro, recebeu a apresentação do espetáculo de dança Dancidade – Tudophone, na noite desta quinta-feira (31). O espetáculo recebe apoio financeiro do programa Usina Cultural da Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), realizado através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes. Crianças do bairro formaram a plateia do espetáculo.

De acordo com a direção do espetáculo, a ideia era criar um trabalho falando de como o celular está presente na vida das pessoas, pensando no objeto como um problema ao se tornar dependência e mudando, devido ao uso constante do aparelho.

LEIA MAIS

Cia de Dança do Sesc estreia nova temporada neste sábado em Petrolina

(Foto: Ascom)

Os bailarinos da Cia de Dança do Sesc Petrolina voltam à cena neste sábado (02) e nos dias 3, 9 e 10 de fevereiro, em uma nova temporada com dois importantes espetáculos do seu repertório: “Raízes para o Alto” e “Eu Vim da Ilha”. As apresentações acontecerão sempre às 20h, no Teatro Dona Amélia.

A abertura da temporada traz neste sábado (02) e domingo (03) a montagem “Raízes para o Alto”. O espetáculo foi criado a partir do conceito de migração com a proposta de investigar as sensações daqueles que deixam sua terra natal para fincar raízes em outro lugar. A ideia é promover a reflexão sobre a migração entre pessoas, como elas se apegam e desapegam umas das outras durante a vida e em suas relações cotidianas.

LEIA MAIS

Projeto Dancidade leva espetáculo gratuito para o bairro Quidé nesta terça-feira

(Foto: Divulgação/Ascom)

Levando atividades gratuitas de dança para as comunidades periféricas de Juazeiro (BA), o Coletivo Trippé se apresenta hoje (29) no bairro Quidé. Na comunidade, o projeto Dancidade realiza o espetáculo ‘Janelas Para Navegar Mundos’ e, logo após, uma ‘Conversa sobre dança’. A programação começa às 19h, na sede do Núcleo de Arte-Educação Nego D’água (NAENDA), a Casa da Cultura Jordélio Souza.

O espetáculo que os bailarinos encenam hoje traz como ponto de partida as poesias ribeirinhas. A partir de produções literárias locais, o coletivo construiu coreografias que falam da região do Vale do São Francisco. A conversa que acontece após o espetáculo é uma iniciativa de mediação cultural com a comunidade, um espaço onde o público pode trocar ideias com os artistas.

LEIA MAIS

Hoje é o último dia para acompanhar espetáculo ‘Bacantes’ no João Gilberto

Um espetáculo cujo tema é a reconstrução corporal. Essa é a definição de Bacantes, cuja exibição será encerrada nesse domingo (13), no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria, mas a classificação indicativa é de 18 anos.

Bacantes é encenado pelo grupo de teatro Rizoma. A performance é montada a partir do texto original de Eurípedes e temas como sexualidade são o foco principal. A estreia aconteceu em 2017 em Jacobina (BA) e essa é a primeira vez do espetáculo em Juazeiro.

Quem for ao João Gilberto poderá refletir sobre o corpo, tabus e a marginalização do mesmo. Os ingressos custam R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia. A duração de Bacantes é de 1h.

Escola de ballet realiza espetáculo no Teatro Dona Amélia nesta sexta-feira (30)

O espetáculo da Sissone acontece nesta-sexta-feira (30) no Teatro Dona Amélia, SESC-Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Com inspiração nas composições do músico italiano, Vivaldi, a Escola de ballet, Sissone, apresenta nesta sexta-feira (30), o espetáculo: “As quatro Estações”. Em dois horários distintos, as turmas comandadas pelas bailarinas, Lara Rabelo e Rachel Cavalcante, pretendem encantar o público. Essa é a terceira vez, que as alunas da escola que fica no bairro Quati 1 em Petrolina (PE), se apresentam publicamente.

Questionada sobre a ideia de fundar uma escola de ballet na periferia de Petrolina, Lara Rabelo, proprietária da escola, fala sobre o que motivou essa iniciativa. “eu comecei a fazer ballet em bairro periférico, a gente quis realmente trazer acessibilidade, tanto na questão de localização, quanto na questão do valor. A maioria das nossas alunas são do bairro. É como se a gente abrisse uma porta a mais, e facilitasse de alguma forma”, ressaltou.

Sobre a apresentação, Lara disse que o público pode esperar “muito encanto, e um ballet clássico um pouco diferente, com aspectos de dança moderna”, “agente não utiliza somente as técnicas clássicas isoladas, trazemos também a dança contemporânea, ” conta a bailarina responsável pela direção do espetáculo.

LEIA MAIS

Mostra Biruta 10 anos termina nesse domingo (13)

(Foto: Rubens Henrique)

A Mostra Birutra 10 Anos será encerrada nesse domingo (13), como o espetáculo Chico e Flor contra os monstros da Ilha do Fogo, às 17h, no Teatro Dona Amélia. A mostra faz parte da programação de aniversário do grupo Cia Biruta de Teatro, de Petrolina que durante todo o mês levou cultura para a periferia da cidade.

“Essa programação foi um resumo da nossa caminhada, desde o encontro com artistas importantes locais, nacionais e internacionais, como a Renata Rosa, passando pelos nossos trabalhos na periferia e terminando no palco do teatro Dona Amélia, onde nos encontraremos com o nosso público, nesse eterno recomeço e com a apresentação de ‘Chico e Flor’, que para nós é um trabalho muito especial”, afirma o diretor teatral e co-fundador da Cia Biruta, Antônio Veronaldo.

O espetáculo de encerramento conta as aventuras de dois amigos em uma viagem fantástica pelas lendas do rio São Francisco. A classificação é livre e os ingressos custam R$ 15,00 a meia e R$ 30,00 a inteira.

‘Cabra Cega’, um espetáculo pra todo mundo ver; por Carlos Laerte

*Carlos Laerte

Feito tatuagem. Parece que os diálogos, movimentos e a música saem contigo do teatro e vão tomar uma cerveja na esquina. Foi esse o sentimento, ontem à noite, após conferir o espetáculo ‘Cabra Cega’ no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro (BA).

Uma montagem cheia de surpresas poéticas e tecnológicas que vai tomando cada um dos nossos sentidos a cada pulsar da obra de Aloisio Villar. E para nos acompanhar neste universo crítico ao modelo político e econômico brasileiro, a música de Chico Buarque de Holanda vai abrindo veredas na emoção e provocando questionamentos atemporais.

LEIA MAIS

Paixão de Cristo será apresentada neste sábado em Sobradinho

A Paixão de Cristo Sobradinho conta com um elenco formado por cerca de 50 pessoas.

As tradições católicas são acontecimentos que passaram a fazer parte da vida das pessoas por lembrar passagens de Jesus Cristo na terra. Nesse sentido, a Semana Santa aparece como uma das que tem mais significado, por fazer menção a morte e ressurreição de Jesus.

E no próximo sábado (30), a partir das 17h, na praça do trabalhador, em Sobradinho (BA), a Paróquia São Francisco de Assis apresenta a encenação da Paixão de Cristo. O espetáculo é apresentado na cidade há mais de 20 anos e há três anos é dirigido e coordenado pela companhia teatral Mund’Arte.

Esse ano Jesus será interpretado por Alisson Souza, que também é um dos diretores do espetáculo. Outro diretor, Eudes Zambai, com uma experiência de mais de 15 anos nas artes cênicas, é um dos responsáveis por preparar o elenco. Zambai conta que esse será mais um ano em que Sobradinho vai poder conferir de perto o talento da sua juventude.

LEIA MAIS

Cia de Dança do Sesc apresenta espetáculo “Raízes para o Alto” em Petrolina

(Foto: Rubens Henrique/Divulgação)

Uma reflexão sobre a migração entre pessoas, apego e desapego e as relações cotidianas. Essas foram as inspirações para o espetáculo “Raízes para o Alto”, da Cia de Dança do Sesc Petrolina, que será exibido na noite desse domingo (25), às 19h.

Desde a quinta-feira (22) a Cia tem levado seus trabalhos ao Teatro Dona Amélia, em Petrolina. Já são mais de 20 anos trabalhando a dança no Vale do São Francisco. A Cia de Dança é o único grupo do interior do estado com trabalhos sistemáticos de dança contemporânea. Os trabalhos pedagógicos do grupo têm sido responsáveis por formar novos coletivos e grupos de dança na região.

As entradas para o espetáculo custam R$ 5 para comerciário e estudante e R$ 10 a inteira. Durante a semana a Cia de Dança do Sesc apresentou os espetáculos “Eu Vim da Ilha”, “Rio de Contas”.

Cia de Dança do Sesc estreia neste final de semana o espetáculo “Raízes para o Alto” em Petrolina

(Foto: Divulgação)

O espetáculo “Raízes para o Alto”, estreia neste final de semana em Petrolina. As apresentações acontecem nesta sexta-feira (20), sábado (21) e domingo (22), sempre às 20h, no Teatro Dona Amélia.

“Raízes para o Alto” propõe a reflexão sobre a migração entre pessoas, como elas se apegam e desapegam umas das outras durante a vida, em suas relações cotidianas.

No elenco do espetáculo estão os bailarinos Alexandre Santos, Elisa Oliver, Wendell Britto, Mary Ane Nascimento, Jakson Alves, Laís Bione, Felipe Natter, Salem Michelli e Tassio Tavares. A direção é de Alexandre Santos, e a produção geral de Jailson Lima. A montagem conta ainda com trilha sonora original dos premiados músicos Eugênio Cruz e Albérico Júnior. A concepção de figurino é de Rafael Sisant.

123