Juazeiro: manutenção emergencial deixa comunidades sem água nesta sexta-feira

(Foto: Ascom/SAAE)

As comunidades de Angico, Angical, Abóbora, Massaroca e Poções, localizadas na zona rural de Juazeiro (BA) estão sem água nesta sexta-feira (26). De acordo com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), foi preciso realizar uma manutenção emergencial na rede de abastecimento da Caraíba Metais.

“O serviço foi iniciado de forma urgente, ainda durante a madrugada”, diz a nota do SAAE. Ainda segundo a Prefeitura de Juazeiro, “a previsão de normalidade na rede de abastecimento será até o período da tarde, quando tudo voltará a funcionar normalmente”.

Bairro Ouro Preto está sem água desde ontem e leitor cobra resposta da Compesa

Está faltando água no bairro Ouro Preto, em Petrolina, desde a quinta-feira (18). A queixa foi trazida ao Blog por alguns moradores da comunidade. Eles alegam que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não informou previamente sobre o desabastecimento.

De acordo com um leitor, o problema é consequência de um cano quebrado entre o Ouro Preto e o Vale do Grande Rio, mais precisamente no cruzamento da Avenida Ataulfo Alves. “O cano quebrado da Compesa é causa de todo esse transtorno. O cano tá aqui jorrando água desde ontem a noite”, disse à nossa equipe.

O Blog solicitou uma resposta da Compesa. Entretanto, até a conclusão dessa matéria não obtivemos resposta. O espaço segue aberto aos esclarecimentos.

Compesa identifica vazamento de água limpa no Centro e interrompe abastecimento nesta manhã

Trabalhos estão seguindo, mesmo com chuva (Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma equipe do Blog flagrou, na manhã desta sexta-feira (19) uma equipe da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realizando um serviço na Avenida Fernando Góes, em frente ao Banco do Brasil, no Centro. De acordo com a Compesa, a ação é emergencial, para sanar um vazamento.

Por consequência do serviço, o Centro está sem água momentaneamente. “A Compesa esclarece que precisou interromper abastecimento de água no centro da cidade na manhã de hoje (19) para realizar o conserto de um vazamento em rede de abastecimento de água na Av. Fernando Góes. A previsão é de que até as 17h o abastecimento seja retomado, de forma gradual“, diz a nota.

Manutenção emergencial deixou área do KM 45 sem água, afirma Compesa

(Foto: Ascom)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma resposta ao Blog, nessa segunda-feira (1°), em relação a uma matéria postada durante o final de semana. A queixa do leitor novamente diz respeito à falta d’água na Área do KM 45, zona rural de Petrolina.

LEIA TAMBÉM

Morador volta a relatar falta d’água na área do KM 45, em Petrolina

“Em atenção ao registro feito neste blog, a Compesa esclarece que houve a necessidade de realizar serviços de manutenção emergencial na rede de abastecimento que atende a região do Km 45, em Petrolina, o que impactou no abastecimento dessa área. As ações já foram finalizadas e o próximo ciclo de fornecimento de água (calendário) será na sexta-feira(05)”, diz a nota.

Compesa responde leitor sobre falta d’água no Loteamento Caminho da Universidade

(Foto: Ascom)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma nota sobre o problema mostrado pelo Blog nessa semana, no Loteamento Caminho da Universidade, próximo ao João de Deus, em Petrolina. De acordo com a Compesa, a falta d’água relatada pelo morador “tem sido ocasionada por uma obra de pavimentação, em execução pelo município”.

LEIA TAMBÉM

Após matéria do Blog, ARMUP visita loteamento de Petrolina e notificará Compesa

Sem água nas torneiras, morador de Petrolina cobra resposta da Compesa

“Durante a realização dos trabalhos, trechos da rede de abastecimento de água têm sido danificados, no cruzamento da Rua 44 com a Avenida Zé Roldão“, explica a Compesa. Por conta da obra do município, a Companhia precisa suspender o fornecimento no bairro.

Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Morador volta a relatar falta d’água na área do KM 45, em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Na última segunda-feira (25), o Blog mostrou uma denúncia feita por um leitor sobre a questão do abastecimento de água na zona rural de Petrolina. Naquela ocasião a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o problema na área do KM 45, na BR 407, sentido Afrânio foi resolvido ainda no final de semana.

LEIA TAMBÉM

Leitor critica Compesa por problemas no abastecimento no interior; Companhia responde

Entretanto, o mesmo leitor voltou a procurar a nossa equipe para relatar o mesmo problema. E mais, o rodízio relatado pela Compesa não foi cumprido no último final de semana. Resultado? Todos seguem sem uma gota de água nas torneiras até hoje.

“A situação lá continua a mesma coisa. Era pra ter água e não chega nas casas“, contou a nossa equipe. Diante da recorrência do problema, o Blog mais uma vez procurou a Compesa para saber o que está acontecendo na localidade. Porém, até o momento não obtivemos resposta. O espaço segue aberto aos esclarecimentos.

Após matéria do Blog, ARMUP visita loteamento de Petrolina e notificará Compesa

Ouvidoria da ARMUP foi até o Loteamento ouvir comunidade (Foto: Cortesia)

Servidores da Agência Reguladora do Município de Petrolina (ARMUP) estiveram no Loteamento Caminho da Universidade na manhã dessa sexta-feira (29), após o Blog mostrar uma reclamação feita por um leitor. Essa visita foi apenas o primeiro passo nas ações da Agência.

LEIA TAMBÉM

Sem água nas torneiras, morador de Petrolina cobra resposta da Compesa

Depois de fazer contato com os moradores, a ARMUP notificará a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para que o fornecimento de água seja restabelecido. O Blog esclarece aos nossos leitores que até o momento a assessoria da Compesa não respondeu à nossa equipe o que aconteceu no Loteamento.

“Vamos notificar a Compesa para voltar o fornecimento da água“, explica o ouvidor da ARMUP, Pedro Caldas. Após essa notificação a Companhia tem cinco dias corridos para responder. “Em caso de descumprimento a ARMUP volta a dar uma notificação de advertência chegando até o desfecho da aplicação de multas“, destaca Caldas.

Sem água nas torneiras, morador de Petrolina cobra resposta da Compesa

Sem água na torneia, seja ela baixa ou numa altura maior. Essa é a rotina dos moradores do Loteamento Caminho da Universidade, ao lado do bairro João de Deus, por trás da Amacoco, em Petrolina. Um leitor cansou de esperar respostas da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e resolveu gravar este vídeo:

“A situação aqui é difícil. Há mais de três meses que a gente vem sofrendo com esse descaso da Compesa. A água chega às 23horas e vai embora no outro dia, às 7h. Já entrei em contato e até agora nada”, relata o moradora. O Blog procurou a assessoria de imprensa da Companhia, mas ainda não obteve uma resposta sobre o que está acontecendo no loteamento.

Leitor critica Compesa por problemas no abastecimento no interior; Companhia responde

(Foto: Ilustração)

O serviço prestado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no interior, sentido a Afrânio, no Sertão do São Francisco, tem deixado a população indignada. O problema em questão atinge o Povoado do KM 45 e a dor de cabeça e já se estende por longos meses.

“Nunca tivemos problema com falta d’agua, nossa água era da adutora que vai pra Afrânio. Do mês março de 2020 para cá a Compesa fez um serviço lá trocando a nossa água para adutora que vai pra Rajada. Depois disso passamos até dois meses sem água. Tem mais de mês que não chega água em alguns lugares, mas a conta de todo mês chega, inclusive esse mês a minha veio mais de 200,00“, relata um morador da região.

LEIA MAIS

Problema em ETA deixou D. José Rodrigues sem água, informa SAAE

(Foto: Ascom/PMJ)

Um problema registrado em uma bomba na Estação de Tratamento (ETA) do Piranga deixou o bairro Dom José Rodrigues sem água, em Juazeiro (BA) na tarde de quarta-feira (6). Segundo o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) o “problema já foi solucionado”.

Entretanto “o sistema precisa de um tempo para recuperar completamente o abastecimento”. Dessa forma, o SAAE pede paciência aos juazeirenses. “Pedimos a compreensão dos usuários e reafirmamos o compromisso em continuar trabalhando para a melhoria dos serviços oferecidos“, diz a nota.

Leitora afirma que Pedra Linda segue com abastecimento comprometido, Compesa responde

(Foto: Ilustração)

Moradores do bairro Pedra Linda entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para afirmar que as residências seguem sem água. O problema começou quando a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) precisou suspender o abastecimento para consertar um vazamento próximo ao Posto Carranca.

Em nota enviada ao Blog, a previsão para normalização do abastecimento era às 18h da quarta-feira (16). Porém, até o momento o bairro segue com o serviço comprometido. “Chegou bem fraca, depois faltou. Não está normalizada, água está muito fraca. Ficou forte só as três da manhã”, conta uma moradora da Rua 03.

Compesa explica o que houve

Procurada pelo Blog a Compesa informou que a situação citada pela leitora é uma “questão é pontual, ocorrida na manhã desta sexta-feira (18)” e que o “desabastecimento foi decorrente da realização dos serviços de conserto de um vazamento, localizado no bairro José e Maria. Os técnicos da Companhia estão executando as intervenções e a previsão é finalizar os trabalhos no final da tarde de hoje, quando será retomada a distribuição de água para o bairro”.

Moradora do José e Maria cobra resposta da Compesa após bairro amanhecer sem água

(Foto: Ilustração)

O Blog mostrou mais cedo que o abastecimento no Centro de Petrolina está suspenso até o final do dia. Mas a dor de cabeça vivida pelos moradores do bairro José e Maria desde a manhã dessa quarta-feira (16) é outra. A comunidade acordou sem uma gota de água nas torneiras.

A revolta da população é pelo fato de a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não ter comunicado o abastecimento seria interrompido. “Queremos sabe se chega hoje ele não avisaram nada. Isso falta de respeito“, conta uma moradora.

O Blog procurou a Compesa para saber o que provocou a interrupção no abastecimento do bairro. Contudo, ainda não obtivemos uma resposta. O espaço segue aberto aos esclarecimentos.

Compesa suspende abastecimento do Centro para realizar intervenção emergencial

(Foto: Ilustração)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma nota para alertar sobre a suspensão temporária no abastecimento do Centro de Petrolina.

De acordo com a Compesa, foi necessário fazer uma intervenção emergencial. E com isso, os moradores ficarão sem água pelo menos até o final do dia.

Veja a seguir a nota da Compesa:

LEIA MAIS

Leitor cobra resposta da Compesa sobre abastecimento no Quati II

(Foto: Ilustração)

Moradores do bairro Quati II em Petrolina estão sem água nas torneiras desde a tarde de quarta-feira (25). Segundo um leitor do Blog, por volta do meio dia de ontem começou a faltar água e até hoje de manhã o abastecimento não foi normalizado.

“Tá faltando água aqui desde ontem meio dia. Quando é que vai retornar o abastecimento e o que aconteceu para essa falta“, questionou o leitor. Diante do relato, o Blog procurou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para saber o que houve.

Vazamento provocou desabastecimento de seis bairros

Em nota, a Compesa informou que o problema foi acarretado por conta de um vazamento registrado na calçada da Gontijo, no bairro Ouro Preto. “Os bairros Jardim Amazonas, Quati I e II, Pedro Raimundo, Alto do Cocar, Loteamento Bella Vista e Univasf – Campus de Ciências Agrárias, estão com o fornecimento de água temporariamente interrompido. Equipes já estão trabalhando no reparo que tem previsão de conclusão para o final desta tarde, quando o abastecimento será restabelecido gradativamente”, diz a Companhia.

Após manifestação de moradores, Compesa explica situação do abastecimento em Lagoa Grande e Izacolândia

Comunidades estão insatisfeitas com serviço prestado (Foto: Judeir Barbosa)

Moradores do distrito de Izacolândia, em Petrolina e de Lagoa Grande (PE) organizaram uma manifestação na semana passada contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Eles denunciam estar sem água há mais de 10 dias e cobraram uma resposta da instituição.

LEIA TAMBÉM

Moradores de Lagoa Grande e Izacolândia organizam protesto contra a Compesa nesta sexta-feira

Em nota, a Compesa disse ter se reunido com integrantes do grupo e explicou a situação. Segundo a Companhia, a “alteração do calendário de abastecimento foi devido às últimas chuvas e consequente danos ao sistema elétrico”. Nesse meio tempo, o abastecimento foi realizado por carros pipa.

“A Compesa reitera que está sempre atenta às necessidades da população de Lagoa Grande e Izacolândia, procurando fazer intervenções nas redes de abastecimento e procurando sanar os problemas que porventura surjam”, ressaltou a instituição.

123