Estado realiza audiência sobre a Microrregião de Saneamento Básico para o Sertão

Na manhã desta terça-feira (08), foi realizada a primeira audiência pública remota para debater a regionalização dos serviços de água e esgotamento sanitário no Estado. A reunião, direcionada para os municípios sertanejos, foi presidida pela secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, e contou com a facilitação do consultor de processos públicos e de outras formas de cooperação federativa nas áreas de resíduos sólidos e saneamento básico, Wladimir Ribeiro, e do professor titular do Departamento de Economia da Faculdade de Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, em São Paulo, Rudinei Toneto Júnior.

A transmissão aconteceu em tempo real pelo canal do Youtube e teve como foco em apresentar a sociedade civil, representantes de órgãos municipais e de entidades privadas, o anteprojeto de Lei para criação das Microrregiões de Saneamento Básico em Pernambuco. O objetivo foi colher propostas que possam incrementar o documento para que ele seja enviado à votação da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

LEIA MAIS

Justiça dá 72h para que prefeitura e governo se manifestem sobre volta às aulas presenciais na Bahia

(Foto: G1/Reprodução)

O juiz Antonio Bosco de Carvalho Drummond deu, na terça-feira (23), um prazo de 72 horas para que a prefeitura de Salvador e o governo da Bahia se manifestassem sobre os parâmetros epidemiológicos que nortearão a volta às aulas presenciais, tanto no âmbito municipal quanto no estadual.

A decisão do magistrado atende a uma ação popular, que critica as gestões municipal e estadual pela falta de um planejamento objetivo para o retorno das atividades presenciais nas escolas, que se encontram suspensas há mais de um ano, desde o dia 18 de março.

LEIA MAIS

Governo do Estado anuncia pacote de incentivos fiscais para bares, restaurantes e similares

(Foto: Ilustração)

O Governo de Pernambuco vem mobilizando instrumentos para minimizar os danos da pandemia e dar fôlego aos setores econômicos em funcionamento no Estado. Em reunião com o segmento de bares, restaurantes e similares, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio; da Fazenda, Décio Padilha; e de Turismo, Rodrigo Novaes, anunciaram um pacote de medidas fiscais que vão reduzir a carga tributária do setor, garantindo um fôlego para atravessar a fase mais crítica da pandemia.

As ações contemplam redução de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), prorrogação de incentivos vigentes, adiamento para o pagamento de tributos, além de condições diferenciadas para regularização de recolhimentos atrasados. As medidas atendem pleito da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e foram anunciadas, nesta quinta-feira, 18, em reunião remota com o presidente da instituição, André Araújo, e empresários do segmento.

LEIA MAIS

Miguel anuncia abertura de 10 novos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 em Petrolina

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Uma parceria ente a prefeitura de Petrolina e o Governo do Estado vai possibilitar a abertura de 10 novos leitos de UTI para tratamento de pacientes com Covid-19 em estágio avançado. O anúncio das vagas foi realizado pelo prefeito Miguel Coelho, nesta terça (9).

Os leitos serão abertos, nesta quarta (10), após negociação direta do prefeito Miguel Coelho com a direção do Hospital Promatre de Juazeiro. A Prefeitura entrará com a infraestrutura de equipamentos como monitores e respiradores. Já o Governo do Estado custeará as demais despesas. Com as unidades contratadas, Petrolina passa a ter 54 vagas na UTI da covid-19.

LEIA MAIS

Pandemia: Hospital Universitário devolveu ao Governo de Pernambuco 40 respiradores e 40 monitores em 2020

(Foto: Internet)

Pasmem os senhores! No momento em que as gestões públicas estão disputando palmo a palmo qualquer que seja o apoio que auxilie no combate a Pandemia, o Hospital Universitário se deu ao luxo, pactuado com a Univasf, de devolver ao Governo de Pernambuco 40 respiradores e 40 monitores, equipamentos importantíssimos para o tratamento de pessoas acometidas pela Covid-19.

A informação foi divulgado em uma matéria do Governo do Estado que reforça as ações de assistência a todos os pernambucanos, qualificando e ampliando a rede de atendimento para quem precisa de cuidados especializados, nos casos suspeitos ou confirmados da Covid-19.

Na IV Macrorregião de Saúde – com sede em Petrolina – que engloba o Sertão do São Francisco, por exemplo, são disponibilizados 184 leitos dedicados aos casos suspeitos e confirmados da Covid-19 em serviços de referência.

A macrorregião faz parte do plano regionalizado para oferta de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS), que tem o objetivo de descentralizar o número de vagas e disponibilizar os leitos por todo o território pernambucano. Ao todo, nas quatro macrorregiões de saúde pernambucanas, estão disponíveis 1.928 leitos para casos do novo coronavírus, sendo 996 de UTI e 932 de enfermaria.

”Em julho de 2020, após ter pactuado com a Univasf, o Hospital Universitário, devolveu ao Governo de Pernambuco 40 respiradores e 40 monitores”, afirma a matéria.

O monitoramento do avanço da doença em Pernambuco é baseado em critérios técnicos e nos dados epidemiológicos, e leva em consideração o avanço da doença na localidade, a oferta de vagas na região, assim como a pressão sobre o sistema de saúde. Dessa forma, o Governo de Pernambuco reforça que o apoio dos demais entes continua sendo importante para a garantia de assistência à população.

Governo Federal reconhece Situação de Emergência em Juazeiro por conta das chuvas de novembro

Chuva provocou transtornos em Juazeiro e outras cidades da região (Foto: Blog Waldiney Passoos)

O Governo Federal reconheceu a situação de emergência em Juazeiro e mais oito cidades baianas afetadas pelas fortes chuvas no começo de novembro. Dessa forma, os municípios poderão solicitar apoio da União na adoção de medidas para amenizar os danos provocados pelo temporal desse mês.

LEIA TAMBÉM

Após fortes chuvas no interior, Governo da Bahia decreta emergência em nove municípios

A Portaria n° 2.906/2020 destaca a decorrência de chuvas intensas em Almadina, Coaraci, Ibicaraí, Ibicuí, Irecê, João Dourado e Lapão. Itabuna teve a situação de emergência reconhecida em outro documento, mas também foi lembrada pela União.

Conforme o Blog Waldiney Passos mostrou no início do mês, a forte chuva que caiu no feriado de Finados deixou bairros alagados e moradores desabrigados. Anteriormente o Governo da Bahia já havia reconhecido a situação nas cidades mencionadas.

“Vamos deixar para discutir isso mais à frente”, diz Miguel sobre candidatura ao Governo do Estado

(Foto: Ascom/Miguel Coelho)

Após ser reeleito no último domingo (15) com 76,19% dos votos válidos, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), não descartou uma possível disputa para o governo do estado nas próximas eleições.

No entanto, o gestor afirmou que isso não é algo para ser discutido agora. “É uma honra muito grande meu nome estar na bolsa de apostas, mas vamos deixar para discutir isso mais à frente”, disse.

LEIA MAIS

Ministério Público de Pernambuco exige cumprimento de medidas sanitárias para retorno de aulas presenciais

Por meio da 11ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde da Capital, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) convocou as Secretarias Estaduais de Saúde (SES) e de Educação (SEE) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE), nesta quarta-feira (30), após receber denúncia via Ouvidoria de que não estava sendo comprovado o cumprimento das medidas sanitárias para o retorno gradual às aulas presenciais, como estoque de álcool em gel, dispensadores e materiais de higiene e limpeza e a estrutura das escolas. A audiência ocorreu nesta quarta-feira (30), por meio de videoconferência.

De acordo com a 11ª promotora de Justiça de Defesa da Saúde da Capital, Maria Ivana Botelho, as secretarias estaduais apresentaram esclarecimentos sobre o entendimento positivo para esse retorno gradual bem como apresentaram as ações que vêm sendo tomadas para o cumprimento das medidas sanitárias, necessárias a evitar o contágio de Covid-19. Por sua vez, os representantes do SINTEPE, professora Ivete Caetano e o advogado Breno Pérez vão entregar ao MPPE estudos técnicos epidemiológicos, realizados por pesquisadores integrantes da Rede Solidária em Defesa da Vida, nesta quinta-feira (1º).

LEIA MAIS

Governo de Pernambuco premia escolas e municípios com os melhores resultados na alfabetização

(Fotos: Aluísio Moreira/SEI)

O governador Paulo Câmara premiou, nesta quarta-feira (30), as escolas e os municípios que apresentaram os melhores resultados de alfabetização no primeiro ano do Programa Criança Alfabetizada, lançado em junho do ano passado.

A cerimônia aconteceu na Escola Técnica Estadual Professor Antônio Carlos Gomes da Costa (ETEPAC), no bairro de Santo Amaro, no Recife. O programa incentiva os 184 municípios pernambucanos a garantirem que todas as crianças inscritas na rede pública de ensino aprendam a ler e a escrever no tempo certo, ou seja, até os sete anos de idade

LEIA MAIS

Pernambuco completa seis meses de enfrentamento à Covid-19 e números continuam em queda

Reginaldo Alves, Paulo Câmara e Dilson Peixoto. (Foto: Heudes Regis/SEI)

O Estado de Pernambuco completa, neste sábado (12.09), seis meses da confirmação dos dois primeiros casos da Covid-19. Em entrevista coletiva online, o secretário estadual de Saúde, André Longo, fez um balanço das ações da gestão estadual no período e recebeu o epidemiologista e ex-secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, referência nacional na área, que apresentou estudo sobre a evolução da doença no Estado. Após o período de aceleração da pandemia, em abril, e o pico da doença em maio, os principais indicadores vêm registrando uma queda que tem, inclusive, se acentuado ao longo das últimas duas semanas.

“Mesmo com a retomada de diversos setores dentro do Plano de Convivência com a Covid-19, os indicadores da pandemia vêm registrando uma queda progressiva, que é claramente sentida na rede hospitalar. Os leitos dedicados à doença, que viveram em maio e junho momentos de muita tensão e constante ocupação, observam uma tendência de diminuição permanente das solicitações, alcançando patamares de ocupação de antes da aceleração da doença”, destacou André Longo.

LEIA MAIS

Governo de Pernambuco autoriza aulas em Noronha e deixa para dia 14 o anúncio sobre o resto do Estado

(Foto: Reprodução/Internet)

As aulas presenciais no Arquipélago de Fernando de Noronha serão retomadas a partir de 22 de setembro. A ilha tem apenas uma escola e uma creche, ambas vinculadas à rede estadual, somando 619 alunos. Ficou para a próxima segunda-feira (14) o anúncio, por parte do governo estadual, de novidades em relação à suspensão ou manutenção da proibição de aulas presenciais na educação básica no restante de Pernambuco. Decreto que mantem as escolas fechadas, por causa da covid19, expira no dia seguinte à coletiva, a terça-feira (15).

Havia uma expectativa grande, por parte de donos de escolas, professores e pais de alunos, que o governo tratasse do retorno das aulas presenciais no Estado na entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (10). Uma semana atrás, representantes do sindicato dos colégios particulares realizaram um protesto em frente ao Palácio do Campo das Princesas para cobrar um cronograma de volta às aulas na educação básica. Neste mesmo dia, o governador Paulo Câmara fez um pronunciamento dizendo que não era o momento ainda de reabrir as unidades de ensino.

“Vamos aguardar o pronunciamento do governo na próxima segunda-feira. Estamos na firme crença de que será apresentado um cronograma de retorno às atividades presenciais. Continuamos mobilizados e esperamos que prevaleçam o equilíbrio e a razão”, comentou o presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Estado, José Ricardo Diniz. Existem no Estado 2.400 escolas privadas, onde estudam cerca de 400 mil estudantes.

Miguel Coelho pede tratamento justo do Estado e reivindica reabertura gradual de bares, restaurantes e academias

Após mais de quatro meses do registro do primeiro caso de Covid-19, Petrolina segue como a cidade do Nordeste de médio ou grande porte com menos mortes (59) e com a menor taxa de mortalidade (16,9/100 mil habitantes). O município sertanejo também tem registrado queda contínua de novos casos de transmissão do coronavírus.

Por conta desse cenário, o prefeito Miguel Coelho reivindicou do Governo do Estado a reabertura gradual e segura de bares, restaurantes e academias em Petrolina.

O posicionamento foi manifestado através de um vídeo nas redes sociais, nesta sexta (07). Miguel lembra que, devido ao trabalho preventivo, políticas de saúde eficientes e investimentos prioritários no tratamento, testagem e rastreio do vírus em pacientes, a cidade sertaneja se tornou referência no Nordeste no combate ao coronavírus.

Comparada a municípios pernambucanos do mesmo porte, Petrolina tem quatro ou até sete vezes menos mortes pela Covid-19. Ainda assim, Petrolina segue sem autorização para funcionamento de vários segmentos econômicos e de saúde, ao contrário do Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana.

Miguel ressalta no posicionamento que não se trata de politização da pandemia. Pelo contrário, o prefeito de Petrolina segue defendendo a união dos entes federais, estaduais e municipais no enfrentamento ao coronavírus, porém, considera o tratamento injusto com os sertanejos diante dos dados comparativos e quadro epidemiológico.

“Não queremos politizar nem polemizar com o assunto, mas Petrolina tem os melhores números no combate à pandemia em Pernambuco. Se for para mortalidade, é a menor do estado, se for para ocupação de leitos, pela primeira vez, estamos abaixo de 50% e estamos registrando queda no número de novos casos. Queremos o mesmo tratamento e sabemos que Petrolina fez um grande trabalho, e se for baseado nos dados, estamos melhor que as demais cidades”, concluiu Miguel.

Prefeito de Cabrobó cobra conclusão de obras ao governador Paulo Câmara

(Foto: Ascom/PMC)

Em Cabrobó, Sertão do São Francisco, duas obras inacabadas do Governo do Estado destoam da paisagem e revoltam os moradores. A Escola Técnica de Cabrobó, que está parada e abandonada há mais de 6 anos e a Escola Municipal Integral Evandro Ferreira dos Santos, que aguarda a ampliação desde junho de 2018, quando o governador Paulo Câmara esteve no município e anunciou a conversão da unidade em escola de tempo integral.

O prefeito, Marcílio Cavalcanti, que já cobrou providências ao Governo do Estado por diversas ocasiões, reivindicou, na última segunda-feira (6), uma urgente retomada dos serviços para a conclusão das escolas.Segundo Marcílio, a Escola Técnica de Cabrobó, aportou inicialmente recursos da ordem de R$ 9.715.728,22 e deveria ser entregue à comunidade em outubro do ano passado, beneficiando cerca de 1.280 estudantes do município e de cidades circunvizinhas.

“O governador chegou a divulgar na época a previsão da conclusão da Escola Técnica que iria consumir ao todo cerca de R$ 13,1 milhões”, ressaltou.

Com relação a paralisação das obras de ampliação da escola municipal Evandro Ferreira dos Santos, o prefeito lembrou que o governador Paulo Câmara voltou a prometer a retomada dos trabalhos em janeiro de 2019 com o anúncio de investimentos da ordem de R$ 952. 943,68 e até o momento espera pela conclusão e entrega do equipamento à população.

“A Escola Municipal Integral Evandro Ferreira dos Santos, que inclusive já foi premiada como o maior crescimento no IDEPE e na Mostra de Experiências Exitosas, hoje espera o futuro de portas fechadas frustando as expectativas de 157 alunos do Ensino Fundamental II que são atendidos na unidade de ensino”, lamentou.

Governo do Estado entrega respiradores e EPIs em Caruaru e Bezerros

(Foto: Miva Filho/ SES-PE)

Na manhã desta terça-feira (30), o secretário de Saúde André Longo esteve nos municípios de Bezerros e Caruaru, localizados no Agreste do Estado. O gestor anunciou a chegada de 20 respiradores para o Hospital Mestre Vitalino e pactuou a abertura de novas vagas de UTI em Bezerros.

No início da manhã, Longo foi ao Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, onde assinou o termo de cessão de cinco respiradores, cinco monitores multiparamétricos e cinco camas hospitalares para a unidade. Os equipamentos, que serão entregues nesta quarta-feira (1º), vão possibilitar a abertura de 10 novos leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19 na cidade.

LEIA MAIS

Bebê de 1 mês está entre as 10 pessoas mortas pelo novo coronavírus em Pernambuco

(Foto: Van Der Wal/ANP/AFP)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou, nesta sexta-feira (3), um novo boletim atualizando o número de casos da Covid-19 em Pernambuco. Com 30 novos casos, o estado tem agora 136 confirmações da doença. Mais uma morte também foi registrada, elevando o número de óbitos para 10.

O último óbito confirmado é de uma mulher de 51 anos, residente no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (RMR). Ela foi atendida na UPA de Ipojuca no último dia 31. A paciente chegou a ser entubada, mas não resistiu. A mulher era fumante e já tinha, segundo a SES-PE, entradas anteriores na UPA por problemas respiratórios.

Dos 30 novos casos confirmados no estado, 17 são pacientes do sexo masculino e 13 mulheres, com idades entre 18 e 93 anos, além de um bebê de 1 mês. O menino apresentou sintomas gripais e foi levado ao Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), na área central do Recife, na última segunda (30).

A criança foi encaminhada nesta manhã para o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), apresentando bom estado de saúde. A mãe do menino não apresenta sintomas. O pai está em isolamento domiciliar. De acordo com o balanço, 17 pacientes já se recuperaram.

1234