Prefeitura de Dormentes esclarece caso de paciente que teve parto prematuro com morte de gêmeos

(Foto: ASCOM)

A prefeitura do município de Dormentes, no Sertão de Pernambuco, enviou nota a redação do Blog Waldiney Passos, afim de esclarecer informações, que segundo a Secretaria de Saúde, são falsas, sobre o caso de uma mulher de 25 anos de idade que teve um parto prematura e os bebês, gêmeos, não resistiram. Pessoas acusam a prefeitura de negligência, o município nega. Segue a íntegra da nota.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITURA DE DORMENTES

“A Prefeitura de Dormentes vem por meio desta nota repudiar as informações falsas que estão sendo propagadas no município sobre o atendimento a paciente Maria do Carmo da Silva, de 25 anos, que sofreu parto prematuro com morte de gêmeos no último dia 8 de outubro no Hospital Dom Malan em Petrolina. A Secretaria de Saúde reafirma que prestou toda a assistência possível a paciente que tinha uma gestação de alto risco, visto que os quatro filhos anteriores nasceram prematuros.

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina contrata Terapeuta Ocupacional

(Foto: Reprodução/ IMIP)

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) está contratando Terapeuta Ocupacional. A vaga está disponível e a oportunidade é para contratação imediata.

Terapeuta Ocupacional é um profissional com formação de nível superior nas áreas da Saúde: Biológicas, Ciências Sociais e Humanas. O terapeuta ocupacional busca a recuperação de indivíduos que apresentem problemas cognitivos, afetivos, psíquicos, perceptivos e psico-motores, sejam estes problemas decorrentes de distúrbios genéticos, traumas, doenças mentais ou doenças adquiridas.

Os interessados devem entrar em contato com a instituição para mais informações pelo telefone (87) 3866-9603.

Voluntariado do Hospital Dom Malan de Petrolina completa 10 anos

Voluntariado do HDM completa 10 anos. (Foto: Arquivo)

Esta segunda-feira (28) é dia de comemoração, mas a distância. O voluntariado do Hospital Dom Malan, em Petrolina (PE), comemora 10 anos de serviços prestados à unidade materno infantil e à população da Rede de Saúde Pernambuco-Bahia (Rede PEBA), que utiliza os seus serviços.

Diferente dos outros anos, em 2020 não haverá comemoração presencial devido ao período de pandemia do novo coronavírus. “Nós sempre gostamos de fazer um momento de agradecimento, mas este ano não será possível. Então, o nosso manifesto está sendo apenas virtual entre os membros da equipe e do hospital”, esclarece o coordenador Rui Holanda.

LEIA MAIS

Petrolina: Hospital Dom Malan comemora 89 anos de fundação com benção

(Foto: Ascom/Dom Malan)

O Hospital Dom Malan de Petrolina está comemorando, agora em setembro, 89 anos. Para celebrar a data foram lançadas duas campanhas nas redes sociais da unidade materno-infantil e realizada uma benção, na manhã desta sexta-feira (25). Devido ao período da pandemia, as comemorações típicas não puderam ser realizadas.

O trabalho das redes sociais foi iniciado ontem (24). Para participar da primeira campanha é bem simples. Basta postar uma foto no Instagram, marcar o Hospital Dom Malan (@hospitaldommalan) e usar a hastag #eufaçopartedessahistória. Na segunda proposta, os internautas devem comentar na foto oficial (Essa é do nosso tempo) do Instagram, os fatos históricos que fizeram parte desses 89 anos no Brasil e no mundo.

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina lembra Setembro Verde

(foto: internet)

Setembro é um mês marcado por várias cores no calendário da saúde. O amarelo representa a prevenção ao suicídio, e o verde faz referência à campanha nacional de doação de órgãos, assim como promove um alerta sobre o câncer colorretal (de intestino).

Sobre este último, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) traz algumas informações. “No Brasil, o câncer de cólon e reto é menos frequente apenas que os tumores de próstata e mama. Ele já é considerado o segundo tipo de tumor mais comum entre mulheres e o terceiro entre homens no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA. Apesar disso, ainda é pouco conhecido pela população, por isso, a necessidade do esclarecimento”, ressalta a coloproctologista, Bruna Spíndola.

LEIA MAIS

Coordenadora do banco de leite do IMIP orienta amamentação em tempos de coronavírus

(Foto: ASCOM)

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda não há comprovação científica de transmissão do novo coronavírus pelo leite materno. No entanto, como o vírus é facilmente transmitido, é preciso que as mulheres tomem alguns cuidados na hora da ordenha e da amamentação.

A coordenadora do Banco de Leite Humano do IMIP, Vilneide Braga Serva, destacou que a recomendação da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano é que a amamentação seja mantida, já que o alimento protege o bebê de diversas doenças e reforça o sistema imunológico, inclusive em caso da mãe estar contaminada pelo novo coronavírus.

LEIA MAIS

É estável quadro de Saúde de criança da cidade de Itiúba internada no HDM/IMIP, em Petrolina, com problemas respiratórios

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de matéria publicada na manhã de hoje (23), no Blog Waldiney Passos, sobre uma criança de apenas 11 meses que, foi internada no Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina no último sábado (21), com sintomas de síndrome aguda grave respiratória, o hospital se manifestou sobre o caso.

Em nota enviada a nossa redação, a assessoria de comunicação do hospital informou que a paciente regulada do município de Itiúba (BA) se encontra estável e aguarda resultado de exames.

A informação da transferência da criança que, inicialmente foi atendida no hospital municipal de sua cidade natal, foi dada pela prefeita do município baiano, Cecilia Petrina (PC do B) em uma live durante o final de semana.

A nota esclarece ainda, que a Secretaria de Saúde do Estado reforça que casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) – que acontece quando o indivíduo hospitalizado apresenta febre, acompanhada de tosse ou dor de garganta, e que apresente dificuldade de respirar – podem ser provocados por diversos agentes, a exemplo de bactérias, vírus, influenzas A e B, além do Coronavírus. Então, é essencial aguardar o resultado dos exames para classificação do paciente.

E continua a nota: “em tempo, a direção do Hospital Dom Malan (HDM) informa que está funcionando normalmente e prestando a devida assistência à população de acordo com cada caso. As medidas de higiene e de segurança, como isolamento respiratório, também estão sendo seguidas de acordo com os protocolos estabelecidos e as recomendações dadas aos serviços de saúde neste momento.”

IMIP avalia mais de mil candidatos em seleção para UPAE e Hospital Dom Malan

(Foto: Ascom/IMIP)

O IMIP iniciou nessa semana a segunda etapa do processo seletivo para preenchimento de vagas na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e do Hospital Dom Malan, em Petrolina. Os candidatos estão sendo submetidos a provas escritas e testes psicológicos.

De acordo com o IMIP, mais de 1.260 candidatos foram aprovados na primeira etapa e agora são analisados pela comissão. Até esta sexta-feira (18), as representantes do Departamento de Captação e Desenvolvimento de Pessoal do IMIP Pernambuco encerrarão a fase classificatória/eliminatória para os cargos de nível médio, técnico, superior e elementar.

Os classificados nesta etapa farão parte de um cadastro de reserva e, de acordo com a necessidade da UPAE e do HDM, serão chamados para uma entrevista e posterior contratação. A seleção tem duração de apenas um ano.

Hospital Dom Malan/IMIP aparece entre melhores em acomodação de Recém-Nascidos no Brasil

(Foto: Arquivo)

O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina foi eleito o 6º no país no quesito Acomodação de Recém-Nascidos pelo HospiRank – empresa líder mundial em análises de dados de saúde para América Latina, criada pela Global Health Intelligence (GHI).

O ranking baseia-se em dados concretos que documentam as quantidades de equipamentos básicos instalados, identificando os melhores hospitais de cada país. Com 33 incubadoras, 179 berços aquecidos, 1 aparelho de ultrassom e 213 equipamentos para maternidade, o Dom Malan ficou na frente de hospitais de São Paulo, Piauí, Ceará e Porto Alegre, garantindo o sexto lugar do Brasil no ranking 2019.

Segundo o superintendente da unidade, Etiel Lins, o hospital merece o reconhecimento. “É com orgulho e satisfação que a gente recebe mais essa notícia positiva neste começo de semana. O Dom Malan é o hospital mais antigo de Petrolina no auge dos seus 88 anos e merece esse reconhecimento”, disse.

Funcionários da UPAE Petrolina ganham espaço de convivência e repouso

(Foto: Reprodução/ IMIP)

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) ganhou um novo espaço para os funcionários. Ontem (26) foi inaugurado o Espaço de Convivência para Funcionários Prof. Fernando Figueira.​

O local servirá para repouso e socialização dos servidores, durante o almoço e nas jornadas de trabalho.​ “Aproveitamos uma área verde que já existia, otimizamos e transformamos em um local de convivência. Era um lugar ocioso e que nós demos vida”, afirma a coordenadora geral, Grazziela Franklin.​

No Espaço os funcionários poderão descansar em sofás de pallet. O diferencial é que o local é feito com materiais reciclados. “É algo bem simples, mas que irá proporcionar um ambiente arejado, salubre, de encontro e vivência para a equipe”, concluiu Grazziela.

IMIP seleciona médicos nefrologistas para a Unidade de Hemodiálise de Salgueiro

(Imagem: Divulgação)

O Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP) está selecionando médicos nefrologistas para trabalhar na Unidade de Hemodiálise de Salgueiro (PE). De acordo com informações do Instituto, os profissionais deverão cumprir plantão diurno.

Para participar do processo seletivo simplificado, o candidato deve inscrever seu currículo no site do IMIP, através do site do IMIP, acessando posteriormente o campo Trabalhe Conosco.

O IMIP informa que, após a triagem curricular, os candidato serão convocados para um segundo momento de entrevista.

Dermatologista do IMIP dá dicas de como utilizar o protetor solar de maneira eficaz e segura 

(Foto: Internet)

De acordo com o dermatologista do IMIP, Valter Kozmhinsky, o uso de protetor solar é muito importante para se proteger do sol. Pensando nisso, o especialista dá algumas dicas de como utilizar o produto de forma eficaz e segura, chamando atenção para o cuidado redobrado que os pais devem ter com as crianças.

Segundo informações do especialista, o protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, mas se houver exposição excessiva ao sol, atividades na água, ou muita liberação de suor, a reposição deve ser reforçada de hora em hora.

Essa recomendação vale, inclusive, para aqueles que preferem a sombra, pois a luz solar é refletida na água e na areia, por exemplo. É indicado ainda o uso de chapéus, bonés, óculos escuros, roupas com proteção UVA e UVB, sombrinhas e sombreiros, como aliados ao uso do protetor, esse sempre indispensável.

Dicas para crianças:

– Para as crianças, os cuidados devem ser redobrados, pois o risco de insolação é alto. Até os 6 meses de idade, no entanto, não é recomendável o uso de protetor solar, pois a criança pode desenvolver alguma alergia ou irritação.

LEIA MAIS

Oftalmologista do IMIP dá dicas de como evitar a conjuntivite no verão

(Foto: ASCOM/IMIP)

A conjuntivite é uma irritação ou inflamação da conjuntiva, que recobre a parte branca do olho, os sintomas mais comuns da doença são ardor, secreção, vermelhidão e coceira nos olhos. “Ela pode ser causada por alergias ou por uma infecção bacteriana ou viral. A conjuntivite pode ser extremamente contagiosa, sendo transmitida pelo contato com as secreções oculares da pessoa infectada”, explica o oftalmologista do IMIP, Luciano Lira.

A infecção provoca bastante desconforto e atinge adultos e crianças, mas no período de férias, os pequenos acabam se contaminando com mais facilidade, principalmente por frequentarem lugares com grande aglomeração de pessoas. “Lugares públicos e fechados são mais propícios para a transmissão do vírus ou da bactéria; por isso, é importante sempre lavar as mãos. A higiene das mãos é muito importante para evitar a doença “, alerta Luciano Lira.

LEIA MAIS

Hemofilia: doença hereditária é mais comum entre os homens 

(Imagem: ASCOM)

O Dia do Hemofílico, lembrado nesta sexta-feira (4), tem como objetivo chamar atenção à Hemofilia, um grupo de doenças genéticas hereditárias que prejudicam a capacidade do corpo humano em controlar a circulação do sangue, além de dificultar o processo da coagulação, que é usado para parar hemorragias. O Dia do Hemofílico foi instituído no Brasil após a morte do escritor e cartunista brasileiro Henrique de Souza Filho, o Henfil, e dos seus irmãos, que possuíam a doença e que, por conta das transfusões de sangue – antes necessárias ao controle da patologia – acabaram por contrair o vírus HIV, em 1988.

É mais provável a hemofilia ocorrer em homens do que em mulheres. Isso acontece porque a doença é fruto de um defeito genético no cromossomo X. Como as mulheres têm dois cromossomos X, enquanto os homens têm apenas um, o gene defeituoso está garantido a se manifestar em qualquer homem que o carrega. Como as mulheres têm dois cromossomos X e hemofilia é rara, a chance de uma mulher ter duas cópias defeituosas do gene é muito remota.

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina realiza III Mutirão de Microcefalia e IV Natal Solidário

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) realizou, nesta sexta-feira (14), o seu III Mutirão de Microcefalia e o IV Natal Solidário. A iniciativa teve como público alvo as 33 crianças da IV Macrorregional de Saúde de Pernambuco (com a síndrome congênita ocasionada pelo Zika vírus) e suas famílias.

“Já fizemos Natal Solidário em prol do Cantinho do Aconchego, já realizamos Cantata de Natal e esse ano resolvemos abordar o público da microcefalia, que andou um pouco esquecido pela sociedade e pela mídia”, justifica a coordenadora geral Grazziela Franklin.

“Tivemos aquele boom da microcefalia há tempos atrás e hoje essas crianças cresceram, a maioria está na faixa dos 3 anos de idade e apresentam outras necessidades, inclusive de assistência à saúde. Nos mutirões conseguimos acompanhar esse desenvolvimento e fazer alguns encaminhamentos, por isso, resolvemos unir as duas coisas [mutirão e natal solidário]”, complementou.

No dia reservado a elas, as crianças passaram pelos ortopedistas Epitácio Rolim, do Recife, e Tarcísio Pires (que atuou como voluntário), e pela odontopediatra Josemaria Gomes (também voluntária), que fez uma avaliação inicial e tirou dúvidas dos pais com relação à saúde bucal dos pequenos.

LEIA MAIS
123