Detento é flagrado fazendo Live de dentro de cadeia no Sertão de Pernambuco

(Foto: Polícia Militar)

Por volta das 23h40min desta sexta-feira (16), a Polícia Militar foi informada, por populares, que havia um preso da Cadeia Pública de Exu, no Sertão do Araripe de Pernambuco, que estava fazendo uma “Live” de dentro de uma das celas.

Uma equipe da ROCAM foi ao local e flagrou o detento de R. da S. F, de 25 anos, usando um celular para fazer a Live no Instagram dentro da cela 05. Segundo a guarnição, ele negou qualquer envolvimento acerca da origem do celular, inclusive, dirigindo-se ao policiamento de maneira agressiva, ameaçando os policiais de morte, chamando um dos PM´s de “galego safado”.

Foi realizada a revista na cela, onde foi encontrado 01 celular Motorola GK40 e 01 um pacote de maconha, pesando 10 gramas de propriedade do detento A. R. C. R, 20 anos. Segundo a PM, o recluso A. G. R. da S, 24 anos, também participou da “Live” ao vivo. A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil local, onde foram lavrados 3 termos circunstanciados de ocorrências (TCO´s).

Setembro Amarelo: Facape promove debate sobre a saúde mental dos universitários

Tratar sobre saúde mental sempre foi importante para o Colegiado de Serviço Social, não sendo essa a primeira atividade realizada sobre a temática, mas desta vez, o assunto será sobre as aulas remotas em que os discentes e docentes precisaram se adequar por causa ao isolamento social, consequência da pandemia de Coronavírus, que atingiu o Brasil em março deste ano.

A live que será transmitida pela plataforma online Classroom, nesta quinta-feira, dia 24 de setembro, a partir das 19h, contará com a presença de profissionais da área de psicologia e será mediada pela coordenadora do colegiado de Serviço Social e organizadora do evento, Maria Lúcia da Silva Souza.

LEIA MAIS

Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, inicia tratamento contra novo câncer

Roberto Carlos e filho Dudu Braga (Foto: Reprodução/Instagram)

O músico e produtor Dudu Braga usou as redes sociais nesta quarta-feira, 16, para contar aos seguidores que iniciou tratamento contra um novo câncer na semana passada. O filho do cantor Roberto Carlos foi diagnosticado com tumores no peritônio, membrana que recobre a parede abdominal.

“Como vocês podem ver, estou bem. Claro que, quando você recebe essa notícia, o mundo vem abaixo. Mas é aquela história: não adianta ficar se lamentando. Tem que ir para cima para resolver e foi isso que a gente fez”, declarou durante uma “live” no perfil dele no Instagram.

Ao lado da esposa Valeska Braga e da filha Laurinha, de quatro anos, e que praticamente não apareceu no vídeo, Dudu contou como foi a reação de Roberto Carlos quando soube da notícia: “Meu pai ficou, poxa vida, arrasado. Mas agora ele está para cima. Paizão é um cara para cima: ‘Meu filho, vamos acabar com essa bagaça aí’. Não foi bem esse o termo que a gente usou, foi um termo mais forte, mas vou poupar o ouvido de vocês”.

O músico também publicou uma foto de mãos dadas com a esposa e a filha, simbolizando a união da família nesse momento tão delicado. “Vou fazer uma live para falar do meu problema de saúde. Já de agora agradeço todas as manifestações de carinho! Vocês são demais”, escreveu na legenda da imagem.

Artistas regionais cantam Belchior em live neste sábado (12)

Andrezza Santos, Léo Bahia e Eduardo Brito (Secabudega) e Nilton Freitas. Estes são alguns dos artistas regionais que estarão se reunindo neste sábado (12) na live/show ‘Belchior, amar e mudar as coisas’.

Transmitida a partir das 20h pelo www.youtube.com/sincroniafilmes4k, a live encontro será capitaneada pelos músicos Roberto Possidio (guitarra e vocal), Héracles Andrade (bateria), Robertson Ferraz (sax e flautas) e Pablo Wesley (contrabaixo).

Durante a homenagem ao cantor e compositor cearense, que faleceu em 30 de abril de 2017, os músicos e as atrações convidadas irão fazer releituras de canções inesquecíveis a exemplo de clássicos como ‘A palo seco’, ‘Alucinação’, ‘Como nossos pais’, ‘Coração selvagem’ e ‘Velha roupa colorida’.

Também estarão no repertório com pegadas de rock, jazz e blues, versões surpresas para canções amadas do grande público como ‘Apenas um rapaz latino-americano’,  ‘Medo de avião’, ‘Divina comédia humana’ e ‘Fotografia 3X4’.

A live/show ‘Belchior, amar e mudar as coisas’, encerra o projeto Vale Apresentar que durante três sábados seguidos movimentou a cena musical do Vale do São Francisco.

Realizado pela Sincronia Filmes com apoio da Clas Comunicação e Marketing e patrocínio exclusivo da Agrovale, o projeto mostrou o talento e a arte de Tico Seixas e Mariano Carvalho, Sibele Fonseca e Roberto Possidio e a banda Erva Doce. As lives tiveram a apresentação da jornalista e cantora Mirielle Cajuhy.

Em função da pandemia do novo coronavírus a renda do projeto Vale Apresentar é destinada aos artistas e técnicos de som e os alimentos arrecadados doados às entidades filantrópicas de Petrolina e Juazeiro.

Caso Beatriz: Nova Live questiona a presença de uma camisa suja de sangue na cena do crime

Os movimentos que eram realizados pelo coletivo “Somos Todos Beatriz” antes da pandemia do novo coronavírus foram substituídos por debates ao vivo realizados em plataformas virtuais sob o comando de Lucinha Mota, mãe da menina, assassinada a facadas nas dependências do Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, durante uma festa de formatura.

Na última live, realizada na última sexta-feira de agosto, Lucinha questionou o desaparecimento de um brinco usado por Beatriz no dia do crime. Hoje, 03 de setembro, em mais um debate, a família questiona a presença de uma camisa suja de sangue que foi encontrada na cena do crime e chama a atenção para as seguintes interrogações que continuam sem respostas:

“Há informações que nos intrigam bastante: o que uma pessoa que mora há mais de 700km, que não tem vínculo com os alunos estava fazendo no dia da formatura? Qual motivo o levou aquele local? Por que estava sujo de sangue? Qual a origem desse sangue? A polícia localizou as roupas? Fez exames? Quais foram os resultados ? Perguntas e mais perguntas… queremos repostas! Queremos justiça! Queremos um inquérito justo! Quem matou Beatriz ? Quem participou da arquitetura daquela noite de terror?

Essas lives estão substituindo nossas manifestações nesse período de pandemia.
A live de hoje promete.”

Finaliza o convite de Lucinha e Sandro, pais de Beatriz, para que as pessoas participem da Live na noite desta quinta-feira (03).

Pré-candidatas petistas realizam live sobre representatividade das mulheres

Nesta segunda (24) e terça-feira (25/08), as pré-candidatas a vereadoras do PT de Petrolina-PE realizam live sobre “Representatividade das mulheres no legislativo municipal”. A iniciativa é uma parceria entre o projeto petista Elas por Elas e a vereadora Cristina Costa, que é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher de Petrolina. A transmissão acontecerá a partir das 18h, pela página da parlamentar no facebook.

A programação virtual dessa segunda-feira (24/08), contará com a participação de Cecília Cintra, que é colaboradora do projeto Elas por Elas, as pré-candidatas Simone Paim, Thaise Ayalla e Regina Rodrigues. Na terça-feira (25/08), a live será com Paula Menezes, colaboradora do programa Elas por Elas, as pré-candidatas Silvana de Oliveira, Leninha e Jucy Carvalho. As conversas serão mediadas pela vereadora Cristina Costa.

A live é uma forma de dar visibilidade as mulheres pré-candidatas do Partido dos Trabalhadores em Petrolina-PE, principalmente, na Câmara de Vereadores da cidade, onde elas representam 8%, sendo que o município possui mais de 150 mil mulheres.

UNEB discute sobre violência contra a mulher e a atuação do Centro de Referência à Mulher em Senhor do Bonfim (BA)

O Grupo de Estudo em Gênero e Cuidado do Departamento de Educação do Campus VII da UNEB realiza o “GEGC Convida”, um bate papo sobre Violência contra a mulher e a atuação do Centro de Referência à Mulher em Senhor do Bonfim-BA, nesta terça-feira (25), às 19h. Com transmissão pelo perfil do [email protected]_uneb.

A discussão visa informar a população sobre o Agosto Lilás, os tipos de violência e divulgar como o Centro de Referência à Mulher- Mãe Sulinha (CRM) está funcionando neste período de distanciamento social. Para isso, a live conta com a participação da especialista em Gestão Pública Municipal e coordenadora do CRM em Senhor do Bonfim, Geórgia Oliveira, com mediação da coordenadora do GEGC e professora do curso de Enfermagem do Campus VII da UNEB, Milca Carvalho.

Neste período de distanciamento social, muitas mulheres têm vivenciado a ampliação da violência conjugal, algumas, inclusive, em risco de feminicídio. Portanto, “a proposta da live é fazer com que toda a comunidade de Senhor do Bonfim, desperte do medo, do silêncio e da negação, pois temos muitas mulheres que estão em situação de violência conjugal. Por isso, é preciso informar que existe no território um serviço especializado que deve ser buscado para dar suporte com o objetivo de romper o ciclo da violência”, explica Milca.

A vivência do luto em período de pandemia é tema de live da UNEB de Senhor do Bonfim

O assunto será discutido na próxima terça-feira (25) durante uma live que será realizada às 19h30, com transmissão pelo perfil do Instagram @lacpucuidados. O debate será promovido pela Liga Acadêmica de Cuidados Paliativos (LACPU) do Departamento de Educação (DEDC) do Campus VII da UNEB, que fica em Senhor do Bonfim.

A live irá abordar como os profissionais de saúde podem trabalhar o luto de famílias que não podem se despedir de seus entes queridos, pois devido algumas medidas de prevenção ao novo coronavírus, os velórios e funerais de pacientes confirmados ou suspeitos da Covid-19 não são recomendados. Além disso, será discutido sobre as estratégias para garantir a preparação para o luto em um momento tão delicado, já que os pacientes estão isolados.

A discussão conta com a participação da egressa do curso de Enfermagem do Campus VII da UNEB, mestranda e integrante do Grupo de Estudos do Cuidado em Saúde (GECS) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Thaciane Mota. Com mediação do estudante do curso de Enfermagem do Campus VII da UNEB e diretor de comunicação da LACPU, Ailton Oliveira.

Cerimônia virtual inaugura equipamentos públicos nesta sexta-feira (24), em Cabrobó

(Foto: Ascom/PMC)

Nesta sexta-feira (24), Cabrobó vai realizar, pela primeira vez na história, uma cerimônia de inauguração virtual. A solenidade, que vai entregar vários equipamentos públicos à população, será transmitida a partir das 16h pelas redes sociais Instagram @seduc_cabrobó, no canal de YouTube /Seduc Cabrobó e no facebook.com/Seduc Cabrobó.

A Live começa com a inauguração da Creche Municipal Professora Gilma Carinhanha no bairro Vila das Flores. Com capacidade de atendimento para até 224 crianças, em dois turnos (matutino e vespertino), ou 112 crianças em período integral, o novo equipamento é fruto de um investimento estimado em R$ 1.329.992,25.

LEIA MAIS

Sesc Petrolina reúne artistas em “Canta de lá, que eu canto de cá”

Ceumar Coelho, cantora.

Neste momento de isolamento social, a música tornou-se uma aliada para passar o tempo, alegrar e reavivar boas lembranças. Para os músicos, dividir o palco com outros artistas também se tornou mais difícil. Por isso, o Sesc Petrolina estreia nesta quarta-feira (15), às 19h, no canal do Youtube do Sesc Pernambuco, o projeto “Canta de lá, que eu canto de cá”. O encontro musical vai reunir o músico pernambucano Ivan Greg e cantora mineira Ceumar Coelho.

O projeto visa promover encontros virtuais entre artistas de Petrolina com artistas de outras localidades que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, não podem se encontrar presencialmente. O público poderá assistir ao dueto dos artistas, que estarão em cidades diferentes, mas juntos graças ao processo de edição das imagens. “É uma maneira de criar diálogos a distância e promover intercâmbio entre artistas”, reforça o instrutor de atividades artísticas do Sesc, André Vitor Brandão.

Nascido em Petrolina, Ivan Greg é sanfoneiro, tecladista e cantor. Ceumar Coelho, nasceu na região da Serra da Mantiqueira, em Itanhandu, Minas Gerais. A cantora e instrumentista também é compositora.

Grupo Raros de Petrolina realiza Live Solidária neste sábado

O Grupo Raros Petrolina nasceu 01 de julho de 2016.

O Grupo “Raros” de Petrolina, formado por familiares de crianças com síndromes raras, realizará no próximo sábado (11) às 16h, uma Live Solidária para arrecadar doações para as famílias do grupo que estão precisando de assistência em razão da Pandemia da Covid-19.

A Live, que será transmitida nas redes sociais do grupo e do vereador Gilmar Santos, do mandato coletivo, conta com a participação de vários artistas da região, como Flávio Leandro, Del Feliz, Ivan Greg, Nega Dell e Veva Show, Yago Santana, Felipe Lima, Corrinha do Acordeon, Elenildo do Acordeon, e a cordelista Graciele Castro.

“O Grupo Raros tem por finalidade apoiar e desenvolver ações para defesa, elevação e manutenção  da qualidade de vida de famílias de pessoas com síndromes e doenças raras, então essa live solidária organizada pelo grupo e pelo mandato coletivo tem grande importância, assim como as doações, pois nos permite estar ajudando essas famílias que estão realmente precisando do nosso apoio”, explica Patrícia Bonfim, coordenadora do Grupo Raros e mãe de uma criança com síndrome rara.

LEIA MAIS

Conselho Regional de Psicologia de PE debaterá atuação na área jurídica em live nessa terça-feira

Em tempos de pandemia as lives ganharam força nas redes sociais. A ferramenta também tem sido utilizada para debater temas relevantes à sociedade e na noite dessa quinta-feira (7) o Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco discutirá  a atuação psicológica jurídica.

A live será realizada pelo Instagram do Conselho, às 20h. As convidadas são a conselheira Tutelar, Vanessa Rocha Novaes e a psicóloga jurídica que atua no Fórum de Petrolina, Mônica Sousa e Cruz. O encontro virtual terá como “base as orientações descritas nas Recomendações sobre a elaboração de documentos psicológicos para o Poder Judiciário”, destaca o Conselho.

O Conselho Regional de Psicologia está promovendo lives desde o primeiro semestre, para aproximar a população do órgão. Para acompanhar a live basta seguir o Instagram oficial da entidade.

Netos de Luiz Gonzaga repudiam o uso da canção do avô em live de Bolsonaro

Presidente durante live que rendeu nota de repudio.

Uma nota de repúdio, assinada por Amora Pêra Gonzada, Nanan Gonzaga e Daniel Gonzaga, netos do cantor e compositor Luiz Gonzaga, foi publicada nessa sexta-feira (3) nas redes sociais. O documento repudia o uso da canção Riacho do Navio, composição de Gonzagão e Zé Dantas, em uma transmissão ao vivo do presidente Jair Bolsonaro no dia 2 de julho.

“Apresentamos uma NOTA DE NOJO diante desse governo mortal e suas lives”, afirma a nota publicada pelo músico Daniel Gonzaga, neto de Gonzagão, em uma rede social. “Não autorizamos ao Governo Federal o uso das canções assinadas por nenhum de nossos familiares”, completa.

LEIA MAIS

Live aborda situação das comunidades rurais durante pandemia

sexta-feira (19), o Fórum de Entidades Populares de Campo Alegre de Lourdes (BA) irá realizar a Live “Defesa da vida nas comunidades rurais em tempos de pandemia”.

Em um momento que o novo coronavírus avança nos pequenos municípios e nas comunidades rurais do Brasil, a transmissão ao vivo tem o objetivo de chamar a atenção para a importância das medidas protetivas capazes de impedir a propagação da doença e preservar a vida das populações que estão mais vulneráveis.

A Live terá início às 19h e poderá ser assistida através da página da Diocese de Juazeiro no Facebook. O bate-papo vai contar com o filósofo e agente pastoral Roberto Malvezzi (Gogó), a doutora em Saúde Pública e professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)  Ângela Carneiro e o pároco de Campo Alegre de Lourdes, Pe. Bernardo Hanke.

Negros são chamados de “encardidos, povo meio sujo” em live de Evangélicos

Era uma live na qual participaram os pastores Rodrigo dos Santos e Jéssica Maciel, da Igreja Batista do Calvário, na cidade de Toledo, no noroeste do Paraná. Durante a conversa, Rodrigo contava como conheceu a esposa, em um culto realizado no bairro de Vila Pioneira, que o próprio pastor descreveu como “uma região mais pobre”.
“Na região lá da Pioneira a gente não via loira, como a minha esposa, né? E quando ela veio pro culto, se destacou”, explicou o pastor Rodrigo, em meio a risos da pastora Jéssica.
LEIA MAIS
12