Cinco pessoas da mesma família morrem em acidente na BA, segundo imprensa vítimas são de Bodocó

Vítimas estavam em veículo de passeio (Foto: Reprodução)

Um grave acidente registrado na noite de segunda-feira (3), na BR-020, em Luis Eduardo Magalhães (BA) deixou cinco pessoas da mesma família mortos. De acordo com a imprensa do interior, as vítimas são residiam na zona rural de Bodocó, na região do Araripe pernambucano.

Óleo na pista provocou acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia muito óleo na pista, o que teria provocado o acidente. A família estava em um carro que teria perdido o controle e acabou invadindo a pista contrária, colidindo em uma carreta.

Duas crianças entre as vítimas

O condutor da carreta relatou que tentou desviar, sem sucesso. Antônio Hélio Batista Cunha, de 39 anos conduzia o veículo de passeio. Ele estava acompanhado da esposa, Luciene Oliveira Ribeiro, de 41 anos, dos dois filhos do casal – uma criança de 7 e outra de 11 anos – e Messias Campos Ribeiro, de 81, pai de Luciene.

Presidente do TJBA derruba liminar e Luís Eduardo Magalhães deverá obedecer decreto estadual

A liminar concedida ao funcionamento do comércio de acordo com o decreto municipal, em Luís Eduardo Magalhães (BA) foi derrubada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado, na segunda-feira (8). Na decisão, o desembargador Lourival Almeida Trindade disse que o favorecimento a LEM “potencializa e estimula a exposição de pessoas ao vírus”.

LEIA TAMBÉM

Juiz acata pedido e polícia está proibida de prender quem descumprir decreto estadual em Luís Eduardo Magalhães

O decreto estadual proíbe, até 1º de abril, o funcionamento de atividades consideradas não essenciais das 20h às 5h. A liminar havia sido solicitada pela Associação Comercial e Industrial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM).

“Em defesa decisão provoca danos não somente aos que dela se queiram favorecer, mas, também, às incontáveis pessoas que, direta ou reflexamente, estarão submetidos aos efeitos do contágio, e ainda mais ao sistema geral de saúde pública, cujo colapso será iminente, caso não sejam sustentadas as providências de enfrentamento”, esclareceu o desembargador.

LEIA MAIS

Juiz acata pedido e polícia está proibida de prender quem descumprir decreto estadual em Luís Eduardo Magalhães

Uma decisão da Justiça pode mudar o cenário de combate a pandemia na Bahia. Na última semana o juiz Claudemir da Silva Pereira, da Comarca de Luís Eduardo Magalhães acolheu o habeas corpus impetrado pela Associação Comercial e Industrial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem) e determinou que a Polícia e Militar respeite o decreto municipal que permite o funcionamento do comércio, mesmo com as restrições estabelecidas pelo governo do estado.

O magistrado lembrou que não deve ser exercida a prisão de quem descumprir o decreto municipal, do prefeito Júnior Marabá (DEM). Silva Pereira entendeu que “tanto município, como estado e União são entes políticos que devem ser respeitados, no entanto, por evidente, vivem as pessoas nos munícipios, por sua vez, é este o núcleo a localidade onde vivem os cidadãos, com suas peculiaridades e vivenciam suas experiências.”

O juiz também entendeu que efetuar a prisão de quem não seguir as medidas restritivas do Estado é um ato “extremamente violento”. (Com informações do Bahia Notícias).

Família da Bahia procura por homem que desapareceu em Juazeiro

Família perdeu contato com Diego há um mês

Diego de Oliveira Lima tem 35 anos e há três anos reside no bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA) com sua companheira e enteada. Ele é de  Luís Eduardo Magalhães (BA), onde sua família continua morando e sempre mantinha contato os parentes.

Porém, de acordo com Sandro Lima, irmão de Diego, desde o dia 20 de março eles não se falam porque Diego está desaparecido. A informação foi repassada pela própria enteada de Diego. A notícia deu início à uma angústia ainda sem fim.

Sem notícias do irmão que é pedreiro e fazia bicos em Juazeiro, Sandro fez um apelo ao Blog. “Não tivemos nenhuma notícia de Diego ainda por isso gostaria que você fizesse uma matéria sobre o desaparecimento dele. Já faz mais de um mês que ele entrou em contato com a gente”, contou Sandro.

Como ajudar

Quem tiver informações sobre a localização de Diego pode entrar em contato com os seguintes números: (77) 99839-4217 (falar com Charles) ou (77) 99940-1032 (Sandro), os dois são irmãos de Diego.