Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O filme “Bingo – O rei das Manhãs” vai representar o Brasil no Oscar 2018

Competiam pela vaga outros 22 filmes brasileiros. (Foto: Reprodução)

Segundo anúncio feito na manhã de hoje (15), o filme “Bingo – O rei das Manhãs” foi indicado pelo Brasil para disputar uma vaga e tentar faturar a estatueta do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

“Bingo” é um filme inspirado na vida de Arlindo Barreto, ex-intérprete do palhaço Bozo e estreou nos cinemas em 24 de agosto. Vladimir Brichta é o responsável por dar vida ao protagonista.

Quase todos os acontecimentos do filme têm paralelo com a realidade – embora algumas cenas tenham sido apimentadas no roteiro. “A gente fundiu personagens, inverteu coisas, suprimiu o tempo, porque o filme pede isso”, explica o diretor Daniel Rezende, conhecido pelos trabalhos de edição em “Tropa de elite” (2007), “Diários de motocicleta” (2004) e “Cidade de Deus” (2002). Confira crítica sobre o filme.

Com informações do G1

Oscar: Di Caprio recebe prêmio de melhor ator e Spotlight é escolhido melhor filme

di caprio

As atenções se voltaram nesse domingo (28), na cerimônia de entrega do Oscar, realizada no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos, para o prêmio de melhor ator, que finalmente fez justiça a Leonardo Di Caprio, após quatro indicações frustradas. O ator foi laureado por seu trabalho em O Regresso, em que incorpora o explorador vingativo Hugh Glass.

O filme brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, perdeu, na categoria animação, para Divertida mente, produzido pela Pixar Animation Studios e dirigido por Pete Docter.

A entrega do Oscar aos melhores atores, técnicos e filmes de 2015 foi transmitida para todo o mundo, ao vivo, pela emissora de televisão norte-americana ABC.

Ao receber a premiação, Di Caprio deu um tom ambientalista ao seu discurso. “A mudança climática é real. Isso está acontecendo agora. Esta é a ameaça mais urgente para toda a nossa espécie”, disse. “Precisamos apoiar os líderes de todo o mundo que falam para os povos indígenas, para a humanidade, as vozes que foram abafadas pela política de ganância”,

LEIA MAIS

Animação brasileira O Menino e o Mundo concorre ao Oscar 2016

o-menino-e-o-mundo

O filme de animação brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor paulista Alê Abreu, vai representar o Brasil no Oscar 2016. Em cerimônia realizada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o longa-metragem foi anunciado entre os indicados, ao lado das animaçõesAnomalisa, Divertida Mente (Inside Out), Shaun, O Carneiro (Shaun the Sheep Movie) e Quando Marnie estava lá (When Marnie was there).

O Menino e o Mundo conta a história de um garoto que mora com o pai e a mãe, em uma pequena casa no campo. O pai abandona o lar e parte para a cidade grande em busca de trabalho e o menino, triste e desnorteado, faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. O filme mostra, pelos olhos da criança, uma sociedade marcada pela pobreza, exploração de trabalhadores e falta de perspectivas.

O diretor Alê Abreu tem 44 anos e estreou no cinema com a animação Garoto Cósmico, lançada em 2007. O filme O Menino e o Mundo venceu, em 2014, o Festival Inernacional de Animação de Annecy, na França, um dos mais tradicionais festivais dedicados ao gênero. Ao ser indicado ao Oscar 2016, o longa desbancou filmes como O Bom Dinossauro, Home e Minions.

Indicados 2016

A cerimônia do Oscar 2016 será realizada no dia 28 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia, e terá como apresentador o comediante Chris Rock. O drama O Regresso,protagonizado por Leonardo DiCaprio (indicado na categoria de Melhor ator), é o líder de indicações, concorrendo a 12 estatuetas. O filme foi o grande vencedor do prêmio Globo de Ouro, realizado no último domingo (10), e é dirigido por Alejandro G. Iñárritu, que na edição de 2015 do Oscar venceu com o filme Birdman.

São destaque também os filmes Mad Max: Estrada da fúria, que concorre em 10 categorias, ePerdido em Marte que conseguiu sete indicações. A cerimônia premia poduções em 24 categorias. Confira as principais:

LEIA MAIS