Chesf reduz vazão da barragem de Sobradinho nesta quinta-feira

Nova vazão a partir de amanhã (Foto: André Schuler/Chesf)

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) anunciou uma nova redução na vazão da Usina de Sobradinho. A partir desta quinta-feira (14) o valor empregado será 900m³/s e não mais os 1.100 m³/s praticados até então.

Segundo a Chesf, o volume útil de Sobradinho hoje é de 49%, com afluência de 1.800 m³/s e defluência de 1.103 m³/s. Com a nova redução, haverá também uma diminuição de 40 megawatts na geração de energia.

A decisão de reduzir a vazão foi necessária “em razão da necessidade de manter o volume de espera da Usina de Luiza Gonzaga, e diante do fato de que a Usina de Xingó está com vazão de 1.000 m³/s”, justificou a Chesf.

Vazão do Reservatório de Sobradinho passa a ser de 2.300 m³/s a partir de hoje

Chesf orienta população ribeirinha para não ocupar margens do rio (Foto: André Schuler/Chesf)

A partir dessa terça-feira (15) a vazão de Sobradinho (BA) passa a ser de 2.300 m³/s. A elevação foi autorizada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) desde o final de semana. Inicialmente o volume de saída que estava vigorando desde sábado (12) era de 1.100 m³/s.

Segundo a Chesf, o Reservatório de Sobradinho seguirá operando com vazão de 2.300 m³/s até nova avaliação. Tal medida se fez necessária para a manter o nível do reservatório de Itaparica (BA) num valor mínimo de 30% de seu volume útil.

Nesse meio tempo a Companhia alerta as comunidades ribeirinhas, para que não ocupem as margens do rio São Francisco. “Em situação de emergência, as Usinas de Sobradinho e Xingó poderiam praticar vazões na ordem de 4.200 m³/s e 3.000 m³/s, respectivamente“, alerta a Chesf.

Vazão do Reservatório de Sobradinho será novamente reduzida

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir dessa quarta-feira (2) o Reservatório de Sobradinho (BA) está operando com nova vazão. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) passou a trabalhar com 1.400 m³/s e a previsão é chegar a 1.100 m³/s amanhã (3).

O anúncio foi feito pelo diretor de Operação da Companhia, João Henrique Franklin, durante entrevista a Rádio Jornal Petrolina. Ele ressaltou que até ontem (1°) o Reservatório tinha 51% da sua capacidade, volume considerado bom. “É um cenário diferente daquele que atravessamos em 2015, quando chegamos a 1% à época”, disse no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

As constantes reduções, no entanto, não impedem a Chesf de aumentar as vazões. Tudo vai depender do nível de chuvas em 2021. “Passamos muitos anos com o rio seco, agora o Rio São Francisco está reocupando sua calha”, finalizou.

Chesf promove Simulado de Abandono no Reservatório de Sobradinho

Simulado foi realizado na semana passada (Foto: Carlos José/Chesf)

Ao longo dessa semana alguns áudios circularam no WhatsApp informando que supostamente o Reservatório de Sobradinho (BA) estava próximo de se romper. Contudo, o Blog mostrou que não passava de fake news. Posteriormente pessoas começaram a afirmar que a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) estava tentando esconder o rompimento.

Mas na verdade, o que a Chesf fez foi promover um Simulado de Abandono. A medida é uma prática de prevenção realizada em outras usinas e no último dia 19 chegou a Sobradinho. Cerca de 100 pessoas participaram do treinamento, entre empregados, trabalhadores de empresas contratadas e aquelas que atuam como acessantes na subestação local.

“Todos os que atuam nas áreas da Chesf passam por treinamentos de segurança e é fundamental que estejamos todos atentos, mesmo para os cenários mais improváveis. Trabalhamos com segurança e buscando sempre a excelência”, explica o gerente do Departamento de Operação Regional de Sobradinho, Raniere Farias.

Depois de concluir o treinamento em Sobradinho, a Chesf fará o simulado em Boa Esperança (PI), Funil (BA) e Pedra (BA), todas ainda em novembro.

Vídeo que mostra Reservatório de Sobradinho praticamente cheio é antigo

Vídeo foi gravado quando barragem estava cheia (Foto: Reprodução)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a barragem de Sobradinho (BA) próxima de atingir sua capacidade máxima. Contudo, as imagens não são atuais, informou uma fonte ligada a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Quando o vídeo foi gravado a barragem estava com aproximadamente 80%. Algo bem diferente do cenário bem atual. Segundo dados fornecidos pela Chesf, nessa sexta-feira (20), a capacidade da barragem é de 58%.

A redução da capacidade incidiu diretamente na vazão. Conforme o Blog Waldiney Passos mostrou ontem, a Chesf vai operar com a vazão abaixo de 2.900 m³/s a partir deste sábado (21).

Barragem de Sobradinho supera 92% de sua capacidade

Chuva de 2020 contribuiu para esse momento positivo no Reservatório de Sobradinho (Foto: Internet)

As previsões se confirmaram e pela primeira vez desde 2009 o Reservatório de Sobradinho (BA) atingiu 90% do seu volume. Até segunda-feira (4) o nível marcava 92,4% da capacidade e a previsão da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) é de atingir 95% ainda nesse mês.

Segundo a Chesf, esse cenário positivo somente foi possível graças às chuvas ocorridas em Minas Gerais a partir da primeira quinzena de janeiro. A Companhia estima que o Reservatório baterá, no máximo, 95% de sua capacidade e não mais os 100% estimados em abril.

“A situação é de normalidade e bastante favorável com relação ao armazenamento de água em Sobradinho, que possibilitará o atendimento aos usos múltiplos, durante o próximo período seco, motivo de comemoração por parte de todos os usuários do Velho Chico”, destaca a Chesf.

Chuvas de fevereiro recuperam volume do Reservatório de Sobradinho

(Foto: Samuel Morais/Divulgação)

O primeiro mês de 2018 foi de preocupação com o volume do Reservatório de Sobradinho, quando o volume útil atingiu a marca de 12,29%. Mas as chuvas de verão têm ajudado a modificar esse cenário e no domingo (18) o nível chegou a 16,91%, mostrando um cenário positivo para fevereiro.

Entre o dia 3 a 18 de fevereiro a chuva acumulada em milímetros foi de 144,3, de segundo dados do Sistema de Gestão de Recursos da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Uma realidade bem distinta de agosto passado, quando o nível do volume útil do reservatório atingiu seu menor nível, 2%.

Os primeiros meses do ano são marcados pelas chuvas no Nordeste, época de recuperação dos reservatórios e barragens da região. Janeiro não choveu o esperado, mas segundo Laboratório de Meteorologia da Univasf, fevereiro deve compensar e terminar no acumulado com 70 mm.

A semana ainda pode registrar mais chuva, já que o Instituto Climatempo alerta para a possibilidade de chuva a qualquer hora do dia de hoje (19) até a sexta-feira (23).