Hidrelétrica de Sobradinho não terá limite máximo para liberação de água

Velho Chico se alegra com notícia

A chuva do começo do ano trouxe uma boa notícia aos sertanejos. A partir da última quarta-feira (1°) a operação da hidrelétrica de Sobradinho (BA) voltou à faixa Normal, algo que não acontecia desde 2013. Ou seja, a barragem não terá limite máximo na liberação de água.

A mudança acontece sete anos depois da implantação de medidas para recuperar o volume da barragem. Em abril de 2013 a CHESF passou a adotar medidas para preservar a hidrelétrica. Em seguida foram anos registrando seca e a escassez da barragem ligou o sinal de alerta. Porém, 2020 tem sido um ano bastante chuvoso e resultou na recuperação do nível.

De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), as chuvas de 2020 permitiram a recuperação do armazenamento de Sobradinho, superando o volume útil de 60%. No dia 31 de março a barragem acumulava 73,98% de seu volume útil.

Depois de oito anos, Cemig faz abertura parcial das comportas da Usina de Três Marias

(Foto: Divulgação/Cemig)

Na última sexta-feira (28), a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) anunciou que está fazendo a abertura parcial das comportas da Usina Hidrelétrica de Três Marias (MG), que fica no Rio São Francisco. A medida foi tomada devido às fortes chuvas registradas no período de carnaval. Atualmente, o reservatório está com de 88,6% da capacidade.

A última vez que a Cemig abriu as comportas de Três Marias foi em 2012. Segundo a Companhia, a ação está sendo divulgada para que eventuais problemas relacionados às inundações possam ser evitados. A operação deve ser mantida pelos próximos 15 dias.

“O vertimento é necessário para evitar que se atinja o limite de armazenamento, quando seria obrigatório o repasse de toda a água recebida pelo reservatório, o que poderia causar transtornos e inundações para as comunidades ribeirinhas”, explicou a Cemig em nota.

LEIA MAIS

Ruy Wanderley cobra da AMMA desassoreamento do Velho Chico na comunidade de Porto da Palha

Ruy Wanderley apresentou Indicação que gerou reação de colegas da própria bancada (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

O vereador Ruy Wanderley (PSC) apresentou a Indicação n° 069/2020 na sessão de quinta-feira (13), no qual solicitava à Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) o desassoreamento do Rio São Francisco no Porto da Palha.

“Estamos pedindo ao secretário que possa fazer essa intervenção em Porto de Palha, mas não só lá, em todo rio São Francisco. O prefeito Miguel Coelho, desde o início da sua gestão está tentando resolver esse problema na margem do rio em relação aos dejetos jogados in natura e a gente aproveitou a solicitação de um morador de Porto de Palha para que a Prefeitura possa fazer essa intervenção lá”, disse ao Blog Waldiney Passos.

O edil ressaltou que está em constante contato com a comunidade e espera a execução do serviço, já que a Indicação foi aprovada por 18×0. “Nós estivemos, desde o nosso primeiro dia como mandato de vereador que estamos rodando Petrolina, vendo as necessidades das comunidades. Na região ribeirinha a gente tem tido um entendimento com a comunidade, buscando as informações necessárias para trazer [as demandas] para a Câmara“, afirmou.

Leitor flagra esgoto sendo despejado no rio São Francisco; Compesa afirma que sistema pode ser clandestino

Leitor flagrou esgoto na Orla de Petrolina

Um leitor que preferiu não ser identificado encaminhou um flagrante em pela Orla de Petrolina. Ele passava pelo cartão postal da cidade nessa segunda-feira (17), quando flagrou um esgoto sendo despejado diretamente no rio São Francisco. Indignado com a situação, ele cobrou uma resposta da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Esgoto é irregular, afirma Compesa

Prontamente a Compesa respondeu à nossa Produção. Em nota, a Companhia informou que o problema mostrado no vídeo acima é oriundo de uma rede clandestina. Confira a nota:

LEIA MAIS

Juazeiro: corpo de homem é encontrado boiando no Rio São Francisco

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

O corpo de um homem foi encontrado por populares, no início da tarde desta segunda-feira (10), boiando no Rio São Francisco, nas proximidades da Orla II de Juazeiro (BA).

A vítima ainda não foi identificada. A Polícia foi acionada, e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A causa da morte é desconhecida.

Chuvas aumentam nível da água do Rio São Francisco

(Foto: Divulgação/CBHSF)

O nível de água do Rio São Francisco tem aumentado consideravelmente em decorrência das fortes chuvas que atingem Minas Gerais, desde o último dia 24 de janeiro. A maior parte da água que aumenta a vazão do São Francisco vem da cheia do Rio das Velhas. O curso d’água que nasce no município de Ouro Preto é o principal vetor e escoamento de Belo Horizonte e de quase toda a região central do estado. Segundo dados do Instituto de Meteorologia do Brasil (INMET), o acumulado das chuvas do mês de janeiro na capital mineira chegou a 960 mm.

O aumento do volume da água do São Francisco e percebido desde a região da nascente, no Norte de Minas, em São Roque de Minas até municípios baianos como Bom Jesus da Lapa. A principal nascente do Velho Chico que se encontra no Parque Nacional da Serra da Canastra, voltou a jorrar água com um volume expressivo.

De acordo com dados da Agência Nacional de Águas (ANA), a vazão do Velho Chico saiu de 615 m³/s registrados no dia 20 de janeiro para 5.670 m³/s no dia 28 de janeiro, em São Roque de Minas. No mesmo período, o nível do rio passou de 217 cm para atuais 776 cm.

LEIA MAIS

Cheia: municípios baianos banhados pelo Velho Chico já estão em alerta

Os municípios baianos, banhados pelo Rio São Francisco, já começaram a monitorar as águas do Velho Chico devido a cheia de 2020, choveu de forma assustadora no estado de Minas Gerais, onde o nível algumas cidade ultrapassa a marca dos 7 metros.

Na região Oeste da Bahia, o São Francisco desde semana passada já estava com cerca de 4 metros, o sistema de baixa pressão que agiu no estado fez com que grandes acumulados de chuva fossem registrados.

O primeiro município da Bahia, banhado pelo rio é Malhada, na manhã da última terça-feira (28), o nível atingiu 4,12 metros, comunidades ribeirinhas já foram alerdadas que as águas seguirão subindo.

Na cidade mineira de São Francisco, no norte do estado, as medições atestaram 7,95 metros, nos últimos sete dias, a vazão de afluentes do São Francisco subiu 10x.

Nível de água na barragem de Sobradinho continua aumentando e pode chagar a mesma marca de 2018

De acordo com informações do site Notícias da Lapa, o nível da água no Rio São Francisco está subindo de forma considerável na cidade de Bom Jesus da Lapa-BA.

Segundo o monitoramento feito por Dona Maria Alice Alves, que é a responsável pelas leituras para a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), em Sobradinho, na última sexta-feira(10), o nível chegou a quase 5 metros, e no último final de semana voltou para os 4 metros.

Dona Maria Alice destaca, que o rio já chegou a quase o mesmo nível registrado no final de 2018,  quando subiu 4,75 metros.

Parte desse aumento das águas é resultado das chuvas na cabeceira do rio em Minas Gerais somadas as chuvas na região neste mês de janeiro.

De acordo com as últimas informações da Chesf, o Lago de Sobradinho atualmente está com 30,02% do volume útil, uma afluência de 1150 (m3/s) e defluência de 899 (m3/s).

Curta a nossa página no Facebook e recebe conteúdos exclusivos. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (87) 98816-1881.

Projeto sobre implantação de teleférico entre Petrolina e Juazeiro deve ser votado nesta terça na Câmara de Vereadores

A exemplo da ponte Presidente Dutra, o teleférico terá uma extensão em torno de 800 metros.

Nesta terça-feira (17), os vereadores de Petrolina (PE) devem apreciar o Projeto de Lei 098/2017, de autoria de Osório Siqueira, presidente da Câmara Municipal. A proposição autoriza o Poder Executivo a realizar estudos para implantação de um teleférico, com embarque e desembarque sobre o Rio São Francisco, entre Petrolina e Juazeiro (BA).

De acordo com o projeto, a prefeitura de Petrolina deverá estabelecer parceria com a cidade de Juazeiro para consecução do serviço. Além disso, a exploração do teleférico poderá ser a partir de uma Parceria Pública Privada (PPP) ou de um Processo de Concessão Pública.

O Projeto de Lei determina, ainda, que o teleférico deverá transportar passageiros exclusivamente com finalidade turística, para apreciação da vista entre as duas cidades sobre o Rio São Francisco.

LEIA MAIS

Atividade educativa realizará plantio de mudas nativas no Parque Fluvial em Juazeiro nesta terça-feira

(Foto: Ascom/PMJ)

A Prefeitura, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano/SEDUR realiza nesta terça-feira (18), a partir das 8h, a oficina educativa, ‘Plantando a vida, recuperando a cidadania’, na Orla Fluvial, e contará com a participação dos alunos da rede municipal de ensino. A ação tem como foco a preservação do Rio São Francisco por meio da recuperação da mata ciliar e plantio de novas mudas nativas.

A ação faz parte das atividades desenvolvidas dentro do cronograma da Meta 1, voltada para a educação ambiental, do Parque Fluvial. Durante o evento serão plantadas parte das 600 mudas de plantas nativas, de grande porte e arbustivas, previstas no projeto da obra.

Parque Fluvial

A obra do Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da SEDUR, fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial, no trecho entre o muro da Marinha e o início do bairro Angari.

Até o momento já foram executadas a implantação de academias da saúde, parques infantis, pista de skate, pista de Cooper, ciclovia em toda a extensão do parque, recuperação do campo de esportes, das quadras poliesportivas e de areia, implantação de novas escadarias de acesso e rampa de acessibilidade, implantação do piso em intertravado e pintura do teto na área do Terminal hidroviário, iluminação em LED, as barracas que ficavam próximas à Marinha, já foram retiradas da margem do rio por questões ambientais e serão ordenadas e padronizadas na área da calçada que será ampliada. Atualmente está em execução os serviços de paisagismo e troca do guarda corpo por uma releitura da antiga balaustrada.

Equilíbrio ecológico: prefeitura de Petrolina libera mais de 15 mil peixes no Rio São Francisco

(Foto: Alexandre Justino)

A Prefeitura de Petrolina liberou nesta quinta-feira (7) cerca de 15 mil alevinos do trecho do Rio São Francisco na cidade. A iniciativa da gestão municipal pelo equilíbrio ecológico do Velho Chico faz parte do projeto da prefeitura ‘Orla Nossa’, coordenado pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA).

A ação contou com parceria da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Marinha e os pescadores. Foram lançados peixes recém nascidos das espécies piau verdadeiro e pacumã. Desde o início do projeto, já foram liberados 250 mil alevinos, colaborando para a preservação e manutenção dos estoques pesqueiros do rio.

LEIA MAIS

“Vereador não é para fazer assistencialismo”, dispara Ronaldo Cancão

Vereador deixou um recado para colegas (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

“Vereador não é para fazer assistencialismo não, é para cuidar dos direitos da sociedade”. A mensagem veio do vice-presidente da Casa Plínio Amorim, o vereador Ronaldo Cancão (PTB) durante sua fala na Tribuna Livre, na sessão de quinta-feira (31).

LEIA TAMBÉM:

Membros da Comissão Especial rebatem críticas sobre viagem a Brumadinho

Vereadores apresentam balanço de viagem a Brumadinho e cobram medidas para evitar maiores danos ao rio São Francisco

O alerta aos colegas de Plenário veio após Cancão lembrar da visita feita por ele e Cristina Costa (PT) a Minas Gerais, para investigar os danos causados pelo vazamento da Barragem de Brumadinho, no primeiro semestre. O edil lembrou que é dever de cada um lutar pela preservação do Velho Chico.

LEIA MAIS

Baronesas são removidas do Rio São Francisco e mutirão intensifica limpeza na Orla de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina realiza mutirão de limpeza na Orla da cidade, durante esta semana. Cerca de 1 quilômetro de faixa do rio receberá o programa ‘Cidade Mais Limpa’. Estão sendo realizados os serviços de capina, retirada de ervas daninhas e remoção das baronesas na extensão das orlas I e II.

O trabalho está sendo executado por uma equipe composta por sete pessoas que, manualmente, irão retirar as baronesas de dentro do rio, e também com uma máquina motoniveladora.

“Estamos trabalhando intensamente para retirar as baronesas do local e possibilitar uma área de banho mais agradável e com menos plantas aquáticas. A vazão do rio tinha aumentado na última semana e com a defluência, mais plantas ficaram alojadas no local, estamos acelerando os trabalhos para que, o quanto antes, possamos concluir o trabalho”, afirma o secretário executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira.

Vazão de hidrelétrica de Xingó pode evitar contaminação de óleo no São Francisco

(Foto: Internet)

Nesta semana, foram encontradas manchas de petróleo na foz do Rio São Francisco em Alagoas. Para evitar a contaminação do rio pela mancha de óleo avistada em diversas localidades do litoral da Região Nordeste, a Agência Nacional de Água (ANA) disse, nesta sexta-feira (11), que existe a possibilidade de se usar as águas do Velho Chico para evitar a contaminação do próprio rio.

De acordo com a ANA, existe a possibilidade de aumentar a vazão da usina hidrelétrica de Xingó no Rio São Francisco, na divisa entre Alagoas e Sergipe, de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s), para 1.300 m³/s, caso seja identificado risco de contaminação da água do rio na região próxima à foz pelo óleo disperso no litoral nordestino.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é o órgão responsável por identificar a possibilidade de contaminação da água do São Francisco.

LEIA MAIS

Petrolina: carro com motorista e passageiros cai no rio são francisco e ninguém fica ferido

Um carro caiu no Rio São Francisco, na tarde de ontem (5), num ponto de travessia de Petrolina (PE) para a Ilha do Rodeadouro. Motorista e passageiros estavam dentro do veículo, mas não ficaram feridos. O veículo transportava um jet ski acoplado na traseira.

As imagens que circulam nas redes sociais, mostram o momento em que os passageiros são resgatados, e o veículo é “engolido” pelas águas do Velho Chico. Pelo vídeo percebe-se que o trecho é profundo.

Informações preliminares dão conta que o motorista iria desengatar a moto aquática, quando  o carro invadiu as águas do rio. Ainda não há informações oficiais sobre o que provocou o acidente. Outro vídeo divulgado por populares, mostra homens tentando tirar o veículo do rio. Até o momento o Blog Waldiney Passos não conseguiu confirmar se a tentativa obteve êxito.

123