Caixa libera saque imediato do FGTS para nascidos entre abril e maio

(Foto: Ilustrativa)

A Caixa Econômica Federal começou hoje (8) a liberar o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa, a mais um grupo de brasileiros. Estão contemplados trabalhadores nascidos em abril e maio sem conta no banco.

Eles podem ir até uma agência da Caixa ou nas casas lotéricas para fazer o saque. Quem não tem cartão cidadão deve ir ao banco para gerar uma conta e sacar o valor disponível. No caso de saques até R$ 100 o banco recomenda ir às lotéricas.

Para dar conta do atendimento, 2.302 agências terão horário estendido hoje e na segunda-feira (11). Para fazer o saque é importante levar documento pessoal como RG e CPF.

Caixa libera saque do FGTS para nascidos em fevereiro e março

Saque começa para nascidos em fevereiro e março

Nessa sexta-feira (25) começa mais uma etapa da liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. A partir de hoje poderão sacar os trabalhadores
nascidos em fevereiro e março sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

Para os valores de R$ 500,00 os saques podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

Já no caso dos saques de até R$ 100, a Caixa recomenda a retirada nas casas lotéricas. E para quem não tem cartão Cidadão tem que procurar uma agência bancária na sua cidade. O saque é opcional e a data limite para fazê-lo é no dia 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Nascidos em maio, junho, julho e agosto poderão sacar FGTS a partir desta sexta-feira

Clientes da Caixa receberão dinheiro na conta

Começa nesta sexta-feira (27) o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal.

O banco já liberou o pagamento para as pessoas nascidas janeiro, fevereiro, março e abril no dia 13 deste mês. Para trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito a partir do dia 9 de outubro de 2019.

A estimativa é que 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.  Os trabalhadores que têm conta-corrente precisam autorizar o crédito automático, por meio do Internet Banking.

Para aqueles que não têm conta na Caixa, o calendário começa no dia 18 de outubro, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro.

Polícia Federal alerta sobre golpe no WhatsApp envolvendo o saque do FGTS

(Foto: Internet)

A Polícia Federal divulgou alerta sobre mensagens recebidas pelo WhatsApp depois de mais um golpe estar circulando no país envolvendo o saque do FGTS.

Para quem tiver conta poupança na Caixa, os saques já começaram no dia 13 de setembro e para quem não tem, a retirada dos valores estará disponível a partir de 18 de outubro e ficarão disponíveis até 31 de março de 2020. Porém, cabe um alerta sobre uma mensagem enviada para o celular prometendo o pagamento retroativo e o saque dos valores do FGTS.

Os ataques funcionam assim: a vítima recebe o link malicioso. O site é aberto e geralmente há um questionário de quatro perguntas para serem respondidas (Nº PIS/PASEP, Data de Nascimento, CPF, Senha do Cartão Cidadão). Após enviar as respostas, a vítima é incentivada a compartilhar esse mesmo link com mais 10 contatos.

LEIA MAIS

Caixa Econômica começa a depositar FGTS para saque

(Foto: Arquivo)

A Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta sexta-feira (13) o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a quem optar pelo saque. Cada contribuinte receberá R$ 500 e terão os valores depositados em suas contas, para quem for cliente do banco.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebe primeiro. Os próximos a ter acesso ao saque serão os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 deste mês. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa, aberta até o dia 24 de julho de 2019, o calendário começa no dia 18 de outubro, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro. (Folha de Pernambuco).

Saque o FGTS deve ser limitado em R$ 500

Mudança no FGTS vem sendo discutida pelo Governo Federal (Foto: Arquivo)

Nesta quarta-feira (24) o Governo Federal deve fazer o tão esperado anúncio da liberação dos saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Contudo, quem espera sacar um alto valor vai esbarrar numa medida do próprio governo.

Os saques serão limitados em R$ 500 por conta em 2019. Somente a partir de 2020 os trabalhadores retirar parte dos recursos no mês do aniversário, até que o valor acabe. Nesse caso, porém, terá que abrir mão de resgatar a totalidade do fundo caso sejam demitidos sem justa causa.

Outra medida analisada pelo governo é implantar porcentagens para os saques. A estimativa da equipe econômica é de que a medida tenha potencial de injetar R$ 30 bilhões na economia. Essa liberação era esperada para a semana passada, mas foi adiada pela equipe federal. (Com informações do Correio Braziliense).