Educação: Prefeitura de Petrolina lança seleção para mais de 600 profissionais temporários

(Foto: Jonas Santos/Ascom PMP)

A Prefeitura de Petrolina anunciou uma seleção simplificada para contratação temporária de diversos profissionais. O edital está disponível no Diário Oficial de quarta-feira (31). São mais de 600 vagas e os aprovados atuarão nas escolas da rede municipal, creches e unidades do Nova Semente.

As vagas são para professores substitutos do Ensino Fundamental; assistente administrativo; assistente educacional; auxiliar de cozinha; auxiliar de limpeza; motorista de carro leve; motorista de ônibus; motorista de micro-ônibus e barqueiro de transporte escolar.

Taxa de inscrição

A taxa de inscrição varia de R$100 a R$ 140, a depender do nível de escolaridade. Essa seleção será realizada em única etapa, através de prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com exceção do cargo de: Motorista de Ônibus e Micro-ônibus.

Prazo

Quem for aprovado atuará em regime temporário de 12 meses, com vínculo de trabalho na Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do município. As inscrições devem ser feitas no site da FACAPE, responsável pela seleção. As inscrições vão de 11 a 29 de abril.

Nova Semente: funcionários seguirão com atividades remotas, afirma Prefeitura de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

O início do lockdown em Petrolina levantou uma série de questionamentos dos profissionais da educação municipal. O Blog recebeu mensagens de alguns leitores em busca de respostas da Prefeitura sobre a continuidade das atividades nas Novas Sementes.

LEIA TAMBÉM

Covi-19: Paulo Câmara decreta lockdown em Pernambuco; veja o vídeo

“Gostaria de saber porque as funcionárias das Novas Sementes terão que trabalhar durante o decreto estadual, sendo que toda área de educação seja público ou privado vão respeitar o decreto, além disso as funcionárias terão que trabalhar de portas fechadas“, contou uma leitora.

LEIA MAIS

Março começa com aulas remotas na rede municipal de Petrolina

(Foto: Jonas Santos/Ascom PMJ)

Os alunos matriculados na rede municipal de ensino de Petrolina retornam às aulas nesta segunda-feira (1°), mas de forma remota. A Prefeitura está obedecendo as recomendações do Governo do Estado e oferta, por enquanto, apenas os encontros virtuais aos mais de 56 mil estudantes.

De acordo com a Prefeitura, o planejamento desse mês envolve a aplicação de atividades para os alunos que apresentaram baixo desempenho; recolhimento do material pedagógico dos estudantes que não tem acesso à internet a fim de registrar frequência; entrega dos livros didáticos e do cronograma de ensino, além da avaliação da aprendizagem do primeiro bimestre letivo.

LEIA MAIS

Vale Alimentação Estudantil será liberado neste final de semana, garante Secretaria de Educação de Petrolina

(Foto: Emerson Leite/PMP)

A carga referente ao Vale Alimentação Estudantil (VAE), fornecido pela Prefeitura de Petrolina, será liberada neste final de semana. De acordo com a secretaria de Educação, o valor é referente ao primeiro mês das aulas remotas do ano letivo 2021 e cerca de 56 mil alunos serão contemplados com a ajuda.

O valor de R$ 50,00 está disponível apenas aos cartões ativos. O auxílio foi aprovado na Câmara Municipal em 2020, durante a pandemia do novo coronavírus, quando as aulas presenciais foram suspensas. “Já estamos articulados para manter nosso compromisso em 2021, independente do formato das aulas. Vale lembrar que o valor está sendo liberado para garantir a alimentação do estudante e não pode e nem deve ser substituída pela compra de nenhum outro produto“, pontua o secretário de Educação, Plínio Amorim.

O cartão magnético entregue em 2020 aos pais ou responsáveis dos estudantes continua valendo. Já aos novatos, a entrega dos cartões acontecerá em 10 dias úteis, a contar da última quinta-feira (25). “A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, através da Secretaria Executiva de Alimentação Escolar, estará à disposição das famílias para esclarecimentos relativos ao Vale Alimentação Estudantil“, explica a Prefeitura.

Ano letivo em Petrolina começa com aula online

(Foto: Ascom/PMP)

A aula inaugural realizada nesta quarta-feira (3) foi à distância. A saudação inicial do ano letivo em Petrolina chegou aos estudantes, familiares e professores com a ajuda da tecnologia. Pelo menos neste mês de fevereiro, a interação entre mestres e alunos será de forma remota, inclusive para estudantes da Educação Infantil.

No evento de hoje teve dinâmicas, música, contação de histórias e palestras com profissionais de diversas áreas. De forma interativa o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Plínio Amorim, deu boas-vindas aos estudantes.

LEIA MAIS

Petrolina: servidores temporários questionam a não prorrogação de contratos, mas Prefeitura afirma estar seguindo a lei

(Foto: ASCOM/PMP)

Profissionais contratados pela Prefeitura de Petrolina estão questionando o fato de os vínculos contratuais vigentes estarem prestes a ser encerrados. Há assistentes de educação e auxiliares de limpeza, cujos contratos serão finalizados em no primeiro trimestre de 2021.

“Estávamos à espera de um novo seletivo. Chegou ao nosso conhecimento uma mensagem da Secretária Executiva do RH, da Secretaria de Educação informando que não haverá seleção por conta da pandemia. E por esse motivo a Prefeitura convocaria as pessoas classificadas já no final da lista, para quando nosso contrato acabar”, relata um dos contratados.

Validade da seleção

O que o grupo questiona é o fato de os contratos findarem, mas a seleção ainda estar vigente. “Se nosso contrato vale no máximo dois anos por conta do edital, que também tem essa mesma validade e esse edital foi prorrogado, claramente nosso contrato também deverá seguir essa linha de prorrogação”, pontua.

Procurada pelo Blog Waldiney Passos a secretaria de Educação afirmou que a Prefeitura está seguindo o que determina a lei. “A seleção feita pela SEDUCE ainda tem validade, está vigente e dentro da legalidade. Por isso, os cadastro reservas serão convocados, conforme também está previsto na lei“, disse em nota. O município também informou que os vínculos já haviam sido prorrogados, sendo impossível ir de encontro ao que manda a lei.

Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

No mês da Consciência Negra, Gilmar Santos cobra cumprimento de lei municipal

Edil citou necessidade de debater temáticas e valorizar cultura negra (Foto: Blog Waldiney Passos)

Novembro é dedicado não apenas à conscientização sobre a prevenção ao câncer de próstata como também à valorização da cultura afro. Justamente por isso o vereador Gilmar Santos (PT) reivindicou o cumprimento de uma lei criada em 2004 pela Câmara de Vereadores, sobre o ensino da temática na rede municipal de Petrolina.

A Lei nº 1.445/2004 foi proposta pelo então vereador Padre Antônio (PT), instituindo a Semana de Estudos da Consciência Negra, entre os dias 14 e 20 de novembro de cada ano. “Fomos fazer uma visita [à secretaria de Educação] para cobrar o cumprimento de uma lei do Padre Antônio, essa leia trata da instituição da Semana de Estudos da Consciência Negra no município de Petrolina. É uma lei que vem dar cumprimento à uma lei federal e chama atenção para as nossas escolas que aprofundem os estudos sobre a história do povo negro, sobre as contribuições das populações negras que vieram da África e se afirmaram contribuindo para o fortalecimento dessa nação”, destaca o edil.

Combate ao racismo 

Citando a discriminação e falta de direitos aos negros, Gilmar ressaltou a necessidade de promover essa discussão nas escolas municipais, para valorizar a identidade negra. “Nós sabemos que o racismo existe na sociedade, ele existe constrangendo as comunidades de terreiro, as comunidades religiosas de matriz africana, muitas crianças são excluídas pelos professores“, afirmou. Membro da Comissão de Direitos Humanos, Gilmar reafirmou o compromisso do setor em buscar essas demandas.