Palestras de conscientização sobre o ‘Setembro Amarelo’ serão realizadas nos postos de saúde de Juazeiro

(Foto: Internet)

A campanha ‘Setembro Amarelo’ terá programação ao longo do mês em Juazeiro (BA), e a prefeitura realizará nos postos de saúde do município palestras de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, ministradas pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da Secretaria de Saúde (SESAU).

Segundo informações da SESAU, Psicólogos e assistentes sociais estarão nos postos para sensibilizar e conscientizar a população sobre o assunto além de informar onde procurar ajuda. Mais informações sobre a programação podem ser obtidas através do número (74) 36123678.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil registra mais de 11 mil mortes por suicídio a cada ano, o equivalente a 32 casos por dia. A prevenção é fundamental para reverter essa situação, garantindo às pessoas informação, ajuda e atenção adequadas.

Vice-coordenador do CVV destaca importância do trabalho voluntário: “Falar é a melhor solução”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

“Pelo desabafo as pessoas conseguem melhorar suas dores”. Foi assim que o vice coordenador do Centro de Valorização da Vida (CVV), Adalmi Nunes começou sua participação na sessão da última quinta-feira (12), na Câmara de Vereadores de Petrolina.

A participação de Adalmi na Tribuna Livre foi solicitada pelo vereador Paulo Valgueiro (MDB) e se faz no Setembro Amarelo, mês dedicado ao debate sobre a depressão. O CVV atua com voluntários, os quais via telefone, prestam apoio a pessoas de todo país 24h por dia.

Trabalho voluntário

Em sua fala o vice-coordenador destacou a importância dos voluntários do CVV. “O voluntário busca sobretudo a prevenção, o apoio a essas pessoas que estão passando por dificuldades emocionais e muitas vezes não encontram na própria família abertura e liberdade para dialogar e encontra no voluntário essa possibilidade, sabendo que o anonimato é garantido e não haverá julgamento“, afirmou.

LEIA MAIS

Confira a programação do Setembro Amarelo em Petrolina

(Foto: Internet)

Durante todo o mês de setembro, a Prefeitura de Petrolina estará promovendo diversas ações como parte da campanha ‘Setembro Amarelo’, de prevenção ao suicídio. As atividades visam sensibilizar a população sobre o assunto.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH) desenvolverá, através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), palestras e caminhadas para falar sobre a valorização da vida. Os 10 equipamentos da zona urbana e rural irão realizar a programação.

Para a secretária executiva de Desenvolvimento Social, Doriane Secchi, conversar sobre o tema é essencial para desconstruir mitos acerca do suicídio. “Falar de suicídio e aspectos como depressão e ansiedade ainda é um tabu para muitos, mas precisamos promover a sensibilização e isso só acontece quando falamos sobre. Inclusive, a discussão não pode ficar condicionada a ser discutida somente no mês de setembro, deve ser o ano inteiro. Nós, enquanto representantes da área social, procuramos promover o acolhimento, a escuta qualificada através de ajuda profissional e dar orientações sobre onde e como procurar ajuda”, explica.

Programação

CRAS N7- 10/09 e 13/09 na Escola Thayara Leite no N8

CRAS Izacolândia  – Passeata dia 11/09 em parceria com a escola da localidade;

CRAS Rio Corrente dia 11/09, 23/09, 26/09 e grupos de Serviços de Fortalecimento de Vínculos nos dias 16, 17, 18 e 19/09;

CRAS João de Deus – 11/09, 17/09, 19/09 e 23/09

CRAS Dom Avelar – 12/09

CRAS Uruás-  13/09, 19/09, 24/09 (Baixa Alegre) e 30/09 (Atalho)

CRAS José e Maria – 17/09

CRAS Fernando Idalino dias 18/09 e 27/09

Setembro Amarelo: equipamentos públicos de Petrolina ganham iluminação em alusão à campanha de combate ao suicídio 

(Foto: Jonas Santos)

Quem passa pela Prefeitura de Petrolina e também pelo Monumento da Integração, na área central, já pode perceber que os locais ganharam uma iluminação especial. Na cor amarela, os equipamentos públicos chamam a atenção para o ‘Setembro Amarelo’, mês em que se intensifica o combate ao suicídio.

O monumento e a sede do poder municipal, devem continuar amarelos até o final deste mês, quando a cor amarela abrirá espaço para o rosa num alerta ao combate ao câncer de mama.

LEIA MAIS

Setembro Amarelo: prefeitura discutirá prevenção ao suicídio durante evento na Areia Branca

Para sensibilizar a população sobre a prevenção ao suicídio, por meio da campanha Setembro Amarelo, a Prefeitura de Petrolina tem realizado ações de conscientização sobre o assunto.

Desde o início do mês, a Secretaria de Saúde vem intensificando as ações em diversas unidades de saúde, através dos Núcleos Ampliados de Saúde da Família (NASF) e também nos Centros de Atenção Psicossocial da cidade.

A culminância da campanha acontecerá na próxima terça-feira (25), às 8h, na unidade de saúde Dr. Manoel Possídio, no bairro Areia Branca.

O evento contará com uma roda de conversa com psicólogos sobre “mitos e verdades do suicídio”, aula de dança com educadores físicos, atividade de auriculoterapia com os médicos da unidade, além de voz e violão.

De acordo com a gerente do NASF, Iara Catarine, a culminância será um momento de integração entre os profissionais e a população, para alertar sobre um assunto delicado. “Pretendemos alertar sobre a necessidade de acolher o próximo, oferecer ajuda quando o outro precisar de apoio, perceber que há saída para qualquer problema e a importância da valorização da vida. É uma reflexão importante, e por isso, convidamos a população para participar do evento”, diz.

Palestras sobre a prevenção do suicídio movimentam o Setembro Amarelo na UPAE/IMIP de Petrolina

Palestra realizada na UPAE/IMIP, Petrolina (Foto: ASCOM)

Em 2017, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (PE) (UPAE/IMIP) registrou na uma morte por suicídio e foram notificadas 157 violências autoprovocadas. Este ano (até agosto), foram registradas duas mortes e 115 violências autoprovocadas. O suicídio na UPAE é tratado como questão de saúde pública.

Durante a programação do setembro amarelo, mês dedicado a luta em combate ao suicídio, além da palestra com o Grupo Suicidologia no Vale, voltado para funcionários e colaboradores, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) conseguiu promover para os usuários um momento de reflexão e informação com a equipe do Centro de Valorização da Vida (CVV), assistentes sociais e setor de psicologia do serviço.

A programação tem acontecido durante todo o mês, com mobilizações semanais a respeito das formas de prevenção. “Temos feito palestras com a nossa equipe, mas ontem contamos com a participação do CVV que falou um pouco sobre o serviço por eles prestado”, esclarece a supervisora do Serviço Social, Nazaré Cunha.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone (188), e-mail e chat 24 horas todos os dias. “Falar sobre as dores emocionais e transtornos mentais é uma forma de prevenção e um importante fator de proteção. O CVV existe para isso, e as pessoas precisam conhecer melhor esse instrumento”, justificou Nazaré.

“A cada 40 segundos uma pessoa interrompe a própria vida e tantas mortes significam epidemia. Esse é um fenômeno complexo, multifacetado e que precisa de um forte engajamento dos serviços de saúde e da sociedade para ser combatido”, completou.

Casa Plínio Amorim realiza Audiência Pública sobre prevenção ao suicídio

A campanha do Setembro Amarelo chegou a Casa Plínio Amorim na manhã dessa sexta-feira (14), com uma Audiência Pública sobre a prevenção ao suicídio. O encontro foi proposto pelo vereador Ruy Wanderley (PSC), em Requerimento aprovado na semana passada pelos colegas.

Durante toda a manhã membros do Legislativo, Executivo, igrejas, membros da comunidade civil e profissionais da área de saúde debaterão o tema que é considerado problema de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ruy abriu a sessão agradecendo a participação dos convidados e agradeceu ao vereador Anibal (PTC) de Juazeiro (BA), que já havia realizado essa discussão na Câmara de Vereadores da cidade vizinha. “Essa Audiência nasceu pelo intermédio de algumas pessoas, fui provocado no bom sentido. É um tema que não tenho conhecimento profundo e estou começando a me apaixonar”, explicou o edil.

LEIA MAIS

Setembro amarelo: policiais militares participam de palestra sobre conscientização e prevenção ao suicídio, em Juazeiro

(Foto: Internet)

Na última quarta-feira (12), o efetivo da 73ª CIPM participou de uma palestra sobre conscientização e prevenção ao suicídio. O evento aconteceu no auditório da CODEVASF, em Juazeiro (BA), e faz parte da programação da Companhia em alusão ao Setembro Amarelo.

Atendendo ao convite do Comandante Major PM Eduardo Almeida Cunha, o Psicanalista, Guilherme Rodrigues, referência em Saúde Mental da Região Norte da Bahia, juntamente com sua equipe, explanou com detalhes os riscos, as causas e as maneiras de lidar com essa realidade.

O aprofundamento sobre o assunto enriqueceu o currículo dos policiais e foi salutar para o exercício da atividade policial, que eventualmente se depara com situações complexas como a tentativa do suicídio.

Setembro Amarelo: Prefeituras de Juazeiro e Petrolina aderem à campanha de prevenção ao suicídio

(Foto: Divulgação)

Setembro é destinado à prevenção do suicídio no país, através da campanha ‘Setembro Amarelo’ e as Prefeituras de Juazeiro e Petrolina estão com uma programação especial durante essa semana. Aqui na cidade pernambucana, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH) desenvolve atividades sobre a importância do diálogo e da informação, visitando escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Já em Juazeiro, a Secretaria Municipal da Saúde (SESAU) começa na terça-feira (11) ações de capacitação aos profissionais da rede pública. A programação segue na quinta-feira (13), quando os Agentes Comunitários de Saúde participarão de uma palestra e na próxima semana, serão os Agentes de Endemias o público alvo.

O suicídio é considerado problema de saúde pública e não deve ser tratado como tabu. Quem estiver precisando de ajuda pode entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV), através do 188. Essa rede presta apoio emocional aos brasileiros, através do trabalho de voluntários.

No Setembro Amarelo, Ruy Wanderley propõe Audiência Pública para discutir prevenção ao suicídio

Edil destacou importância de abordar o Setembro Amarelo (Foto: Blog Waldiney Passos)

As 21 Indicações e os 3 Requerimentos colocados em votação na sessão de hoje (4) foram aprovados por 17 votos a zero. Uma das proposições dos edis foi o Requerimento nº 178/2018, do vereador Ruy Wanderley (PSC), propondo a realização de uma Audiência Pública para debater a prevenção ao suicídio.

Prevista para acontecer no dia 14 desse mês, a Audiência está inserida no Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção ao suicídio a nível nacional. De acordo com o edil, pesquisadores e especialistas no tema devem vir à Casa Plínio Amorim apresentar dados dessa doença.

“Motivado pela data em que se comemora do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, conversando com pessoas que têm conhecimento nessa área, nós estamos convidando para o deste a Univasf, psicólogos, pastores evangélicos para a gente tratar desse assunto”, disse o edil.

Segundo Ruy, os dados na região apresentam um crescimento no suicídio e é importante aproximar a população para esse diálogo. “A gente precisa tratar desse assunto para ajudar as pessoas com esse tipo de problema, muitas vezes as pessoas não sabem como agir”, relata.

Secretaria de Saúde divulga programação do Setembro Amarelo em Juazeiro

(Foto: Divulgação)

A Secretaria de Saúde de Juazeiro divulgou nesta quarta-feira (20) a programação do Setembro Amarelo que conta com parcerias das equipes de saúde da família, na elaboração das atividades.

Serão realizadas rodas de conversa e palestras nas salas de espera de serviços da Atenção Básica, com o objetivo conscientizar os usuários da rede municipal. Entre as programações que merecem destaque, há a I Manhã de Cuidados sobre Saúde Mental e Suicídio nesta sexta-feira (22), das 08h às 12h, no Centro de Terapias Naturais Gianni Bande, João Paulo II (CETGIB). A atividade é uma realização das equipes de saúde da família da Unidade Básica de Saúde (UBS) do João Paulo II e da UBS Parque Residencial.

Ainda na manhã desta sexta-feira, os profissionais da Maternidade Municipal de Juazeiro e do Hospital da Criança, irão participar da palestra “A Tentativa de suicídio infantojuvenil e o contexto hospitalar: acolhimento e manejo terapêutico”. O evento será das 08h às 12h, no auditório da Escola de Gestão Pública de Juazeiro (EGESP). A atividade é promovida pelo Núcleo de Formação Permanente e Humanização do Hospital Materno Infantil, em parceria com a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE).

Facape sedia palestra sobre Setembro Amarelo nesta segunda-feira (18)

As inscrições podem ser feitas gratuitamente  pelo link https://www.even3.com.br/facapesetembroamarelo

Nesta segunda-feira (18) a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) promove a palestra Setembro Amarelo: Valorização da Vida, Acolhimento e Prevenção. O evento acontecerá às 19h no auditório principal da Instituição e os participantes receberão certificados.

A palestra será ministrada pelos membros do grupo de suicidologia no Vale do São Francisco, Silvio Guimarães e Grace Barros e a coordenadora do Centro de Valorização da Vida em Petrolina (CVV) Francisca de Andrade. Participam ainda do evento a diretora de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde do Município, Ana Célia de Almeida Carvalho e a coordenadora do CAPS AD III, Walquíria Brito Pinheiro.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), uma pessoa se suicida no mundo a cada 40 segundos. No Brasil são 32 mortes por dia. A questão, que já se tornou problema de saúde pública e afeta também o Vale do São Francisco, é a segunda principal causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos. Atenta a estes índices, a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina – Facape abraçou o Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio.

Para o presidente da Facape, Antonio Habib, esta é uma temática que precisa ser debatida com seriedade. “Os números são alarmantes e é necessário quebrarmos o tabu e falar sobre suicídio. Precisamos estabelecer um sistema de prevenção e proteção a pessoas que estão em vulnerabilidade emocional  e a academia deve ser um local para abordar um assunto delicado, mas necessário”, destaca Habib.

UPAE/IMIP de Petrolina realiza atividades relacionadas ao Setembro Amarelo

(Foto: ASCOM)

As equipes de serviço social e psicologia da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) estão trabalhando este mês a campanha Setembro Amarelo – Prevenção do Suicídio. Já foram realizadas uma série de palestras para o público interno da urgência/emergência e centro de especialidades, e está previsto para o dia 26 um encontro com um especialista em suicidologia.

“São duas linhas de trabalho. A voltada para os usuários, que tem como foco informar, falar sobre o assunto e apresentar a rede de assistência à saúde, e a que abrange os nossos funcionários e colaboradores, que além de trabalhar a prevenção promove uma sensibilização sobre o tema”, esclarece a supervisora do Serviço Social, Nazaré Cunha.

Começando pelos usuários, a campanha tem sido trabalhada na UPAE quase que diariamente. “O serviço social tem procurado apresentar a campanha e explicar o porquê que ela surgiu. Segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde, a cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo, e isso é muito sério. O suicídio é uma questão de saúde pública e precisa ser tratado como tal”, afirma a assistente social Fernanda Sá.

LEIA MAIS

Facape promove roda de conversa sobre suicídio e sala de aula

(Foto: ASCOM)

No próximo dia 15 de setembro, às 17h, a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina – Facape promove a primeira roda de conversa sobre Suicídio e sala de aula, o evento faz parte da programação que a Instituição realiza para marcar o Setembro Amarelo.

O objetivo do encontro é reunir professores, pedagogos e gestores em um momento que possam dialogar sobre como identificar, no ambiente acadêmico, sinais de que estudantes ou pessoas do círculo de convivência podem estar enfrentando algum tipo de transtorno mental ou emocional.

Também é uma finalidade do evento oferecer instruções sobre o acolhimento, orientação e encaminhamento para a rede de referência em saúde mental, além de desmistificar tabus sobre o suicídio e esclarecer alguns mitos sobre o tema.  O encontro vai ser mediado pelos membros do Grupo de Suicidologia no Vale Grace Barros e Silvio Guimarães.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde a faixa etária mais atingida por casos de suicídio é de jovens entre 15 e 29. Para a direção da Facape, realizar este evento é uma forma de preparar professores e demais agentes da educação para perceber e auxiliar alunos que podem ser potenciais suicidas e desta forma evitar que novos casos aconteçam.

Seguindo a programação do mês, no dia 18 de setembro acontece uma palestra, gratuita e aberta ao público, com o tema ‘Setembro Amarelo: valorização da vida, acolhimento e prevenção’.

O Setembro Amarelo

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2014, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.

Setembro Amarelo: Univasf promove “Um Diálogo sobre Suicídio” em Petrolina

As palestras são direcionadas a toda a comunidade acadêmica e à sociedade em geral. (Foto: Divulgação)

Dentro da programação do “Setembro Amarelo”, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promoverá palestras sobre a temática “Um Diálogo sobre Suicídio”.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através de formulário online. A programação contará com palestras que irão abordar quatro tópicos: Aspectos neurobiológicos, doenças mentais e suicídio; O tabu do suicídio: A importância de se falar abertamente; Prevenção e Pósvenção: intervenções psicológicas do fenômeno suicídio e O CVV à luz da filosofia de Carl Rogers – Abordagem centrada na pessoa.

O evento acontecerá no dia 18 de setembro, das 8h às 12h, no auditório da biblioteca, no Campus Sede, em Petrolina (PE).

12