Hospital Universitário de Petrolina lança site com conteúdos relacionados à pandemia de Covid-19

A campanha “Juntos Somos Mais Fortes” foi desenvolvida pelo Hospital Universitário (HU) para levar informações sérias e de qualidade à população e aos próprios colaboradores da unidade. Os conteúdos estão concentrados em uma página criada pela Unidade de Comunicação Social do HU.

Os internautas poderão acessar diversos vídeos gravados pela equipe multiprofissional do hospital com orientações a respeito da doença e de como manter a saúde física e mental durante o período de isolamento social. São dicas de alimentação saudável, atividade física, proteção contra o coronavírus, entre outros  temas.

A página também disponibiliza um espaço para esclarecer dúvidas sobre a doença e formas de proteção. Basta acessar o site pelo endereço: bit.ly/juntoshuunivasf e enviar a sua pergunta.

Site do Ministério da Saúde setá fora do ar; dúvidas podem ser esclarecidas pelo número 136

(Foto: Internet)

O site do Ministério da Saúde saiu do ar na tarde de hoje (12). Nesta semana, representantes do órgão já haviam dito que o número de acessos cresceu bastante desde o início da epidemia do novo coronavírus (Covid-19). O Portal não suportou o grande número de acessos simultâneos. A página é uma das principais fontes de informação sobre o vírus, métodos de prevenção e o estágio de sua disseminação no país.

LEIA MAIS

Site para restituição do Dpvat já está funcionando

(Foto: Ilustração)

Começou a funcionar nesta quarta-feira (15) o site para os proprietários de veículos que têm direito à restituição de valores pagos a mais do seguro Dpvat 2020 (sigla de Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

De acordo com a seguradora Líder, mais de 1,9 milhão de veículos em todo o Brasil estão aptos a receber o pagamento da restituição. O prazo para pedir o valor pago a mais é até o final do exercício de 2020.

A restituição foi anunciada na semana passada pela seguradora, responsável pela gestão do seguro, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, ter voltado atrás e acolhido pedido do governo para extinguir sua própria liminar, reduzindo os valores do seguro obrigatório Dpvat.

O pedido para receber os valores pagos a mais deve ser feito acessando o site do seguro. A restituição da diferença dos valores será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

LEIA MAIS

Site fraudulento simula cadastro para contratação no Ibama

Cuidado: anúncio falso de emprego. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama.

“Seja um servidor do Ibama na sua cidade”, comunica o site ibama.recruta.org. O texto de anúncio para a página afirma que o órgão ambiental federal está contratando “em todas as cidades” para cargos “de todas as escolaridades” e salários que vão “de R$1422,15 à R$ 3.712,72”, “sem precisar de experiência prévia”. Trata-se de um anúncio falso de cadastro de emprego.

Não se sabe qual o objetivo dos fraudadores em obter dados pessoais de pessoas em busca de emprego. O cadastro pede o nome, escolaridade, telefone, cidade e estado onde a pessoa mora. A partir desse cadastro, o site pede para que o candidato indique mais 5 contatos através do WhatsApp.

As páginas na internet do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) usam, necessariamente, o domínio “gov.br”, por se tratar de um órgão do Estado. Existem dois tipos de contratação para o Ibama. Por concurso público, onde os candidatos são aprovados após seleção por prova ou contratação temporária através de editais, como nos casos dos brigadistas. As informações sobre vagas são disponibilizadas no portal oficial do Instituto: www.ibama.gov.br

 

Em nota divulgada pelo Ibama na semana passada, o órgão informou que não desenvolve páginas fora do domínio “gov.br” para divulgar oportunidades de contratação.

Embora esse anúncio tenha sido feito no dia 05 de setembro, o site fraudulento contínua no ar.

Site do PSDB é hackeado e exibe foto de Dilma e Lula

O site do PSDB foi hackeado na noite deste domingo, 18, por um invasor que se identifica como “rflh4xo3”.

O hacker apagou todo o conteúdo da página inicial e o substituiu por uma foto dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. Logo abaixo da imagem, o invasor também escreveu uma frase: “o tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoas mais ignorantes”.

Por meio do Twitter, o partido afirmou que o invasor se trata de um “militante da extrema esquerda desocupado”.

Nosso site acabou de ser hackeado.
Pra variar, militante de extrema esquerda desocupado atrapalhando a vida das pessoas que trabalham.

O PSDB retirou todo o conteúdo do site do ar. Essa não é a primeira vez que o partido sofre um ataque virtual. Em maio do ano passado, o site do PSDB Minas Gerais teve a homepage trocada por uma montagem de protesto contra o então presidente Michel Temer. Em outubro de 2015, o PSDB Minas também foi invadido.

Candidato do concurso da Câmara de Vereadores de Petrolina reclama de dificuldades para gerar boleto de inscrição

(Foto: Ilustração)

Nesta segunda-feira (15), candidatos do concurso da Câmara de Vereadores de Petrolina (PE) entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para denunciar as dificuldades para acessar o site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), banca organizadora do certame.

LEIA TAMBÉM:

Banca publica edital do concurso da Câmara de Vereadores de Petrolina

De acordo com os relatos dos candidatos, alguns fizeram a inscrição, mas não conseguem gerar o boleto, outros contaram que pagaram o boleto, mas até agora a confirmação do pagamento não foi feita. O período de inscrições terminou ontem (14).

“A página para gerar o boleto fica dando erro. Tentei entrar em contato com os números de telefones disponíveis, porém não atendem. Preciso realizar esta prova. Existem poucas oportunidades como esta. Preciso de uma solução”, disse um dos candidatos.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro aciona polícia após ter site hackeado

(Foto: ASCOM)

Após ter seu site hackeado, Prefeitura Municipal de Juazeiro foi à Polícia Civil, após registrar de boletim de ocorrência, para anexar evidências ao processo conforme solicitado pelo delegado responsável pelo caso.

Na oportunidade, foram entregues documentos e o diretor de tecnologia foi ouvido para que as informações colhidas sejam encaminhadas ao órgão responsável por crimes cibernéticos em Salvador.

LEIA TAMBÉM

Hackers invadem site da Prefeitura de Juazeiro

A prefeitura aguarda o retorno do órgão de polícia. No momento ainda não foi repassado prazo desse retorno pela autoridade competente. A empresa desenvolvedora do site da prefeitura solicitou o prazo de até 15 dias para retorno do site ao ar com ferramentas adicionais de segurança.

Plataforma de supermercado online chega para revolucionar o segmento em Petrolina e Juazeiro

Clientes podem fazer feira do conforto de casa com a plataforma.

A plataforma digital do supermercado Alkosto chega na região para oferecer aos clientes a possibilidade de fazer as compras do mês sem sair de casa, e o mais importante: em um curto espaço de tempo. São mais de 8 mil produtos disponíveis no site, do hortifruti à higiene pessoal.

Há um mês o negócio implantado por um casal de empresários tem revolucionado o segmento de compras em Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). “O nosso objetivo é facilitar a vida das pessoas, proporcionar comodidade e a oportunidade de economizar tempo. Com a nossa plataforma, o cliente pode fazer a compra de onde ele estiver, basta estar conectado”, disse Taís Mirele, responsável pela plataforma.

A lista de compras é feita ao gosto do cliente, os produtos são escolhidos, incluindo tempo de maturação de verduras e frutas, marca dos produtos, quantidade, assim como o horário e local de entrega que são determinados pelo comprador. De acordo com os responsáveis pela plataforma, as compras podem ser feitas em até cinco minutos.

Além do site e aplicativo, que pode ser baixado na play store clicando aqui e na apple store, um estande do Alkosto foi montado no Juá Garden Shopping, em Juazeiro. No local, os clientes podem fazer as compras online com o suporte de técnicos que auxiliam no processo de escolha dos produtos.

Site da Polícia Civil de Pernambuco é hackeado

Neste domingo (17), por volta das 18h, o site da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) foi hackeada. Ao acessar a página, o usuário se deparava com uma mensagem creditada a “D4RKRON & XiNOx” afirmando que o “Hacktivismo de verdade em peso acontecendo até o final do ano”.

Ainda segundo a mensagem do hacker que aparecia na página da PCPE, havia um pedido de protesto contra o governo do presidente da República Michel Temer, além do aviso “não respeite a PM e destrua a bancada ruralista”.

Desde o ataque, o site da Polícia Civil está inacessível.

Ministério Público manda retirar site de consulta a CPF e dados pessoais

(Foto: Reprodução)

O site ‘Consulta Pública’ foi removido da internet, na quarta-feira (27), por ordem do Ministério Público do Distrito Federal (MP-DF). A decisão teve como argumento a violação da privacidade dos brasileiros.

O MP do Distrito Federal alegou que a publicação das informações causa danos materiais e morais aos cidadãos. O ‘Consulta Pública’ fornecia livremente dados pessoais como nome, data de nascimento, endereço, números de telefone e do CPF a qualquer pessoa que utilizasse do site.

O site foi retirado do arte pela instituição que coordena a internet no país. O promotor Paulo Roberto Binicheski destacou a importância da ação. “Não se sabe como esses dados foram coletados e as pessoas não consentiram que esses dados foram coletados. Por exemplo, podem ser usados para confeccionar um cartão de crédito fácil”, destaca o promotor.

Portal do Expresso Cidadão é reformulado e ganha em praticidade

(Foto: Divulgação)

O Programa do Expresso Cidadão do Governo do Estado de Pernambuco é o facilitador para vários dos serviços sociais mais úteis como: tirar carteira de trabalho, identidade, CPF, habilitação ou contas de luz e água. O portal do programa foi reformulado e traz ainda mais praticidade e facilidade no acesso.

O novo site foi desenvolvido pela Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), mas continua com o mesmo endereço eletrônico: www.expressocidadao.pe.gov.br. O portal agora reúne os serviços mais procurados já na página principal, mas também possui uma ferramenta de busca para atender às diferentes demandas do público.

LEIA MAIS

SEFAZ lança novo portal de emissão de Notas Fiscais

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

A Secretaria de Fazenda (SEFAZ) de Juazeiro (BA) irá lançar nesta sexta-feira (11) o novo Portal de emissão de notas fiscais do município. O evento, aberto ao público, será realizado na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) das 18h às 22h.

De acordo com Raimundo Francisco Filho, secretário da SEFAZ, o novo portal trará melhorias. “O portal atual possui dois sistemas. No novo, fizemos uma unificação que tornará o processo muito mais prático e fácil. No dia do lançamento iremos apresentar as novas ferramentas do portal”, disse Raimundo.

O novo Portal entrará em funcionamento no dia 1º de Dezembro e poderá ser acessado através do site da prefeitura: www.juazeiro.ba.gov.br, no link Arrecadação.

Mais de 1 milhão de acessos já são computados no site da Operação Lava Jato

CORRUPÇÃO

O site com informações sobre a Operação Lava Jato, produzido pelo Ministério Público Federal, já ultrapassou 1 milhão de acessos. No endereço www.lavajato.mpf.mp.br, é possível entender o caso e conhecer o histórico das investigações tanto na primeira instância, em Curitiba, quanto no âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF) – Cortes responsáveis pelo julgamento de políticos com prerrogativa de foro, como governadores, deputados e senadores.

A Operação Lava Jato foi deflagrada em março de 2014 e desmontou um esquema de corrupção, propinas e desvio de recursos da Petrobras. Na primeira instância, em Curitiba, até dezembro de 2015, foram instaurados 1.016 procedimentos com 396 buscas e apreensões, firmados 40 acordos de colaboração premiada com pessoas físicas e cinco acordos de leniência com as empreiteiras envolvidas.

Os procuradores da República que atuam no caso ofereceram 36 acusações criminais contra 179 pessoas pelos crimes de corrupção organização criminosa, lavagem de ativos e outros. Os crimes envolvem pagamento de propina de cerca de R$ 6,4 bilhões, sendo que R$ 2,8 bilhões já foram recuperados pelo Ministério Público Federal, que também pediu o ressarcimento de R$ 14,5 bilhões na Justiça.

Todos esses números estão disponíveis no site da Lava Jato, onde também é possível encontrar a íntegra das denúncias apresentadas pela Procuradoria, as decisões judiciais e artigos e um rol de perguntas e respostas sobre o caso. O site foi lançado no dia 28 de janeiro de 2015 pela Secretaria de Comunicação da Procuradoria Geral da República e é atualizado constantemente com os desdobramentos das investigações.