Mesa diretora suspende por mais 15 dias sessões na Câmara Municipal de Petrolina

(Foto: arquivo)

Em nova portaria publicada na tarde desta quinta-feira (30), a mesa diretora da Câmara Municipal de Petrolina resolver estender a suspensão de todas as sessões ordinárias, solenes e outras, até o dia 15 de maio, em virtude dos decretos dos governos estadual e municipal.

Ficam suspensos ainda o atendimento ao público neste período, na Sede do Poder Legislativo Municipal.

A novidade é que quando do retorno dos trabalhos, por conta do período em que a Câmara de Vereadores ficou sem ter sessões ordinárias, solenes e outras reuniões que aglomera pessoas, no mês de julho do ano em curso, não haverá recesso parlamentar.

Na portaria, o presidente Osório Siqueira lembra ainda que  o prazo de 15 (quinze) dias, pode ser prorrogado por igual período, em conformidade com o estado do aumento da calamidade da COVID-19.

Novo decreto vai prorrogar suspensão das aulas até o dia 15 de maio em Petrolina

(Foto ilustrativa: Jonas Santos/PMP)

O prefeito Miguel Coelho realizou na noite desta terça-feira (28), uma live no Instagram,  desta vez direto de sua residência, para falar do trabalho realizado nos últimos dias e sobre algumas medidas adotadas pelo município para evitar aglomerações neste momento de cuidados com a disseminação do coronavírus.

Na oportunidade, Miguel adiantou que vai prorrogar, na publicação do próximo decreto, a suspensão das aulas no município seguindo determinações do Ministério da Educação, que publicou uma portaria prorrogando até o dia 15 de maio a suspensão das aulas na rede pública de ensino de todo Brasil.

“Os alunos da rede estadual o governador já disse que não tem previsão de retorno, então maio acho que também não terá aula na rede estadual. O Próprio Ministério da Educação já colocou uma suspensão para até o dia 15, eu acho, de maio, para não ter aula. O nosso decreto suspendo as aulas era até o dia 30, que é quinta-feira, mas a gente vai prorrogar esse decreto também até o dia 15 de maio”, afirmou.

Segundo secretário de Educação, não há previsão de volta às aulas em Pernambuco

(Foto: Internet)

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, não há previsão ainda de quando as aulas presenciais nas redes públicas e privadas voltarão a acontecer. As atividades estão suspensas, através de decreto estadual, desde 18 de março por causa da pandemia do novo coronavírus.

Por enquanto, o decreto estadual que suspendeu as aulas terá validade até o dia 30 deste mês. Diferente do que diz um card falso que tem circulado nas redes sociais afirmando que as aulas seguem suspensas por três meses.

LEIA MAIS

Novo decreto suspende aulas por mais duas semanas e determina multa para bancos que não adotarem medidas de prevenção à Covid-19

(Foto: Jonas Santos/PMP)

O prefeito Miguel Coelho assinou, nesta segunda (13), decreto municipal para renovar o prazo de suspensão das aulas nas escolas, creches municipais e na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais (Facape) até o dia 30 de abril. O documento orienta também que as unidades de ensino da rede privada permaneçam fechadas por igual período. A decisão levou em conta o crescimento da transmissão do Coronavírus em Pernambuco (1.154 casos e 102 mortes) e, especificamente, em Petrolina, onde foram confirmados mais dois diagnósticos, totalizando 6 ocorrências.
Além de estender a suspensão das aulas, o decreto traz orientações a agências bancárias e casas lotéricas para reduzir os riscos da Covid-19. A Prefeitura de Petrolina poderá multar e até cassar os alvarás de funcionamento desses serviços onde forem detectado riscos por adensamento de público sem o devido cuidado com a segurança sanitária. O documento recomenda que as filas nas lotéricas e bancos devem ter, no mínimo, 2 metros de espaçamento entre os clientes. Esses estabelecimentos ainda devem disponibilizar funcionários para organizar permanentemente as filas.
Segundo o prefeito, a fiscalização com a Guarda Civil e equipes da ordem pública será redobrada para evitar aglomerações sem medidas preventivas à saúde da população. “Não queremos fechar nenhum banco ou lotérica, mas com a procura maior desses serviços, o risco de contaminação cresceu nesses ambientes. Decidimos, então, determinar essas novas medidas. Se os estabelecimentos não se adequarem, teremos que ser rigorosos e até suspender o funcionamento. É um momento que o Coronavírus cresce em nosso estado, precisamos de compreensão e união de forças”, justifica Miguel Coelho.

Univasf mantém suspensão do calendário acadêmico devido à pandemia da Covid-19

(Foto: Arquivo)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) suspende por tempo indeterminado, a partir desta quarta-feira, 1º de abril, o calendário acadêmico de graduação e de pós graduação em todos os campi da instituição.

A medida adotada pelo Conselho Universitário (Conuni), por ato ad referendum do presidente do órgão, reitor Julianeli Tolentino, foi motivada em parecer da Pró-Reitoria de Ensino (Proen) manifesto por meio do Oficio nº 5/2020, no qual destaca o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na região, as restrições impostas pela legislação vigente e medidas de contenção de disseminação da doença que impõem o isolamento social, como principal estratégia de enfrentamento à pandemia.

Reitoria da Univasf decide suspender por tempo indeterminado aulas e outras atividades presenciais

(Foto: Arquivo)

Em virtude do aumento do número de casos do novo coronavírus (Covid-19) na região, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) decidiu suspender por tempo indeterminado as atividades acadêmicas e administrativas em todos os campi da instituição.

A medida segue nova orientação do Grupo Pernambuco Universitas, divulgada em nota nesta sexta-feira (27). O Grupo Pernambuco Universitas abrange Instituições de Ensino Superior (IES) no estado, entre as quais a Univasf.

De acordo com o Gabinete da Reitoria, até a próxima terça-feira (31), a Presidência do Conselho Universitário (Conuni), exercida pelo reitor Julianeli Tolentino editará nova decisão ad-referendum acerca do calendário acadêmico 2020.

LEIA MAIS

OAB Petrolina suspende atendimento presencial

(Foto: Divulgação)

Em razão da necessidade de adoção de medidas para conter a propagação do coronavírus causador da Covid-19, a Subseccional OAB Petrolina suspendeu o atendimento presencial na sede da entidade.

Os colaboradores continuarão trabalhando em regime de plantão e irão desempenhar suas atividades em sistema home office até o dia 31 de março, os quais realizarão atendimentos exclusivamente pelo telefone (87)98838-3494 para atendimento administrativo e (74)98855-9214 para PJE e e-mail [email protected]

As salas da OAB localizadas no Fórum e Justiça do Trabalho estarão igualmente fechadas até 31 de março de 2020. No mesmo período, os eventos, as reuniões de comissões e as solenidades de juramento também estão adiadas.

Feiras de Salgueiro estarão suspensas a partir deste sábado

(Foto: Arquivo)

Seguindo as medidas preventivas contra o novo coronavírus, decretadas pelo Governo de Pernambuco, a prefeitura municipal de Salgueiro (PE) determinou a suspensão das feiras livres, feira dos animais, além do Mercado Público e Ceasa, a partir deste sábado (21).

De acordo com a gestão municipal, a retomadas das atividades nesses espaços será avisada com antecedência pelos canais oficiais de comunicação da Prefeitura de Salgueiro.

Coronavírus: missas de Sobradinho são suspensas

A diocese de Juazeiro, no âmbito da paróquia São Francisco de Assis de Sobradinho, através do seu pároco Pe. Íbis Cassius Demetrius de Sales Pereiral, emitiu um comunicado a todos os paroquianos e comunidades atendidas pela paróquia informando sobre a suspensão de todas as atividades da paróquia por tempo indeterminado.

A decisão se dá em virtude da pandemia do coronavírus, e, em consonância às orientações do Bispo D. Carlos Alberto Breis Pereira, e o decreto de N° 010/2020 do prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti Torres Sanjuan. “São medidas necessárias para que possamos cuidar do dom da vida, que Deus nosso pai nos concedeu”, diz o comunicado.

Registro de boletins de ocorrências de assaltos são suspensos nas delegacias de Pernambuco

(Foto: Ilustração)

A Polícia Civil de Pernambuco determinou medidas temporárias para proteger os policiais e a população do novo coronavírus. Uma delas é a suspensão do registro de boletim de ocorrência de crimes como assalto e acidentes de trânsito nas delegacias do Estado.

Na portaria, assinada pelo subchefe da Polícia Civil, Nehemias Falcão, fica determinado que todos os crimes que podem ser registrados pela delegacia na internet, as vítimas não devem procurar as unidades policiais físicas. O endereço para registro é o servicos.sds.pe.gov.br/delegacia.

LEIA MAIS

Univasf suspende atividades acadêmicas e administrativas até o final de março

(Foto: Internet)

As atividades acadêmicas e administrativas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) estarão suspensas na sua totalidade a partir desta quinta-feira (19), em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida foi adotada por meio da Instrução Normativa N˚ 5/2020, com base na Instrução Normativa N˚ 21/2020 do Ministério da Economia e nos decretos dos governos municipais e estaduais da área de abrangência da Univasf.

De acordo com a Universidade, as determinações permanecerão em vigor até 31 de março de 2020 e serão avaliadas continuamente pela Comissão de Gerenciamento, Elaboração e Acompanhamento de Ações de Prevenção do Coronavírus (Covid-19).

LEIA MAIS

Hospital Universitário restringe visitas para prevenir COVID-19

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário vem implementando uma série de ações que visam prevenir e combater a proliferação da COVID-19, baseadas em recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde. Algumas dessas medidas impactarão no fluxo de visitas a pacientes na unidade.

A partir desta quarta-feira (18), todas as visitas estendidas estarão suspensas, incluindo os pacientes em paliação. Setores que abrigam pacientes em estado delicado, como: Sala de Emergência, Sala de Cuidados Intermediários e UTI, também não receberão visitantes.

LEIA MAIS

Unimed Vale do São Francisco suspende atividades do programa “Espaço Viver Bem”

(Foto: Reprodução)

A Unimed Vale do São Francisco emitiu um comunicado nesta terça-feira (17) para informar a suspensão dos grupos, eventos e atividades de hidroginástica, solo e funcional oferecidos pelos programas do Espaço Viver Bem. A decisão segue as orientações do Ministérios da Saúde sobre as medidas preventivas contra o novo coronavírus.

De acordo com o convênio, a medida tem tempo indeterminado e o retorno às atividades será informado através dos canais de redes sociais e do WhatsApp.

Coronavírus: Miguel Coelho recomenda que igrejas suspendam missas e cultos

(Foto: Jonas Santos)

O prefeito Miguel Coelho, em coletiva para a imprensa nesta segunda-feira (16), determinou uma série de medidas para evitar a proliferação do coronavírus em Petrolina. Ao todo, segundo dados da secretaria de saúde, o município totaliza nove casos suspeitos de coronavírus e três de H1N1.

Dentre as determinações, o gestor municipal recomendou que as igrejas suspendam as missas e cultos, com o objetivo de prevenir a transmissão da doença. Miguel afirmou que vai se reunir com pastores e representantes das mais variadas igrejas evangélicas para tratar do assunto. O prefeito disse ainda que já conversou com o bispo de Petrolina, Dom Francisco Palhano, sobre o tema.

LEIA MAIS

Câmara Municipal de Petrolina suspende atividades até 31 de março

(Foto: Arquivo)

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, o vereador Osório Siqueira , no uso de suas atribuições, considerando vários aspectos, como a aglomeração de pessoas em sessões ordinárias e solenes, em gabinetes de parlamentares, entre outros, resolveu suspender as atividades da Casa Plínio Amorim até o dia 31 de março.

A portaria que prevê a suspensão das atividades na Câmara Municipal entrou em vigor hoje e se estende pelo prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado por igual período em “conformidade com o estado do Covid-19.”

Confira os pontos da portaria:

Art. 1º. Ficam suspensas todas as sessões ordinárias, solenes e outras, até o dia 31 de março do ano em curso.

Art. 2º. Ficam suspensos o atendimento ao público neste período, passando a funcionar normalmente a administração e os gabinetes parlamentares apenas para expediente interno.

Art. 3º. Fica a critério de cada setor e de cada gabinete parlamentar o funcionamento, procurando evitar o aglomerado de pessoas.

Art. 4º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação pelo prazo de 15 (quinze), podendo ser prorrogado por igual período de conformidade com o estado do Covid-19.

123