Colisão entre táxi e ônibus coletivo na Avenida São Francisco

Julio-Cesar

Foto: JC Cavallaro

Um leitor atento do BLOG encaminhou, há pouco, a foto ao lado. A colisão entre um ônibus de transporte coletivo e um táxi ocorreu na Avenida São Francisco, bairro de Areia Branca, nas imediações da Igreja Universal.

Ao que tudo indica, ambos os veículos iam entrar à direita para pegar a Avenida Sete de Setembro. Segundo informações, não houve feridos.

Vamos entrar em contato com as autoridades de trânsito do município para obter mais detalhes.

Vistoria de transporte escolar, táxi e mototáxi começam em Petrolina

foto-transporte-escolar
Os motoristas de Transporte Escolar precisam fazer a vistoria dos veículos no início de cada na Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina AMMPLA (antiga – EPTTC) para terem permissão de realizar esta atividade.

Além dos veículos de transporte escolar, táxi, mototáxi, fretamento, complementar e turismo que trafegam em Petrolina, devem passar pelo processo de vistoria 2016. Os motoristas que não comparecerem poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Serão inspecionados cerca de 200 veículos escolares. A vistoria do transporte escolar vai até o dia 15 de março. Moto Táxi tem até 15 de maio. As demais categorias de veículos até o dia 15 de abril.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer a AMMPLA com os documentos e solicitar emissão de boleto e depois ir ao Sest/Senat, na Rua Anísio Moura Leal, KM 2, para fazer a vistoria.

Os condutores devem apresentar os seguintes documentos: Certificado de Registro de Veículo CRV, habilitação, certidão negativa de antecedentes criminais e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo.

Se a inspeção detectar que o veículo não está apto para realizar o serviço, o proprietário é obrigado a obedecer as recomendações estabelecidas pelo Detran, com a finalidade de não comprometer a segurança dos passageiros.

De acordo com o artigo 230 ¬ do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir o veículo sem portar a autorização para condução de escolares é infração grave, gerando multa de R$ 127,69 e a retenção do veículo até a regularização.

12