Homem é preso em flagrante por agressão à mulher

(Foto: Ilustração)

Um homem foi preso em flagrante por violência doméstica, no bairro Palhinhas, neste domingo (13). A prisão foi feita por agentes da ROMU da Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a GCM,  a vítima acionou a Central de Atendimento para denunciar que tinha sido agredida pelo seu companheiro com uma garrafada na cabeça. A patrulha estava realizando rondas no bairro e, imediatamente, se dirigiu ao local.

LEIA MAIS

Homem é conduzido à delegacia por agredir a própria mãe em Santa Cruz 

A agressão aconteceu nesta segunda-feira (17) na cidade de Santa Cruz, no sertão pernambucano. A vítima, uma senhora de 74 anos, pediu ajuda à polícia por telefone após ser agredida fisicamente com um soco e um chute na barriga pelo próprio filho. 

O acusado, que não teve a idade divulgada, também tentou agredir os soldados com socos, sendo necessário o uso da força e a utilização da algema. De acordo com a PM, a vítima informou que pela manhã, o filho havia lhe pedido dinheiro, recebendo R$100,00 e quando retornou para casa a tarde, embriagado e agressivo, agrediu a própria mãe, sendo contido pelos vizinhos até a chegada da polícia. 

O agressor foi apresentado na delegacia local, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência e um Inquérito por Portaria.

Patrulha da Mulher prende homem que invadiu residência no Centro de Petrolina

Um homem foi detido na noite de domingo (5) pela Patrulha da Mulher de Petrolina, após invadir uma residência no Centro e se masturbar na frente de três vítimas do sexo feminino. De acordo com a Guarda Civil Municipal, a Patrulha fazia rondas pela Travessa do Caiano quando ouviu gritos.

A viatura encontrou as vítimas na calçada. Elas relataram que um homem invadiu a residência, mandou elas ficarem nuas e começou a se masturbar na frente delas, incluindo uma criança de 11 anos. O homem foi detido na Rua Barão do Rio Branco e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Juazeiro deve receber “Casa Abrigo” para mulheres vítimas de violência doméstica

Casa Abrigo oferece à mulher vítima de violência doméstica um serviço de abrigamento com caráter sigiloso.

A Secretária de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade de Juazeiro, Cida Gama, esteve em Salvador nessa quarta-feira (17) para participar de uma reunião da Câmara Técnica para construção da proposta de Regionalização do Serviço de Acolhimento para Mulheres Vítimas de Violência – Casa Abrigo.

Durante a reunião, foram discutidos os fluxos e procedimentos da Casa Abrigo Regional. Ao todo, três municípios polos da Bahia já fizeram o aceite para sediar a Casa Abrigo e atender suas regiões, entra elas Juazeiro.

No entanto, é necessário que o município atenda a critérios que assegurem um serviço qualificado, incluindo atendimento com psicólogos, assistentes sociais e profissionais capacitados.

Para a secretária Cida Gama, a Casa vem para fortalecer ainda mais a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher do município. “Já temos uma Rede consolidada em nosso município e a vinda da Casa Abrigo vem para somar ainda mais. É nosso dever enquanto gestão municipal atuar no combate e enfrentamento à violência, evitando que ela aconteça, mas também buscar todos meios disponíveis para dar proteção à mulher em situações já ocorridas”, destacou.

LEIA MAIS

Violência contra mulher no interior apresenta redução em junho

Dados apresentados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco apontaram uma leve queda no índice de violência contra a mulher no interior do estado. No comparativo entre maio e junho, o mês passado apresentou uma redução.

Junho terminou com 1.559 ocorrências registradas, contra 1.686 em maio. O primeiro semestre foi finalizado somando 9.406 crimes na região, maior índice do estado. A capital contabilizou 5.143 casos e a Região Metropolitana, 4.538.

Violência doméstica ou familiar é aquela praticada por cônjuge ou algum parente da vítima (pai, irmão, filho etc). Petrolina foi uma das cidades que teve redução nos casos. Em junho foram apenas oito registros, contra 16 em maio.

Parnamirim, Salgueiro, Serra Talhada e Ouricuri também apresentaram queda nas agressões. Por outro lado, Trindade, Terra Nova e Moreilândia registraram aumento das ocorrências.

Homem preso por violência conta mulher no bairro São Gonçalo, em Petrolina, diz a PM que se encontrasse ex-companheira a mataria

(Imagem ilustrativa)

Um homem preso por Policiais Militares do 5º BPM neste domingo (1º), no bairro São Gonçalo, em Petrolina (PE), afirmou aos PM´s que se encontrasse sua ex-companheira a mataria, como também executava sua própria irmã e seu esposo.

Os policiais chegaram ao acusado depois de terem sido acionados para averiguar uma denúncia de violência doméstica contra a mulher na rua 04 do Parque São Gonçalo. Quando chegou ao local, a guarnição encontrou a vítima que alegava ter sido espancada na noite anterior por seu ex-companheiro, que também havia ameaçado de morte a sua cunhada e o esposo.

De acordo com informações da mulher que sofreu a agressão, eles já haviam comparecido na delegacia da Polícia Civil e registraram queixa contra o acusado.

Após quase 03 horas de diligências, os policiais capturaram o homem na rua 48, nas proximidades do Bar da Galega, no Bairro São Gonçalo, onde o mesmo voltou a afirmar que se encontrasse com ela a mataria, juntamente com sua irmã e o esposo. Os envolvidos foram conduzidos até a 1ª delegacia da Polícia Civil onde onde foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante Delito.

Ibimirim: morre mulher que teve 70% do corpo queimado, após ex-companheiro não aceitar fim do relacionamento

(Foto: Reprodução/TV Jornal)

Josefa Maciara Leite Silva, de 20 anos morreu na madrugada dessa segunda-feira (2). Ela teve 70% do seu corpo queimado pelo ex-companheiro, na cidade de Ibirim. O caso aconteceu no último dia 26 de abril, quando a vítima foi encaminhada para o Hospital da Restauração, no Recife.

Mariosman da Conceição Ferreira, de 24 anos ateou fogo na residência de Josefa e acabou se queimando quando ela o abraçou. Ele teve 50% do corpo queimado e disse em depoimento à Polícia Civil, que tomou a atitude por não aceitar o fim do relacionamento dos dois.

O acusado teria ido à residência de Josefa afirmando que queria conversar com a mulher e, assim que entrou na casa, jogou gasolina nos móveis e no corpo da ex-companheira. Em seguida, ele incendiou a casa, juntamente com a mulher que. O estado de saúde de Mariosman é considerado estável.

Ibimirim: homem ateia fogo no corpo da ex por não aceitar fim do relacionamento

(Imagem ilustrativa)

Inconformado com o fim do relacionamento com sua ex-companheira, Mirosman da Conceição Ferreira, de 24 anos ateou fogo no corpo de Josefa Maciara Leite da Silva, de 20 anos. A vítima teve 70% do corpo queimado e seu estado de saúde é considerado grave.

O caso aconteceu na cidade de Ibimirim, no Sertão do estado. Devido a gravidade dos ferimentos, tanto a vítima quanto o agressor foram transferidos para o Hospital da Restauração, no Recife.

Mirosman também teve queimaduras em 40% do corpo. Em depoimento, ele tentou justificar a agressão alegando estar inconformado com o término do relacionamento com Josefa.

Idosos atendidos pelo CRAS de Juazeiro participam de palestra sobre violência contra mulher

(Foto: Ascom/PMJ)

A série de palestras promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), de Juazeiro levou a discussão até os CRAS da cidade. Na segunda-feira (9), o tema do encontro foi a violência contra a mulher e o público alvo foram os idosos atendidos nas unidades.

O tema da palestra foi solicitado pelas mulheres atendidas no CRAS, no bairro Lomanto Júnior, onde aconteceu a discussão. A diretora de Política para Mulheres, Quitéria Lima destacou a importância do tema.

“A violência contra a mulher existe em todas as idades e é muito válido esse diálogo e essa troca de experiência. Muitos ainda não têm a noção de que passam por algum tipo de violência e a partir desse trabalho conseguimos fazer esclarecimentos necessários”, afirmou.

Guarda Municipal de Juazeiro é preso acusado de agredir a companheira

Um Guarda Civil do Município de Juazeiro (BA) foi preso, em flagrante, no início na noite desta segunda-feira (05), acusado de agredir a companheira.

O crime aconteceu no Bairro Alto da Maravilha, na cidade baiana. O servidor municipal foi levado para a delegacia por policiais militares.

Segundo informações colhidas pelo o blog Waldiney Passos, o Guarda Municipal teria machucado sua companheira no braço. A vítima foi levada para prestar queixa na delegacia e depois encaminhada ao exame de corpo de delito.

O acusado continua no Complexo Policial a disposição da Polícia Civil.

Oportunidade: Instituto Avon destina R$ 1,3 milhão para financiar projetos de enfrentamento da violência contra a mulher

(Foto: divulgação)

O Instituto Avon e o Fundo ELAS lançaram o novo edital do Fundo Fale Sem Medo, iniciativa que selecionará 20 projetos voltados ao enfretamento da violência com a mulher.

 

Podem participar organizações da sociedade civil sem fins lucrativos; grupos informais de mulheres ou mistos; grupos de estudantes que se dediquem à promoção e defesa dos direitos das mulheres e/ou aos direitos humanos.

 

Está previsto o apoio de 10 projetos de até R$ 23 mil e outros 10 de até R$ 55 mil, para um total de R$ 1,3 milhão.

 

As inscrições vão até o dia 08 de janeiro de 2018. Para mais informações e inscrição acesse o site clicando aqui.

Homem é preso em Petrolina acusado de tentar estuprar uma menor

De acordo com informações da polícia militar, na noite deste domingo (24), um homem de 33 anos de idade, teria invadido uma casa no Projeto Senador Nilo, N-9, e tentado estuprar uma menina de 13 anos de idade.

Vizinhos da vítima perceberam que o homem tinha invadido a casa e entraram na residência. Lá dentro, flagraram o acusado com uma faca, do tipo peixeira, ameaçando a menor. De acordo com a PM, a vítima afirmou ter sido abusada pelo acusado sendo apenas apalpada em suas partes íntimas, sob grave ameaça.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado a delegacia da Polícia Civil de Petrolina.

Brasil registrou em 2015 mais de cinco estupros por hora, mostra anuário

Violence victim

O levantamento estima que devem ter ocorrido entre 129,9 mil e 454,6 mil estupros no Brasil em 2015. (Imagem ilustrativa)

Mais de cinco pessoas são estupradas por hora no Brasil, mostra o 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado hoje (3). O país registrou, em 2015, 45.460 casos de estupro, sendo 24% deles nas capitais e no Distrito Federal. Apesar de o número representar uma retração de 4.978 casos em relação ao ano anterior, com queda de 9,9%, o FBSP mostrou que não é possível afirmar que realmente houve redução do número de estupros no Brasil, já que a subnotificação desse tipo de crime é extremamente alta.

“O crime de estupro é aquele que apresenta a maior taxa de subnotificação no mundo, então é difícil avaliar se houve de fato uma redução da incidência desse crime no país”, disse a diretora executiva do Fórum, Samira Bueno.

LEIA MAIS

Preso boxeador marroquino acusado de estupro na Vila Olímpica

Saada iria estrear na Olimpíada este sábado, em luta contra o turco Mehmet Nadir Unal, válida pela categoria meio-pesado (até 81kg). Foto: Internet

A Polícia Civil do Rio informou que prendeu o boxeador marroquino Hassan Saada, na manhã desta sexta-feira, pelo crime de estupro. De acordo com as informações da 42ª Delegacia de Polícia (Recreio dos Bandeirantes), o atleta teria estuprado duas camareiras brasileiras que trabalhavam na Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, na última quarta-feira.

A prisão foi feita pela delegada Carolina Salomão. Já a investigação do caso foi conduzida pelo delegado Eduardo Ozório, que coletou provas do crime e representou pela decretação da prisão temporária do atleta. O Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos deferiu a medida, pelo prazo de 15 dias, o que deve impedir a sua participação na Olimpíada.

Hassan Saada teria atacado uma das camareiras encostando-a na parede e pressionando com as coxas, tentando beijá-la. O boxeador teria apertado os seios da segunda e, com um movimento com as mãos, pedido para que ela o masturbasse, em troca de dinheiro.

Saada iria estrear na Olimpíada este sábado, em luta contra o turco Mehmet Nadir Unal, válida pela categoria meio-pesado (até 81kg). Elle conseguiu a classificação para os Jogos do Rio em um pré-olímpico mundial realizado em Baku, no Azerbaijão, em junho.

Isto É

Relatos de violência contra a mulher quase triplicam no Carnaval deste ano

virgens carnaval

Os relatos de violência contra a mulher quase triplicaram neste carnaval, em relação ao período equivalente no ano passado Um total de 3.174 mulheres telefonou para o Ligue 180 entre 1º e 9 de fevereiro deste ano, enquanto no feriadão de 2015 foram 1 158.

A pedido das denunciantes, mais da metade das denúncias foram encaminhadas para autoridades policiais e Ministério Público. O tipo de violência mais comum foi a física, relatada em 1.901 casos, seguida pela psicológica, com 279. Também foram registradas queixas de cárcere privado, violência moral, violência sexual, violência patrimonial e tráfico de pessoas.