Eleições 2020: Zé Batista deixa Câmara e assume assessoria na Prefeitura

Vereador deixa Câmara antes do fim do seu mandato (Foto: Wesley Lopes/Ascom CMP)

Enquanto os vereadores Major Enfermeiro (MDB) e Edilsão do Trânsito (PRTB) se desincompatibilizam dos cargos públicos e retornam à Câmara de Petrolina, Zé Batista da Gama (PDT) foi na contramão. Secretário de Desenvolvimento Agrário nos dois primeiros anos de mandato do prefeito Miguel Coelho (MDB), Zé Batista deixou a Casa Plínio Amorim.

Ele já havia anunciado que não concorreria à reeleição, para dar vez ao seu filho, Wenderson Batista, ex-diretor da Ciretran de Petrolina. De acordo com a Prefeitura de Petrolina, Zé assumirá uma assessoria especial na secretaria de Governo e Agricultura.

A nomeação do vereador ao Poder Executivo foi publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (3), através da Portaria n° 3391/2020.

“Eles sabem que se bater em mim, recebem resposta”, afirma Zé Batista sobre “fogo amigo” na Câmara

Zé Batista fala sobre “fogo amigo” na Câmara.

Ex-secretário nos dois primeiros anos de gestão de Miguel Coelho, o vereador José Batista da Gama (PDT) comentou a situação do “fogo amigo” que ele enfrentava enquanto titular da pasta de Agricultura. Segundo Zé, a situação diminuiu porque ele não permite mais.

LEIA TAMBÉM:

Sem ficar em cima do muro, Zé Batista confirma saída do PDT: “Vou procurar um partido para me agasalhar”

“Pararam porque eu tô na Câmara, eles sabem que se bater em mim eles recebem resposta. Eles faziam isso porque não me queriam na secretaria. Sai de cabeça erguida, fiz obras. Está aí para quem quiser ver”, afirmou em coletiva de imprensa na última sessão (11).

LEIA MAIS