Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Acusado de infidelidade partidária, Lóssio ganha mais 24h para se defender 

(Foto: Raquel Elblaus)

Júlio Lóssio (Rede) ganhou mais um dia para se defender da acusação de infidelidade partidária. A Comissão Executiva Nacional da sigla estendeu o prazo para 20h dessa sexta-feira (21), após solicitação do candidato a Governador de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Após aliança com apoiador de Bolsonaro, Lóssio pode ser expulso da Rede por infidelidade partidária

Lóssio teria até ontem (20) para se defender da acusação. Um dia antes, na quarta-feira ele contrariou a recomendação da Rede Sustentabilidade e se aliou a candidatos pró-Jair Bolsonaro (PSL), rival de Marina Silva, fundadora da Rede na disputa à Presidência da República.

A Executiva Nacional vai analisar se ele será expulso do partido e ter o registro cancelado diante da Justiça Eleitoral, por infidelidade partidária. Em sua defesa, Lóssio apresentou uma carta em sua defesa, assinada pela Base da Rede em Pernambuco.

44 filiados assinaram a carta à Executiva Nacional do partido. O ex-prefeito de Petrolina afirmou estar com sua consciência tranquila sobre o fato. “Sigo recebendo apoio das pessoas boas que existem em todos os partidos, com base em relações programáticas, e levando aos pernambucanos as nossas propostas e o nosso compromisso de unir todos em torno da verdadeira mudança que Pernambuco precisa”, disse.

Hoje Lóssio volta a Petrolina, para acompanhar as festividades do aniversário da cidade, além de fazer campanha política. Após o desfile ele fará uma live nas ruas redes sociais, às 20h.

Deixe uma resposta