Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Audiência aproxima adolescentes e justiça em Petrolina

(Foto: Divulgação/Sedesdh)

Para avaliar o cumprimento das medidas de ressocialização dos adolescentes em conflito com a lei, a Prefeitura de Petrolina, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Petrolina (Creas) e a Vara da Infância e Juventude promoveu uma audiência de concentração nesta sexta-feira (31/08). A atividade é realizada em todas as Varas Regionais que possuam em sua circunscrição Unidades de Atendimento Socioeducativo. A audiência reuniu dezenas de jovens e seus familiares na sede do Creas.

É através das audiências que os adolescentes podem conquistar a extinção da medida socioeducativa ou regressão da pena, que implica em liberdade assistida. Em casos onde as medidas não estão sendo seguidas, o Ministério Público poderá determinar a manutenção da pena.

Durante o encontro, os socioeducandos e seus responsáveis ouviram atentamente as orientações do Juiz da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bacelar. Em sua fala o magistrado pontuou a importância do poder público e também da comunidade e da família dos adolescentes. “Esse momento da audiência trata justamente dessa multidisciplinaridade, buscando a conjuminação de esforços, onde cada um dos atores sociais possam atuar de forma positiva na construção da cidadania desses jovens “, disse.

A coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Petrolina (Creas), Idalina Araquã da Silva, ressaltou o trabalho da prefeitura para contribuir com a ressocialização desses jovens. “É de suma importância para a sociedade reinserir esses adolescentes no convívio com a comunidade. No Creas eles são estimulados a participar de cursos e diversas atividades socioeducativas. O objetivo da prefeitura é possibilitar novas oportunidades para esse jovens”, afirma.

Deixe uma resposta