Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Doadores de medula óssea têm direito a isenção nos concursos públicos, em Petrolina

Lei busca incentivar doação de medula óssea em Petrolina

Ontem (10) o Blog mostrou a campanha de amigos e familiares de Denise Nancy, servidora pública que luta contra a leucemia. Ela precisa encontrar um doador de medula óssea compatível para combater a doença. Poucas pessoas sabem, mas Petrolina tem uma lei municipal para incentivar esse tipo de doação.

No último dia 3 de julho foi sancionada a Lei n° 3.204/2019, de autoria da vereadora Cristina Costa (PT). A matéria foi aprovada na última sessão do primeiro semestre e garante isenção da taxa de inscrição nos concursos municipais de Petrolina.

LEIA TAMBÉM:

Família de Petrolina inicia campanha de conscientização sobre doação de medula óssea

Para isso o concurseiro deverá estar cadastrado no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (REDOME).  “O projeto nasceu das demandas colhidas nas visitas aos hospitais. A isenção de taxa na inscrição para concurso público já existe para outros doadores, nós estamos acrescentando os de medula“, explicou Costa.

A lei determina que, para ser isento, o doador precisa estar cadastrado no REDOME há pelo menos seis meses e deverá comprar o registro. “A cada cinco mil pessoas você encontra um doador compatível, nosso objetivo é ajudar essas pessoas porque nem sempre dentro da família você encontra essa ajuda”, destaca a autora do projeto.

A lei já está em vigor e é mais um mecanismo para incentivar a doação. Basta ir ao Hemope de Petrolina, das 8h às 12h e doar a medula, que poderá ajudar não só os moradores de petrolina, mas também pacientes de todo o país.

Deixe uma resposta