Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Pátio de escola se transforma em palco para dança no Bairro Fernando Idalino

Pátio da Escola Municipal Professor Nicolau Boscardin. (Foto: ASCOM)

Na manhã da última quinta-feira (11), o pátio da Escola Municipal Professor Nicolau Boscardin, no Bairro Fernando Idalino, em Petrolina, ficou lotado durante a apresentação do alunos da escola que apresentaram o resultado de três oficinas realizadas pelo 1º Circuito de Dança na Periferia. Colegas estudantes, professores e familiares assistiram a mostra pedagógica que encerra o primeiro ciclo do projeto, que desde agosto realizava atividades na comunidade.

Essa vivência com arte modificou a escola, os meninos e meninas que se apresentaram viraram pequenas celebridades. “Todo mundo está falando comigo. Chegou um monte de meninas para tirar fotos”, conta empolgada a jovem Marisa Olinda, 12 anos. Ela integrou a turma de dança experimental e diz que aprendeu bastante. “A dança quer expressar alguma coisa, tipo o respeito, cada uma quer mostrar algo. Foi uma experiência muito boa porque é uma coisa diferente do que a gente faz e também porque aqui não é uma escola que tem muito”, disse.

A coordenadora pedagógica da escola, Maria Mirian de Souza Costa, disse que o projeto é uma experiência excelente para colaborar com a aprendizagem e o comportamento no ambiente escolar. “Eu sei por vivência que esse é o caminho. Hoje, diante dessa sociedade com tantos problemas lá fora da escola, a dança é um instrumento com potencial grandiosíssimo para nos auxiliar no trabalho. Isso vai despertar neles interesse”, afirmou.

Após o encerramento das atividades no Bairro Fernando Idalino, o projeto segue para o Bairro José e Maria. O segundo ciclo de atividades será sediado na Associação das Mulheres Rendeiras, onde ocorrerão as oficinas e apresentações abertas para a comunidade. O 1º Circuito de Dança na Periferia é uma realização da Cia. Balançarte e conta com a participação dos grupos Cia. de Dança do Sesc Petrolina, Confraria 27, Coletivo Trippé, Cleybson Lima Produções, Coletivo Incomum e  H2Om Crew.

Deixe uma resposta