Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Período natalino deve gerar 7.594 vagas temporárias em Pernambuco

(Foto: ASCOM)

A temporada de contratação deste fim de ano, apesar de apresentar uma melhora, não deve empolgar muito. Isso porque, o contingente de desempregados no País é muito grande, mais de 12 milhões de pessoas, enquanto a previsão de criação de vagas temporárias deve ficar em 59,2 mil nos setores de comércio e serviços segundo pesquisa divulgada nessa terça-feira (9) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Diferente do patamar de 2014, quando mais de 490 mil pessoas entraram no mercado de trabalho pelas vagas temporárias de Natal

Em Pernambuco, dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) sinalizam aumento de 9,9% em relação a 2017, com a criação de 7.594 postos temporários neste ano. O número da Asserttem comprova a previsão da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Recife), que estima criação de 7 mil vagas temporárias na Região Metropolitana do Recife. “O que projetamos de diferente do ano passado é a taxa de aproveitamento desse efetivo, que deve ficar em cerca de 10%. Já o início dessas contratações, por ser um ano eleitoral, deve acontecer entre novembro e dezembro mesmo”, comenta o presidente da CDL-Recife, Cid Lôbo.

Além do setor de comércio, que responde por quase 60% das contratações temporárias, o de serviço também se mostra otimista com a chegada do fim de ano. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes seccional Pernambuco, André Araújo, o crescimento das contrações temporárias deve ser de 10%. “No fim do ano sempre há aquecimento na contratação temporária. Os melhores se destacam e acabam sendo aproveitados”, comenta Araújo.

Com informações da Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta