Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Confiantes na vitória no primeiro turno, eleitores de Bolsonaro realizam primeira carreata, em Juazeiro

 

Por volta das 16h deste domingo (30), eleitores e eleitoras de Jair Bolsonaro (PSL) se concentraram na Orla Nova de Juazeiro (BA), em preparação para a primeira carreata realizada na cidade, em apoio ao candidato à presidência, líder nas pesquisas de intenção de voto.

Vestindo verde e amarelo, homens e mulheres chegavam em carros e motos e em fileiras se organizaram para dar início a carreata que antecede a caminhada da vitória, prevista para acontecer no próximo dia 6 de outubro, um dia antes das eleições, segundo a coordenação do movimento pró-Bolsonaro.

Para Hugo Rafael, comerciante de Petrolina (PE) e coordenador do movimento, a recepção da população juazeirense surpreendeu a coordenação do ato. “Nós pensávamos que o índice de rejeição na cidade de Juazeiro seria maior do que em Petrolina, mas ontem, andando por alguns bairros de Juazeiro, a gente percebeu que na verdade o ânimo do povo de Juazeiro para apoiar Bolsonaro é muito maior do que em Petrolina”, afirmou.

Carreata pró-Bolsonaro, em Juazeiro (BA). (Foto: Blog Waldiney Passos)

A carreata saiu pelas ruas de Juazeiro por volta das 17h30. Segundo a organização do movimento, o trajeto correspondia às ruas dos principais bairros da cidade. A coordenação da carreata contava com a participação de mais de mil veículos.

Sílvia Pereira, técnica de enfermagem, participou da carreata na companhia da filha de 14 anos. Segundo ela, pelo futuro da filha, Bolsonaro é a melhor opção. “Eu acredito que ele vai mudar esse país. A minha carreira está do meio pra o fim, a minha filha está começando. O que eu passo pra ela é que nós precisamos ter princípios na família. Eu não quero pra minha filha um passado e um presente que eu tenho hoje”, frisou.

Prevendo ganhar no primeiro turno, Hugo Rafael, afirma que a vitória de Bolsonaro significa a independência do Brasil. “Muitos estão considerando a vitória de Bolsonaro, como a verdadeira democratização do país, ou seja, aquele grito de independência ou morte que foi dito lá atrás não serviu, o que está servindo é o de agora”, concluiu.

Deixe uma resposta